1. Spirit Fanfics >
  2. Boys In Luv - Stray Kids >
  3. Professor Particular - SeungChan

História Boys In Luv - Stray Kids - Capítulo 10


Escrita por: XXJB94

Notas do Autor


Voltei de forma descarada, por que sim.

Capítulo 10 - Professor Particular - SeungChan


Fanfic / Fanfiction Boys In Luv - Stray Kids - Capítulo 10 - Professor Particular - SeungChan

 Era quarta feira, dia que Seungmin seria apresentado como assistente do time. Todos os jogadores estavam em quadra e principalmente ele, Christopher o capitão do time de basquete do colégio. Chris estava dando dicas para Yeonjun quando um jovem tímido se aproxima da quadra gerando cochichos a seu respeito. Todos se questionavam sobre o porquê do rapaz estar ali sendo que Christopher havia rejeitado a sua participação no time.

– O que esse “mulherzinha” está fazendo aqui? Aqui não é lugar para um cara delicado como ele. //Yeonjun começa a falar num tom debochando fazendo com que todos fitassem o rapaz. Irritado com a atitude dos seus colega de time, Chan toma a palavra e decide explicar o porquê do Seungmin estar ali na quadra.

– Pessoal! //Todos os presentes o fitam, Chris era o capitão então todos os jogadores o respeitavam sem pestanejar ou se opor. – O Seungmin fará parte da nossa equipe como assistente e espero que tratem ele muito bem ou eu serei obrigado a tomar medidas extremas contra o culpado.

É sério isso? //Irritado Yeonjun dá as costas para BangChan e indo treinar, como se a presença do rapaz fosse atrapalhar seu desempenho em quadra. Seungmin foi recebido pelos demais jogadores exceto por Yeonjun que era contra o rapaz fazer parte do time mesmo que de forma indireta. Christopher dá um sorriso terno para Seungmin que retribuí com um sorriso tímido. O treino começou e logo todos já estavam em seus devidos lugares prontos para jogar. BangChan era o mais habilidoso de todos e fazia cestas de 3 pontos com muita facilidade.

Pátio de De Artes

 Jeongin estava terminando de arrumar seus materiais para ir embora quando Eric se aproxima. O mais novo estava tão distraído que se quer percebeu a aproximação do rapaz, que sem cerimônia alguma fica por trás dele e sussurrando no pé do seu ouvido:

– Olá, Jeongin-shiin! //Assustado ele se afasta do loiro incoveniente.

– Ya, você me assustou! O que está fazendo aqui?

– Você ficou de me dar aulas particulares, lembra?

– Eric..., sobre a aula particular, eu...

– O Hyunjin já fez a sua cabeça né?

– O que!? Não.

– Deixa eu te contar uma historinha! O Hyunjin nunca gostou de mim e do Juyeon. Na verdade ele não gosta de ninguém além dele.

– Está enganado, o Hyunjin não é esse tipo de pessoa! //Irritado com oque acabará de ouvir do aluno novato, Jeongin se apressa para pegar seu material, porém de forma bruta Eric o agarra pelo braço e o impedindo de partir.

– Escuta aqui seu magricela, ou você me dá as aulas particulares ou você vai se ver comigo.

– Hey! //Hyunjin sem pensar duas vezes empurra o garoto de fios loiro e o afastando do mais novo. – Eu falei pra você ficar longe dele.

– Hyunnie não briga, por favor! //Hyunjin nada disse, apenas fitou Jeongin da cabeça aos pés, sua cara seria entregava o quão irritado ele estava. Hwang de forma possessiva agarrou no pulso de IN e o arrastando dali. Jeongin apenas o seguiu, ele sabia muito bem que Hyunjin odiava ser contrariado, então resolveu o seguir sem reclamar.

– Que droga... Por que você tinha que ser tão ingênuo? Vamos embora! //O mais velho estava completamente irritado por ter visto , Eric tocando no mais novo. – Entra! //Jeongin fita o carro do mais velho e nega com a cabeça, ele estava com medo do rapaz. – Eu falei pra entrar... //De forma bruta ele agarrou no braço de IN e o fazendo sentar no banco do passageiro, entrando no veículo logo em seguida. – Por que você nunca põem o cinto? //De forma gentil ele passa o cinto envolta do corpo frágil do mais novo e o prendendo.

– Eu falei que não ia mais dar aulas particulares pra ele, por isso ele se zangou.

– Ele te machucou? //Nega com a cabeça enquanto um bico infantil se forma em seu lábio. – Então por quê está quase chorando?

– Eu fiquei com tanto medo dele! //Jeongin era a única pessoa no mundo capaz de amolecer o coração do mais velho e ele odiava isso, pois Jeongin não retribuía as suas investidas.

– Calma já passou, e agora vou te levar pra sua casa. //O de fios longos começa a dirigir em direção a casa do mais novo. IN não disse uma palavra se quer, ele estava realmente assustado com tudo que rolou. Minutos depois e o carro estaciona em frente à casa de Jeongin. – Innie, me promete que quando estiver com problemas você vai me ligar? //O mais novo confirma que sim com a cabeça e tirando o cinto do seu corpo.

 Hyunnie obrigado! //Dá um beijo na bochecha do mais velho e quando ia sair do carro escuta o mais velho.

– Quero um beijo de verdade!

– Ya, não seja abusado! Já disse que não curto caras...

– Eu também não curto caras, mas curto você. //Jeongin revira os olhos e se despendido do mais velho com um simples acenar. – Tudo bem! Vamos fazer do jeito difícil. //Hyunjin começa a buzinar em frente a casa do mais novo que envergonhado volta para o carro e suplica para o mais velho parar. Com um sorriso maléfico o de fios longos para com o buzinaço e esperando o beijo de seu amado. Jeongin olha de um lado para o outro e fazendo um bico, esperando o selinho de Hyun. – Jeongin abre a boca! Não quero selinho, quero um beijo de verdade.

– Hyunnie... //Fala de forma manhosa, mas cedendo aos caprichos do mais velho. Hyunjin leva sua destra na nuca do de fios negros e o beijando de forma calma e apaixonada. Os lábios de ambos se encaixavam perfeitamente oque deixava Jeongin com borboletas no estômago, ficando nervoso. A destra de Hyun repousou por sobre a coxa do mais novo e subindo até chegar perto da genitália do rapaz, que assustado se afasta.

– Esse final de semana vamos fazer uma viagem!

– Quê? Eu não vou a lugar nenhum com você!

– Sim você vai. //Fala autoritário e levando sua destra ao volante. – Agora desce, pois tenho que tratar de alguns assuntos em particular. //Mesmo contrariado Jeongin desce do carro do mais velho e seguindo em direção a sua casa, porém para e olho para trás, vendo o carro do mais velho partindo.

  Quadra da Faculdade

   Seungmin e BangChan estavam tão focados em seu treino particular que se quer perceberam a hora. Seungmin consegue roupar a bola e corre em direção a cesta, porém na hora que o mesmo saltou para arremessar, Christopher saltou para proteger a cesta, resultado: Seungmin acaba se desequilibrando e caindo por cima de Chan. Os olhos de ambos se encontram e tudo parecia se mover em câmera lenta enquanto suas respirações se misturavam deixando aquela troca de olhares ainda mais intensa e atrativa para ambos.

– Desculpa Chan hyung, foi minha culpa!

– Na verdade foi falta! Não deveria ter entrado na frente e não queria que você fizesse cesta. //Ambos se entre olham novamente e um frio na barriga de Min e sentindo. – Melhor encerrarmos por hoje. //Seungmin confirma que sim com a cabeça e saindo de cima do mais velho e se curvando como pedido de desculpa. O mais respeitava seu Hyung plenamente e sempre se curva para o mesmo, seja para agradecer, se desculpar ou simplesmente para lhe dirigir a palavra. Christopher no fundo gostava da total submissão que o mais novo tinha por ele. Era como se Seungmin estivesse ali com o único intuito de servi-lo sem hesitar e essa ideia deixava o capitão do time um tanto quanto excitado.  Chris gostava do jeito tímido do rapaz embora fosse hétero. Talvez Seungmin fosse uma exceção a regra ou seu ponto fraco. – Por hoje já chega, você está evoluindo Seungmin, estou orgulhoso. //O rapaz da um sorriso tímido enquanto Chan passa a mão em seu cabelo e o bagunçado.

– Obrigado Chan hyung! //Faz uma reverencia ao mais velho e indo em direção ao vestiário podendo se trocar, Chan faz a mesma coisa e logo ambos saem indo em direção ao portão da quadra, porém assim que o mais velho tocou a maçaneta veio a surpresa.

– Vou te dar uma carona até seu dormitório... Trancada!?

– Como assim está trancada? //Assustado Seungmin começa a bater na porta como se alguém pudesse ouvir, era um bom plano, porém vão já que ninguém poderia ouvir os grito do mais novo. – E agora hyung?

– Calma, não se preocupe! Vou pensar num meio de sairmos daqui. //Chan ficou pensativo, não sabia ao certo oque fazer, mas de uma coisa ele sabia; eles tinham que sair dali. Christopher vasculhou todas as entradas e saídas daquele lugar e todas estavam fechadas. Sem saber oque fazendo Seungmin deitou na quadra e ficou fitando o teto, aquilo deixou Chan intrigado, pois ele estava todo preocupado em sair enquanto Seungmin apenas se conformou com aquela situação.

– Então é isso, vai desistir fácil de conseguirmos sair daqui?

– Sim. //Suspira fundo enquanto fita o teto como se fosse a coisa mais interessante do mundo. – E antes que você venha me dar uma lição de moral eu te pergunto, você que procurou uma saída, encontrou?

– Não.

– E mesmo assim está me julgando por não querer fazer nada a respeito? Patético! E pra sua informação estar deitado no meio da quadra foi algo estratégico, venha até aqui, quero te mostrar algo. //Christopher fica surpreso ao ver Seungmin o respondendo pela primeira vez, ele que sempre foi tão obediente estava agora deitado e dando ordens. O mais velho foi até ele e ficou o fitando, Seungmin era realmente muito bonito e não tinha ideia disso. Com um sorriso lindo ele dá dois tapinhas de leve por sobre a madeira da quadra, um sinal claro, um convite para o mesmo deitar ao seu lado e assim ele o fez. Deitou ao lado de Seung sem pensar duas vezes, o mais novo ficou corado com a presença do mais velho, porém focou em seu objetivo de sair. – Veja, uma fresta de luz vindo daquela janela. Dá pra sair por ela! //BangChan dá um sorriso largo e então ambos se sentam. Chan ficou tão feliz com a notícia que deu um abraço apertado no mais novo seguido de um beijo em sua bochecha.

– Vamos sair! //Os dois caminham em direção a arquibancada, podendo finalmente chegar até a janela. Christopher abriu e janela e logo sorriu, pois eles finalmente poderiam ir embora descansar, mas oque o mais velho não sabia era que Seungmin morria de medo de altura. Eles passaram pela janela que dava passagem a cobertura daquele local e Chan sabia muito bem onde havia uma escada onde eles poderiam descer. A escada estava por ali por conta de uma reforma no prédio e por sorte ela ainda não havia sido removida.

– Não, eu não consigo! //Seungmin fala querendo voltar para o ginásio, porém Chris segura no pulso do mais novo o impedindo de sair dali.

– Hey, o que houve? Estamos a uma escada da liberdade.

– E-Eu não consigo! Vai você, eu tenho medo de altura.

– Não vou te deixar pra trás. //De forma gentil o mais velho segura a mão do de fios negros, tentando o encorajar. – Você só tem que olhar pra mim, consegue fazer isso?

– E-Eu tenho medo de altura, me deixa voltar, por favor. //Chan dá um sorriso fraco enquanto que com sua mão livre toca o rosto do mais novo fazendo com que ele olhasse dentro dos seus olhos. Seungmin estava trêmulo, seu medo por altura chegava a ser extremo.

– Você confia em mim? //Confirma que sim com a cabeça sem hesitar, pois o mais velho tem se mostrado uma pessoa amigável e confiável para o mesmo então não tinha o porquê dele não confiar nele. – Ótimo! Agora eu quero que você me abrace por trás e feche seu olhos, vou te guiar até chegarmos na escada. //E assim Seungmin o fez, ele abraçou o mais velho por trás enquanto prensou seu rosto contra as costas de Christopher. O mais novo sentiu um frio na barriga, que o mesmo pensou ser por conta do medo, mas aquele frio na barriga era por estar tão próximo do mais velho, podendo sentir seu cheiro gostoso com um toque amadeirado e refrescando. Não demorou muito e logo eles chegaram até a escada.  – Você de saiu muito bem Seungmin. Agora você só precisa olhar pra mim enquanto desce.

– Não... //Aperta o mais velho com força, ele não queria descer, estava morrendo de medo.

– Você consegue e eu estou aqui caso você desista e queira voltar, mas você precisa tentar antes de desistir. Consegue fazer isso?

– Tu-Tudo bem... //Aos poucos ele vai afrouxando o abraço e soltando Chan. O mais novo estava trêmulo, porém decidiu fazer oque o mais velho lhe encorajou a fazer. Em passos lentos Seungmin se aproxima da escada e colocando sua pensar na mesma, enquanto Chan leva sua mão envolta do seu corpo e o protegendo enquanto sua outra mão segura no braço delicado do rapaz medroso. A destra de Chan por sobre as costas de Min lhe dava um pouco de conforto e então em passos lentos ele começa a descer a escada, seus olhos estavam fixos nos de Chan, podia sentir a atração que ambos nutriam um pelo outro, Christopher devorava Seung com os olhos de forma sedutora. Quando Seungmin estava quase chegando no chão,  ele dá um sorriso terno e fofo para o mais velho, porém por uma fração de segundos ele erra o degrau e acaba desequilibrando e caindo da escada. Naquele momento Chan sentiu seu coração parando, enquanto arregalou os olhos por conta da queda.


Notas Finais


Oh, não! Pobre Seungmin 😨💔
E mais uma vez Hyunjin aparecendo no momento certo pra salvar o Innie


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...