História BOSS - PJM (REESCREVENDO) - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Drama, Fanfic, Hot, Imagine, Park Jimin, Romance
Visualizações 269
Palavras 726
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Fortes Emoções Humanas

Capítulo 16 - Garota perfeita


Fanfic / Fanfiction BOSS - PJM (REESCREVENDO) - Capítulo 16 - Garota perfeita

- Oque achou? - Perguntou depois de alguns segundos em silêncio.

- Incrível... - Comentei ainda olhando em seus olhos, sorrindo.

Ficamos em silêncio novamente, nos olhando nos olhos. Enquanto eu podia ver o brilho do sol em seus olhos, ele podia ver o sorriso em meus lábios. Um sorriso sincero, que eu não conseguia guardar só para mim, abaixei minha cabeça, ainda sorrindo, tentando acabar com aquela troca de olhares que pra mim, já estava ficando estranho.

- Porque você tanto ri? - Pude notar em sua voz que havia um sorriso em seus lábios.

- Você me surpreende cada vez mais - Ele sorriu tímido - O jeito que você dança...

Fiquei em silêncio por alguns segundos, tentando encontrar a palavra certa, enquanto o via esperando alguma palavra sair da minha boca.

- O jeito que eu danço...?

- É incrível. - Falei em um sopro.

Ele então, começou a cantar uma música que já estava tocando na caixa de som. Eu a conhecia, "Paper Hearts".

Sua voz era doce, uma voz angelical e afinada. Seus lábios levemente inchados se mexiam devagar, me hipnotizando. Minha boca se abriu sem minha permissão e o acompanhou no canto, vendo seus olhos se arregalarem de leve por breves segundos, enquanto um sorriso nascia em seus lábios, mesmo cantando.

Ele armonizou sua voz a minha e fechou os olhos, aproveitando a doce melodia, eu fiz o mesmo.

Quando a música terminou, Jimin chegou mais pra frente e me empurrou fraco, ficando por cima de mim.

- Você tem uma voz linda! - Falou ficando entre minhas pernas, colocando os ante-braços um em cada lado do meu corpo, ficando mais próximo do meu rosto.

- Você também... - Disse um pouco corada.

- Você é perfeita, S/N. - Ele sorriu.

Jimin roçou seu nariz no meu, em seguida encostou nossos lábios, sem me beijar. Sua respiração já tinha se normalizado, podia senti-la em minha face e logo em meu pescoço, com beijos sendo acompanhados por algumas mordidas leves, me arrepiando.

Jimin se levantou, me puxando pela mão, me ajudando a levantar também.

- Vai me ensinar a coreografia? - Perguntei notando ele indo até a caixa de som.

- Não... qualquer dia desses. Vamos improvisar, como fizemos na festa, topa? - Assenti.

Jimin colocou uma música. A mesma música que dançamos na festa de Taehyung. Aquela foi nossa primeira dança e nós nem nos conhecíamos, mas eu me lembro de cada detalhe. De cada sorriso ofegante, de cada pedaço de pele soada e de cada gota de suor que trocávamos. Lembro-me também dos olhares alheios, que gritavam e encaravam-nos animados feito loucos.

Me lembro também que eu ri tanto naquele dia, a ponto de minha maxilar doer... e aquilo era bom. É sempre bom estar ao lado de quem você gosta. De quem você sente prazer em estar perto.

[...]

 

Depois de algumas horas ensaiando, já estava começando a esfriar e já estávamos cansados.

- Vamos? - Assenti, ofegante.

- Vai deixar essas coisas aqui? - Perguntei olhando a caixa de som.

- Os meninos vão vir aqui, vão guardar essas coisas pra mim.

Então, vem mais gente aqui?

Pensei que só ele soubesse desse lugar.

- Outras pessoas vêm aqui? - Ele assentiu.

- Sim. Eu e os meninos dançamos aqui às vezes, mas fui em quem descobri esse lugar e venho com mais frequência, então eles me consideram... o dono. - Ele disse sem ter muita certeza se aquela era a palavra certa.

- Entendi.

Descemos as escadas e no caminho, encontramos alguns meninos, segurei a braço do Jimin com força, com medo.

- Calma! - Falou fazendo uma expressão de dor, talvez eu estivesse apertando forte demais.

- Desculpe - Sussurrei.

- Esses são meus hyungs, S/N... Jin e Namjoon. - Hyungs?

- Oh, olá! - Fiz reverência.

- Olá, princesa. - Jimin o olhou sério.

- Aish... Olá S/N, muito prazer em te conhecer. - Fez referência, enquanto Jimin continuava encarando o mais velho.

Apertei um pouco o braço do Jimin com as unhas, fazendo ele voltar pra realidade.

- Ai! Isso dói! - Reclamou olhando o braço, enquanto os mais velhos riam.

- Precisamos subir agora, ensaiar um pouco.

- Sim... Já estávamos de saída também. - Falei fazendo todos me olharem.

- Você dança? - Assenti envergonhada.

- Canta muito bem também. - Ele sorriu. Dei um tapinha de leve no ombro do Jimin, sem graça.

- Bom, já estamos indo. Espero ver você novamente, S/N.

- Jimin pode ficar em casa.


Notas Finais


Awn!! :3
Comentem, favoritem e dêem notas para a história continuar!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...