1. Spirit Fanfics >
  2. Boy meets Blue Flames... >
  3. Soft and Cuddly around Warm Scars

História Boy meets Blue Flames... - Capítulo 7


Escrita por: Burned_Bastardz

Notas do Autor


Última dr que tive até agora.
Avisos: Fluff Chapter!!!
(◍•ᴗ•◍)

Capítulo 7 - Soft and Cuddly around Warm Scars


Fanfic / Fanfiction Boy meets Blue Flames... - Capítulo 7 - Soft and Cuddly around Warm Scars

15:28 

Depois de 5 dias desde o que houve comigo e Dabi no estacionamento,o que deixou Mary extremamente irritada com o fato dele ser violento no começo de tudo,era finalmente final de semana e eu pude descansar um pouco de todo o trabalho duro que estamos fazendo na U.A, então resolvi dormir até a hora que eu quisesse e foi o que eu fiz.

Olhei para janela sem levantar da cama e pude ver e ouvir a chuva caindo junto do leve cheirinho de terra molhada que vinha dela.O clima realmente estava agradável e favorecendo meu tempinho de descanso.O que me deixou encucado foi o fato de que eu não tinha deixado aquela janela aberta antes de dormir na noite passada...

Logo fui respondido e retirado do meu questionamento quando escuto a maçaneta da porta do banheiro do meu quarto abrir e eu deparar com Dabi saindo dali só de camiseta cinza e boxers preta enquanto bocejava e logo me olhando com um sorriso meigo no rosto.

Parece que alguém finalmente acordou... - Disse ele enquanto se encostava no canto da porta do banheiro.

O que você tá fazendo aqui? - Perguntei num tom confuso por realmente não me lembrar de tê-lo convidado ou encontrá-lo na noite passada.

Eu moro aqui. - Afirmou Dabi num tom risonho enquanto se aproximava de mim.

Não mora não. - Respondi no mesmo tom que ele enquanto deixava um leve riso escapar e logo ele se aproximava,ficando por cima de mim na cama e me encarando com um biquinho irônico enquanto atuava como um cãozinho abandonado.

E você vai me expulsar? - Ri da porca atuação dele enquanto segurava o rosto dele e beijava seus lábios de um jeito doce.

É claro que não! Só estava surpreso de te ver aqui... - Disse enquanto fazia um cafuné nos cabelos novamente negros dele enquanto ele deitava a cabeça nas minhas pernas e me encarava com um sorriso genuíno de felicidade.

Você não resiste ao charme desses olhinhos turquesa não é? - Disse ele rindo enquanto contava vantagem e eu logo bati com um dos travesseiros na cara dele enquanto ambos nos dois riamos juntos.

Besta...Bom,isso explica a janela aberta mas e as suas intenções? - Perguntei ainda encucado enquanto tirava o travesseiro do rosto dele acariciando o mesmo.

Eu sei que hoje e amanhã você está "de folga" por assim dizer,assim como eu e já como eu não devo satisfações pra nenhum deles sobre o que eu faço no final de semana...Eu resolvi dedicar esse meu tempo a estar com você sem precisar estarmos um em cima do outro e gemendo loucamente nossos nomes. - Disse Dabi levemente tímido enquanto desviava o olhar por alguns segundos.

Ah sim...Fico feliz que você realmente queira passar esse tempo juntos,nos podemos descer e fazer um lanchinho juntos depois podemos ficar aqui em cima assistindo TV ou jogando algo,o que acha? - Perguntei a ele e rapidamente o mesmo concordou e fomos até a cozinha.

Ele preparou uns queijos quentes enquanto eu preparava uma jarra de suco pra nós dois,durante o processo ele vinha e me abraçava por trás de vez em quando e eu podia sentir o quão quentinho o corpo dele era mesmo com as chamas sem se manifestarem,aquilo me fazia ficar tão calmo que eu não poderia deixar de sorrir... 

Subimos e nos sentamos na cama enquanto escolhiamos um filme pra assistir e comiamos.

Você já assistiu "A Hora do Pesadelo"? - Eu e ele nos perguntamos ao mesmo tempo o que nos fez sorrir bestas e dar uma pequena risada.

O que custa assistir de novo? - Perguntei retóricamente enquanto colocava o filme.

É, você tem razão... - Disse ele sorrindo e logo me puxando pra perto dele e me abraçando carinhosamente, não querendo que eu ficasse afastado.

Assistimos o filme inteiro novamente enquanto comemos os sanduíches e o suco.Depois do filme Dabi se sentou na cama e soltou um longo suspiro...

Sabe,as vezes eu me sinto um monstro como ele...Ninguém me deu a chance de tentar ser alguém bom,sempre apontavam pro meu rosto roxo queimado e pros meus pinos,diziam que eu fedia a morte e que eu era repulsivo e já saiam correndo sem eu ao menos dizer nada,isso dói... - Disse Dabi cabisbaixo e rapidamente eu o abracei forte.

Seus atos realmente podem ter feito você se tornar repulsivo mas você não tem culpa das suas deformidades e você nem cheira mal,mas se isso vai te fazer feliz pelo menos um pouco...Eu vou cuidar de você. - Disse me levantando e pegando uma caixa cheia de algodão e uma garrafa grande de álcool 70% que tinha leve cheiro de perfume suave,embebi o algodão com o álcool e segurei com carinho o braço dele enquanto passava o algodão com calma em suas marcas roxas.

Megumi... - Ele ao ver aquilo cobriu seu próprio rosto com a outra mão que eu não estava limpando e começou a chorar um pouco enquanto eu cuidava do seu outro braço.

Não precisa chorar...Eu estou aqui com você Touya...Ou Dabi...Como preferir. - Sorri pra ele enquanto ele tentava acalmar o próprio choro.

Obrigado... - Ele sorriu enquanto as lagrimas começaram a parar,logo me entregando uma pequena caixa que pareciam cargas de grampeadores mas na verdade eram seus pinos e pontos do rosto que ele trocava.

Me dediquei aquele tempo em cuidar de toda a área queimada dele e trocar seus pontos e pinos pois queria o ver feliz,ele me encarava de um jeito carinhoso enquanto conversávamos durante o processo. Depois de 1h consegui terminar e assim que terminei ele me puxou me sentando no colo dele e me olhou nos olhos com aqueles belos olhos turquesa em uma expressão de pura paz e tranquilidade.

Como você consegue amar algo tão horrendo assim? Você não fica entediado ou se cansa de mim? - Perguntou ele enquanto continuava me encarando com a mesma expressão.

Você ser diferente é o que me atrai,qual é a graça de ser igual a todo mundo? Olha meus dentes e meu cabelo! Sou tão diferente quanto você...E você não é um brinquedo pra mim, você nunca vai me enjoar porque você é incrível. - O respondi sinceramente enquanto olhava nos olhos dele e ele logo colocou sua mão atrás da minha cabeça e me beijou lentamente apaixonado ao mesmo tempo que me segurava meu rosto com carinho com a outra mão.

Só você mesmo pra fazer minha cabeça e meus pensamentos inteiros entrarem em curto... - Comentou ele enquanto se separava do beijo e me deitava na cama junto com ele.

Ficamos um tempo nos encarando com um sorriso besta no rosto até que decidimos fazer outras coisas.Passamos a noite inteira jogando jogos de tabuleiro,video games, assistindo TV e atacando a geladeira.

No final da tarde resolvemos tomar banho juntos e acho que essa foi a primeira vez que ficamos juntos sem roupa em algum lugar sem nenhuma tensão sexual envolvida, realmente foi relaxante e aproveitamos aquele tempo pra se curtir de uma forma menos carnal. Depois daí voltamos pra cama nos posicionamos de conchinha enquanto ele acariciava meus cabelos enquanto me abraçava e sentia sua respiração próximo a minha orelha.

Podemos continuar fazendo isso todos os finais de semanas? - Perguntou ele enquanto abraçava um pouco mais apertado.

Claro que podemos,meu chamuscadinho... - Disse calmo e sonolento logo ouvindo pequenos roncos vindos dele e essa foi minha deixa pra acompanhá-lo e aproveitar esse tempo maravilhoso com ele que esperava que nunca acabasse...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...