História Boys Like Boys - VKook - Capítulo 38


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, CL (Chaelin Lee), EXO, SHINee, UP10TION
Personagens Baekhyun, Chanyeol, G-Dragon, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jonghyun Kim, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lee Chaelin "CL", Min Yoongi (Suga), Minho Choi, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sunyoul, T.O.P, Taemin Lee
Tags Abo, Alfa! Jungkook, Homossexualidade, Hoseok, Jimin, Jin!fem, Kooktae, Kookv, Namjin, Omega!taehyung, Taekook, Vkook, Yoongi, Yoonseok
Visualizações 295
Palavras 1.296
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


BOM DIA MEUS AMORES
Vocês nem imaginam o tamanho da minha felicidade! Um feliz aniversário pra essa fanfic, mas o presente hoje é de vocês!
Espero que gostem!
Sim, eu gostaria de agradecer imensamente por todo o carinho e amor que deram à mim e a fanfic, pois de certa forma a Boys Like Boys mudou minha vida.
Enfim, BOA LEITURA ❤

Capítulo 38 - Votos - Bônus


Fanfic / Fanfiction Boys Like Boys - VKook - Capítulo 38 - Votos - Bônus

-Akai, Hee, vocês tem que ajudar o appa nisso! -Jeongguk pediu nervoso, mais do que nunca.

-Pode deixar appa, nós damos conta! -Kai sorriu para o mais velho, pegando a mão da mais nova.

Eles rumaram com tal rapidez para a parte frontal da casa, segurando apenas um brinquedo, Jeongguk jamais cuidaria de seus filhos.

-Isso vai ser legal... -Jimin se aproximou do Jeon com um sorriso brincalhão nos lábios. 

-Ele vai querer matar a gente. -O outro sorriu de volta.



...


Taehyung finalmente estava chegando em casa, após um dia completamente exaustivo e maçante no trabalho, ele definitivamente estava odiando a rotina, e sabia que embora não pudesse mudar isso, ainda tinha esperanças de que seus filhos tornassem o dia no mínimo interessante.

-Ah deuses, o que está havendo? -Se inclinou no banco, vendo os dois filhos brigarem por um bichinho de pelúcia.

Ele saiu do carro com rapidez, pegando sua maleta e trancando o carro, partindo pra perto dos pequenos.

-O que está havendo? -Ele perguntou, vendo ambos o olhando com cara de choro.

-Amma o Kai!

-Amma a Hee!

Gritaram ao mesmo tempo, fazendo o Kim massagear as têmporas. 

-Por que vocês não pegam outro brinquedo e ficam trocando? Kai, sua irmã é pequena, não deve brigar com ela! -Taehyung agachou ao lado dos dois, esperando que algum deles dissesse algo. 

Mas não aconteceu.

-Escutem, meus amores, vocês precisam parar de brigar, precisam começar à se ver não só como irmãos, mas como amigos... Entendem? -Olhou para as crianças novamente, não tinha notado o próprio devaneio. -Vocês precisam se proteger, Ok? 

-Sim mamãe. -Ambos responderam em uníssono. 

-Agora... -Taehyung começou, mas logo deu um basta em sua própria fala, assim que viu o mais velho acenar para a menor. -Mas o que vocês filhos do seu pai estão tramando?

-Amma... -A miúda entregou-lhe um papel, quase que completamente amassado, saindo correndo juntamente do irmão. 


Senhor Kim,

De certa forma eu nunca acreditei que as coisas fossem mudar. Não pra melhor. Não achei que eu um dia acreditaria no amor, ou que eu teria histórias tão lindas para contar sobre aventuras pelo amor.

Depois que tudo acabou, eu pesquisei sobre o que era aquilo que eu senti quando te vi pele primeira vez... Meus olhos queimaram, pois você de certa os fez queimar... Meu lobo te escolheu, pois você é o amor da minha vida e o amor para a minha vida. É meu ponto mais fraco e é a pessoa com quem quero passar todos os dias que restam em minha vida. Qualquer coisa que eu escrever aqui jamais chegará aos pés de tudo o que eu quero falar, e acho que nunca conseguirei explicar claramente.

Passamos por tantas coisas meu amor... Conhecemos a vida e a morte, a felicidade e a tristeza... O amor e o ódio.

Nossos filhos são tão lindos... Assim como eu, amam demais seu amma, você, Tae, pequeno, amor, doce e todos os outros apelidos que eu já te chamei... Não sei qual é o seu preferido, mas eu só quero lhe fazer uma pergunta...

Meu *insira aqui seu apelido preferido*

Quer casar comigo? Agora mesmo?


-Ah Guk... -O Kim secou as lágrimas que haviam tomado seu rosto timidamente, olhou para frente, vendo seu amor com uma blusa branca, assim como a que usava, agora sim entenderá a ideia do mais novo. - Eu quero, quero sim! E à propósito eu amo quando me chama de pequeno.

O mais velho pulou do chão e deu-lhe um abraço apertado.

- Eu te amo, menino Jeon.

- Eu também te amo, pequeno.


Kim Taehyung estava chocado. Seu quintal de trás havia virado um belo salão, onde haviam seus parentes e amigos, esperando pelos dois. Estava se segurando para não chorar. Os filhos estavam lindos, mais do que já eram, assim como sua irmã mais nova.

Tudo estava tão lindo! A decoração, os convidados, tudo. De certo modo se sentiu desarrumado perto de tudo, mas continuou andando.

A cerimônia começou, e mais parecia que os noivos estavam imersos em um mundo só deles.

Os olhos conectados brilhavam, Taehyung era se sentia a pessoa mais feliz do mundo, pelo esposo maravilhoso, pelos filhos lindos e pelos momentos que seguiam... Os olhos escuros do pai de seus filhos olhavam diretamente para os seus, de forma que seu mundo parecia tremer.

Já Jeongguk sentia algo Como o coração bater descompassado, as mãos esquentarem e o corpo tremer levemente. Sua mente não deixava de observar também os olhos do outro, que pareciam lacrimejar de tanto brilho.

-Jeon? -Chanyeol chamou baixo por si, já que estava completamente imerso no outro pra prestar atenção na cerimônia em si.

-Oh, sim?

-Os votos...

-Claro, claro desculpe. -Ele riu, sendo acompanhado pelo noivo e pelos convidados. 

Tentou pegar o papel que guardava no bolso, mas ao olhar atentamente para o mesmo desistiu de ler, amassando-o e jogando pelo ombro.

-Eu, Jeon Jeongguk, prometo ser só seu, e dos nossos filhos, prometo ser fiel. Prometo te dar um abraço e um beijo todos os dias, ouvir sobre seu dia e te ajudar à cuidar das crianças, prometo te amar. Prometo te ouvir nas brigas e tentar compreender seu lado, te tratar como você merece, como a pessoa forte que é, eu prometo te respeitar. Prometo estar com você nos momentos felizes e tristes, na plenitude e nas descidas da vida, eu prometo estar com você por toda a eternidade, meu pequeno. -Terminou o Jeon com um sorriso de lágrimas, não conseguindo mais falar.

-Taehyung...?

-Eu, Kim Taehyung, prometo te encorajar, apoiar e acreditar em você, prometo ser seu por toda eternidade. Prometo te amar tanto quanto me amas, e ser seu porto seguro para todos os momentos difíceis. Prometo respeitar e honrar seus medos, seus sonhos, e entender quem é você nesse momento. Prometo estar com você em todas as horas, mesmo que em seu coração. Na saúde e na falta dela, eu prometo estar com você por toda eternidade, Guk. Eu te amo.

-E agora, sem mais delongas... -Chanyeol foi interrompido. 

- Beija logo meu Deus! -Jin disse em voz alta, fazendo todos ao redor rirem como nunca. - Desculpa...

-Pode beijar o noivo!





...


Eu tenho tantas coisas pra contar vovô! Meu amma fez um diário gigante, contando do passado dele e do appa! Eu ainda não terminei de ler, porque estou lendo escondido, mas eu sei que ele não contou até as coisas de hoje. Mas é bem estranho saber de certas coisas... ENFIM...

Ele Nem contou do casamento!!!

Ah o casamento foi lindo!

Mas vô eu tenho tantas coisas pra contar também! 

A Hee pergunta de você todos os dias, e as vovós estão cuidando do seu apartamento! 

Mas vovô, por favor não brigue com o namorado novo da vovó... Dongyeol é legal, mas morre de medo de você!

Na verdade essa só você vai saber...

É que eu acho que estou apaixonado...

Pode ser que você nem entenda, mas a Yumi entendeu (só pra você lembrar, vô, a Yumi é a irmã do amma)! Enfim, você deve estar se perguntando sobre o que há demais nisso, mas o problema não é a paixão, e sim que eu estou apaixonado por duas pessoas! Uma delas é a filha adotiva do tio Jiminie... O nome dela é Naomi, ela veio de lá dos Estados Unidos... Eu acho ela tão linda vô! Mas também tem a Meredith, ela está perto desde que eu me entendo como Gente... É tão diferente a maneira como me sinto perto dela... Appa me disse uma vez, que quando viu Amma pela primeira vez, os olhos dele queimaram, de uma forma boa... Eu ainda não sei se senti isso...

É muito estranho, mas assim que o senhor voltar eu explico! 

Estou com saudades!

AHH VERDADE!

O tio Sunyeol está noivo, completamente apaixonado pelo noivo... Bom, é o que ele disse... Vamos torcer pra tudo dar certo não é vô? 

Agora sim, até logo vô, receba os abraços que estamos mandando mentalmente, estamos com saudades!

Jeon Akai-Ito


Notas Finais


Espero que tenham gostado, e que eu tenha atingido as expectativas de vocês!
Muito obrigado, por tudo!
E assim, Boys Like Boys e eu, nos despedimos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...