História Boy - ChanBaek - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai
Visualizações 212
Palavras 1.055
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, LGBT, Romance e Novela, Seinen, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellow Baebae's☁
Tudo bom???
Welcome to my sweet crazy love👑

Demorei mais volteeeei

Desculpa pelos erros
Boa leitura ❤

Capítulo 3 - 3


“Posso dar-lhe a vida que você merece, é só dizer palavra
E eu tenho você, baby, Eu tenho você”

Anteriormente ~

• Chanyeol engoliu em seco com tanta beleza em um só lugar, respirou fundo e tentou seguir sem olhar novamente para o rapaz mas foi impossível pois o mesmo também não tirava os olhos de si e ambos se encaravam diante da chuva •

Após Chanyeol ter chegado em casa o mesmo demorou muito para dormir,sua cabeça dava voltas e voltas e parava no mesmo lugar, e esse lugar estava localizado onde havia encontrado o homem desconhecido

Depois de várias tentativas Chanyeol conseguiu finalmente dormir, não seguindo a sua rotina na manhã seguinte e acordando tarde demais para ir ao trabalho, preocupado com o primeiro atrasado do colega de trabalho Jongin resolveu ligar para Chanyeol assim que possível

A claridade da janela me fez acordar com uma terrível dor de cabeça, senti o meu corpo pesado então fui diretamente para o banho... A água quente me trazia tranquilidade naquele momento, acho nunca havia me sentido assim, eu ao menos vi que horas são, porque hoje eu não estou ligando para completamente nada?

Logo após tomar o seu demorado banho Chanyeol sai com a toalha enrolada na cintura e com os cabelos pingando, olhou em seu celular e havia uma ligação de seu pai e dez de Jongin, sem ligar de volta Chanyeol resolve desligar o celular e ir até a cozinha para tomar o seu café, afinal ainda eram 10 da manhã

Já vestido Chanyeol se encontrava com um copo de café na mão em pé, observando pela janela a manhã nublada e a brisa que batia em seu rosto, Chanyeol de repente sentiu que estava perdendo vários detalhes de sua vida ao viver preso em sua rotina e se dedicar 100% ao trabalho... A tranquilidade reinava na casa até Chanyeol ouvir a campainha tocar várias vezes seguidas

- Park que susto você me deu - assim que abro a porta vejo um Kai desesperado me abraçando assim que me vê

- Ei, o que houve? - perguntei o abraçando de volta

- Eu fiquei preocupado com você Chanyeol, como é que o pontual e organizado Park Chanyeol não aparece em sua empresa - ele fala rindo

- Eu estou bem Kai - solto um sorriso

- Então, já que esta bem pode me contar porque não foi trabalhar hoje ?

- Ué, não posso tirar um dia de folga? - Kai me encara incrédulo

- Quem é você e o que fez com o Chanyeol ? - novamente nós caímos na risada

- Eu realmente não estava enxergando que aquela rotina estava estragando a minha vida

- Hm, isso tem cara de amor em Chanyeol - amor?

- Amor? Eu não me apaixono Kai - Kai ri

- Todos que falam isso são os que amam verdadeiramente - ao ouvi-lo eu parei para pensar, será que o homem de ontem a noite havia realmente mexido comigo, não é possível

Ontem a noite eu fui sim atraído por ele, mas não poderia me dar ao luxo de conversar consigo e começar a criar laços, senti que ele também se sentiu interessado, ou talvez fosse impressão minha, mas por quê ele insistia tanto pela minha companhia ?

- Ei, no que tanto pensa? - fiquei a mais de cinco minutos pensando naquele homem e acabei deixando o Kai falando sozinho

- Não, eu não estou mudado por causa de amor algum, mas sim porque acordei de um pesadelo no qual eu estava preso - desabafei - ontem a noite eu conheci um homem, mas não houve nada, só trocamos algumas palavras, eu senti que ele me queria por perto, mas eu não posso criar laços com ninguém, minha vida é muito complicada pra isso - finalmente disse totalmente para o meu melhor amigo o que estava havendo

- Chan, você já tem 28 anos, não precisa mais ligar para o seu pai ou esses tipos de problemas, apenas seja você mesmo - diz Kai dando um sorriso

- Mas você não entende Kai, eu não quero criar vínculos

- Então agora que finalmente acordou, chama um acompanhante - o que? - é Chanyeol, você precisa disso, pelo menos por uma noite - vejo o mesmo olhar o horário no relógio e se levantar, pegando um pedaço de papel e uma caneta começando a anotar

- Que isso ai? - ele não me responde e continua escrevendo

- Aqui está o número do melhor acompanhante de luxo de Tokyo,o nome dele é Byun Baekhyun - não acredito - olha, agora eu preciso voltar para o trabalho, boa sorte e até amanhã - ele não me deixou falar nada apenas saiu

É claro que eu não iria ligar para nenhum acompanhante, hoje eu só iria curtir o meu dia sozinho observando cada gota de chuva que caía lá fora

(...)

A noite vinha se aproximando a chuva fraca voltou a cair, e Chanyeol estava deitado de olhos fechados ouvindo o som da chuva batendo na janela e voltando a ter flashbacks da noite passada

Seu coração passou a bater mais forte e então o mesmo abriu os olhos encarnando a primeira coisa a sua frente, ou seja o papel que Kai havia deixado, porque ele sentia que deveria ser recompensado por algo pelo menos por uma noite ?

Sem pensar duas vezes Chanyeol pegou o número do acompanhante e ligou tendo a sorte do mesmo estar disponível... Após desligar a ligação e confirmar tudo com o acompanhante, Chanyeol sentiu aquela voz familiar, mas apenas ignorou

A casa já estava arrumada eu já havia feito minhas higienes e estava a espera do acompanhante, fiz um jantar perfeito, mesmo não sabendo com que tipo de homem eu iria lhe dar ... O tempo passava lentamente, e eu já estava um pouco nervoso, então me levantei para beber água mas fui interrompido pela campainha tocada, ele havia chegado

Segui até a porta e senti que as minhas pernas começaram a travar, meu deus como eu estava nervoso, finalmente havia chegado a porta e a abri me espantando com quem estava do lado de fora

- Byun Baekhyun? - falei soltando o ar como se o prendesse por muito tempo

- Park Chanyeol - ouço a sua voz angelical e em seguida vejo o seu sorriso, isso é algum tipo de sonho?

Continua~


Notas Finais


QUEM LEU E GOSTOU FAVORITA E COMENTA!!!

SEE YOU
😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...