1. Spirit Fanfics >
  2. Boys interested in me?? >
  3. Capítulo Dois

História Boys interested in me?? - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


depois de muito tempo consegui terminar o cap
espero q gostem
boa leitura
e um beijo da aya

Capítulo 2 - Capítulo Dois


Midoriya Izuku tinha acordado com sua mãe gritando consigo por não ter a avisado sobre o colégio ontem. Izuku se perguntava como sua mãe tinha descobrindo esse fato, Hawks? A esverdeada não duvidava disso, talvez devesse mandar uma mensagem mais tarde perguntando. Izuku com certeza iria anotar mentalmente para perguntar para o maldito Hawks

- Já vou, já vou! - Exclamou saindo do banheiro com seu novo uniforme da U.A

- Oh, querida! Você devia ter me contado antes, pode ficar aqui se precisar, meu bem! Posso tirar você daquela escola ainda hoje - Sorriu caloroso com uma colher na mão, estava preparando algo para comerem - Não se preocupe, Izuku..

- Tudo bem, mãe! Não se preocupe com isso, eu tenho mesmo que tentar superar isso de qualquer forma..! - Abraçou sua mãe amada tentando a confortar... como seu irmão fazia

- Mas é um GRANDE passo... Não precisa ir tão rápido, seu pai não está mais aqui.. - Suspirou cansada com aquilo tudo, aquele desgraçado iria pagar caro por deixar sua amada filha assim... Tão quebrada por dentro depois daquilo - Não sei se posso chamar aquilo de 'pai'

- Tudo bem, mamãe, posso cuidar de mim agora que faço box e algumas outras coisas... Estou bem e incrivelmente forte! E tenho amigas que podem cuidar de mim.. - Se lembrou de Jirou sorrindo corada.. Sentiu seu coração bater um pouco mais rápido, corou - E-E-Elas não fazem nada ruim comigo, não se preocupe com isso

- Ufaa! Isso é um alívio - Sorriu finalmente quebrando aquele abraço demorado, percebeu o vermelhão da sua amada e maravilhosa filha - Está tudo bem, Izu? Está vermelho! Digo, vermelha..

- Ainda se lembra do oni-chan, mãe...? - Perguntou mudando de assunto vendo sua mãe arregalar os olhos

- N-Não é isso, querida... - Diz suando frio - É que... Vocês são muito parecidos..

- Desculpa, mãe... - Falou se afastando ainda mais da mãe - Eu já vou indo, irei comer no caminho para o colégio..! Até mais

- Oh... Izu.. - Murmurou deixando a colher que segurava cair, logo foi seu corpo para o chão e suas lágrimas começaram a sair rapidamente - Me perdoa.. Izuku..! Meu bebê...

(Quebra de tempo)


Midoriya Izuku acabava de chegar no ponto que encontrou Jirou, tinha prometido ir sempre com ela depois do primeiro dia de aula, ontem no caso. Não demora muito para avistar Kyoka se aproximando de si com um belo sorriso no rosto, fazendo a esverdeada corar levemente ao vê-la assim


Livre e Feliz


Fazia muito tempo que Izuku não se sentia assim. Quando sentiu isso depois de anos, foi com Hawks, agora é Jirou Kyoka. O que era isso que sempre sentia com pessoas específicas?? Não sabia responder, e ainda suas dúvidas. Amizade? Amor? Talvez seja apenas alguma coisa da cabeça da esverdeada que nunca teve amor por alguém, e nunca queria ter, afinal, para que ter alguém para amar? Iria apenas atrapalhar nos estudos, ou algo assim. Sem utilidade alguma para alguém como a esverdeada, vazia


- Midoriya! Como vai? - Perguntou já no lado da mencionada que olhava para lugar nenhum a alguns minutos


- A-Ah! Jirou! - Tremeu escutando aquela voz tão perto de si tão de repente, se afastou para tentar controlar seu coração - Vou bem, eu acho...?


- Oh, que bom! Senta ai na moto, garota! - Riu rapidamente vendo a esverdeada obedecer sem protestar - Vamos para a escola! Ah.. É bom ver você aqui ainda, Izuku..!


As duas coraram juntas, e riram para tentar quebrar aquele clima constrangedor que tinha se estalado sem perceberem


- S-Sim! - Riu ainda mais - É para me segurar em você de novo?


- Óbvio, Midoriya - Riu baixo quando a esverdeada tentava a abraçar na cintura tremendo com tanta vergonha - Pronta?


- Pronta! - Afirmou sorridente, e começaram a se movimentar


Graças a moto da de cabelos roxos, chegaram até que bem rápido no colégio que estudavam. Quando foram estacionar aquela bela moto com detalhes azuis, perceberam que suas amigas as esperavam conversando animadas sobre... Garotos, obviamente estavam fazendo aquela lista que todos fazem para saber qual é a pessoa mais bela da sala. Quem nunca fez isso mentalmente, ou algo assim? Simples, Midoriya Izuku nunca tinha feito, na verdade, ela nunca tinha prestado atenção nesse detalhe importante para algumas pessoas, a beleza


- Hmm... Essa é difícil! - Respondeu Uraraka frustada - Todoroki Shouto é realmente MUITOO belo, mas o Kirishima Eijiro também é MUITOO lindo! Também tem o puto do Bakugou Katsuki...


- Tu 'tá gostando do Bakugou, Ura?? - Perguntou Ashido ansiosa, mudando de assunto já que não queria responder aquilo. Nem ligava muito para isso, Izuku já era a mais bela da sala e sempre seria para si

- Quê?! - Perguntou corando levemente com aquela pergunta totalmente inapropriada para aquele momento - Claro que não! Eca, heterosexual. Nojo!

Riram todas juntas, entendiam completamente aquilo

- E você, Izuku? Está afim de alguém, garota? - Perguntou novamente a de cabelos rosas, estava rezando para a resposta for um 'Eu gosto de você, Mina-Chan!' mesmo sabendo que era impossível já que se conheciam a um dia. Era totalmente estranho aquilo que sentia pela a esverdeada

Conhecia ela apenas um dia, e já sentia sem coração bater mais forte toda vez que ela aparecia ou a tocava. Mas também tinha Uraraka.. Que mulher incrível e perfeita... Sabia que era errado já que sua amiga Tsuyu gostava dela a muito mais tempo e tinha contado para Ashido pra apenas ajudar ela a conquista-lá! A vida não ia fácil para Ashido Mina, cheia de belas garotas em seu coração

- Eu? N-Não! - Corou escutando aquela pergunta íntima, mas parou para pensar melhorar

Claro que sabia que talvez gostasse da Kyoka, mas também sentia algo estranho por Hawks, seu amigo de infância. E ainda tinha um admirador secreto para piorar tudo

- Na verdade... Nunca pensei nisso - Izuku mentiu olhando para baixo percebendo suas amigas a encarando

- Afinal, qual é a sua sexualidade, verdinha? - Perguntou Jirou corando logo em seguida, a chamou pelo o apelido que tinha a dado sem ela saber

- Verdinha? - Ergueu uma sombrancelha, balançou a cabeça tentando esquecer isso para voltar a responder - Eu acho que sou bi...

- Acha?

- Não tenho certeza ainda..

- Oh, man! Ainda tem suas dúvidas! Sei como é isso - Falou Hagakure pulando animada - Enfim! Vamos para a aula, vamos ter aula com a professora 18

- Quem? - Perguntou a esverdeado com uma sombrancelha erguida, não conhecia ela ainda?

- A Midnigth-Sensei, não se lembra dela? - Uraraka respondeu totalmente animada só de pensar nas piadas de duplo sentido da amada professora - Chamamos ela de 18 por que ela... Acho que dá para entender, né?

- S-Sim - Se escondeu com sua mão, envergonhada com tal assunto - Que tal irmos l-logo??

- Claro, claro! - Responderam em uníssono, rindo baixo pela reação cômica da amiga/futura namorada

(Quebra de Tempo)

A esverdeada estava na porta da sua sala com suas "amigas", Hagakure Toru estava com medo de estar atrasada e por isso não estava querendo abrir a porta

- Hagakure-Chan, já falamos que não estamos atrasadas, gero - Falou Tsuyu tentando a fazer sair do caminho para pelo menos conseguir abrir a porta ela mesmo

- Nãoooo! Estamos atrasadas, não tem ninguém nos corredores e não vimos ninguém até aqui - Exclamou assustada - Eles sumiram? Como pode se defender agora, em?

- Na verdade, eu vi algumas pessoas - Comentou Yaoyorozu rindo logo depois - E ainda vi o Kirishima-San junto com o Bakugou-San no salão principal! Iria demorar muito para eles chegaram aqui na hora para a aula

- Viu? - Agora era Ashido concordando - Eu também vi o Denki com o Sero no caminho, eu até conversei com eles

- Eu acho que vi a professora 18 no refeitório, falando disso - Ochako sorriu fraco

- Até você, Ura?? Me senti traída! - Fingiu limpar algumas lágrimas, mas logo depois olhou para Izuku - E você,Izucchan?!

- Hmm... Eu acho que podemos ficar esperando aqui fora a professora chegar, certo? - A esverdeada sentiu seu rosto ficar mais quente vendo a atenção da suas amigas direcionadas para si junto com um ponto de interrogação - M-M-Mas! Se acharem melhor, podemos entrar agora mesmo! Nem sei por que estão esperando a Toru-Chan se tem outra porta ali

- Oh, verdade - Comentaram juntas já andando para a porta com um olhar indiferente para Hagakure que ficava gritando para não fazer isso

- E você, Midoriya?? Vai me abandonar também?? - Perguntou para a esverdeada que tinha ficado apenas encarando suas amigas entrarem na sala

- Se quiser, posso te fazer companhia - Sorriu gentilmente para a amiga

- Oohh, maaan - Corou fazendo uma carinha maliciosa - Eu iria adorar, Izucchan..

- O que vai fazer agora? - Perguntou a esverdeada totalmente animada para fazer algo diferente naquele dia, tirando o fato de ser "brigado" com sua mãe hoje. Algo estranhamente satisfatório pois já queria falar sobre seu irmão a muito tempo atrás, mas não tinha coragem

- Eu... - Hagakure parou de falar olhando para um ponto específico - Não pensei sobre isso

Riram juntos, vendo a porta que Toru estava na frente sendo aberta rapidamente. Era Jirou

- Entram agora mesmo! Notícia nova e chocante - Comentou puxando as duas para dentro da sala

Não tinham muitas pessoas ainda, as meninas, Todoroki Shouto, Tenya Iida, Tokoyami Fumikuya e por incrível que parece, um aluno novo

- Oh, então era para ele o lugar reservado - Midoriya Izuku acabou deixando sair aquela surpresa, fazendo assim todos aquela sala a olharem. Isso fez o novato a encarar, fazendo ela perceber algo: - Oh, é um homem

- É óbvio que eu sou um homem - Respondeu o de cabelos roxos - Meu nome é Shinsou Hitoshi

- Oh, e ele fala e tem um nome - Parou para processar o que estava acontecendo ali, ela falava com um garoto. Longe, mas falava. Isso fez ela começar a chorar rapidamente - E- Eu... Não quero!

- I-Izuku!? - Suas amigas foram a salvar, até mesmo Todoroki Shouto estava em pé pra ajudar de alguma forma

Todos estavam atentos a esverdeada que chorava ainda mais, pedindo a atenção de suas amigas. E a guiaram para o banheiro

Estavam próximas ao seu destino, quando Midnight apareceu pronta pra ir para a aula

- Onde pensam que vão, garotinhas? - Perguntou sem perceber a esverdeada que ainda chorava atrás de Yaomomo com Jirou a consolando

- Midoriya está tento uma crise, não sabemos o que fazer - Explicou rapidamente Mina que já estava entrando em desespero ao ver sua amada tão mal assim

- Oh, faz sentido. Mas vão rápido par- - Consegui processar a fala rápida da aluna - MEU DEUS, PORQUE NÃO FALOU ANTES? VAI LOGO PARA A ENFERMEIRA, DEPOIS QUE ELA SE ACALMAR VAI PARA O BANHEIRO RELAXA. EU NÃO SEI O QUE EU ESTOU DIZENDO, EU NUNCA PRESENCIEI ALGO ASSIM

- EU NÃO TAMBÉM - Gritou Ashido junto, pararam escutando uma risada da esverdeada

- Calma, eu tô melhor agora. Tô bem, tô bem - Sorriu, mas ninguém parecia acreditar nas palavras da esverdeada

- Mesmo? Sério?? - Perguntou Toru com uma sombrancelha erguida

- Sim, eu estou bem! Podemos voltar, não se preocupam com isso

- Se você está falando, Midoriya. Eu acredito em você, viu! - Mina a abraçou corando junto com a esverdeada - Mas não hesite em falar se estiver passando mal, irei ajudar você! Vou até mesmo pesquisar sobre isso mais tarde para conseguir saber te ajudar melhor. Posso conseguir te acalmar

- Oh! Isso é mesmo muito útil, podemos pesquisar depois. Assim poderemos ajudar não apenas a Izuku-Chan, mas sim outras pessoas que tiverem passando por algo relacionado a isso - Momo sorriu gentilmente com isso, chegava a ser extremamente encantador o jeito fofo que Yaoyorozu estava. É fofo o jeito que elas estão se preocupando com esse assunto delicado da esverdeada que corava ainda mais com todos esses comentários

- Yeah! Irei fazer isso também, se eu lembrar mais tarde... - Hagakure coçou sua bochecha em sinal de constrangimento

- Isso soa tão desinteressada, gero - Asui comentou rindo baixo ao ver a expressão nervosa da amiga

- Não era para parecer isso! Sinto muito, Izuku! É que eu sou muitooo esquecida (literalmente desculpa desculpaa eu tinha q falar isso aimeudeus q vergonha continua lendo finge q isso não aconteceu) - Bateu levemente em sua cabeça a levando um pouco para o lado

- Tudo bem, eu entendo isso - A esverdeada sorriu para todas - Isso é muito maravilhosa, obrigada mesmo!

- Entendo, entendo. Bom, de qualquer forma, vamos para a aula agora garotas! - A professora finalmente se pronuncia com um sorriso travesso - E Ashido Mina, você gritou nos corredores. Um ponto a menos, é uma regra

- Mas você também gritou! Não é justo - Tentou se defender

- E outro caso totalmente diferente, eu sou professora! Rá! Uma vantagem de ser professora aqui, amém - Riram do comentário da professora - Mas em compensação, o salário não é um dos melhores

- Você continua a mesma, Midnigth-Sensei - Disseram todas, exceto Izuku já que ainda não conhecia muito a professora, em quanto balançavam as cabeças de um lado para o outro

- Não me olhem com esse olhar de decepção! Não aguento nem o Aizawa, vou aguentar meus próprios alunos - Choramingou guiando suas alunas para a aula novamente - Rápido antes que os alunos se destruam

- Acho que eles já estão fazendo isso, para ser sincera - Pensou alto Uraraka com um sorrisinho irônico ao ver a professora acelerar o passo, quase correndo - Não corra nos corredores, Sensei!

- Eu sou professora, eu posso!

- Não, não pode - Falou Present Mic, o professor de inglês. Um professor que, felizmente, Izuku ainda não conheceu

- Poxaaa. Para de me expor assim, Yamada Hizashi! - Resmungou a professora amada

- Pera... Seu nome é Yamada Hizashi, Sensei? - Ashido peguntou confusa, viu o loiro assentir - Então por que eu te chamo de "Present Mic-Sensei"??? É muito mais fácil falar "Yamada-Sensei"

- Apelidos, certo "Midnigth"?

- SENSEI, VOCÊ MENTIU PARA MIM??? - Gritou Mina fingindo limpar uma lágrima - EU ME SINTO TRAÍDA

- Como você pode fazer isso com a gente - Hagakure entrou na brincadeira - Eu nem sei se eu te conheço mais

- Se eu nem sei seu nome, como vou saber se era você?? - Mais uma, Uraraka que tentava não rir

- Aimeudeus! Vamos logo para a aula - Começou a andar mais rápido - VALEU, PRESENT MIC!

- De nada! Boa sorte, aconteceu isso comigo semana passada! Depois te conto isso, o final é 'mó engraçada - Riu alto provavelmente se lembrando

- Sempre! Ah! - Fingiu se lembrar de algo - Mina-Chan, menos um ponto. Você gritou de novo

- AAAAAHH. EU VOU ME MATAAAR - Gritou sentindo as lágrimas chegarem, Izuku a abraçou para tentar a consolar

- Menos um - Repetiu a professora sorrindo alegremente

Chegaram rapidamente na sala, os alunos já tinham chegado, e esperavam ansiosamente sua professora e colegas

- Pronto, sentam nas suas cadeiras. E vamos começar a aula! - Anunciou a professora sorrindo animadamente enquanto esperava suas alunas sentarem nos lugares que fazeram sem demorar - Fizeram aquela atividade que eu pedi na última aula? Tenya Iida, poderia falar a primeira questão?

- Sim, Midnight-Sensei! - O representante da turma se levantou animado para responder

Midoriya Izuku apenas ficou olhando seu caderno sem prestar atenção em nada aparentemente, sem perceber um bilhete que estava na sua mesa. Olhou para o lado tentando ver quem era, viu Shinsou Hitoshi piscando para si e depois apontando para a folha

Quando foi abrir, leu algo como: "Eai, como vai? Então, tenho dois comunicados. Bom... três na verdade... Mas isso não é tão importante. E não precisa responder se achar melhor
Primeiramente, por que tem uma bala na sua mesa? Fiquei curioso com isso
Queria pedir desculpas também, não queria te fazer... chorar ok?? Me desculpa mesmo, foi um erro meu mesmo sabendo que você tinha androfobia eu acabei falando com você
e o último é... Eu meio que falei já, que sem graça queria apenas falar que eu sei que da sua fobia e meio q vou tentar de ajudar okok Não precisa falar comigo, mas poderia trocar bilhetes comigo, certo? Ou seria um probleminha?"

Corou lendo a carta, logo tratou de responder algo decente para o garoto fofo. Entregou sem demorar muito ganhando um sorriso e um vermelhão nas bochechas do garoto

E pegou a bala que estava realmente na sua mesa, e a encarou curiosa. Sem conseguir se conter, olhou para seus colegas da turma, alguns a observavam. Como era o caso de: Todoroki, Tokoyami, Iida, e por acaso Kirishina. Também percebeu que Kaminari tinha desviado o olhar

Corou mais ainda - se for possível -, e abaixou sua cabeça na mesa... Céus, quando sua vida iria ser normal?? Tinha algumas suspeitas sobre o admirador secreto

O principal era Todoroki Shouto, o príncipe gelado, como as meninas do colégio o chamavam. Mas chegava a ser clichê isso, então descartava essa ideia boba. Então se tirarmos Shouto, vem o Kirishima que sempre o encarava. Em todos os lugares que eles estavam, no ginásio, refeitório, sala. Todos

- Midoriya, ei! - Sussurou Uraraka chamando a atenção da amiga/futura noiva. Quando viu a esverdeada a encarando, ela apontou para o celular - Vê...

- Oh..

(Mensagens)

******* entrou no grupo

Emo do grupo: pronto consegui colocar a izuku aqui

Yaomomo: bem vindaa

Bolachinha: eai man

Tsuyu-Chan: vocês sabem q ela nem está olhando para o celular né

Emo do grupo: me deixa asui

Yaomomo: me deixa asui¹

Bolachinha: me deixa asui²

Tsuyu-Chan: q agressivas

******: oie

??? - midoriya-chaaaan

Rosinha: IZUKUUUU a jirou realmente conseguiu seu número uau estou impressionada

Bolachinha: já eu sabia q ela conseguiu eu confio nas pessoas ao contrário dela

Rosinha: magoou affs

Yaomomo: foco gente foco midoriya estavamos falando sobre duas coisas antes de você chegar

Emo do grupo: anão

Yaomomo: primeiro queríamos te convidar para sair amanhã a tarde depois da aula para fazer algo legal como ir no cinema ou tomar sorvete ou apenas passear ou ir no shopping ou fazer TODAS AS COISAS

Rosinha: ela está empolgada demais não acham

Bolachinha: Aham com certeza

Emo do grupo: Sem dúvidas

Tsuyu-Chan: com total certeza

???: sobre o que vocês estão falando mesmo?

Bolachinha: porra toru

Emo do grupo: porra toru

Tsuyu-Chan: porra toru

Rosinha: porra toru

Yaomomo: pORRA TORU

*******: ok

???: viu como elas me tratam izukuuu você é a única q me amaaaa

Yaomomo: ignorando a toru completamente... o que você acha??

*******: pode ser não tenho nada para fazer amanhã mesmo

Emo do grupo: eu falei man

Yaomomo: ohhh verdade! e estamos pensando em colocar seu nome de 'verdinha' oq acha do nome?

*******: fofis ♥

Emo do grupo: a

Yaomomo: a jirou escolheu

Bolachinha: eu achei q nunca iria falar isso mas VÃO ESTUDAR AGORA MESMO SUAS PUT*S

Rosinha: carai q medo agora

???: guardei o celular

Yaomomo: verdade ura bem lembrando tchauu

(Sem mensagens)

Izuku tinha guardado o celular sentindo seu rosto quente e seu coração acelerado, o que era esse sentimento? Ela está feliz? Ou é algo a mais? Não sabia responder, e esperava que isso acabasse cedo pois agora tinha atividade para fazer e ela queria se consertar nisso

Mas se sentia tão bem assim, com amor

.
.
.
.
.
.
.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...