1. Spirit Fanfics >
  2. Boyfriend Material (Jaehyun) >
  3. Eu realmente gosto de você

História Boyfriend Material (Jaehyun) - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Eu realmente gosto de você


 New York, 2017 

Era um dia comum, como qualquer outro, mas não para Lola. A mesma estava preocupada com o namorado que teve que ir viajar as pressas para a sua terra natal na Coréia do Sul.

Mingyu nunca falava sobre sua família para a mesma, e o único amigo dele que ela conhecia, era Jaehyun.

Lola não podia ter amigos, Mingyu era muito ciumento, e a mesma já estava cansada disso, não queria ter que lidar com a crises de ciúme do namorado e por mais que tentasse falar com o mesmo que o ciúmes dele era desnecessário, ele sempre vinha com um milhão de argumentos, como se estivesse certo e Lola errada.

Ela estava saindo de um café que ficava a poucos metros de sua universidade, quando começou a chover forte o suficiente para a mesma chegar no local toda molhada.

— Droga! — A garota murmura brava ao chegar na entrada da universidade.

A mesma sente seu celular vibrar dentro de sua bolsa e pega-o rapidamente vendo que era seu namorado.

Lola, houve alguns contratempos. Não irei voltar por enquanto. Espero que entenda e que fique bem. — Mingyu nem ao menos espera uma reposta da mesma e desliga.

— Claro! Vou estar ótima! Até por que tenho um ótimo namorado! — Lola murmura brava jogando o celular dentro da bolsa e andando em direção ao local ao qual teria aulas.

— Lola! — Ela ouve seu nome ser chamado e vira em direção do dono da voz e sorri.

— Olá Jae! — A mesma saudou e o rapaz sorri.

— Oh, você se molhou! Quer o meu casaco? — O rapaz fala ao notar que Lola havia tomado um banho de chuva praticamente.

— Ah, não precisa..— Ele nem espera ela terminar a frase e seu casaco já está sobre os ombros da mesma. - Obrigada..- Lola sorri e desvia o olhar envergonhada.

Jaehyun é muito gentil. Ele é realmente gentil com qualquer pessoa, porém, ele consegue ser ainda mais gentil com Lola. Desde que Mingyu foi para a Coréia, Jaehyun e Lola se aproximaram mais, e o mesmo sabe o quanto seu amigo não gostaria de saber disso. Porém, o rapaz não tem coragem de se afastar da mesma.

— Nós devíamos ir para a aula. — Lola fala um pouco baixo porém o rapaz ainda consegue ouvi-la.

— Sim, claro. Você pode ir na frente. — O rapaz sorri um pouco e a garota assentiu e acena seguindo seu caminho.

A verdade era que Jaehyun sempre teve sentimentos pela namorada do seu amigo. E com o mesmo estando longe era ainda mais difícil escondê-los. Ele não consegue entender como Lola ainda não percebeu o carinho que ele oferece à mesma. Ela deve achar que é por que ele é um cavalheiro com qualquer garota. Deve ser isso.

Naquele mesmo dia, eles foram em um bar junto com seus colegas de faculdade, coisa que Lola não costumava fazer quando Mingyu ainda não havia ido para a Coréia.

A garota estava sentada no balcão do bar enquanto alguns dos seus colegas jogavam sinuca ou dançavam em algum canto do local.

— Lola. — O rapaz chama a atenção da mesma que olha para o lado e sorri ao ver o coreano.

— Jeffrey. — Ela fala causando uma pequena risada no mesmo.

— Ninguém me chama assim desde o ensino médio, como descobriu?

— Culpa do Mingyu. — Lola fala olhando pro balcão — Ele não costuma falar muito da família e dos amigos, só te conheci por que estudamos na mesma faculdade. Se não fosse por isso ele também nem faria muita questão. — A garota suspira e o rapaz apenas a observa com atenção. — Estamos juntos a quase três anos e sinto que foi uma perca de tempo, isso é errado? — Lola olha pro rapaz mas o mesmo já encarava sua face.

Então ela percebe o quanto ele era bonito, e o quão confortável se sentia na presença do mesmo. Isso foi um sentimento estranho no pensamento da garota, porém a mesma sentia que seu namoro era tão superficial, e Lola era muito intensa e profunda, mas tudo que Mingyu lhe oferecia eram sentimentos rasos.

— Você não o conhece assim tão bem. Mesmo estando com ele a quase três anos. Mingyu é complicado. — Jaehyun fala e Lola assente inconformada.

— Penso que ele deve ter alguém na Coréia. — Ela fala sem pensar e Jaehyun encara a mesma um pouco mais sério. - Eu tenho razão não é mesmo? Esses assuntos familiares, soube que existe muitos casamentos arranjados na Coréia. — Lola fala olhando para suas mãos que se apertam uma na outro em sinal de ansiedade.

— Ele iria te contar. — Lola sente seus olhos lacrimejarem, Jaehyun logo põe uma de suas mãos sobre as de Lola enquanto a outra limpa as lágrimas da garota. — Lola, não fique assim.

— Obrigada, você é uma pessoa muito gentil. — A moça agradece em meio às lágrimas e Jaehyun sente seu coração se apertar ao ver que a mesma ainda estava triste.

— Ei, vou te levar para casa. Vou dizer ao pessoal que não está se sentindo muito bem. — O mesmo nem espera uma resposta da mesma e se afasta.

Depois de três minutos Jaehyun aparece e puxa Lola pela mão a levando para fora do bar. A mesma ainda estava com o casaco do rapaz e o cheiro do mesmo agora estava até em si mesma.

— Não precisava me acompanhar até em casa. Devia ter ficado se divertindo.

— Só estava lá por você. — O rapaz solta e Lola para de andar e o olha. — O que ouve? - Ele pergunta parando de andar e olhando para a mesma.

— Às vezes parece estranho a forma como me trata. — Lola fala intrigada e Jaehyun sorri.

— Deve ser por que eu gosto de você. — Lola ri assentindo.

— Claro, eu também gosto de você. É um ótimo amigo. — Lola fala e Jaehyun fica sério de repente deixando a mesma confusa.

Ele se aproximou o suficiente da mesma que sem perceber começa a ficar nervosa com sua aproximação. Jaehyun a olha nos olhos e a mesma se sente estranha e desvia o olhar.

— Sou apenas um amigo pra você? — Jaehyun fala e Lola engole em seco. — Eu gosto de você.

— E-Eu sei..— Lola fala se sentindo intimidada, não de uma forma ruim, mas ainda sim estranha.

— Eu realmente gosto de você. — Lola sente sua boca ficar seca e apenas desviou o olhar.

Ela começa a andar apressada. Não queria ter que agir desse modo, mas Jaehyun era o melhor amigo de Mingyu, que era seu namorado. Era errado, por mais que seu relacionamento não estivesse aquelas mil maravilhas, não queria magoar Jaehyun ou causar confusão entre os dois amigos.

" Pense no que eu te disse."

O mesmo havia mandado uma mensagem para Lola que viu assim que chegou em casa. Sentia seu coração pulsar de repente e se reprimiu por isso.

Isso é errado Lola. Gostar do amigo do seu namorado é errado. — O subconsciente da mesma lhe alertava a todo momento. Mas as lembranças não lhe saíam da mente.

Eu realmente gosto de você.


Notas Finais


Estou repostando a fanfic e já aviso que o Mingyu não será o do Seventeen, então imaginem da forma que acharem melhor pois a algum tempo isso estava me incomodando.

Até a próxima atualização!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...