1. Spirit Fanfics >
  2. Boy in Luv >
  3. Capítulo 3

História Boy in Luv - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oi Suyons 😘, a sumida apareceu né.

Bom desculpa a demora para postar, mas ai está um capítulo quentinho para vocês

E gente que Comeback vai ser esse? Eu não tô pronta e nem a memória do celular não, mas enfim... Aproveitando o volta às aulas eu decidi postar hoje, exatamente para animar vocês um pouquinho.

Bom capítulo, e espero que gostem ❤️

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Boy in Luv - Capítulo 3 - Capítulo 3








Se ambos falassem que não estava surpreso estariam mentindo, por um lado Jeon pelos os olhos cor de safira do loiro que mais parecia um anjo, seus traços eram tão delicados que Jungkook sentia que se encostasse no mesmo poderia quebra-lo.

Não poderia dizer que já gostava do ômega porque isso seria impossível na sua concepção, mas não podia mentir para si mesmo que o loiro com cabelos quase como o sol era o ômega mais belo que já havia visto.

Seus pais já começavam a se cumprimentar mas os mais novos não pareciam notar, ambos estavam hipnotizados com suas orbes que cintilavam com um brilho anormal.

"É um ômega deveras belo demais, só que não sinto seu cheiro, chega mais perto, eu quero sentir". Seu lobo choramingava de ansiedade e não era apenas ele, Jungkook também queria sentir o cheiro de Jimin mas por agora seria muito estranho, os dois nem haviam conversado.

"Os olhos dele são tão bonitos, a boca também e eu nunca vi ninguém que ficasse tão bem de vermelho, abre a boca Jimin". Agitado seu lobo conversava tirando Jimin dos seus desvaneios. Ajeitou sua postura e caminhou até seus pais que conversavam com os reis jeons, mas não sem antes olhar agora mais de perto Jungkook que agora tinha deu olhos castanho escuro.

Depois de tantas trocas de olhares ambas famílias iniciaram uma conversa agradável, da qual até Taehyung participava, mas os príncipes preferiam ficar calados e respondiam somente quando uma pergunta era dirigida a eles.

Jungkook queria tanto saber porque estava de certa forma tão incomodado com a pressão do ômega, Isso nunca havia acontecido nem mesmo em seu cios, seu lobo estava tão desesperado para ao menos sentir sentir a pele da mão do loiro que encarava suas mãos e o acastanhado.

Taehyung observava os dois desde o primeiro olhar e achava engraçado como os dois pareciam não ter percebido o que aconteceu, mas preferia ficar calado para que ambos descobrissem por conta própria.

-Bom eu acho que vocês querem descansar da viagem.- O rei Jisang se levantou do sofá e logo uma criada chegou junto com mais uma, levando Jimin, Taehyung e seus pais para seus aposentos.

Jungkook observou a família subindo as escadas e suspirou, se sentou novamente no sofá pegando se celular e enviando uma mensagem para Hoseok no Kakao.

-Eu acho que sinceramente a última coisa que ele têm é feio.- Taehyung já se encontrava jogado na cama de Jimin, enquanto o loiro caminhava pelo quarto.- Olha não vai ser sacrifício nenhum se casar com ele majestade, se me permite dizer, ele é um belo alfa.- Jimin parou e se sentou ao lado do amigo.

-Sim isso é verdade, mas eu não sei. Sentir uma coisa esquisita quando ele me olhou. Já aconteceu isso com você hyung?- Horas o jovem Park tinha uma enorme dúvida em sua cabeça, um lobo totalmente pensativo em Jungkook e um coraçãozinho ainda batendo muito rápido.

-Aish! Jimin-ah, acho que existe certas coisas que nem eu como seu conselheiro real posso te ajudar. Mas talvez como amigo sim. Só deixa acontecer naturalmente é isso.- O mais velho saiu do quarto do ômega que ainda tinha uma grande confusão, sobre o Alfa, ele tinha achado ele muito belo mas nem haviam conversado ainda. E ouviu poucas vezes a voz dele, mas até isso nele era bonito.

"Tenho curiosidade também, será como os lábios dele, ai aqueles olhos foram tão..."

Não lobo, para de colocar ideia na minha cabeça, eu ainda nem conheço ele.

"Nunca mais irei passar meus cios sozinho, o que você está esperando pra falar com ele?"

Ainda não, eu estou ainda confuso.

"Também, mas quero ouvir a voz dele Jimin"

- Alteza.- Uma empregada se curvou logo depois de entrar.- Perdão por ter entrado sem a sua permissão, mas o senhor não respondeu. O jantar será servido em 15 minutos majestade. Quer que prepare seu banho senhor?- A criada tinha alguns centímetros a menos do que Jimin.

- Aish, não me chame de majestade, alteza e muito menos senhor, não sou velho.- Soltou uma risada pela a expressão surpresa da empregada.- Não sou melhor do que você só por pertence a realeza, estamos em pleno século 21 e Isso já devia ter acabado.- Sorriu terno segurando a mão da mulher que parecia ter a mesma idade que o príncipe.

- E como quer que eu chame você?- Ela ainda tinha um olhar envergonhado, não estava acustumada a isso.

- Só Jimin está ótimo. Qual o seu nome?- A mesma ficou mais vermelha.

- Não acho que essa conversa seja conveniente. Irei preparar seu banho.- A mesma foi para a suite do Park e preparou o banho do mesmo.- Irei deixar sua roupa separada senhor.- Saiu ainda corada deixando o Jimin confuso.





                                                    🐺





A sala de jantar já se encontrava com a mesa exposta, ambas as famílias sentados a mesa, Jimin podia sentir o olhar do alfa mais novo queimar sobre si.

Se encontrava totalmente curioso sobre o olhar penetrante do moreno, sempre que seus olhos se cruzavam.

Ambos reis falavam sobre o casamento, e as rainhas sobre seus futuros netos, somente os "noivos" se encontravam indiferente sobre os assuntos, como se estivessem somente os dois ali.

Taehyung olhava seu amigo e o príncipe com um sorriso de lado, ambos formavam um belo casal.

- Não acho que sou obrigado a me casar com ele.- Pela primeira vez Jungkook se pronunciou ganhando a atenção de todos.- O contrato já foi quebrado, não temos mais qualquer acordo de casamento.

Um silêncio se fez na mesa e Jimin apenas engoliu seco, seus pais tinham uma feição assustada.

- Como assim o contrato foi quebrado?- O rei Park perguntou encarando o jovem lúpus.

- Era para ser uma ômega, e não.- Jungkook encarou o loiro com desdém.- Ele.

Jimin se sentia claramente ofendido pelas palavras do Jeon, não iria chorar na frente do mesmo, mas se sentia triste pelos pensamentos do seu futuro Alfa, sentido até mesmo seu lobo choramingar.

- E isso te incomoda alfa?- O ômega falou calmamente tendo a atenção do Jeon.

- Sim. Me incomoda, por exatamente você não ser um verdadeiro ômega, igual o seu amiguinho.- Se Jimin estava tentando se segurar agora ele tinha chegado no seu limite.

-Como é que é?- Jimin concerteza pulado de sua cadeira e atacado o alfa na sua frente se Taehyung não o tivesse impedido.- Me escuta aqui, o que temos é um acordo Jeon, não pense que eu estou feliz em me casar com um idiota como você!- Apontou para o alfa que tinha os olhos cintilantes escarltes.- Vamos Taehyung.- Puxou seu amigo para as escadas, mesmo ouvindo seus pais pedirem desculpas.

- Estou orgulhoso de você, não se rebaixou para aquele alfa.- Entraram no quarto do loiro.- Você deixou ele com raiva mesmo Jimin.

- Você sabe que eu também não concordo com o casamento, ainda mais agora.

-Mas eu realmente preciso de ajudar o meu reino.






                                                   🐺






-Gostei dele já.- O ruivo ria da careta do mais novo, do outro lado da tela.

-Quem ele pensa que é para me desrespeitar daquela maneira?

- Ai priminho, sinto muito mas ele tecnicamente não te deve nada.

-Não me vem com essa de que ômegas não precisam ser submissos aos alfas.

-Mas eles não precisam Jungkook, e vocês nem se casaram ainda. Caramba releva também, não é como se você fosse o único que está sendo obrigado a se casar.

O lúpus pensou por um momento, realmente assim como ele, Jimin também está sendo orbigado a se casar, talvez devesse pegar mais leve com o ômega. Mas ainda se sentia incômodo e nervoso com a presença do loiro.

- E também ele é um lúpus Jungkookie. Não se esqueça que ele também é mais intenso igual você. Às vezes chega a ser insuportável.

-Tá bom Hoseok, já entendi. E obrigado pelo sermão.

-As vezes é necessário.

-Tchau hyung.

O moreno encerrou o skype e ficou encarando o teto do seu quarto.

Não entendia o motivo do porque do ômega parecer ser tão interessante, já que em poucas horas só vinha o loiro na sua mente, e sua de fato rebeldia, com o alfa era intrigante, nenhum ômega aumentava a voz para um alfa.

Mas Jimin não era qualquer ômega, além da sua essência lupina, ele nunca foi de abaixar a cabeça, e não seria com um alfa arrogante como o Jeon que ele iria mudar.

Depois de tanto pensar sobre o ômega e o casamento, Jungkook resolveu sair. Sempre que estava com a cabeça cheia gostava de ir para fora, a luz da lua o acalmava, e o jardim do castelo com o perfume das flores, era ótimo para pensar mais um pouco.

Desceu os vários degraus da escada logo chegando na sala principal, as luzes já estavam apagadas, e os empregados do castelo já dormiam. Abriu as portas, logo passando pelos guardas reais.

Caminhou um pouco chegando perto da estufa, se sentou em um dos bancos encarando o céu, já se sentia mais em paz só por aquela ação, o vento frio da noite não incomodava tanto, apesar das roupas finas de seda.

-ME DEIXEM PASSAR!

-Mas senhor, não podemos permitir isso.

O clima calmo se desfez, e Jungkook se incomodou com a gritaria, ainda mais pela sua audição aguçada que o fazia ouvir com mais clareza, caminhou até a entrada principal. Os guardas tentavam uma conversa com o ômega loiro totalmente nervoso.

-Podem deixar ele sair.

Os guardas abriram espaço e Jimin caminhou até Jungkook que observava o menor, que continha um bico e bochechas rosadas, seus olhos observou o rosto bonito do ômega, os olhos pequenos, o nariz pequeno, as bochechas gordinhas e rosadas, e a boca carnuda e avermelhada a qual Jimin nervosamente passou a língua.

Aquele olhar do alfa em si já estava deixando o loiro bastante nervoso.

-Obrigado.

Jungkook arqueo a sobrancelha com o murmúrio do ômega.

- O quê?

O menor revirou os olhos, encarando o alfa.

-Eu disse obrigado alfa.- Cruzou os braços enquanto Jungkook tinha um sorriso debochado no rosto.- Mas isso não quer dizer que eu me esqueci do jantar de hoje.

-E não é como se eu quisesse isso. Na verdade eu perdi a vontade de ficar aqui. Tenha uma boa noite ômega.

O alfa saiu dali enquanto Jimin o observava incrédulo, e aliviado, por não ter que ficar naquela presença, de tanta superioridade.

-Alfa idiota.

Jimin não ficou muito tempo no jardim, e logo voltou para o seu quarto, a manhã prometia bastante dor de cabeça para o pequeno ômega.



















                                                                     Continua 👑




Notas Finais


Bom, espero que vocês tenham gostado do capítulo, não sei quando eu irei atualizar denovo agora. E sinceramente me desculpem por qualquer erro ortográfico.

E por favor favoritem se estiverem gostando da história.

Beijinhos Suyons 😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...