1. Spirit Fanfics >
  2. Boy chosen from the curse 2: Lorkgate Arc >
  3. The training and the war... now!

História Boy chosen from the curse 2: Lorkgate Arc - Capítulo 36


Escrita por: purplequeen_

Notas do Autor


Fic ta acabando...:(
E o começinho da guerra é agr 😎🔥

Capítulo 36 - The training and the war... now!


Fanfic / Fanfiction Boy chosen from the curse 2: Lorkgate Arc - Capítulo 36 - The training and the war... now!

Pandora chegou primeiro e ja foi recepcionada por um deus(?)...Ares. Pandora invocou um monstro que segurou seu soco com sua força bruta.

Pandora- Ares! Como está, queridinho?!- Mas em seguida foi jogada longe. 

Nero a ajudou a envolvendo com uma cubo magico de proteçao  e movimento que a fez voltar em cena. 

Ares- E essas criaturas?- o homem de cabelo mediano escuro, olhos dourados em chamas e corpo super musculoso os detectaram.

Pandora- Veio dar boas vindas, amore?!- ela riu

Hermes logo apareceu agilmente. Ele possuia um cabelo encaracolado, olhos azuis e magro.

Hermes- Ares...Há um dragão por aí aterrorizando a...- parou imediatamente ao ver rostos desconhecidos.- opa...?!

Ryuuki- Deixo ele com você, Pandora.- Ryu e os demais continuavam mas uma presença os fizeram parar no mesmo momento.

Ares- Talvez Pandora não tenha lhe avisado de que não são permitidos entradas de...- Ares olhou para Ryu com desprezo- Demonios aqui.

Ryuuki- Sério?- ele riu.- Vão em frente.- Drax, Yuna, Yumi.

Os demais apenas fizeram o que ele sugeriu. Os dragoes iam destruindo casas e causando todo o caos.

Ares- Ja entendi...Voce descobriu tudo, não foi?

Hermes- Este é o...

Ares- Hermes, leve a mensagem aos demais- disse Ares.

Hermes- Okay.- Hermes iria se afastar dali, mas foi chutado por Raiden.

Raiden- Oops! Sem querer querendo...! 

Ares- Miseravel...quando foi que este infeliz apareceu?!- perguntou irritado ao ver a cena

Ryuuki- Ele estava aqui o tempo todo. Bem, tem algo pra me dizer...Deus da Guerra?- comentou com ironia.

Ares- Me espere um pouco, ainda tenho assuntos pendentes com a maldita aqui.

Pandora- Nada disso...Eu nao quero brincar com você!

Ares- Então...vai fugir?!- O guerreiro soltou um sorrisinho provocando.

Pandora- Não planejei sujar minhas mãos. Mas ele... Bem, ja não posso dizer o mesmo!

Ryuuki- Nero, Salutor. Protejam a Pandora por enquanto.

Salutor/nero- Yup...

Ares- Sinto muito, mas nem que voce fosse...- Ryu se aproximou dele e ficou frente a frente, sua mão tocou seu ombro  e o apertava.

Ryuuki- Qual é...Voce não é o tal Deus da Guerra, huh?! O temivel rei das batalhas...?

Ares sorriu e lhe deu um soco, mas Ryuuki se manteve intacto.

Ares- Você é mais resistente do que pensei...- ele se afastou ao sentir que Ryu deslocou o seu ombro com a pressão de sua mão.

Ryuuki- Mostre que você é um dos deuses e lute comigo! 

Ares se aquecia para a luta. Enquanto isso, Hermes e Raiden lutavam com extrema velocidade.

(...) 

Ryuuki despertou a sua furia e começou  levar golpes de proposito...Ares sorria com o sangue que derramava. 

Ares- O que houve, demonio?!

Ryuuki- Eu...

Ares- Revida! Ouse revidar!- lhe golpeava varias vezes com tamanha brutalidade. 

Depois de ter deixado Ryuuki no chão, imovel. Ele observou uma linda mulher de cabelo longo, traje dourado, olhos bem verdes.

Ares- Voce deve ser a rainha Celestial de Ethernia...É ainda mais bela pessoalmente!

Yuna- E nem um pouco interessada em você.- ela o rejeitou de imediato.

Ares- Não vai me dizer que...aquela criatura inferior e repugnante é o seu marido?- ele debochou, nao deixando de encara-la.

Yuna- Ele está longe de ser uma criatuda inferior e repugnante...- Ares ousou mexer em seu rosto e Yuna se afastou.- não o compare com você.

Ares- Ele nem consegue se manter em pé...!

Yuna- Quanta audacia em vim cortejar a mulher de outro...

Ares- Voce pode ser minha! Que tal?

Ryuuki- O caralho...- a voz de Ryuuki voltou a surgir.

Ares- Oh...Ainda vivo?

Ryuuki- Mais do que isso.

Ares- Como é?!- ele se virou para encara-lo.

Ryuuki- Eu quero a sua cabeça...- sua voz disse em forma demoniaca.

Ares- Ousa se transformar em nosso territorio, criatura ridicula?! Voce sinceramente... Merece morrer!- Ares com um grande impulso voou ate Ryuuki com ferocidade mas acabou atingindo o nada.

Ryuuki estava ao lado da Yuna, olhando seriamente para Ares...Com uma aura assustadora e intimidador digno de um Rei do Inferno.

Ryuuki- Ele fez algo com voce?!- perguntou a Yuna

Yuna- Não...!

Ares- Me diz, Ryuuki! Você  a ama muito? Vai me odiar pelo resto da sua vida se eu pega-la para mim? Ela seria digna de um Deus! Afinal  é uma...Mas e voce? Apenas um demonio  renegado.

Ryuuki se segurava e Yuna o olhava para ter a sua atenção. 

Yuna- Querido, mate-o.- disse a Ryuuki

Ryuuki estava ja se transformando, chamas do inferno eram vistas em seus olhos. Yuna ate mesmo se afastou. Ryuuki literalmente nao lhe dava tempo o suficiente para se defender como deveria e Ares sorria...E isso o deixava mais puto ainda. 

Ares- Voce sempre será um pobre demonio renegado...!

Ryuuki- E mais! Um matador de deuses...Ahh...sooa como uma bela cançao aos meus ouvidos!!!

Sua aura tornou toda a area em uma negatividade absurda, fazendo com o que muitos fossem tomados por um desespero avassalador, os forçando a se machucarem e ate mesmo a matar uns aos outros. Todo o dourado...perdia para as trevas que emanava de Ryuuki.  Ares estava golpeando-o, mas ele estava ali, imovel...O desespero das pessoas o alimentavam. 

Yuna- Scar! Aya! Zangetsu! SASORI!- os dois foram jogados para perto deles.

Ryuuki parou por um momento ao ver a cena...

Pandora- A festinha acabou! Tenho certeza que Zeus ta putasso! 

Yuna- Ryu, vamos.

Ares- Ainda não acabou!- Ele foi chutar Ryu que andava ate seus amigos, mas ao virar-se para receber o golpe, Ares viu no fundo de seus olhos obscuros todos os seus medos e inseguranças que nao demonstra a ninguem.

Ryuuki- Voce se considera um Deus?- Ryuuki sentiu o impacto do golpe que levou o arrastando para tras, mas segurou em seu pé, com pressao o suficiente para quebra-lo. Logo segurou em seu pescoço- A proxima vez que eu te ver...Tente lutar comigo sem sentir medo...Ou ele vai te consumir.

Ares finalmente pode desviar seu olhar e ter dominio de seu corpo e mente por completo, nao demorou muito a ter seu pé de volta ao normal.

(...)

Yuki e os demais...
Goldenwood.

Yumi- O que?! Voce vai treinar por sete dias com esse cara?!

Yuki- Sim, ja me decidi!

Yumi- Mas...devemos ficar juntos!

Yuki- Eu tenho que ficar mais forte, Mi. Por favor...entenda.

Yumi- E nós?! O que faremos?! Bem...O Nash ja encontrou o seu mestre! Mas nós...

Belle- Hey, Mi! Quero que conheça a Eva!!! 

Yumi- E pelo jeito, a Belle também!

Yuki- Voce deve fazer o mesmo, mana. Em 7 dias...Nos reencontraremos! 

Yumi- Isso se voce...Bem, esquece! Ninguem vai querer ser meu mestre! 

Eles estavam bem a frente do castelo, logo puderam avistar uma mulher de cabelo mediano loiro claro em trança, com armadura prateada com detalhes em azul,  segurando uma enorme espada e com a outra um enorme escudo, dentre muitos soldados. 

No meio de toda a confusão haviam alguns a procura de vingança por Kratos. 

Kratos- Temos que sair daqui, moleque.

Yuki- Espere mais um pouco.

Yumi- Quem é aquela...- seus olhos brilhavam ao ver a paladina conversando com os soldados.

Yuki- Yumi!!!!- ele observou diversas flechas na direçao da irmã e antes que seu olho ativasse foram jogados longe por alguem que quebrou ao meio cada uma delas habilidosamente com sua espada. 

Os soldados aplaudiam a perfomance da paladina que apenas virou-se.

Xxx- Você está bem?- perguntou, ao abaixar sua espada.

Yumi- Wow, voce...nossa...!- ela ficou sem reação

Xxx- Parece bem.- ela riu.

Xxx- Alteza, a sua majestade lhe aguarda.- informou um dos soldados.

A paladina loira olhou para Yumi e sorriu.

Xxx- Esteja no patio ao amanhecer amanhã.- e prosseguiu rumo ao encontro com seu pai, vulgo o rei de Goldenwood.

Yumi ficou processando o que aconteceu ate sentir alguem lhe beliscando.

Yuki- Ja estou indo! Digam aos demais que volto em uma semana.

Kratos- Se sobreviver!- informou ele

Yuki- Se cuida, irmã.

Yumi- Voce tambem!

(...)

E assim ambos foram para a floresta; andaram por varias horas até chegar em um lugar cheio de rochas.

Yuki- Por que paramos aqui?!- ele perguntou sem entender

Kratos- Começaremos o treinamento, moleque.

Yuki- E o que eu preciso fazer?!- ele o empurrou ao meio do nada.

Kratos- Sobreviver por 2 horas.

Yuki- 2 horas???!!!! Ta zoando?!!!

Kratos- Elas estão chegando!

Yuki- Elas?! Elas quem?!- entao ele sentiu um tremor vindo debaixo e pulou na hora. Por pouco nao foi devorado por uma " cobra" que se esconde debaixo da terra, sua pele é toda marrom e possuia olhos vermelhos.

Kratos- Enquanto isso, eu vou dar um golinho da minha cerveja com mel! Hehehe!- ele sentou em cima da rocha maior e comecou  a beber.

Yuki- Kraaaaatos!!!! Seu desgraçado!!!!

Kratos- Melhor nao gritar ou vai chamar mais atençao...Eita! Tarde demais... !- ele ria- Boa sorte...

Yuki ja estava cercado de duas cobras gigantes, ele lentamente fazia movimentos.

Yuki- Calma...eu preciso me acalmar. Como meu pai mesmo disse...É preciso me acalmar, observar e só depois decidi.

Kratos- Espero que quando acabar esteja no pique!- ele gritava la de cima

Yuki- Hã?!!!!- ele se esquivava dos rabos das cobras que agiam como chicotes.

Kratos- Porque eu nao vou te dar moleza, moleque. Veremos se vai aguentar...!

(...)

Amanheceu no reino, as pessoas abriam seus comercios e trabalhavam.  Belle ia a uma pequena aventura com Eva, uma mulher de cabelo longo verde, com pele como se fosse de arvore, cascos...Olhos verdes, com um longo vestido verde. Ela havia observado belle quando curou inumeras pessoas.

Eva- Aqui estamos.- A mulher parou em frente a uma parte da floresta que estaria...morta.

Belle- O-o que aconteceu aqui?!

Eva- Consegue sentir a tamanha angustia?

Belle- Com certeza. É horrivel... 

Eva- Aqui foi um marco de uma batalha feroz e a natureza sofreu a consequencia.

Belle- Mas...

Eva- Por que paramos aqui?! Esta vai ser sua missão...Transformar este lugar.- A mulher se encostou na rocha.

Belle- E-eu posso fazer isso!?! 

Eva- Tente e saberá a resposta...Mas primeiro, vamos fazer um pequeno teste. Aqui, este galho com uma pequena folha seca.- ela lhe deu um galho de uma das arvores mortas.- Consegue floresce-la? 

Belle engoliu a seco, estava nervosa mas ao lembrar das palavras de yumi, se motivou.

Belle- Eu vou conseguir!- Ela fez posiçao de meditaçao e fechava seus olhos.

Eva- A chave é a conexão...Seja ela...E a transforme. - Eva aconselhou.

Belle- Seja ela e a transforme...Ok.- a garota comecou a se concentrar, mas ao inves de conseguir, ela acabou quase atacando sua mestre com inumeros cipós e vidreiras.- Perdão!

Eva- Está tudo bem, continue.- ela soube se defender agilmente.

(...)
Enquanto isso...

Kratos não acreditava que Yuki mesmo exausto manejava bem em esquivar-se dos ataques sorrateiros das cobras e mais...Ele sabia de onde saiam... E assim ficou facil, ele finalmente entendeu o padrão.

Enquanto bebia, ele teve uma pequena visita.

Damian- Ele sabe de você?!- ele perguntou.

Kratos- Saberá no momento exato.

Damian- Por que nao diz logo a ele?!

Kratos- Não...Ainda não é o momento.

Damian- Voce sabia que o pai dele é o Rei do submundo, não é?

Kratos- Claro que sim...Ja ouvi muito falar dele.

Damian- E então...?!

Kratos- Eu estava mesmo tentando me afastar dele para não influencia-lo... Mas como voce mesmo me disse, ele é o alvo daqueles miseraveis metidos a intocaveis, então...

Damian- Vai usá-lo?

Kratos- Não, farei com o que ele esteja pronto! E que conheça a dor...Antes que eles o mostre.

Damian ficou surpreso com a revelaçao de kratos. Ele não só é o berserker e mais procurado como tambem foi exilado para este mundo... ele nunca foi um humano. Alem de ter sido colocado em sono profundo, o que acabou o acordando foi Yuki. E ele não sabe como.

Yuki respirava ofegante, finalmente havia matado as 4 cobras gigantes. Kratos desceu a montanha com tamanha agilidade e Yuki, para se preparar nao poupou esforços ao chutar as criaturas para atrasa-lo e ter um momento para respirar. E foi o que aconteceu, nao foi dificil para Kratos, mas ele acabou dando o tempo necessario para ele respirar melhor.

Kratos- Como eu sou gentil...

Yuki- Ta legal, agora podemos.

Ele deu risada e retirou suas espadas, jogando as no chão. Avançou com uma ferocidade ate ele que só teve tempo de bloquear o ataque para nao atingi-lo seu rosto. Entao kratos virou seu corpo rapidamente para atingi-lo, mas atingiu uma enorme rocha que se rachou imediatamente. E assim continuou a esquivar e a bloquear seus ataques.

Kratos- Por que apenas se defende?! ataque-me! 

Yuki- Eu quero melhorar a minha defesa primeiro...Mestre.

Kratos- Por que não disse antes?! Vamos melhorar essa bagaça então! 

Yuki- O-okay.

Kratos- Escolha qualquer rocha ai.

Yuki- Qualquer uma..?! 

Kratos- Sim, rápido.- ele se encostou em uma e cochilou rapidinho.

Yuki- Pronto, na verdade...Eu escolhi uma pedra vermelha...que encontrei no chão.

Kratos- Está com você?! Entendi...- ele sorriu de canto e ja estava bem a sua frente, yuki por impulso girou seu corpo guardando a pedra em seu bolso con " ziper". Antes de chegar ao chão, iria ser atingido; mas prendeu as pernas de kratos e lhe deu uma " tesoura" o fazendo cair também. Após isso, lhe aproveitou para chuta-lo.

Yuki- Porra...Muito rapido!- ele ja estava ao ar, pronto para atacar.

Kratos- Melhorar a defesa, né Yuki?! É o que voce quer...?!- kratos o atingiu por cima com o pé, o garoto esquivou-se a tempo, mas logo apareceu atrás, lhe dando um soco no estomago que o jogou muito longe, destruindo muitas rochas.

Damian- Está exagerando...- ele revira os olhos ao ver que ele ja estava em cima de Yuki de novo.- E falo sozinho de novo.  Entao ta, vou é dormir!

(...)

Sequencias de chutes altos, joelhadas e socos diretos eram deferidos contra Yuki que parecia ler seus movimentos e acompanhar.

Kratos- Muito bom...mas pode melhorar!- ele sumiu, atingindo a costa de Yuki que caiu no chao com tudo.

Yuki- Droga...!- ele socou o chão que se rachou mais ainda. 

Kratos- O que foi, moleque? Decepcionado? Vamos, acorda!!! Levanta!- ele deu um passo para tras vendo Yuki cabisbaixo.

Yuki- A pedra...!

Kratoa- Oh, deve ter se quebrado né? Que pessimo protetor voce é.

Yuki- Pode cre...Acho que defesa não é mesmo comigo...Entao...!

Kratos- O que pode fazer?! 

Yuki- Atacar antes que o inimigo tenha chance de fazer!- ele realmente surpreendeu seu mestre, mas ele soube bloquear seu soco.

Kratos- Agora estamos falando na mesma lingua...Nunca deixe que o inimigo se adapte a luta!- ele o orientou

Yuki- Okay...Er...Mestre, posso ir com tudo?! 

Kratos- E tu ainda acha que pode me bater? Sem seus poderes? Que piada.

Yuki- Não me subestime...Posso ter apanhado pra cacete....Mas nao estou morto! 

Kratos- É...voce tem um argumento ai, bora!!!! Vem x1!

Yuki retirou sua camisa branca de manga curta ja toda encharcada de suor. 

Yuki- Enquanto eu estava apanhando...lembrei que meu pai sempre faz isso para analisar a potencia e todo o poder de seu oponente enquanto o mesmo está em vantagem...- ele começou a dizer.

Ele ja estava bebado e nem queria saber de conversar, entao simplesmente partiu pra cima sem se importar. Sim, de fato...Yuki adquiriu o mesmo pensamento na luta em relaçao ao seu pai. 
E apesar da dificuldade que teve em lidar com os golpes quase fatais de seu mestre, soube aproveitar e memorizar seu padrao...A sua força e tudo mais... e como Yuki aprende agilmente, ele sabia exatamente o que fazer. 

Kratos- Huh?- ele olhou para a sua frente e nao encontrou nada, yuki apareceu em cima. Kratos ficou preparado para defender-se, mas ele apenas depositou toda a sua força no seu pé. E mesmo bloqueado, seu mestre acabou sendo jogado muito longe e destruindo diversas rochas. 

Ele parou no caminho e seus olhos estavam diferentes 

Yuki- Oh...

Kratos- Muito bem, agora vamos lutar de macho pra macho. Estava esperando por este momento! 

Yuki- O que?!

Damian- yuki, vamos, pega a minha mão!- ele sobrevoava. 

Yuki- Por que?! Ainda estou em treinamento!

Damian- Não, ele está fora de controle. Vai matar voce!

Yuki- Me...matar?! 

Damian- Vamos comigo. Quando ele se acalmar a gente volta.

Kragos pegou sua espada cega de longa lamina e apenas a mirou para qualquer lugar. Apenas aquele momento foi capaz para cortar ao meio. Ele pega impulso e aquela parte foi totalmente destruida abrindo um enorme buraco.  kratos iria ate ele.

Yuki- Ele nos alcançou!

Damian- Usa o seu poder, jovem mestre.

Yuki- Hã?! Ah...sim!- ele estava prestes a ser atingido e foi salvo graças a este detalhe. Kratos o encarava de longe.

(...)

Yumi fazia os movimentos que Shiva a orientava e repetia muitas vezes, ela havia treinado arduamente e a manusear uma espada.

Shiva era um tanto exigente com Yumi mesmo que tenha começado, mas a jovem não reclamava. Ela sempre tentava melhorar...E Shiv observava e admirava a sua determinação mas apenas não dizia nada alem do necessario.

(...)

Enquanto isso, Quill passeava pelo comercio quando ouvia barulhos extremos de algo. Alguem fazendo armas? Ele nao demorou a seguir o barulho e viu um barbudo de cabelo mediano e castanho, lapidando armas.  Ele se atentou as chamas em seus olhos...

Xxx- Olá, jovem.

Quill- Desculpe; eu nao quis...

Xxx- Tudo bem, voce pode observar.

Quill- Parece um trabalho bem complicado.

Xxx- Gostaria de aprender?

Quill- Si-sim! 

Xxx- Voce possui chamas? 

Quill mostrou a ele suas chamas. O homem o avaliava e fez um gesto para se aproximar.

Xxxx- Desvie.

Quill- O que?!

Quill assim que disse algo abaixou ou seria atingido por chamas ardentes. E assim acontecia um treinamento...exotico? 


Notas Finais


Claaaaro que Ryu tb levaria umas porradas hihihi
Afinal, é um Deus ali né mas confia 😎👌
Oq acharam? Esse cap é meio que uma prévia...hihih


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...