História Boy Next Door. - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, WINNER
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Seungri, Suga, T.O.P, Taeyang, V
Tags Bigbang, Bts, Colegial, Deayoshida, Jikook, Lemon, Namjin, Nyongtory, Taetae, Tdae, Yaoi, Yoonseok
Visualizações 146
Palavras 1.090
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Esporte, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heeey guys! Capítulo curto, eu sei, não me julguem! Prometo postar outro antes do final do mês c:

Capítulo 22 - Anime-se!


loiro não sabia mais o que fazer, havia tentado de tudo para tirar o maldito Jung daquela cama. O homem não se alimentava direito há dias, andava como um zombie pelo quarto e estava perdendo tantas aulas que Yoongi não tinha ideia de como os professores não haviam dado sua falta ainda. Estava nervoso, irritado e um pouco sem paciência. Entendia ou tentava compreender as emoções confusas do namorado, mas acreditava que se dar por vencido e agir como morto não iria melhorar as coisas. O jeito era encarar o inimigo de frente. 

Seus amigos estavam igualmente preocupados, não conseguiam enxergar Hoseok naquele homem, era apenas uma casca vazia e sem vida, perambulando como uma alma esquecida. Toda a alegria e vida que o jovem de fios castanhos possuía, seu jeito brincalhão e sorriso encantador havia sumido de sua face. 

— Yoongi. - Hoseok gemeu, sentia a mão macia e quente do namorado acariciar a lateral de seu rosto, sorriu minimamente sem vontade. Estava fazendo um tremendo esforço para agradar o homem exigente. "Como se ele fosse extremamente expressivo!" 

— Te acordei? - O loiro questionou baixinho, retirando a mão do rosto alheio. — Não foi minha intenção baby. - O loiro se desculpou com um leve sorriso. Suas mãos foram em direção ao cobertor, puxando-o de cima do namorado preguiçoso que resmungou assim que sentiu o vento gelado. 

O moreno se enrolou no fino lençol que cobria a cama, encolhendo-se novamente e afundando a cabeça no travesseiro, não estava com vontade de se levantar, muito menos de sair daquele quarto. Sabia que a escola inteira estava comentando sobre o acontecido, todos estavam pensando que ele era um maldito traidor que havia transado com o Mino. 

Hoseok sentia-se mal até a raiz do cabelo, tentava entender como havia ido parar naquele quarto, mas sua memória não estava o ajudando. Durante a noite alguns flashbacks invadiam sua mente, fazendo-o acordar agitado e consequentemente acordar Yoongi que havia se mudado para seu quarto, segundo o loiro era porque estava entediado de passar tanto tempo sozinho, mas o moreno sabia que era apenas para vigiá-lo e cuidar de si, sentindo-se ainda mais culpado por causa tantos transtornos. 

— Eu não quero me fazer de vítima, Yoongi. - O moreno sussurrou, balançando a cabeça de um lado ao outro repetidas vezes. — Mas me apavora a ideia de que todos estão lá fora, me julgando e falando pelas minhas costas. Todos estão pensando que eu sou um filho da puta em trair você, ainda mais com aquele bastardo, é assustador pensar que assim que eu colocar os pés lá fora, todos os olhares estarão na minha direção. - Hoseok ergueu a cabeça, encarando os olhos inexpressivos do homem à sua frente. Em momentos como aquele desejava poder ler mentes, assim entenderia o que se passava naquela cabeça mirabolante. 

— Hoseok, eu entendo o que você quer dizer... Só que você não pode passar o resto da sua vida aqui dentro, trancado e com medo das outras pessoas. Você é Jung Hoseok! 

— E se... - O mais novo foi interrompido pelos lábios vorazes do namorado. Sentia as mãos quentes do Min apertando sua cintura, entreabriu os lábios permitindo que a língua do loiro adentrasse sua cavidade úmida, apreciou o sabor de menta que vinha da boca do outro. 

Yoongi gemeu ao sentir as mãos do namorado puxarem seus fios descoloridos, adorava quando Hoseok resolvia maltratá-lo um pouco. Os dentes do moreno mordiscavam levemente seu lábio inferior, suas pernas entrelaçavam-se com as suas, movimentando-se sob a cama e arrastando os lençóis junto a eles. O Min estava prestes a intensificar as carícias quando sentiu um baque contra seu corpo, levantou a cabeça um pouco confuso, encarou o corpo de Hoseok sob o seu e riu. Estavam caídos no chão.

Hoseok não conseguia parar de rir ao ver a expressão confusa e dolorosa no rosto do namorado. Sentou-se no chão com as costas apoiadas na cama, permitindo que o homem abaixo de si levantasse também. As lágrimas escorriam de seus olhos devido a gargalhada incessante, sentiu o ar falta em seus pulmões e tinha certeza de que seu rosto estava pra lá de vermelho. Fazia meses que não ria daquela forma, meses que não se permitia sentir tal alegria. 

O loiro esqueceu a dor ao notar o sorriso estampado no rosto do namorado, era tão bom vê-lo risonho daquela maneira, quase havia se esquecido o quão adorável era seu sorriso. Naquele momento, Yoongi prometeu para si mesmo que faria aquele sorriso surgir mais vezes, e não permitiria que ninguém o apagasse. 

 

 

[...] 

 

 

Taehyung não sabia mais o que fazer, as constantes investidas dos dois irmãos estava o deixando louco, como se não bastasse ter de lidar com um loiro azulado tarado, ainda havia o ruivo inconsequente e seu namorado psicótico. O moreno não fazia ideia de como havia entrado no meio daquela confusão de gente louca, mas buscava uma forma de sair o mais rápido possível. 

— Eu não sei mais o que fazer Jin! - O moreno resmungou com o mais novo melhor amigo, Kim Seokjin. Não era novidade que os dois haviam se tornado um pouco próximos depois de todos os acontecimentos recentes, mas de uns dias pra cá os dois estavam ainda mais amigáveis, o que causava certo desconforto em Namjoon. 

O rosado riu do jeito atrapalhado e confuso do garoto em lidar com as coisas, estava na cara o que deveria ser feito, somente ele não enxergava o que estava diante de seus olhos, ou talvez não quisesse enxergar. 

O mais velho tentava lhe ajudar, o ouvindo e aconselhando, atendendo suas ligações desesperadas na madrugada, saindo consigo para diversos lugares apenas para distraí-lo. Seokjin sentia-se na obrigação de ajudar o mais novo, como um verdadeiro irmão mais velho. O único que não estava gostando disso era Namjoon, mas com aquele o rosado sabia se resolver e muito bem. 

— Simples, deixe claro as coisas. Mostre ao Jiyong que você não repetirá o mesmo erro, e ao Seunghyun que entre vocês dois não acontecerá nada. - Seokjin deu de ombros, jogando-se na cama do garoto e pegando o controle do vídeo-game de suas mãos. — Não adianta ficar reclamando, isso não vai resolver nada. 

O moreno bufou revirando os olhos, queria que as coisas fossem tão fáceis ao ponto de serem resolvidas daquela maneira. A verdade é que se interessava pelo ruivo, seu jeito inconsequente o encantava, era tudo tão leve e sem preocupações. Porém, por mais que odiasse admitir sentia coisas pelo de fios azuis que nem ele mesmo conseguia explicar. 


Notas Finais


Yoongi é só amor! Taehyung é indecisão em pessoa, não sabe o que comer no café e já tá pensando na janta.

Por que eu demorei tanto? Como disse antes, problemas na internet que foram resolvidos por hora. Desculpem o capítulo curto, prometo escrever um pouco mais no próximo.


Fanfic nova, sobre o Jimin! EEEEE!

Uma história de não aceitação própria e por parte da sociedade, além de descobrimentos da juventude-adolescência, coisas que todos nós passamos e vamos continuar passando, mesmo sem perceber.

https://spiritfanfics.com/historia/who-i-am-10958614


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...