1. Spirit Fanfics >
  2. Born to Die - Fillie >
  3. "Des"entendimentos

História Born to Die - Fillie - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


sejam bem-vindos ao primeiro capítulo, boa leitura e espero que gostem 💖

Capítulo 2 - "Des"entendimentos


Millie On:

-Não, não e não - Digo entrando na cozinha sendo seguida pela minha mãe

-Sim, sim e sim - Minha mãe reverte as minhas palavras - Millie! Por céus, é o destino de nosso povo que está nas suas mãos - Minha mãe tenta mais uma vez me convencer 

-Do jeito que você fala parece que o mundo vai acabar - Digo abrindo uma caixa de suco

-Quase isso filha - Minha mãe diz se sentando em uma cadeira a minha frente 

-Sem exageros Dona Kelly - Digo despejando o suco em um copo

-Exageros? Exageros Millie? Pense bem no que eu estou te dizendo - A imagem da minha mãe se enfurece

-A sua proposta é: Eu irei ter o poder de liderar o reino em minhas mãos, irei conhecer um garoto e terei que ficar com ele, toda a pressão irá cair em cima de nós dois e o povo irá cobrar muito da gente - Digo e minha mãe faz uma expressão séria - Ok, não quero - Digo e ela se levanta 

-Tudo bem Millie, mas você não tem opções aqui - Ela diz séria

-Não tenho opções? Vou ter que liderar Corolayne e me casar com um garoto que mal conheço, mas tudo bem né, é minha vida que vai ser decidida mas sem opções para Millie Brown - Digo ingerindo outro gole de suco 

-Você não vai se casar Millie, vocês dois só vão viver juntos - Minha mãe "esclarece" a situação

-Mudou muito mamãe - Digo arqueando minha sombrancelha

-Ok ok, vamos começar de novo - Minha mãe diz novamente se sentando - As pessoas esperam muito de nossa família por ela ser tão conhecida, e você é a garota perfeita minha filha - Kelly diz tocando minhas mãos

-Não é minha culpa - Dou de ombros e recebo um olhar ameaçador de minha mãe e suspiro - É de nossa família que eles esperam algo, certo? - Questiono e recebo um aceno de minha mãe com uma expressão feliz - Certo... Então esperem Ava ter 18 anos - Digo me levantando e pondo o copo na pia

-Certo Millie, você escolheu isso do jeito mais difícil. Irá ser você e ponto - Minha mãe diz se levantando novamente da cadeira e se dirigindo até a porta da cozinha 

-Isso não é justo! Por que eu não posso ter uma vida normal igual as das outras pessoas? - Digo bufando 

-Porque você não é normal igual as outras pessoas, você nasceu com o título de líder, veja bem Millie, você tem poderes, um dos mais fortes, já pensou no quão bom seu futuro vai ser se for representante de Corolayne? - Minha mãe diz 

-MAS EU NÃO ESCOLHI ISSO! - Digo me alterando - Por céus mãe! Você acha que se hoje, aqui, nesse momento, eu pudesse escolher entre nascer de novo com ou sem poderes eu escolheria nascer com essa droga de poder? - Digo gesticulando com as mãos

-Não repita isso jamais Millie! É uma desonra para as origens de nossa família! - Minha mãe diz séria me fazendo suspirar novamente

-Merda - Digo baixo - Eles já sabem? - Digo direcionando meu olhar pro lado de fora da janela

-Ainda não - Minha mãe diz baixo também

-Legal. Vou comandar um reino que mal sabe sobre mim - Digo sarcástica

-Não enxergue as coisas só pelo lado ruim minha filha. Veja só: Você irá conhecer um rapaz que irá te amar, as pessoas irão te adorar, você irá ser líder de um povo, não irá precisar mais esconder seus poderes, olhe só quantas coisas boas - Minha mãe diz passeando suas mãos pelo meu cabelo 

-Ok, e se esse tal rapaz não me amar? E se as pessoas me odiarem e quiserem jogar tomates em mim? E se não me aceitarem como líder e eu tiver que aturar todos esses anos sobrecarregada? E se ainda sim, eu tiver que esconder meus poderes pra ninguém me ver como uma "ameaça"

-Eu realmente tentei Millie - Minha mãe diz e beija minha bochecha, logo após sai da cozinha me deixando sozinha 

-Droga mesmo - Digo e subo para meu quarto, logo após ligo para Sadie 


-Oii - A ruiva diz no outro lado da linha 

-Oie - Respondo 

-Ta com uma cara deprimente Mills, o que houve? - Tinha me esquecido do fato que Sadie me conhece muito bem 

-Minha mãe Sadie. Ela voltou com aquela ideia maluca de eu ser líder de Corolayne - Digo vendo a mesma fazer uma expressão engraçada 

-E agora é sério ou ela já vai esquecer isso em questão de dois dias quando ficar sabendo que abriu novas vagas para jornalismo na faculdade igual da outra vez? - Sadie diz dando uma risada e eu acompanho a mesma 

-Pior que eu acho que agora é sério mesmo, ela até chegou a citar o tal garoto que eu vou ter que conhecer - Digo revirando os olhos e lamentando 

-Que linda história de amor Millie! Parece até conto de fadas - A ruiva diz e eu faço uma expressão feia para a mesma 

-Eu juro que se você estivesse do meu lado eu ia lançar uma almofada na sua cara - Digo e ouço a garota rir 

-E ai? O que você vai fazer? - Ela pergunta animada 

-Você tá animada Sadie? - Pergunto como se a garota tivesse cometido o pior crime

-Um pouco, Millie isso tudo é muito louco - Ela diz dando risadas 

-Ótima amiga ruiva - Digo e ouço as risadas da mesma aumentarem do outro lado da tela 

-Eu não sei o que fazer Sads, eu to perdida - Digo e enterro meu rosto em um travesseiro - Eu até quis citar Ava mas não querem ter que esperar tanto - Digo e Sadie gargalha, fazendo meus olhos revirarem

-Desculpa Millie, mas é muito engraçado, você acha mesmo que todo mundo iria esperar Ava fazer 18 anos sendo que a pobrezinha só tem 5? Os líderes estão com o pé na cova já, só estão esperando os próximos virem - Sadie diz e logo após coloca a mão na boca - Espero que ninguém tenha ouvido isso - Diz e nós duas rimos 

-Isso não é justo! Eu não escolhi essa vida Sads - Digo me lamentando e vejo a garota segurando o riso - Paraa - Digo séria mas logo começo a rir junto com a ruiva

-Quem você acha que vai ser o seu futuro marido? - Sadie diz me provocando e me lança uma piscadela

-Palhaça, eu não vou me casar - Digo pensativa

-Oh, claro que não, como eu pude dizer algo desse tipo? Você só vai passar o resto de sua vida com ele, mas só isso né? - Sadie diz e lanço-lhe um dedo do meio 

-Muito feio Millie - Ela diz gargalhando e lhe mostro a língua - Criança feia 

- Ai Sads, você já pensou em ser líder? - Digo bufando

-Eu? Jamais! - A ruiva diz rápida

-Por quê? - Pergunto curiosa

-Váaarias coisas, primeiramente meus poderes não são aquilo tudo, segundamente eu não consigo nem me imaginar sendo líder, eu perderia a paciência no primeiro momento e se eu não explodisse a cabeça de todo mundo eu ia explodir a minha, e terceiro: minha sexualidade Millie, eles iriam querer saber de tudo e eu não ia conseguir guardar esse segredo até minha morte, já é difícil não falar nada sendo só uma simples estudante com poderes mixurucas - A ruiva diz dando de ombros e eu mantenho silêncio - Já pode falar alguma coisa, não vou querer cortar sua língua fora caso fale que isso é bobagem - Ela diz rindo e eu a acompanho, Sadie é simplesmente perfeita

-Ai Sadie, eu ainda acho que você teria mais cabeça pra governar essa gente toda do que eu. Veja só, você acha que não conseguiria e eu estou pedindo ajuda pra você, igual uma criancinha chorona - Digo fazendo a ruiva rir e balançar a cabeça

-Não é exatamente assim Millie, você só tem um gênio melhor do que eu pra fazer esse tipo de coisa, e você tá se sentindo pressionada agora, é normal você pedir ajuda a alguém, mas a parte da criancinha chorona eu concordo plenamente - A garota declara brincalhona 

-Pela primeira parte do seu discurso a conclusão que eu tirei foi: Você sairia bem melhor do que eu, Sink. E pela última parte: Vá se ferrar - Digo e ela arregala os olhos fingindo indignação

-Vou acionar sua mãe sobre a sua educação mocinha - Diz Sadie rindo - SAAAADIE! - Ouço a irmã dela chamando a mesma - Você ouviu não foi? Meus deveres aqui me chamam e... SAAAADIE! - Chama a irmã novamente - JÁ VAAAAI! Estou em uma situação pior que a sua Milliezinha - Diz rindo

-Você é ridícula Sink - Digo rindo

-Torço pra sua história romântica da certo - Declara gargalhando

-Cresce - Provoco a mesma que me lança um dedo do meio e se despede

Eu tava muito ferrada

-Millie! - Escuto minha mãe me chamar no andar de baixo

-To indo - Grito e saio do meu quarto

-Tenho notícias - Diz entusiasmada - E você vai amar saber - Diz fazendo suspense

-Creio que... Sim? - Respondo mais como uma pergunta

-O garoto que vai ser líder junto com você se chama Finn Wolfhard, olha - Ela diz rápida me mostrando uma foto... do cacheado 

Não não não, merda mesmo! 


Notas Finais


até o próximo cap xuxus💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...