História Boy in Luv - Vkook - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V), Personagens Originais
Tags Jackmin, Jicheol, Jren, Krishun, Namjin, Taekook, Vkook, Yoonmin
Visualizações 267
Palavras 1.667
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 27 - E o caralho a quatro.


Fanfic / Fanfiction Boy in Luv - Vkook - Capítulo 27 - E o caralho a quatro.

16 de Julho 18:17


-Jeonghan quantos filhos você tem? -Pergunto para o garoto dos cabelos compridos que vira para me encarar. 

-Hansol, Chan, Jihoonie e Soony são meus bebês, meu filhinhos que eu criei com muito amor, carinho e leite em pó. -Ele responde colocando a mão no peito. 

-Eles deixam tu tratar eles assim?

-Claro que deixam, aí deles se reclamarem. Quatro filhos não é pouco não meu amor, precisa de muita paciência. 

-Nossa, nunca vou entender isso. -Digo me jogando para trás ficando jogado no sofá. 

-Com o tempo você acha alguém muito fofo para tu fazer amizade, brincar bastante e você se acostuma. 


20:11


-Jack, como eu, Sávio e Minki podemos te ajudar? -Pergunto e o loiro tomba a cabeça pro lado. 

-Só posso te explicar quando estiverem todos juntos, mas vocês tem prazo. -Disse o loiro. 

-Prazo?

-Sim, dois anos, depois que o prazo acabar, eu irei subir. -Disse suspirando. 

-Fuck. 


29 de Julho 13:30 


-Que é o Egito, a Mesopotâmia, e... ô! Os quatros, parô o papo aee! -O professor chamou a atenção do Taehyung, Minki, Byungjoo e Hansol que estavam sentados no fundo da sala, eles viraram de frente para o quadro e começaram a prestar atenção na aula. -Assim como na prova, a Geografia vai estar junta da História. As duas matérias são crushs, vivem juntos, trocam mensagens, mas a Geografia se faz de difícil, sabe aquelas garotas difíceis? Então. -A turma toda começou a rir da explicação do professor. -Continuando, o povo grego, nós já estudamos, eles e os romanos.... Alguma dúvida? Não? Então terminem de copiar antes que eu apague. -Ele se sentou na sua cadeira e todos começaram a copiar. 

As aulas finalmente voltaram, depois de um bom tempo sem aula. Sávio e eu voltamos a ser amigos, já que descobri que ele está namorando o primo do Hansol Chwe, o Johnny. Os dois formam um belo casal, ver meu amigo feliz me deixa feliz. 

-Eu saía todo ensaboado do banho só para ver a abertura de Thundercats. -Digo e Sávio começa a rir, estávamos conversando sobre desenhos que olhávamos na infância. -Eu não perdia a transformação dos Power Rangers, pra mim aquilo era a coisa mais foda do mundo. -Digo e ele me encara indignado. 

-Jungkook, você nunca viu Club das Winx? A transformação delas é a coisa mais mágica que existe, aquilo sim era foda. -Coloca a mão no peito e fecha os olhos respirando fundo. 

-Eu olhei uma vez, a roupa delas era brilhante mas feia. -Ele abriu os olhos e me olhou com cara de quem queria me jogar pela janela. 

-Então você olhou a primeira temporada que era uma merda de roupa, elas eram fraquinhas, já na terceira temporada quando eram as Enchantix, eram lindas, minha favorita foi a Enchantix, BUNITO! -Ele disse e nós dois começamos a rir. 

Ficamos conversando por um tempo até que sinto mãos grandes sobre meus ombros e sinto sua respiração em meu pescoço me fazendo arrepiar. 

-Oi bebê! -Tae colou sua bochecha na minha e deixou um selar em meus lábios. 

-Oi gatinho! -Me inclino para beijá-lo.  

-Opa! Dá licença, que eu vou sair daqui, por que ficar de vela de vocês dois não dá. -Sávio se levantou, passou pelo Tae e foi até os amigos do mesmo, sentando no lugar dele.

Tae senta no lugar do Sávio e me vira na direção dele, puxando meu rosto e colando nossos lábios num selar, ficamos uns segundos assim até ele pedir passagem com a língua, eu cedi abrindo um pouco mais minha boca deixando sua língua invadir a mesma, nossas línguas se tocavam de um jeito lento, quente, excitante, era muito bom, suas mãos grandes apertando minha cintura enquanto eu o abraçava pelo pescoço e o puxava para mais perto, aquilo tudo era muito bom, parecia que estávamos sozinhos, poderíamos fazer coisas a mais, mas aí lembrei que precisávamos de ar e estávamos na sala de aula, com praticamente todos nos encarando. 

Dei um leve puxão em seu lábio inferior e deixei um selar no mesmo, finalmente podendo recuperar o fôlego. Foi como eu pensei, metade da sala estava olhando para nós, até o professor.

-Então, já acabou? -O professor perguntou e eu senti minhas bochechas esquentarem, Taehyung assentiu com a cabeça e com um sorriso retangular como se o que a gente fez em público fosse normal. -Então terminem por que eu já vou apagar. 


15:35 


Já havia batido o sinal para o intervalo, fui com o Tae de mãos dadas para o pátio, e fomos até os bancos, lá estavam, Jimin e Yoongi se secando, estavam quase desidratados, credo, Minki dando gelo no Jr e dando atenção pro Long Fei, ou seja, entre tapas e beijos, Hoseok estava cantando alguma música da Xuxa que nem um retardado, Johnny estava no colo do Sávio e ambos estavam sussurrando um para o outro algo que eu não vou me dar o trabalho de querer saber.

-Ih, chegou o Vkook, agora sim todos podem fazer pose de soldado e colocar fogo na cabeça, por que viramos velas humanas. -Diz Minki ao nos ver chegando. 

-Sem contar no fato que tu me disse que essas duas bichas estavam se comendo na sala de aula. -Diz Jeonghan sem tirar a atenção do celular na qual os dois estavam quase se fundindo. -Ah lembrei de uma coisa. -Ele bloqueou o celular e olhou para Minki. -Por que você trocou de turma seu filho da puta? 

-Troquei por que quis ficar duas salas longe de ti, insuportável. -Minki responde e Jeonghan semi-cerra os olhos na direção dele. 

-Vou rasgar sua garganta com as minhas unhas. -Diz e os dois ficam se encarando com os olhos semi cerrados, que nem naquelas cenas do faroeste. 

-Bichas vão pro canto por que a gente quer espaço nesse banco. -Taehyung me puxou para o banco empurrando Minki e Long Fei. 

-Um "Com licença" pelo menos, ridículo. -Minki comenta e Tae revira os olhos. 

-Te conheço bicha, sei que não adianta pedir licença, tu não vai deixar nós passar. -Tae senta do lado de Minki e me coloca em seu colo. 

-Ah por favor né, vou deixar boi passar agora. Ata! Tô louco então. -Diz cruzando os braços. -Só não se comam aí. 

-O que é que o casal tanto cochicha aí no canto? -Pergunto sorrindo malicioso e os guris olham na direção onde estava Johnny sentado no colo de Sávio de frente pra ele, enquanto o mesmo mantinha suas mãos possessivas na cintura do menor, Sávio vira o rosto para me encarar. 

-Cochichamos sobre algo que não te interessa, nem a você nem ao resto das merdas do diabo aí, seus trouxas! -Sávio responde voltando a olhar para  Johnny e os dois continuam cochichando. 

-Nossa, Sávio barra cavalo. -Digo e os guris começam a rir. 


18:57 


-Jackson eu espero que tu seja breve, tô perdendo a novela por sua causa. -Diz Minki para o loiro que revira os olhos a tudo que o moreno falava. 

-Bicha, pára de reclamar, cala a boca e me escuta. -Diz o loiro cruzando os braços. 

-Tá, fala logo, bosta. -Minki cruza os braços, bufa e olha para um canto do meu quarto. 

-JUNGKOOK! EU VOU SAIR, QUALQUER COISA ME LIGA, E SE DER FOME, COLOCA AS COMIDAS CONGELADAS NO MICROODAS! NÃO QUEIMA A CASA! SEU IRMÃO ESTÁ DANDO O CU, NÃO VAI INCOMODA-LO -Grita minha mãe fazendo os guris começarem a rir. -TCHAU! 

-TCHAU MÃE! -Grito de volta e escuto ela bater a porta da frente e a porta do carro ser aberta e fechada, em seguida o motor sendo ligado e ela saindo. -Vamos logo com isso, fala Jackson. 

-Argh! Finalmente. Bom, eu tenho dois anos para continuar aqui na terra como fantasminha camarada, e como vocês sabem, só vocês três podem me ver e o caralho a quatro. Então é o seguinte, meu corpo está sob vegetação no hospital, meu corpo está dormindo, e todos acham que eu morri, mas na verdade não, tô vivo mas com um furo na cabeça. -Ele revira os olhos antes de continuar. -Preciso que vocês peguem rosas vermelhas e vão até meu corpo, colocar as rosas nas minhas mãos e ver se consigo me conectar e se consigo entrar no meu corpo para acorda-lo, daí eu estarei de volta, tcharam! -Ele mexe as mãos no ar e sorri.

-Só isso? -Sávio pergunta e o loiro assente. -Tá bom, fácil! 

-Fácil não, tem que ser rosas específicas. 

-Específicas? Como assim? -Sávio pergunta. 

-As rosas na verdade é um buquê, que está no túmulo do meu irmão, no cemitério que fica na ilha de Jeju. -O loiro responde e nós três arregalamos os olhos. 

-Cê quer ver a gente morto, não é? -Minki pergunta irônico. -Jeju? Puta merda! Mano, isso é muito arriscado, mas iremos tentar. 

-Sim! -Eu e Sávio dissemos em uníssono. 

Tá, Jeju é longinho, mas eu acho que dá para ir lá, mas tipo, tem que pegar um buquê de rosas vermelhas no túmulo do irmão dele? Eu devo ter cara de diabo pra ficar mexendo com morto, cacete!


17 de Setembro 12:16 

Depois de duas semanas e meia, conseguimos nos resolver para fazer essa tal viagem, finalmente fiz 16 anos. Minki, Sávio e eu arrumamos nossas coisas para a viagem, o lugar não é longe e tals, mas o problema é que não falamos mais com Jackson, e não sabemos que cemitério é e nem o nome do irmão dele, man. Eu estava terminando de arrumar as minhas roupas na minha mochila de aula mesmo, quando escuto alguém bater na porta, eu estava na sala mesmo, então só deixei a mochila no sofá e fui abrir a porta.

Deve ser os guris que marcaram de vim aqui em casa para irmos, eles arrumaram as coisas rápidos, não faz nem cinco minutos que me mandaram mensagem dizendo que a recém iam começar a arrumar as coisas.

Quando abri a porta, arregalei meus olhos ao ver quem era a pessoa...


-Oi. -Diz seco, os olhos escuros, cabelos castanhos, era ele.

Era Jung Hunchul..!


Meu Pai! 



Continua?!...



Notas Finais


GNT, aqi é a Isa, para a infelicidade de vcs, rsrsrs. ;--;
Eu ñ tenho mt oq dizer, só qero agradecer o meu primo Rennah por ajudar na fic.
Dsclp a demora. É q eu fiqei sem criatividade, e tbm fiqei cm preguiça de postar, mas eu voltei pra vcs amores!!!
Dsclp os erros. Em breve arrumaremos
Espero q gostem.

♥<~Bjokas~>♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...