História Borusumi-Alguem por quem lutar - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Borusumi, Boruto, Denkiserena, Inosara, Metalchou, Naruhina, Naruto, Romance
Visualizações 200
Palavras 1.246
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom, se voce leu a primeira versão do capitulo 10, peço desculpa se voces sentiu incomodado pelo teor do capituloe. Eu acabei refazendo e espero que gostem!

Capítulo 10 - Previsão de distancia entre nós.


Fanfic / Fanfiction Borusumi-Alguem por quem lutar - Capítulo 10 - Previsão de distancia entre nós.

Era apenas uma madrugada em Konohagakure havia uma movimentação incomum na vila, em especial, na casa de certa família Uchiha.

- Você precisa mesmo ir tão cedo assim? – Perguntava a rosada.

- Você sabe que minha saída tem que ser rápida, tenho um assunto importante a tratar. – Respondeu o moreno com um tom frio.

- Tudo bem.  – Ela dá um beijo nele – Mas, o que você achou da Sumirê?

- Ela é uma boa garota e me parece muito forte.

- Ela realmente é. Tenho a impressão que ela tem alguma coisa com o Boruto. – Falou Sakura.

- Temos que ficar de olho nas intenções desse garoto com relação à nossa filha. – Dizia Sasuke tentando não parecer preocupado.

- Logo você Sasuke, sendo um pai coruja? – Falou Sakura com um tom irônico.

-Eu tenho um rinnegan e um sharingan, tenho certeza que sou o melhor pai coruja do mundo.

Os dois riem, se beijam e despedem-se. O moreno segue seu caminho em direção ao portão da vila e quando chega ao destino, ele encontra um trio de gennins que aparentemente estavam chegando de uma viagem.

- Eu não esperava que aquele lugar fosse tão longe – Dizia a garota com um vestido branco e uma franja castanha.

- Ah Cho-Cho, não reclama tá! Nós chegamos ok? – Dizia Shikadai tentando parecer o líder do grupo.

- Ah galera! Para de brigar! – Acalmava Metal Lee – Espera, aquele ali não é o pai da Sarada?

- É, ele mesmo. – Respondeu Cho-Cho.

Tanto o grupo quanto Sasuke continuam andando e quando se cruzam, o Uchiha limita-se a dar um bom dia. Os três atravessam os portões da vila.

-Chegamos Konoha‼ - Os três gritam.

-Calem a boca – Os guardas falam – Todos ainda estão dormindo.

Os garotos se desculpam e seguem em direção ao escritório do Hokage. Ao chegarem lá, eles batem na porta e acabam acordando o loiro que estava dormindo sobre uma pilha de documentos.

- Ahn… ah… Entrem por favor. – Falou o loiro limpando qualquer resquício de baba que pudesse estar em seu rosto.

Eles entram.

- Hokage-sama – Shikadai se pronuncia – A missão foi concluída.

-Meus parabéns, então, alguma coisa importante sobre a viagem?

- Bem -  Metal Lee fala – Fomos atacados.

- Como assim atacados? – O hokage pergunta.

- Fomos atacados por ninjas mascarados e quando os rendemos e perguntamos para quem eles trabalhavam eles responderam “Eu vim por quem me criou, vim pelo pai daquele que trará destruição a esse mundo corrompido.” e então se explodiram.

- Bom, não comentem isso com mais ninguém ok? Muito obrigado por terem me contado e bom trabalho!

Todos se despedem e os garotos vão embora.

Quebra de tempo 06h30min…

-Boruto, filho acorda você vai se atrasar. – Gritava Hinata de uma maneira gentil.

-Certo… mãe… tô indo. – Respondia o loiro sonolento.

Boruto entra no banheiro para tomar banho enquanto Himawari ajudava sua mãe a fazer o cereal. Pouco tempo se passa e o loiro desce as escadas com uma roupa diferente da habitual: Uma jaqueta preta com detalhes azuis, uma camisa branca e uma bermuda azul escuro.

-Nossa! Filho, tá todo arrumado assim por quê? – Perguntou Hinata curiosa.

- Não é nada mãe, só tô tentando dar uma variada no visual. – Respondeu o loiro disfarçando.

- O maninho ficou um gato! – Falou Himawari com uma voz fofa.

- Obrigado Hima! – Respondeu o loiro fazendo cócegas na sua irmã.

- Bom, vamos comer! – Falou Hinata colocando os pratos na mesa.

- O papai não vem? – Perguntou o loiro.

- Ele passou a noite no escritório. – Respondeu Hinata.

- Velho idiota! Nem pra parar um pouco e descansar ele serve! – Gritou Boruto.

- Não fale assim do seu pai filho, ser Hokage é uma tarefa muito importante porque ele cuida da seguran- Antes que pudesse terminar, Hinata é interrompida por Boruto.

- Segurança e bem estar de todos os moradores da vila, eu sei, você já falou isso milhares de vezes.

- Filho não fale assim!

-Quer saber? Tô dando o fora mãe, tchau.

O loiro sai batendo a porta e olha pra sua mão enfaixada e pensa:

“PRECISO SABER MAIS SOBRE ESSA MARCA NA MINHA MÃO”

Boruto então parte em direção ao campo de treino onde encontra Konohamaru e Sarada.

- Oi gente! – Fala Boruto.

- Oi Bo-ru-to! – Cumprimenta Sarada aproximando seu rosto do rosto do loiro que deixa o mesmo nervoso e faz com que ele siga reto em direção a Konohamaru.

- Eae sensei, o que vamos fazer hoje?

- Bom Mitsuki viajou, então acho que devíamos treinar algo mais básico.

- Como assim? – Pergunta Sarada.

- Treinar algumas táticas de combate.

- Ah não sensei, isso é muito chato! – Berrou Boruto.

- Sem essa Boruto. Nós vamos treinar isso mesmo e não me venha com churumelas! – Finalizou Konohamaru.

Então os três ficaram lá por um bom tempo treinando.

Enquanto isso na casa dos Uzumaki…

- Filha vamos visitar o papai?

- EEEEEEEEEEEHH – Gritou Himawari.

As duas então saem em direção ao escritório do Hokage com uma marmita para Naruto. Chegando lá elas encontram Shikamaru:

- Ah oi meninas. – Saudou Shikamaru.

- Oi Shikamaru, o Naruto tá ai? – Perguntou Hinata.

- Sim, ele tá no escritório.

- Obrigado.

As duas entram no prédio e vão em direção ao escritório. Chegando lá, Hinata bate na porta:

- Pode entrar. – Falou Naruto.

- Oi papai. – Gritou Himawari.

- Oi amor, como você tá? – Perguntou Naruto.

- Agente veio trazer almoço pra você. – Falou Himawari com uma voz fofa.

Hinata entrega a marmita e então Naruto a beija.

- Obrigado amor. – Fala Naruto.

- Não me agradeça Naruto, você tem que se alimentar direito. – Responde Hinata.

- Você podia ter trazido ramen com molho de churrasco.

- Você sabe que não pode comer apenas ramen com molho de churrasco, você tem que comer coisas saudáveis como verduras e legumes.

- Engraçado, você falando parece o Kaka… Kakaxe-sensei? – Fala Naruto.

- Olá gente! – Saudou Kakaxe.

- Kakaxe-san, o senhor não estava de férias? – Perguntou Hinata.

- Eu vim por conta de uma carta que Naruto me enviou. – Kakaxe respondeu.

- Então se é algo sério eu vou sair.

Hinata se despede e as duas morenas saem da sala deixando apenas Naruto e seu sensei. Um silencio se instaura na sala até que o Hatake se pronuncia:

- Então é tudo verdade?

- Sim. – Responde o loiro.

- O que faremos? – Pergunta Kakaxe.

- Bom – Explica o loiro – Vamos mandar uma equipe avisar o Kazekage e pedir pro mesmo passar o aviso adiante.

- E os prisioneiros?

- Estão em coma. – Responde Naruto

- Como pode um gennin deixar dois jounins em coma?

- É isso que Sasuke foi descobrir.

- Vamos chamar a equipe. – Falou Kakaxe.

- Vamos – Concordou Naruto.

Quebra de tempo 17h30min…

- Eu tô exausto! – Gritava o Uzumaki.

- Bom vocês foram ótimos e estão liberados. – Falou Konohamaru.

- Vamos juntos Boruto. – Perguntou Sarada.

- Pode ser. – Respondeu o loiro entediado.

Os dois vão conversando, por mais que a cabeça de Boruto estivesse numa certa garota de cabelos roxos. Chegando à casa da Uchiha ele pergunta a Sakura se Sumirê estava, mas o loiro sai cabisbaixo ao receber a noticia que ela havia saído.

No escritório do Hokage…

- Então essa é a missão de vocês – Explicou Naruto. – Parece simples, mas essa é uma mensagem importantíssima.

- Iwabe, Lino, Sumirê, estamos contando com vocês.

- Vocês partem amanha cedo. – Finalizou Naruto – Até logo.

Os garotos se despedem e saem da sala.  


Notas Finais


Bom, eae o que sera que vai acontecer agora que a Sumirê vai ficar longe em? Espero que tenham gostado desculpe pela demora, to tendo semana cultural e nao sei porque mas nao to bem emocionalmente.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...