História Borusumi - Alguém por quem lutar - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Borusumi, Boruto, Denkiserena, Inosara, Metalchou, Naruhina, Naruto, Romance
Visualizações 73
Palavras 1.147
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aeeeee! Voltei! Bom, essa semana, especificamente no dia 4 de setembro, eu fiz 15 anos. Posso dizer que essa pausa fez muito bem pra mim. Aconteceu muita coisa na minha vida. Agora eu estou diferente, pode-se dizer que eu "abracei" algo que existia dentro de mim, algo como um pouco do meu lado negro/do mal. Mas eu não vou virar um vilão de anime, estou mais alegre, mais animado. Vou começar a escrever uma fanfic com a @Farnese, então me aguardem. Esse capitulo é mais uma transição, mas vai ser muito importante pro futuro da obra. Eu mudei drasticamente o futuro da fanfic, não sei se vou agradar a todos. É isso, espero que gostem ^.^

Capítulo 7 - Sayuri Misuno


Fanfic / Fanfiction Borusumi - Alguém por quem lutar - Capítulo 7 - Sayuri Misuno

A manhã ainda não havia começado. O céu ainda estava escuro quando o jovem loiro andava solitário pela casa. Sem fazer barulho, Boruto toma banho e se arruma. Todos na casa ainda dormiam. Boruto, como sempre sendo ansioso e inquieto, já estava acordado e estava quase completamente pronto. O Uzumaki pega um pouco de leite e esquenta. Ele mistura o leite recém-aquecido com cereal e come. Após já estar pronto, o loiro avisa sua mãe que está saindo, pega sua mochila e sai.

A rua estava quase vazia, apenas algumas pessoas andavam para algum lugar. Embora o sol estivesse começando a aparecer, a lua ainda podia ser vista no céu.  Boruto caminhava animado pela rua, a ansiedade para conhecer a Floresta Dos Sonhos Vermelhos fazia o Uzumaki ter pressa para chegar à Academia. Sem conseguir conter a animação, Boruto ajeita a mochila nas costas e começa a correr. Correndo sem olhar por onde andava, Boruto acaba colidindo com alguém:

- Ãhm… Desculpa! Eu não olhei por onde estava andando! – Boruto se levanta e estende a mão para a pessoa caída. Em sua frente, uma linda garota de cabelos negros, bochechas grandes e lindos olhos castanhos estava caída no chão. Ela se levanta com a ajuda do loiro e se apresenta:

- Eu sou Sayuri… Sayuri Misuno.

- Prazer em conhecê-la Sayuri! Eu sou Boruto Uzumaki. – O loiro, encantado com a beleza da garota, se apresenta. - O que você está fazendo na rua uma hora dessas?

- Eu estou indo para a Aca… Espera, por que e u deveria te dar essa informação? – A garota responde limpando a poeira de sua camisa roxa. – E o que você está fazendo na rua uma hora dessas?

- “Por que eu deveria te dar essa informação?” – Boruto responde com a mesma frase usada por Sayuri.

- Eu não gosto que usem minhas frases contra mim! – Sayuri fala irritada.

- Foi você quem começou! – Boruto responde.

- Ok, me desculpa por ter sido rude. – A morena pede desculpas cabisbaixa. – Eu estou indo para a Academia Ninja, e você?

- Bom, me desculpa também. Eu perguntei algo que não era da minha conta. – O loiro pede desculpa. Eu também estou indo para a Academia Ninja. Espera, você vai para a viagem?

- Sim, eu sou da sua sala. – Sayuri responde. – É estranho você não ter me reconhecido.

- Foi mal. Eu sou meio desatento. – Boruto fala um pouco envergonhado. – Posso te acompanhar?

- Pode. Vai ser bom ter alguém para conversar. – Sayuri fala dando um sorriso. Aquele sorriso radiante faz com que os olhos de Boruto brilhem e seu coração seja tomado por um estranho calor.

O dois vão caminhando e conversando. O casal não estava muito longe da Academia, então não puderam conversar muito, mas puderam conhecer um pouco um do outro. Sayuri é uma garota de personalidade forte, gosta de cuidar de seus amigos como se fossem seus “filhos” e tenta ser forte por eles, como resultado, muitas vezes ela reprime seus sentimentos:

- Não sei o porquê, mas, sua presença inspira confiança. – Sayuri fala para Boruto. – Eu não sou muito de me abrir com os outros, mas você é… bem… sinto que posso confiar em você.

- Sabe, eu adoraria ficar mais próximo de você! – Boruto fala olhando fundo nos olhos de Sayuri.

- Co… Como assim? – Sayuri fala um pouco corada.

- Eu gostaria de fazer amizade com você. – Boruto fala sorrindo. – Sei que mal nos conhecemos, mas eu gostaria de estar ao seu lado caso você precisasse de ajuda.

- Sim! Eu também adoraria fazer amizade com você! – A morena responde. – Chegamos.

Os dois param em frente à Academia. Shino checava a lista de alunos enquanto Konohamaru, Moegi e Udon tentavam manter os alunos que já haviam chegado, juntos:

- Bom, eu vou conversar com as minhas amigas. – Sayuri se despede. – Nós podemos conversar mais durante a viagem?

- Claro. – Boruto responde com um sorriso.

Os dois se separam e Boruto vai para debaixo de uma arvore do pátio. O loiro deita-se no banco e olha fixamente para o céu. De repente, Boruto é assustado por Inojin e Shikadai:

- Está pensando em que? – Inojin pergunta.

- Nada. – Boruto responde. – Eu só estou descansando um pouco.

- Está ansioso para a viagem? – Shikadai pergunta.

- Bom, estou.

- Eu também – Inojin também responde. – A final, vamos nos tornar gennin.

- Qual será o desafio que o Shino disse que vamos enfrentar? – Boruto questiona, quase como se estivesse perguntando a si mesmo.

- Também quero saber. – Shikadai responde. – Espero que não seja uma chatice.

- Eu acho que vai ser legal! – Inojin fala animado.

- Seja lá o que for, vamos superar com nossa força de vontade. – Iwabe fala apontando para cima confiantemente.

- Iwabe!? Quando você chegou aqui? – Boruto pergunta um pouco assustado. De repente, ele percebe que Denki, Metal Lee, Cho-Cho e Mitsuki também haviam chegado.

- Nós chegamos há uns 3 minutos. – Metal Lee responde.  – Quase todo mundo já chegou. Acho que só falta a Sarada e a Sumirê.

- Será que elas vão demorar? – Iwabe pergunta. – Eu quero ir logo.

- Conhecendo a Sarada, eu acho que ela já deve estar vindo. – Cho-Cho comenta. – Daqui a pouco elas chegam e a gente sai.

- Ei vocês! – Moegi chama. – Venham para a fila.

Moegi estava formando cinco filas com os alunos presentes. Depois que as filas estavam feitas, Sarada e Sumirê chegaram:

- Desculpa o atraso. – Sarada fala. – Eu acabei acordando tarde.

- Vão para a fila! – Konohamaru fala.

Shino checa a lista pela ultima vez e fala:

- Estão todos aqui! Acho que já podemos partir. Vocês não precisam se manter em filas, só não se separem.

- Comportem-se – Konohamaru fala. – Não arrumem brigas e não se matam em confusões.

- Mantenham-se nas filas até sairmos da Vila. – Moegi fala.

Todos começam a andar em fila em direção aos portões de Konoha. Do fundo, Boruto enxerga Sayuri conversando com uma amiga. Algo naquela garota havia prendido a atenção do loiro. O sol já estava ficando mais visível no céu quando eles chegaram ao portão:

- A partir de agora, não estaremos no território de Konohagakure. Fiquem juntos e não criem confusões - Shino fala.

Os alunos desfazem as filas, formam pequenos grupos de conversa e vão caminhando para fora dos portões da vila. Boruto se aproxima de Sayuri:

- Oi! – O loiro fala dando um susto na garota.

- Você me assustou. – Ela fala dando um leve soco no ombro do Uzumaki. – Então você veio conversar comigo... Achei que fosse ficar com seus amigos.

- É claro, por que eu não viria? – Boruto responde. – Como eu disse, quero fazer amizade com você.

- Bom – A Misuno responde. – Vamos ter muito tempo para conversar.

E assim, aquele grande grupo de jovens parte para a Floresta dos Sonhos Vermelhos, sem saber o desafio que os aguarda… 


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Vou voltar a escrever, agora estou mais forte do que eu era antes. Tenham uma boa noite! Até o próximo capitulo! :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...