História Born To Be FT Island - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias F.T. Island
Personagens Choi Jong-hoon, Choi Min-hwan, Lee Hongki, Lee Jae-jin, Personagens Originais, Song Seung-hyun
Tags Ft Island, Jongki, Yaoi
Visualizações 24
Palavras 2.004
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura!

Capítulo 12 - I Wish


Fanfic / Fanfiction Born To Be FT Island - Capítulo 12 - I Wish

-Eu sinto muito, não se culpe por isso Hongki, a morte vai doer muito, mas é preciso ser forte… - acariciei seus cabelos sem perceber.

E ali os dois ficaram por minutos sem falar nada, parecia que Hongki tinha esquecido a implicância com Jonghoon e ficado mais calmo, mas quando o menino retornou a si…

Hongki

Fazia anos que eu não tinha uma crise de pânico desse jeito, eu realmente achei que estivesse curado, mas não foi bem assim que aconteceu, Jonghoon tinha que falar aquilo, mas já era de se esperar, ele era um inútil e só fazia coisa errada, eu me senti acolhido nos braços daquela moça, mais calmo, mais protegido, ela me ajudou a me acalmar, será que estou me apaixonando outra vez?

Olhei para cima e vi Jonghoon me abraçando - QUE PORRA É ESSA? - me levantei me soltando e me afastando daquele idiota. - Me agarrando assim do nada?

Jonghoon

Fiquei todo aquele tempo abraçando Hongki, nunca tinha visto uma pessoa tão independente como ele, tão frágil assim, li numa revista que temos que acalmar uma pessoa quando ela sai do normal, foi isso que eu fiz, mas eu até gostei de senti-lo em meus braços, me deu uma leve impressão que aquela irritação toda que ele tinha, era aparência, ficou tudo calmo, a não ser quando ele levantou me empurrando sem razão.

-VOCÊ TAVA MORRENDO AÍ, EU SÓ TE AJUDEI!

-Não me ajude então! - corri para a porta e saí correndo.

Casa de Seunghyun

Seunghyun

Eu não sei o que tinha acontecido comigo, mas Hara estava ali tão linda, eu não aguentei..espera um momento….EU SOU VIRGEM! O que eu fui fazer? Eu sou um baka baka baka! ISSO É JAPONÊS!

Me vesti correndo e olhei para Hara dormindo na cama - Meu Deus...foi a minha primeira vez…. - coloquei as mãos no rosto meio perplexo.

Estava num sono gostoso, mas comecei a ouvir uma voz dizendo que era virgem, abri meus olhos e olhei Seung surtando - O que foi? - bocejei e me sentei na cama - Você era virgem?... Mentira...eu vi você pegando a camisinha…

-É que...- eu senti meu corpo suar frio. - Eu era mesmo...mas...eu costumo guardar elas… - abri a janela e tomei um ar.

-Não minta para mim Seunghyun, se você era virgem porque guardava preservativo no quarto?  - peguei minhas roupas.

-Eu costumava encher e fazer balão com Jaejin… Noona...me perdoe… - olhei para o relógio - Preciso ir para a academia...pode ir comigo se quiser… - guardei minha guitarra em sua capa e pus nas costas.

Terminei de me vestir - Eu topo, esse Jaejin é o mesmo lá da escola? Do segundo ano? - vesti meus sapatos.

-Sim! Ele é meu melhor amigo, ele só não veio comigo hoje porque está apaixonado por uma garota e ficou esperando ela lá. - caminhei para a porta.

-Ah sim, a garota sou eu, ele me parou outro dia para dizer que ia me conquistar de um jeito ou de outro, mas eu não gostei dele, ele é muito criança.

Eu estava abrindo a porta quando ouvi o que Hara disse e acabei engasgando com a minha própria saliva - ERA VOCÊ???!!

Academia de Música

Os que tocavam todos os dias naquela academia eram Seunghyun, Jaejin e Jonghoon, porém só Jaejin tinha chegado na sala, onde um baixo ficava abandonado do lado de uma bateria, Jae estava preparando sua guitarra, e então ouviu Jonghoon chegar.

-Hyung! Demorou a chegar...pensei que faltaria, Seung está atrasado...a diretora disse que conseguiu um vocalista, ele vai vir hoje.

Me sentei num banco e coloquei minha guitarra de lado.

-Eu estava resolvendo um problema com um lixo mais cedo, você sabe que eu não faltaria a um ensaio.

-Está bravo? - me sentei ao lado dele - Eu trouxe uma música para o vocalista novo cantar, chama I Wish, eu mesmo fiz.

-Você adora colocar nome em inglês nessas músicas, meu Deus… - ouvi a maçaneta da porta girar - Ou é o Seunghyun ou é o vocalista novo.

Seunghyun

Cheguei correndo igual um presidiário em dia de fuga, ajeitei meu cabelo e tentei manter a cama, girei a maçaneta e entrei na sala.

-Cheguei…

Vi o estado de Seung - Estava fugindo de quem Seunghyun? - notei sua preocupação - Acredita que aquela noona não apareceu hoje? Fiquei bem magoado.

-A noona? Como ela se chama? - me fiz de desentendido.

-Ela chama Hara! Tá com amnésia? Eu hein...agora que todos chegaram, podemos ensaiar enquanto o novo vocalista não chega.

-Hara? - meu coração por um instante parou -Ah sim, vamos ensaiar! - engoli seco e peguei minha guitarra da capa.

-Para de parecer esquizofrênico Seunghyun, Jaejin compôs até uma música. - fui para o meu lugar. - Jaejin como você conhece a música, eu e Seung vamos acompanhar okay? Vem logo Seung.

-Calma Jonghoon Hyung! - fui para o meu lugar torcendo para Jaejin não me descobrir.

Lá fora…

Minhwan

Wonbin estava sendo muito bonzinho comigo, até no médico ele me levou, por sorte meu braço não estava machucado, foi apenas a dor do impacto, eu já nem sentia nada, depois que saímos, o Hyung quis me levar para um lugar que eu não entendi direito, era um prédio escrito Academia de Música.

-Hyung porque me trouxe aqui? Vai me ensinar a tocar?

-Na realidade não sei, mas meu pai vai começar a patrocinar esse lugar, e eu lembro que eu aprendi a tocar guitarra nesse lugar...foi como eu descobri o que queria ser para o resto da minha vida…

-Descobriu que queria ser médico tocando guitarra? - deu até um erro na minha cabeça.

-Não Minhwan! Eu sempre quis ser músico, mas o destino me fez virar médico… - suspirei mas abri um sorriso - Enfim...vamos entrar?

-Vamos sim Hyung! …

Novamente lá dentro….

Hongki

Como aquele maluco teve a coragem de me abraçar? Tudo bem, seu colo era quente e aconchegante, mas era o Jonghoon, o garoto que eu sinto um ódio mortal! Mas aliás onde era a sala 32? Estou andando a minutos e não acho, deve ser aquela na frente, foi a única que eu não vi.

Me aproximei da porta e ouvi sons de instrumentos - Deve ser aqui! - girei a maçaneta, empurrei a porta e entrei vendo aqueles três tocando - Jonghoon? - revirei meus olhos.

Parei de tocar quando avistei Hongki e lembrei daquele abraço - Aish...o que você veio fazer aqui?

Jaejin também olhou para Hongki - a diretora te mandou aqui?

-Sim...ela me disse para vir aqui hoje, mas eu não pensei que aqui estaria um idiota morto e um pobre pé rapado.

Ouvi seu insulto - Opa opa! Dessa vez não é o Jonghoon que vai te bater não - deixei a guitarra na mesa.

-Se acalma Seung, ouvi dizer que Hongki é muito talentoso, devemos deixá-lo tentar…

-Se o Jonghoon acabou de defender o Hongki, eu não me chamo Jaejin… - cocei meus olhos tentando ver o que estava acontecendo.

-Não preciso da sua defesa Jonghoon! Sei me defender sozinho… - me aproximei do microfone - O que tenho que cantar?

Tirei o papel do bolso e fui até Hongki - Se chama I Wish, eu mesmo compus...Jonghoon e Seung fizeram o arranjo, acha que consegue pegar?

Peguei o papel e dei uma risadinha - Eu consigo fazer tudo e melhor que vocês! Vamos começar…

Seung revirou os olhos e seguiu o começo da canção com os amigos.

Me preparei e comecei a ler cantando e tendo o suporte da banda, sem perceber eu comecei a olhar para Jonghoon .

-Eu te quero porque você é bonito

Eu te quero porque você é ótimo

Eu nunca olhei para nenhum garoto desse jeito antes

Então por que eu estou agindo assim? Por que eu estou sendo um tolo?

Parei de tocar - Hongki! Você está cantando errado! É garotA! - voltei ao meu lugar.

Balancei a cabeça - Droga….desculpe Jaejin, vamos continuar - voltei a cantar a letra, mas me perdi quando vi Jonghoon todo empenhado tocando, era bonito o jeito que ele jogava o cabelo para o lado -Amor, eu desejo que seja comigo, gostaria que fosse assim

Sozinho, sozinho, oh meu amor
Eu desejo que eu seja seu amor
Amor, eu desejo que seja comigo, gostaria que fosse assim
Sozinho, sozinho, oh me ame
Eu não quero ficar sozinho nunca mais
Eu te amo. - parei de cantar e joguei o papel no chão - QUE MÚSICA É ESSA? EU NÃO TE AMO!! NÃO!!!

Jonghoon

Conforme a música começou, Hongki até cantou bem, mas parece que ele estava com algum problema, ele ficou me olhando e trocou os gêneros das palavras, será que ele não estava entendendo a caligrafia do Jaejin? Pois é aí começamos a tocar pela segunda vez, mas ele parou do nada gritando.

-MOLEQUE MIMADO PARA DE DAR XILIQUE!
Suspirei irritado - Meu nome é Song Seunghyun e eu sou um anio e não vou bater nele...amém.

Jaejin

-Hongki Hyung, por favor, se concentre é só uma música, não vai acontecer nada de errado 1 2 3 e vai! - voltamos a tocar agora com Hongki cantando certo.

Corredor…

Fui caminhando com Wonbin Hyung por aquele lugar, ao chegar perto de uma sala eu ouvi uma música tocar - Wonbin Hyung...você disse que seu pai quer patrocinar esse lugar, significa que ele gosta de música, e você já tocou guitarra, porque não investiu nos seus estudos sobre música?

Me virei para frente de Minhwan - Meu pai gosta de música, mas nunca aceitaria um filho que pode ser médico se tornar músico…

-Desistiu do seu sonho por culpa dele...mas ele vai patrocinar esse lugar...não entendo…

-Minari, os outros se tornarem músicos tudo bem, o filho se tornar músico ele não aceita, ele quer algo mais respeitoso...aliás, você q

gosta de música?

-Eu toco bateria desde novo, mas nunca me considerei bom para isso…

Abri a porta da sala de ensaio dos meninos - Tem uma bateria lá no fundo, você está vendo? Entra lá e toca, se você se sair bem, pode entrar na banda.

-Assim do nada? - olhei para todos eles tocando - Aish…

-Anda logo! - empurrei Minhwan para dentro.

Casa dos Lee

Gwang Tae

Passou-se 17 anos e eu nunca soube onde Hyorin estava, prometi a Ga In que a acharia, mas até hoje nunca encontrei minha menina.

-Sabe Charles, se Hyorin tivesse crescido com Hongki, ele poderia ser diferente nos dias de hoje.

-Hongki mal sabe que ela existe senhor, é tão errado não saber que existe uma metade sua desaparecida..eu ainda não entendo como o senhor não revelou a ele ainda…

-Ele não iria dar bola para isso, Hongki não ama ninguém, e a culpa é minha - suspirei e tomei um gole de café pensativo.

-Qual foi a última vez que teve notícias dela? Pode começar por aí…

-Eu só soube que ela nasceu saudável, depois disso nunca mais tive notícias do meu bebê...Hongki logo fará 18...e então ele poderá ir embora...vou perder meus dois filhos..e morrer sozinho…

-Senhor Gwang, não vai ser assim, Hongki voltará a falar com você …

Academia de música…

Minhwan entrou escondido na sala e começou a acompanhar com a bateria, os amigos nem perceberam sua presença ali e Wonbin saiu para atender uma chamada de Seungkyun, seu pai.

Encerrei a letra e me virei para os três - Eu até gostei, vocês tocam muito bem para serem pobres, a bateria ajudou muito.

Encarei Hongki - Bateria? Que bateria? Eu toco aqui desde sempre e nunca vi um baterista aqui… - olhei para trás e vi Minhwan - Mas o que?...

-Jonghoon se você que está aqui desde sempre e nunca viu baterista, imagina eu que comecei a tocar agora...Minhwan? ….

Vi Jaejin Jonghoon e Hongki olhando para trás e me virei também - Temos um baterista agora?

Dei um sorrisinho - Wonbin Hyung me mandou aqui! Eu gostei de tocar...me deixa fazer parte da banda!

Jonghoon

-Acho uma boa ideia formarmos uma banda, temos Jaejin e Seunghyun de guitarristas, Hongki canta muito bem, eu posso tocar minha guitarra, vai ser uma boa banda…

Jaejin

-Jonghoon pode ser o líder! Apoio super apoio! - sorri todo contente - Hara vai adorar saber que eu Jaejin estou numa banda.

Seunghyun

-Jonghoon será o líder só porque ele bateu no Hongki - sorri provocando Hongki.

Hongki

-Concordo Seung, Jonghoon merece ser o líder…

O que??? Porque eu estou apoiando ele? Aish…

-Okay - sorri animado - Eu serei o líder agora, da banda...que nome?... - cocei a cabeça. - Qual vai ser o nome da nossa banda?


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...