1. Spirit Fanfics >
  2. Boy meets Blue Flames... >
  3. A time with Shin...

História Boy meets Blue Flames... - Capítulo 5


Escrita por: Burned_Bastardz

Capítulo 5 - A time with Shin...


08:30

Mas me fala o que você quer me falar desde cedo mas que ninguém pode saber tanto que estamos no terraço da U.A? E também porque que você chegou tão atrasado? - Disse Mary já de saco cheio de eu não falar nada sobre e bem curiosa.

Então...Eu fui raptado ontem pela liga dos vilões não aconteceu nada eu tô bem são e salvo mas eu tenho que te falar que eu e o Dabi a gente transou! Aaaaa! - Disse numa velocidade em que me deixou ofegante e ao mesmo tempo aliviado por tirar esse peso dos ombros.

E PORQUE TU NÃO CONTOU ANTES QUE EU IA TE BUSCAR...Pera... VOCÊ O QUE? - Gritou Mary em um tom te preocupação mas logo soltou um grito agudo após ter captado a parte do Dabi.

Não dava,fiquei sem energia em casa o que facilitou o rapto mas por sorte o Dabi tinha chegado lá e as coisas mudaram de figura é... você entendeu! - Disse desviando o olhar por estar um pouco envergonhado de falar sobre isso.

Não acredito... VOCÊ PEGOU O MACHO EDGYLORD!!! Meu bebê tá crescendo... - Disse Mary me abraçando como uma mãe orgulhosa,quase parecendo chorar de alegria.

Passei alguns minutos contando pra ela os detalhes que ocorreram naquela noite/madrugada e conseguia ver o entusiasmo no rosto dela cada vez que os detalhes se tornavam mais picantes ao longo dos fatos.

Olha...Quem dera eu e o Hawks fossemos assim...Mas você teve uma noite de princeso mesmo eu odiando o fato dele querer parecer te agredir o tempo todo...Se ele fizer alguma coisa assim me avisa que eu deixo ele mais roxo do que ele já é! - Comentou Mary com um ar de raiva querendo me proteger já que sempre queria o melhor pra mim.

Pode deixar! Já tá quase na hora do intervalo,você vem comigo? - Perguntei me levantando do chão e indo com ela até às escadas.

Eu adoraria meu bebê mas prometi que ia ajudar o Todoroki com um dos trabalhos,mas se precisar de mim é só mandar mensagem! - Disse Mary enquanto se despedia e ia em direção ao Todoroki.

Ok... - Sorri me despedindo e fui me encontrar com Denki e Kirishima na sala,já que sempre sentamos juntos pra conversar e o Professor Aizawa sempre reclama de nós três em conversa paralela.

No caminho fiquei pensando um pouco sobre o Dabi e se conseguiria vê-lo de novo e acabei trombando sem querer em um garoto de cabelos roxos,era Shinsou.Nos desculpamos simultaneamente o que me fez sorrir e ele ficar sem jeito e enfim continuarmos nossos rumos,o que me deu a ideia de conhecê-lo melhor já que ele parecia bem solitário...

Cheguei na sala já cumprimentando os meninos e indo direto ao ponto.

Então galera,vocês conhecem o Shinsou? Sabe onde eu posso achar ele no intervalo? - Pergunto a eles e logo Kirishima me responde em um ar risonho.

Ele é um cara bem reservado então nunca tive a chance de conversar com ele mas o Denki já teve que alugar o coitado pra pedir ajuda com cálculos,ele deve se arrepender até hoje kkkkkk - Comentou Kiri logo rindo da situação de Denki que já estava morrendo de vergonha.


Eeei! Só porque ele me deu esporro por eu falar demais não quer dizer que eu não estudei... - Diz Denki irritado e ao mesmo tempo envergonhado com os comentários.


 Falou o cara que tirou 3,5 na mesma prova kkkkkkk - Disse Sero interrompendo a conversa enquanto estava de passagem pela nossa mesa.


Cala a boca,Sero! Enfim,pelo o que parece o Shinsou costuma ficar pelos corredores sozinho jogando no 3ds dele,pelo menos eu sempre achei ele por lá quando ia pedir reforço. - Disse Denki né dando uma luz sobre onde acha-lo logo correndo atrás de Sero pra começar a reclamar.


Obrigado caras,bom eu vou pegar minha lancheira e já vou indo. Até depois! - Abri minha mochila já pegando a bendita lancheira e sai ao som do sinal do intervalo a procura de Shinsou nos corredores.

Denki estava certo,estava lá os cabelinhos roxos e a carinha cheia de olheiras jogando Pokémon e ouvindo música nos fones de ouvido,eu cheguei perto dele e toquei no ombro do mesmo pra chamar atenção.


Oi... Você veio aqui pra pedir ajuda em alguma matéria? - Disse ele enquanto me olhava e tirava os fones de ouvido.


Ah não, não! Eu só achei que você estava muito sozinho e gostaria que você almoçasse comigo,eu também não gosto de muita gente amontoada então eu achei que poderia me juntar a você,mas se eu estiver te incomodando eu posso ir embora e te deixar quietinho. - Recuei um pouco pra não invadir o espaço pessoal dele mesmo eu querendo abraça-lo e conversar mais de perto.


Não é isso,pode ficar a vontade eu só...achei que você queria aulas como todo mundo já que eu sirvo praticamente pra isso e também...eu não como muito... - Disse ele enquanto se sentava no corredor com um ar meio melancólico.


Eu entendo,eu sou Megumi. - Disse me apresentando a ele e me sentando ao lado. 


Shinsou Hitoshi...prazer. - Disse ele num tom amigável porém acanhado.

Eu abri a lancheira e vi que ele parecia estar realmente com fome ou tinha algum tipo de distúrbio alimentar ou só tava mantendo uma pose ali,eu ofereci pra ele,de começo ele recuou um pouco mas aceitou com a minha insistência,logo dividi meu almoço com ele.


Me desculpa, não queria que desperdiçasse seu almoço comigo... - Disse ele suspirando com ar de arrependimento.


Que nada! Não se preocupa com isso,se quiser já que você gostou tanto,vou trazer uma lancheira minha a mais só pra você! - Sorri para ele e vi o mesmo ficar meio sem jeito,parecendo que iria corar.


Obrigado,de verdade...as pessoas raramente são gentis comigo... - Disse Shinsou se abrindo um pouco.


Eu entendo perfeitamente,passo pelas mesmas que você quando o assunto são pessoas...são sempre muito egoístas. - Disse sincero por compreender o que ele passar.


Bom,pela sua lancheira você parece gostar dos mesmos jogos que eu,se importa de jogar comigo em compensação pelo almoço que eu comi? Mesmo não sendo uma grande recompensa... - Disse ele enquanto reparava nos stickers da minha lancheira e tentava ser ainda mais amigável.


Não precisa compensar nada Shin,mas eu adoraria jogar Pokémon com você. - Vi ele sorri e chegar um pouco mais perto de mim pra nós dois vermos a tela do console,jogamos e ficamos conversando e rindo durante metade do intervalo.


Na outra metade ele parecia mais receptivo e confiante em interagir comigo então ele simplesmente passou o braço dele pelas minhas costas e meio que me "abraçou" pra eu encostar a cabeça no ombro dele pra ver melhor o jogo.Mas como nem tudo podia ser perfeito o intervalo acabou e eu e ele tivemos que ir cada um pra sua sala (Shinsou é da 1-C) antes de eu ir ele olha pra mim bem meigo e diz "Obrigado".

Espero poder almoçar com você mais vezes agora que somos....amigos. - Disse ele todo sem jeito e meio embaralhado com as palavras mas parecia genuinamente feliz.


Claro,da próxima vez também vou trazer meu 3ds assim a gente fica mais dinâmico, até amanhã Shin. - Eu voltei pra sala com o coração quentinho por fazê-lo feliz e confiante mas enquanto isso vi que o celular estava vibrando com mensagens e fui ver.


Há 2 segundos atrás


Purple Bitch: Hey bae~

Purple Bitch: Eu sei que você deve tá meio ocupado agora mas vou deixar só um lembretezinho pra você não se esquecer a quem você pertence,mesmo eu achando meio difícil pelo fato de você ser totalmente submisso a mim...Talvez eu só seja um filho da puta querendo te distrair dessa merda de escolinha que você tá...

Em seguida ele me envia uma foto bem sugestiva dele mesmo sem camisa mas sem o foco do rosto,apenas aquele belo peitoral dele que já me fazia uma boa falta.

O Denki quase vê meu celular e eu tremo na base legal e me encolho com o celular pra responder,ele ficou meio desconfiado mas pelo menos ele não viu (eu acho)...


Eu: eu tô na aula seu corno! >:|


Purple Bitch: eu sei, você acha que eu ligo? 


Eu: você realmente não muda...


Purple Bitch: se eu mudar você vai perder seu tesão em mim... >;)


Eu: é... parcialmente é verdade.


Purple Bitch: eu sei,eu sei...sempre estou certo 

Purple Bitch: enfim, não quer me ver hoje depois que você acabar essa encheção de linguiça aí?


Eu: me convida como se fosse muito normal um herói e um vilão saindo por aí Kkkkkkkk


Purple Bitch: heh~ tem razão,mas eu não disse que iríamos em algum lugar além da sua cama...


 Eu: alguém que disse que me odiava agora não consegue ficar 2 segundos sem mim.


Purple Bitch: idem.

Purple Bitch: mas realmente eu queria te levar pra jantar ou algo do tipo, só preciso arrumar um jeito de sair em público sem ser reconhecido...

Eu: entendi. Você anda bem romântico e dedicado pra alguém que eu achei que só ia ter uma noite comigo e ir embora.


Purple Bitch: pois é,que irônico não é mesmo? Na verdade eu só quero ser um bom parceiro pra você...


Eu: falou o cara que quase quebrou minhas costelas,me enforcou e quase me empalou com.... você sabe!


Purple Bitch: eu sei que você gosta então nem precisa fingir reclamar...


Eu: ...


Purple Bitch: ficou quieto pq é verdade,enfim,eu vou voltar ao meu posto te vejo mais tarde.

13:35


Chegou a hora de voltar pra casa e eu vejo o Shinsou na saída com um gato no colo.


Que coisa mais fofinha,é seu? - Perguntei vendo que ele tinha o mesmo amor por gatos que eu.


Não,mas agora vai ser. Ele parece tão solitário...Vou levá-lo pra casa e cuidar dele. - Disse ele com entusiasmo enquanto acariciava o gatinho de pelagem negra.


Isso é muito maravilhoso da sua parte Shin,já pensou num nome? - Perguntei curioso mesmo não sabendo se ele tinha já escolhido algo ou não de imediato.


"Gumi".Em homenagem a você e nossa amizade.Assim posso ter uma parte de você em casa pra não me sentir solitário mesmo eu tendo seu contato de celular. - Disse Shinsou com as bochechas coradas enquanto ele me via sorrir sem jeito.


Achei muito fofo da parte dele já fazer algo em meu nome e nossa amizade logo de primeira,a gente se despediu um do outro depois de um papo bobo sobre matéria da aula e voltei pra casa.

Chega por volta de umas 21:30,eu de bobeira e de pijama assistindo TV. Eu escuto a campainha e penso comigo "mas quem caralhos é a essa hora?".

Fui até a porta e já atendi um pouco alterado no humor pra simplesmente ficar de queixo caído com o que eu vi...

Obviamente era o Dabi mas o mesmo consegui disfarçar completamente as marcas roxas do corpo com algo que parecia ser tatuagem temporária e maquiagem,os pinos pareciam piercings realmente. Enquanto isso ele estava vestindo uma camisa branca de abotoar com manga curta,suspensórios pretos, calças jeans preta rasgada e umas botas de couro pretas.

Ao mesmo tempo que ele estava com o cabelo branco com manchas cinzas e pretas na ponta de desbotados de algum químico que ele deve ter colocado ali.


Eu disse que eu daria um jeito...Vamos,se arrume.Quero te levar num lugar legal. - Disse Touya sorrindo de canto levemente malicioso.

Em resumo rápido,ele conseguiu uma moto (ainda suspeito que ele roubou pois nunca mais a vi) e fomos pra um jantar fino que ele queria me levar e logo depois,ele sabendo que restaurantes assim não eram muito minha cara exceto pelo fato da comida,fomos num local meio underground de Shinjuku ouvir umas bandas juntos e depois voltamos pra minha casa onde insisti que ele dormisse aqui mas ele simplesmente teve que ir por causa dos amiguinhos vilões que iriam encher o saco.

Mas de qualquer forma foi uma noite maravilhosa e senti que Dabi estava começando a ficar cada vez mais sentimental e romântico do que só um colega de transa...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...