História Break out to the Reality - Interativa - Capítulo 4


Escrita por: e Sorceress_Gaby

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 21
Palavras 857
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Harem, Hentai, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Survival, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Fuga para a realidade - Parte 3


“Você pode ficar livre, no mundo real, e numa boa vida, comigo!” .... Agora, de antemão, eu não aceitei, “Mas, Jason, porque você não aceitou?”. Primeiro: pelo meu raciocino logico, essa mulher foi quem (possivelmente) prendeu todo mundo em hibernação! Dois: Eu tenho uma namorada, ruiva ainda por cima! Medalha de bronze: Ela tem cabelos brancos, oque significa que ela é cerca de 80 anos mais velha que eu!...

 

“Então.... – De novo, esse jeito ameaçador, como o de uma pantera – Qual é a sua resposta?”

Sabe... eu adoraria ficar aqui, e com você...

“Mas?”

... Acho que você é... mais velha do que eu...

“Ah! Sim, o cabelo branco... veja bem, isso é um problema hereditário, mas eu tenho dezenove!”

E eu tenho dezoito!

“Isso não importa... apenas um ano de diferença, não é muito!”

 

Nesse momento os guardas murmuraram algo, eu escutei apenas alguns zumbidos eletrônicos, eles eram robôs! “Ah! Que novidade!”, bom, eu não sabia que eles eram robôs até aquele momento, então....

 

“Eu não quero saber! Façam o que quiserem com eles!”

 

“Eles”, isso, meus amigos, significa que Ruby encontrou os outros que foram soltos, mas eu ainda estava aqui, com a mulher que comanda tudo... preciso pensar em algo, e rápido....

 

Bom, eu acabei não planejando esse primeiro momento... acontece que eu agarrei os pulsos de Lilith, e quando ela se virou após ter falado com os robôs eu à beijei!... Desculpe Júlia, mas foi pela minha sobrevivência! Para Lilly, o beijo foi uma surpresa, mas funcionou, porque eu consegui derrubar ela, infelizmente, ela não bateu a cabeça... e pior, os robôs iam me matar!... Bom, eu interrompi o beijo...

 

“Porque parou?” – ela exigiu.

Seus robôs querem me matar...

“Ah, certo.... Vocês dois! Novas ordens, vão atrás dos intrusos, e matem todos! Exceto ele... – ela apontou para mim – Agora vão! Sumam daqui!”

 

Certo, isso era bom e era ruim, os robôs dispararam, correram mais rápido do que muitas pessoas podem correr normalmente, quando essas pessoas são profissionais em correr... se Lilly podia chamar um exército desses robôs, e eles podiam correr até mais rápido do que aquilo... meu plano tinha que funcionar. Mas algo ainda me deixava inquieto, Ruby e os outros fugitivos...

 

“Então, Jason... você vai ficar aqui, comigo?”

Sabe, ainda não me decidi... primeiro, eu preciso saber se este lugar – eu desci uma de minhas mãos até a cintura dela – está em boas condições...

“Oque você está insinuando com isso?”

Eu não sei... você é linda, atraente... e sexy... eu não duvidaria se você...

“Não complete essa frase!... Eu meio que estive me guardando para você...”

Sei...

“É verdade!”

E por mais quanto tempo eu ficaria ?

“Contratempos!... Eu pretendia te soltar..., mas agora que você está aqui... – dessa vez, eu sentia a mão dela descendo até a minha cintura – Vamos para outro lugar, sim?”

Primeiro, tenho algo a tratar com você...

“Oque?”

Júlia...

“Oque tem ela??” – ela está irritada, e isso era bom.

Eu queria saber se você pode soltar ela também...

“E porque eu faria isso??”

... Existe algo chamado harém, já ouviu falar?

“Harém de duas mulheres?”

Bom, sempre podemos adicionar mais...

“E a Júlia sendo uma delas?”

Exatamente... se você não a soltar, eu não fico aqui com você!

“Porque você precisa dela?”

Ela é minha namorada! – nesse momento, eu segurava as duas mãos dela pelo pulso, e ainda esta com a minha direita livre, só precisava da potência certa...

“Existem as ex-namoradas...”

Então, você pode me prender novamente...

“Tá bom, tá bom..., mas ela não está aqui...”

E onde ela está?

“Eu não sei... falei para levarem ela para outro lugar, e não era para eles em contarem...”

 

Certo, essa frase meio que foi a gota d’agua, eu acertei um soco forte nela, na cabeça, mas algo no meio disso me assustou, e bem, não me incomodou, faíscas azuis, pura eletricidade saia do meu punho, e assim que eu acertei Lilly, o choque percorreu todo o corpo dela... com certo, eu havia eliminado um problema...

 

Eu precisava encontrar Júlia, mas ela não estava aqui, então minha melhor opção era tentar encontrar Ruby e seus fugitivos, isso é, se eles ainda estiverem vivos.... Eu disparei, corri na velocidade máxima que meu corpo aguentava e ultrapassei ela, eu senti o meu próprio corpo mudando, eu fiquei mais alto, sentia as pontas dos dedos como garras afiadas, visão e audição apuradas, não-humanas.... Durante o caminho até os fugitivos, eu dilacerei vários soldados e vários robôs, eu cortava perfurava, e em alguns casos, abocanhava vários deles, meu corpo transbordava de adrenalina e de endorfina, eu não sentia os tiros ou os cortes...

 

Durante o meu pequeno massacre nos corredores, eu ouvi a voz de Ruby, era baixo, mas eu ouvi claramente: “Algo grande está vindo, escondam-se!”. Isso me fez voltar a mim, diminui minha velocidade, pouco-a-pouco voltando a minha altura normal, e pior, eu comecei a sentir a dor dos machucados, e por fim, com a visão embaçada, eu esbarrei em Ruby e desmaiei..., mas eu tive meus últimos momentos antes de apagar...

 

“Me ajudem à leva-lo para fora!”

“Ele é... um dos nossos?”

Ele é um monstro!”

“Lobo...”

 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...