História Boreal Transformation. - Capítulo 9


Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Magia, Mistério, Misticismo, Profecia, Vampiros, Yuri
Visualizações 59
Palavras 361
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


♦Boa leitura

Capítulo 9 - Capítulo 9


-Akantis? – Eleonor se viu sozinha, então virou-se para trás.

-estou aqui. – a voz sussurrada ao pé do ouvido de Eleonor fez ela se virar para trás novamente.


Só os olhos rubis eram possíveis de se ver, na escuridão do amanhecer.


-Akantis... O que faz... Ai? 

-instinto vampiro. – ela saiu das sombras, e ficou visível na medida do possível, pois ali, estranhamente ainda era madrugada.

-ah...

-porque ficou tão preocupada? – Akantis perguntou, curiosa.

-eu... – ela começou em um alto e depois de uma pausa continuou – não sei... – disse em tom de murmúrio.

-até parece que nutre algum tipo de sentimento por mim. – Akantis passou de Eleonor, e foi em direção a saída do beco, mas parou e olhou para trás – não me diga que...

-NÃO DIGA BESTEIRAS! – Eleonor ruborizou – como pode pensar uma coisa dessas?

-suas ações me incentivam.


Eleonor bufou, e saiu do beco deixando Akantis.


-tsc, tola.


-porque aqui ainda está escuro?

-onde estávamos – Akantis já estava ao lado de Eleonor, caminhando calmamente – é como uma dimensão igual a esta, porém o espaço e tempo de lá é diferente daqui.

-hm, entendi.


Elas seguiam para o apartamento de Eleonor, mas Akantis não sabia exatamente para onde estava indo. Até que encontraram um guarda noturno.


-o que fazem na rua essas horas, garotas?

-estamos voltando de uma festa – Eleonor mentiu com classe.

-garotas bonitas como vocês não devem estar na rua essas horas. – o guarda com más intenções, pegou fortemente no pulso de Eleonor – é perigoso meninas...

-eeii me solta! – ela puxava o braço, mas ele não soltava.

-solta ela. – Akantis entrou na frente de Eleonor – agora.

-vai me dar ordens, bonequinha?


O fato do guarda ter chamado Akantis de “bonequinha” fez Eleonor ficar muito fula de raiva.


-eu vou ter que te obrigar a soltar ela? – o brilho vermelho intenso dos olhos dela amedrontou o guarda.

-porque... Seus olhos estão brilhando? – instintivamente o guarda apertou mais o punho de Eleonor.

-aaah... – ela murmurou sentindo a dor.

-vai soltar?

-porque a porra dos seus olhos tá brilhando?!


Akantis sumiu, deixando uma pequena fumaça negra onde estava, que logo se dissipou. E apareceu atrás do guarda. 


-pergunte ao diabo. É para o inferno que voce vai. – ela disse isso perto do guarda, e em seguida quebrou o pescoço dele, como se quebrasse um lápis.


-Akantis!!!


O homem caiu sem vida no chão.




Continua...


Notas Finais


Espero que estejam gostando.
Se gostou, não esquece do seu favorito❤
Ate mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...