História Borusumi-Alguem por quem lutar - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Borusumi, Boruto, Denkiserena, Inosara, Metalchou, Naruhina, Naruto, Romance
Visualizações 289
Palavras 1.537
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Consegui, esse capitulo vou estar tentando algo novo, espero que gostem.

Capítulo 7 - Novo lar; Promessa de dois amantes.


Fanfic / Fanfiction Borusumi-Alguem por quem lutar - Capítulo 7 - Novo lar; Promessa de dois amantes.

AVISO: RESOLVI POR O AVISO AQUI POR QUE NINGUEM LÊ AS NOTAS DO AUTOR ENTAO ERA SÓ PRA AVISAR QUE EU ESTAREI TESTANDO UM NOVO FORMATO DE FANFIC ENTAO SE GOSTAREM OU NÃO DEIXEM NOS COMENTARIOS. OBG E FIQUEM COM A FIC.

Estavam os três dentro do táxi por um sete minutos até que chegaram a uma casa rosa com um símbolo do clã Uchiha pintado na parede.

Sakura: Bom, chegamos. Hora de falar com a Sarada.

Boruto: Tia Sakura, a senhora não falou com a Sarada ainda?

Sakura: Bem, vocês saíram e eu não tive tempo de falar com ela, mas acho que vai dar tudo certo. Esperem ali na varanda e só entrem quando eu der o sinal.

 Sakura se despede do casal e entra em sua casa:

Sakura: Cheguei!

Sarada: Oi mãe.

Sakura: Oi filha, posso falar com você um momento?

Sarada: Claro mãe, sobre o que você quer falar?

Sakura: Vamos pro seu quarto, isso não é algo que se possa falar assim de pé.

As duas foram ao quarto que agora tinha duas camas, dois guarda-roupas e dois mesinhas perto da cabeceira da cama.

Sakura: Bom filha, você acha que estamos muito sozinhas só nós duas aqui em casa?

Sarada: Bom, o papai podia passar mais tempo em casa e eu acho que nós podíamos ter um cachorro ou algo do tipo.

Sakura: E o que você acharia de ter uma irmã?

Sarada: Como assim uma “irmã”?

Sakura: E se eu adotasse uma garota?

Sarada: Seria legal,mas quando você pretende fazer isso?

Sakura: Bom… é que eu… eu… meio que já fiz isso.

Sarada: Quem é ela?

Sakura: Você já a conhece. É a Sumirê.

Sarada (Pensamento): Não, não pode ser. De tantas crianças pra adotar, minha mãe tinha que adotar justo ela? Mas eu não posso reclamar, minha mãe tá tão feliz e eu não posso estragar isso. Acho que vai ser bom, pelo menos eu vou poder ficar de olho nela.

Sarada: Bom… acho que vai ser legal ter alguém com quem conversar.

Sakura: Ótimo! Sabia que você entenderia. Ela tá aqui na frente.

As duas vão até a porta e quando Sakura abre a porta, ela encontra Boruto com o braço em volta da cintura de Sumirê.

Sakura: Que mão boba é essa com a minha filha, Boruto?

Boruto: Tia Sakura?

Sakura: Não me venha com “tia Sakura”, eu fiz uma pergunta.

Sumirê: Não é nada do que a senhora está pensando, eu estava com medo e pedi pro Boruto me abraçar.

Sarada (Ciumenta): Que eu saiba não é assim que se abraça alguém.

Boruto: Sério, foi só isso mesmo.

Sakura: Dessa vez eu vou deixar passar, mas vou ficar de olho em você em relação a minha filha. É melhor você ir pra casa, a Hinata já deve estar preocupada.

O loiro foi embora deixando a recém-formada família pra trás.

Sakura: Vamos entrar, né?

As três entram e todas, menos Sarada, começam a arrumar as coisas que estavam nas malas.

Sakura: Que vestidos lindos você tem, por que não usa algum deles pra sair.

Sumirê: Eu não saio muito, a ultima vez foi quando eu saí com o Boru-

Sakura: Você saiu com o Boruto, qual é a relação entre vocês dois?

Sumirê: Bom… eu meio que não sei. Tipo nós já nos beijamos mas eu não sei se isso faz de nós namorados.

Sakura: Eu apoio vocês mas não conte nada à Sarada, ela meio que tem uma quedinha por ele.

ENQUANTO ISSO NA CASA DOS UZUMAKI…

 

Hinata: Filho! Você voltou.

Boruto: Eu tinha chegado faz um tempo mas fui ajudar a levar as malas da Sumi pra casa da tia Sakura.

Hinata: Então a Sakura adotou mesmo ela.

Boruto: A senhora já sabia?

Hinata: A Sakura já tinha comentado isso comigo sim.

Boruto: Por que a senhora não me disse nada?

Hinata: Ela pediu pra manter segredo por enquanto mas acho que logo todos estarão sabendo.

Boruto: Bom eu vou tomar um banho e dormir um pouco.

Hinata: É bom mesmo filho, você tá fedendo, hahaha!

NO TIME SHIKA-METAL- CHOU…

 

Shikamaru: A viagem foi tranquila até agora.

Metal Lee: Não podemos baixar a guarda, temos que manter a segurança da princesa.

Chou-Chou: Shikamaru, você acha que essa roupa me deixa feia?

Shikamaru: Eu não sei e não dou à mínima.

Metal Lee: Não seja tão mal educado Shikamaru, você fica linda de qualquer jeito Chou-Chou.

Chou-Chou: Obrigado Lee, você é um fofo.

A caravana estava andando calmamente quando Metal Lee lançou um kunai para interceptar uma shuriken jogada na direção da princesa. Os guardas fizeram um circulo em volta, Shikamaru comanda que o time fique em formação de ataque e aparecem quatro ninjas mascarados.

Shikamaru: Estamos em desvantagem.

Chou-Chou: Algum plano?

Shikamaru: Mesmo se eu os pegasse no meu Jutsu de paralisia, vocês não poderiam atacar sem ficar paralisados.

Metal Lee: Vamos ter que dar um jeito!

Chou-Chou se concentra para usar seu jutsu de expansão enquanto Metal Lee a protege. Shikamaru joga três kunais em direção a um deles e uma delas pega na perna do mesmo:

Shikamaru: Você é meu!

Shikamaru prende o inimigo na sua sombra e pede ajuda pros outros o nocautearem:

Lee: Agora não dá, eu tenho que proteger a Chou-Chou.

Lee acerta um chute cara de um dos ninjas mascarados mas leva um corte no braço.

Chou-Chou: Vai! Eu tô pronta.

Chou-Chou aumenta o tamanho de suas mãos e dá um soco que faz o chão tremer e os ninjas caírem mas faz com que Shikamaru perca a concentração e solte um dos inimigos:

Shikamaru: De que lado você tá?

Chou-Chou:Desculpa. 

Metal: Não é hora de brigar – Eles se reagrupam. – Temos que ir com tudo.

Metal joga uma shuriken que acerta em cheio a barriga de um dos mascarados e o finaliza com um soco potente na cara. Chou-Chou agarra um dos mascarados e o arremessa contra uma árvore.

Shikamaru: Boa, só restam dois.

Shikamaru joga uma kunai contra um dos mascarados mas erra e leva um soco na cara do mesmo. Lee joga uma shuriken no pé do ninja que atacou seu parceiro e dá a deixa pra que Shikamaru o finalize com um chute na cara. O ultimo tenta fugir mas Shikamaru o captura com sua sombra.

Chou-Chou: Somos três contra um, é melhor você falar quem te enviou.

Chou-Chou tira a máscara do ninja e revela um rosto pálido com uma cicatriz na região do olho.

Ninja Misterioso: Eu vim por quem me criou, vim pelo pai daquele que trará destruição a esse mundo corrompido.

Antes que alguém pudesse falar qualquer coisa, Metal percebe uma movimentação estranha na boca do ninja e pula em cima da Chou-Chou, a derrubando longe:

Chou-Chou: Por que você fez isso?

Antes de Lee responder, o corpo do ninja explode provocando uma grande nuvem de areia.

Shikamaru: Fiquem atentos, isso pode ser mais uma armadilha.

A nuvem de areia desaparece.

Chou-Chou: Que tipo de ser humano esse cara era?

Shikamaru se aproxima de um pedaço do corpo do ninja e percebe algo estranho na carne do mesmo:

Shikamaru: Seja lá quem eles eram, não eram humanos.

A caravana segue seu rumo.

EM KONOHA (por volta das 17h32min)…

 

Boruto: Mãe, eu acho que vou ao monte Hokage treinar.

Hinata: Tenha cuidado filho!

O loiro sai, pega sua bicicleta e vai pedalando em direção ao monte Hokage. Depois de meia hora pedalando, ele chega ao monte hokage. Boruto prende sua bicicleta numa árvore e começa a subir o monte. Já no topo, ele encontra Sumi treinando alguns jutsus estilo água:

Boruto: Sumi! Você por aqui?

Sumirê: Ah, oi Boruto-kun. Eu resolvi treinar um pouco.

Boruto: Que coincidência, eu também resolvi treinar para conseguir fazer mais clones.

Sumirê: Eu estou tentando deixar meus disparos d’água mais fortes.

Boruto: E ai, como é que vai na sua nova casa?

Sumirê: Bom, é meio estranho para me acostumar. A Sarada é meio chata então eu resolvi sair um pouco.

Boruto: Sumi, já que eu estou aqui pra ficar mais forte e você também, nós podemos fazer um acordo.

Sumirê: Que acordo?

Boruto: Algum dia que não estejamos fazendo nada, nós podemos vir aqui e eu posso te ensinar algum dos meus jutsus e você me ensinar a fazer um dos seus.

Sumirê: Pode ser.

Boruto: Hoje, eu vou te ensinar a fazer os clones das sombras.

Boruto diz a Sumirê o sinal de mão que ela deve fazer e enquanto ela tenta fazer os clones, ele vai tentando fazer mais que quatro clones. Depois de uma hora e meia, Sumirê consegue fazer dois clones perfeitos e Boruto consegue fazer sete clones. Sumirê se deita no chão dizendo que está exausta e o loiro se deita ao lado dela dizendo que também está cansado.

Sumirê: A lua está tão linda hoje!

Boruto: Não tão linda quanto seus olhos.

Sumirê: Não fale coisas assim, eu fico vermelha.

Boruto: Eu não estou mentindo, seu olhar é a luz que ilumina minha vida. – Ele dá um beijo nela. – Vamos fazer uma promessa: vamos ficar juntos pra sempre e a partir de hoje, vamos ficar cada vez mais fortes juntos.

A garota assenti e os dois selam a promessa com um beijo

        

 


Notas Finais


Digam ai nos comentarios o que voces acharam.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...