História Boy - ChanBaek - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai
Visualizações 222
Palavras 866
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, LGBT, Romance e Novela, Seinen, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellow Baebae's☁
Tudo bom???
Welcome to my sweet crazy love👑

Chegay

Desculpem pelos erros
Boa leitura❤

Capítulo 2 - 2


“Se eu lhe disser que você balança meu mundo, eu quero você ao meu redor
Você deixaria me chamar-lhe de meu garoto , meu namorado, meu namorado?”

Acreditam em contos de fadas? Em que tudo começa e termina bem? Não, não é assim que funcionava, nem todos tem pais presentes para ajudar ou ao menos dar carinho e atenção, algumas, na verdade várias pessoas já tinham que aprender a se virar sozinhos cedo, e esse foi o caso de Baekhyun.

Byun Baekhyun, um homem com exatos 20 de idade que aprendeu a se virar cedo demais e acabou se envolvendo nas noites frias de Tokyo, ou melhor dizendo seguindo a profissão de prostituto ou acompanhante de luxo.

Foi aos 18 anos que ele decidiu que iria viver disso, acredite, ele tentou várias vezes diversas outras profissões mas nada dava certo, o tempo passava e ele não havia conseguido nenhum emprego e aquela era a sua última opção, sem pensar duas vezes ele seguiu.

Na primeira noite foi fácil, apesar dele ter ganhado uma fortuna por ser virgem, aquela noite o marcou, ainda com medo e sem malícia ou experiência alguma, a sua primeira noite foi com um homem e o mesmo adorou todas as reações... apesar de ter sido doloroso Baekhyun gostou e o seu primeiro cliente também se tornou seu amigo e lhe ensinou tudo o que precisava saber.

O dia havia passado bem rápido, tive que ser acompanhante de uma mulher dessa vez, vou confessar que acho engraçado acompanhar as mulheres, pois elas são tão clichês, pelos menos eu me diverti com ela.

Enfim o dia acabou e eu estava pronto para sair quando sinto o vento frio batendo na janela, olho através da mesma e vejo pingos de chuva, pelos minúsculos pingos dava pra ver o reflexo ao contrário das luzes em neon que haviam lá fora.

Eu admirava a chuva, a amava na verdade, então decidi sair encara-la e senti-la, aquele beco se tornou vermelho pela quantidade de luzes que tinham, olhei para todos os detalhes até eu encarar alguém vindo em minha direção.

Era um homem alto, de longe era de se admirar, mas ele se aproximava com rapidez e eu sentia que ele me encarava, agora que estava tão próximo percebi que seus cabelos estavam encharcados assim como o resto de seu corpo, nós dois estávamos parados diante a chuva

Por que eu não conseguia parar de olhar pra si?, seus olhos estavam conectados nos meus eu não poderia deixar ele ir embora sem falar absolutamente nada.

- Está perdido? - perguntei

- Não, estou apenas sem sorte - sem sorte?

- Algumas pessoas costumam dizer que eu lhes dou sorte - um pouco atrevido, talvez, mas eu precisava ao menos saber o seu nome.

Mas ele apenas sorriu sem me dizer nada como se fugisse e volta a caminhar passando por mim

- Não quer entrar? Está chovendo bastante e é perigoso andar sozinho por aí a essa hora da noite - Baekhyun insistiu

- Não te conheço, como poderia entrar na casa de um estranho? - Baekhyun parece pensar e o homem a sua frente novamente da um sorriso de lado e abaixa a cabeça - porque insiste tanto?

- Eu não sei - ele volta a encara-lo

- Então não insista mais - o homem misterioso sai andando e se perde na escuridão enquanto Baekhyun continua parado no meio do beco.

Baekhyun entrou novamente dentro de casa e sentiu o seu coração bater tão acelerado que chegava a doer, por que ele fazia tanta questão da presença de um desconhecido, sua profissão não permitia que se apaixonasse, isso não seria bom se por acaso acontecesse, pensativo Baekhyun acaba adormecendo depois de um banho quente

(...)

O dia amanheceu nublado, Baekhyun acordou por conta do frio e percebeu que já eram 10 horas da manhã, ele tinha um compromisso as 11 então ele se apressou

O seu dia como sempre passou voando e logo a noite ele já estava em casa, mas dessa vez mais cedo, eram 20:00 horas quando o mesmo estava deitado ouvindo apenas o som do vento batendo no sininho que lhe trazia tranquilidade, ele não parava de pensar no acontecimento da noite passada, estava tudo calmo até o seu celular tocar.

- Alô gostaria de falar com Byun Baekhyun - engoli em seco quando ouvi aquela voz rouca pelo telefone, aquilo me parecia familiar

- Sim, posso ajudar ?

- Queria saber se está disponível essa noite ? - algumas pessoas marcavam um encontro antes para me conhecer, ou ligava para os secretários da empresa antes, mas esse parecia me conhecer e saber que trabalho bem

- Sim, estou disponível

- Que bom então, mandarei o meu endereço por mensagem para facilitar

- Tudo bem, qual o horário que deseja a minha presença?

- Neste exato momento se for possível - sorri

- Então estarei ai em alguns minutos - estava quase desligando, mas me lembrei que não perguntei o seu nome - espere, não perguntei o seu nome - ouço um riso curto e extremamente rouco que me fez arrepiar como nunca

- Park Chanyeol - não demorou para desligar assim que disse o seu nome


Continua~


Notas Finais


QUEM LEU E GOSTOU FAVORITA E COMENTA !!!

See you❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...