1. Spirit Fanfics >
  2. Brawl Stars: Apenas deixe ir... >
  3. Capítulo 9

História Brawl Stars: Apenas deixe ir... - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Ahn... Oi (:
Seria meio cara de pau da minha parte aparecer aqui depois de todo esse tempo e fingir que nada aconteceu, não é mesmo?

Bem, darei as devidas explicações do meu sumiço pra quem quiser ler nas notas finais.

Agora... Aproveitem o capítulo :D

Capítulo 9 - Capítulo 9


Fanfic / Fanfiction Brawl Stars: Apenas deixe ir... - Capítulo 9 - Capítulo 9

Acordei atordoado, já era noite e parecia que eu estava dormindo à dias, mas não me sentia descansado, odeio essa sensação… Me sinto irritado…

De qualquer forma, acho melhor levantar e ir fazer algo de útil, ficar aqui pensando não vai me levar a lugar algum.

Levanto e começo a procurar minhas roupas, levo em torno de 5 minutos até perceber que eu não as tirei antes de dormir… Ótimo, isso poupa o trabalho de precisar me vestir.

Vou em direção à porta e abro a mesma, logo percebo que a casa está silenciosa… Talvez Colette esteja dormindo… Estou com fome, então decido ir até a cozinha

Ao chegar la, varro a área com o olhar e… Não encontro nada estranho… Estranho… Enfim, vou comer algo logo

Preparo algumas torradas pra comer, e Colette ainda não havia aparecido… Eu to começando a me incomodar com isso… Por que eu to pensando tanto nela afinal?

Como sem fazer barulho, sempre prestando atenção a todo e qualquer som ao meu redor, mas… A casa estava silenciosa.

Sabe… Eu acho que to perdendo o controle de mim mesmo, meu coração anda apertado e… Eu não posso mais mentir pra mim mesmo, eu desejo minha irmã…

Sou tomado por um impulso e me levanto da cadeira, logo em seguida começo a me dirigir ao quarto da albina

Assim que chego em frente à porta do quarto da garota, meu corpo gela por inteiro e eu não consigo mover um músculo sequer… Acho que vou pro outro quarto… Eu não tenho coragem de entrar aqui…

Dou meia volta e começo a rumar devagar em direção ao meu destino, porém paro ao ouvir o barulho de uma porta abrindo atrás de mim.

Meu corpo volta à gelar… Eu não sei o que fazer, devo virar e encarar ela? Mas e se ela não estiver vestida? E se…

Meu raciocínio é interrompido pelo som de sua voz

- Eddy…? Você queria falar comigo? Ouvi você se aproximar da porta - Me viro e a encaro, sinto meu rosto arder descontroladamente ao perceber que ela estava sem a parte de baixo do pijama, apenas me decepcionei um pouco ao perceber que a parte de cima de suas roupas cobria sua parte íntima

- Eu… Nada… Na verdade eu queria saber se… - Logo sou interrompido, a garota corre até mim e me abraça fortemente - C-C-Collete? O que você ta faz… - Sou interrompido novamente

- Eu é que te pergunto - Ela se esfrega um pouco em mim - Sua parte de baixo ta ficando dura, Eddy!

Droga... Eu não consigo me conter… Eu… Desejo ela de todas as formas possíveis…

- Eu… Eu não… Não to du - Mais uma vez sou interrompido… Ela não vai me deixar terminar frase alguma?

- Duro? Você ta sim! - Deixa de me abraçar e me puxa pela mão pra dentro de seu quarto, fecha a porta, após isso me escolta até a frente de sua cama e solta minha mão, senta na cama logo à minha frente, cruzando as pernas e os braços - Você vai se explicar?

- Eu... Eu tava só… Pensando…

- Pensando em que? Em mim? - Ela parece brava

- É… Por ai…

- "Por ai"? - Da um longo suspiro - Olha, Eddy, ja falei que te amo, mas eu não sei se to pronta pra ter esse tipo de relação, eu ainda sou virgem… Não quero que aconteça assim - Eu não falei nada sobre fazer esse tipo de coisa, falei? Eu só disse que tava pensando nela

- É… Eu também sou… - Ela faz uma expressão de surpresa - Acho melhor eu sair daqui e fingir que isso não aconteceu… - Lentamente começo a rumar em direção à saída, mas sou impossibilitado de continuar quando ela agarra meu braço, viro minha cabeça e a encaro confuso

- Você… - Abaixa a cabeça - Realmente é virgem…?

- Já disse que sou - Isso é realmente relevante?

Ela lentamente solta meu braço enquanto se deita na cama, abrindo as pernas e me encarando com um olhar perturbado

- Eu… Me decidi… Quero ser sua… ! - Ei ei ei, isso ta acontecendo mesmo? Fico alguns instantes paralisado enquanto a encaro

Meu corpo começa a se mover sozinho, vou até onde ela se encontra deitada e fico por cima dela, olho no fundo de seus olhos e a beijo

Eu sabia que isso era errado, eu sabia que irmãos não deveriam estar fazendo esse tipo de coisa, mas eu não consegui resistir... Eu queria cada pedaço dela só pra mim… Eu queria possuir ela de todas as formas possíveis, e eu faria de tudo pra conseguir isso

Não demorou muito para que eu tentasse colocar minha língua dentro da boca dela, e me surpreendi quando ela deixou tão facilmente.

Nossas línguas se entrelacavam de forma violenta, ambos estávamos sedentos um pelo outro e não tentávamos esconder isso.

Coloco minha mão dentro de sua calcinha e sinto que sua parte íntima ta muito molhada, a essa altura meu membro inferior também já estava pronto pra continuarmos.

Devagar eu tiro a parte de cima do pijama dela, sem interromper o beijo, ela também tira minhas roupas de cima, apenas parando o beijo pra passar meu moleton e camiseta pela minha cabeça, depois voltamos a nos beijar na mesma intensidade.

A noite estava fria, mas o calor de nossos corpos era mais que suficiente pra nos manter aquecidos.

Paro o beijo e fico encarando a albina… Ela é linda…

- Eddy… Tudo bem pra você? - Sinto um pouco de insegurança em suas palavras

- Eu… Somos irmãos, não deveríamos estar fazendo isso… - Lentamente minha mente volta à realidade… Somos irmão, não podemos fazer isso

- Eu sei, mas… Eu te amo tanto… Por favor… Me ame de volta…

Eu… Decido me entregar aos meus desejos, retiro minhas roupas de baixo, após isso eu lentamente tiro a calcinha dela.

Posiciono meu membro entre as pernas dela, ela fecha os olhos e eu a perfuro, percebo que ela faz uma expressão de dor, o que confirma que ela era virgem, não me movo por alguns segundos, pra que ela se acostume.

Depois de algum tempo de silêncio, ela fala com a voz trêmula

- Eddy… Move…

Obedeço e começo a me mover devagar, ela morde o lábio, creio eu que seja pra não fazer barulho.

Essa sensação… É incrível… É quente…

Não consigo mais parar de fazer o movimento vai e vem, cada vez mais rápido

Os sons que Colette produz aumentam conforme eu acelero, e eu amo ouvir esses sons…

Ficamos alguns minutos nisso, até que eu sinto que… Eu vou gozar

- Colette… Eu vou... - Ela me abraça forte e enrola suas pernas em volta de mim

- Dentro… Eu imploro… - Sua boca estava próxima da minha orelha, e ouvir sua voz entre gemidos me deu arrepios

Eu finalmente termino, sinto como se todos os meus problemas desaparecessem naquele instante… Nunca me senti tão leve… Eu havia gozado dentro da minha irmã… Isso é extremamente errado e perigoso, mas eu não ligo mais… Eu só… Quero ela pra mim.

Ela me solta e eu caio ao lado dela, exausto.

- Nós… Realmente fizemos…? - Ela parecia inconformada com o que havia ocorrido

- Fizemos… E foi sensacional…

Me viro de lado e percebo que ela estava me olhando, então decido encarar ela em silêncio.

Sinto meus olhos pesarem… Meu corpo e mente haviam relaxado… Sinto tudo à minha volta escurecer lentamente e ouço a voz da garota

- Bom descanso… - Sinto um beijo na testa

Eu tenho certeza de que esse dia eu dormi com um sorriso bobo no rosto… Eu realmente havia feito amor com minha irmã… Isso soa tão errado, mas… Eu a amo, então não me importo.


Notas Finais


Eu sumi... Né?

Bem, eu ando passando por muita coisa, então escrever ta se tornando cada vez mais difícil pra mim (Tenho medo de não conseguir terminar a fic por conta disso)

Quais problemas são esses? Acho que eu não quero falar sobre isso... Só saibam que eu não to bem.

Enfim, não irei prometer que vou voltar a postar com mais frequência, mas pode ter certeza de que eu sempre tento arrumar um tempinho pra escrever quando estou bem

E é isso, espero que tenham gostado.

(Ah, esse é meu servidor no Discord, eu passo diariamente la pra conversar, você também pode aparecer lá caso queira socializar
Link: https://discord.gg/GAbQTdPgje )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...