1. Spirit Fanfics >
  2. Bra - A filha do orgulhoso príncipe Saiyajin. >
  3. A caverda encantada

História Bra - A filha do orgulhoso príncipe Saiyajin. - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 12 - A caverda encantada


Bra On

Todos chegaram para a minha festinha e agora estou conversando com a Pan, mas aqui esta um tédio só!

- Pan, que tal sairmos daqui? - Pergunto.

- Mas para aonde? - Pergunta.

Paro um pouco e penso.

- Quem tal para lá? - Aponto o meu dedo para uma direção que provavelmente é o Oeste.

- Acho melhor não, vão notar que a gente saiu e pode ser perigoso. - Diz Pan.

- Até parece, não vai acontecer nada. - Digo já andando naquela direção.

- Mas vamos assim sem mais nem menos? - Pergunta Pan.

- Claro, né. Se não, não seria uma aventura. - Digo e pego seu braço para fazer ela andar mais rápido.

Enquanto saiamos tentavamos fazer o mínimo de barulho possível para não sermos detectadas pelos nossos pai... Ou melhor, pelos alienígenas existentes neste planeta cheio de caos e terror.

- Vamos Pan, antes que esses alienígenas nos peguem. - Digo.

- Alienígenas? - Coloco a mão em sua boca e nos jogo atrás da moita, tem alguém se aproximando.

Ele é verde, uma espécie rara de alienígena neste planeta, esta se aproximando cada vez mais, vamos ser descobertas!

Um passo, dois passos, três passos, quat... Os passos pararam, parece que na verdade ele estava indo embora, quase que fomos descobertas.

Continuamos andando em nossa jornada em busca da liberdade deste planeta.

- Bra! Olha lá! - Fala Pan e eu vejo a saída, a saída desse ninho de alienígenas.

Saio correndo e Pan vem atrás de mim, agora que saimos de lá precisamos achar um local para nós escondermos até que nossa nave esteja pronta.

~ Quebra de tempo ~

Vegeta On

Estava na festa da Bra, já que não estou fazendo nada irei ver aonde a Bra se meteu, ela pode estar aprontando outra.

Vou até o lugar aonde a deixei e ela, nem a Pan estava lá, aonde estão.

~ Quebra de tempo ~ 

Já procurei por todo o lugar, dentro e fora de casa, aonde elas se meteram, e o pior é que já está escurecendo.

Estava andando preocupado quando derrepente encontro Gohan.

- Oi, senhor Vegeta, sabe aonde está a Pan? Iremos embora. - Diz em um sorriso.

- Elas sumiram a horas. - Digo e cruzo os braços.

- O-o que? - Diz surpreso.

- Já esperava que elas sumissem, a Bra sempre faz isso, mas ela se esconde dentro de casa. - Digo.

- E elas não estão lá? - Pergunta Gohan.

- Não. - Disse.

Depois de olharmos denovo dentro de casa resolvemos ir contar que elas sumiram, e obvio que virou um barulho só, todos procurando pelas meninas.

..........................................................

Bra On

Estamos andando a bastante tempo e finalmente achamos o que eu queria, um refúgio.

- Uma caverna? - Pergunta Pan.

- Não, claro que não, é uma caverna encantada.

Entramos na caverna e era lindo lá dentro, tinha muitos cristais e pedras coloridas maravilhosas e mágicas.

Andei pela caverna e achei um lago, toquei na água e ela brilhou aonde estava o meu dedo. Fui passando a mão pela água e doi se iluminando e brilhando.

Derrepente eu sou surpreendida por um ser peludo e médio, não era muito pequeno nem muito grande, mas estava vindo para cima da pan e de mim.

Pego um graveto que estava ali do lado e jogo nele, mas não o acerta e vai para atrás de e... Ela vai pegar o graveto, peraí, parece aquele ser do meu planeta, se chama cachorro.

~ Quebra de tempo ~

Estamos brincando com o nosso ser, que demos o nome de Apolo.

Brincamos, brincamos e brincamos, até que...

- Pan! Cuidado! - Grita Pan.

 Vejo uma sombra atrás de mim e dou logo um soco, mas a sombra segura, fecho os meus olhos e o chuto, ele segura o meu chute e me pega, começo a me debater e olho para a cara do homem, que na verdade era... Meu pai.

- Pai? - Pergunto e ele bufa.

- Quem mais seria? - Diz meu pai.

- Um louco. 

Depois de um tempo o tio Gohan e os outros chegam e levamos uma bronca, obvio que eu assumi a culpa, não deixaria brigarem com a Pan sendo que eu que a trouxe até aqui.

Voltamos para casa e não contesse nada, eles só me colocam para dormir, porque depois de um dia cheio de aventuras eu mereço um descanço.



Notas Finais


Me desculpem qualquer erro Cap. Não revisado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...