1. Spirit Fanfics >
  2. Breaking bad: a química do mal!! >
  3. Fugindo de problemas...

História Breaking bad: a química do mal!! - Capítulo 22


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem 😊✌🏼👍🏼

Capítulo 22 - Fugindo de problemas...


---( Walter white )---


Depois de tudo aquilo ter acontecido, eu e o Jesse saimos daquela cabana no deserto e fomos em direção a rota principal, tinha um sol quente em nossa testa e eu tavo muito desidratado e com um cheiro de suor horrível!!

Ficamos esperando 20 minutos até alguém passar pela aquela estrada até que veio um caminhão com alguns caipiras, dei o sinal, o Jesse se recusou a ir com comigo por que disse que o amigo dele iria buscá-lo, antes disso falei pra esconder o trailer em algum lugar ele disse que daria um jeito!!

Subo na caçamba e me sento e respiro fundo, e o caminhão parti!!

---( Jesse pinkman )---


A merda simplesmente fedeu naquela cabana, felizmente aquele pisicotico do Tuco levou um tiro na testa e morreu por aquele agente da DEA, Depois de tudo ter acontecido eu tinha se separado do senhor white e ligado pro badger pra vim me buscar!!

falei pra ele que precisava esconder o trailer em algum lugar..., caso a DEA ache e confisque, já que esse agente provavelmente  deve ter rastreado o meu carro e me achado e sabia que eu era, o primeiro busca aonde a narcóticos iria era a casa da minha tia!!

o ruim se eles apreendesem o meu trailer com todas as digitais minhas e a do senhor white junto com uma gama de rastros de produção clandestina de drogas, e os restos dos meus dias seriam numa prisão penitenciária!!

Badger quis ajudar, disse que tinha um primo chamado "Clovis" que administrava um pátio de armazenamento de veículos da prefeitura, ele disse que poderia guardar o trailer lá por um tempo até que eu resolvesse o que fazer com aquilo, logo falei pra ligar pra ele e passasse o endereço da minha casa!!

---( na casa do Jesse pinkman )---


estavo no lado do badger esperando rebocarem o trailer, Clovis era um cara alto forte branco, e bem sério, em seguida, depois dele por o gancho no para choque ele foi até mim!!

Clovis: aí, vou precisar de 500 pelo reboque e mais 500 pelo o armazenamento semanal!!

Badger: claro Primo, ele paga namoral, desde que eu conheço o pinkman ele sempre tá com cascalho no bolso hahahahah!!

Puxei a minha carteira, mas o ruim que tavo com 770 a minha parte tinha gastado com a minha arma e outras coisas!!

Jesse: toma aqui, 770!!

Clovis: tá deixa eu ver...., Ótimo, eu não tenho troco para te dar!!

Jesse: pode ficar, isso cobre a parte dos outros 500!!

Clovis: tá..., Vai ficar devendo então 230 pau!!

Jesse: já é..., Eu pago mano!!

Clovis: sei não, eu sinceramente acabei de te conhecer, sério que vai comprir com o acordo??

Badger: aí Clovis, desde que eu conheço o Jesse ele sempre foi um cara de palavras pode confiar!!

Clovis: tá bom..., Toma ai o meu cartão!!

Jesse: okay...!!

O Clóvis entra no caminhão de reboque e parti com a van, eu fico observando..., E pensando, aquele era todo o meu dinheiro, não tinha sobrado nenhum tavo vendo se eu não pagasse aquele maluco iria acabar comigo!!

---( no dia seguinte )---


Eu sinceramente, sofri uma enorme pressão, o Tuco me assombrou muito naquele dia, me olhava no espelho já chapado de cristal e olhava ele, aquele cano daquela carabina apontada pra mim, tavo com o corpo dolorido das porradas que levei dele, andava pela casa com medo de tudo!!

Tavo transtornado e traumatizado, aquele desgraçado, não tirava ele da cabeça, como não aguentei ficar sozinho chamei uma amiga pra minha casa que eu tinha conhecido nas raives que ia antes!!

ele não importa muito, mas ela era até que gostosa, morena, peituda e cabelo cacheado, ofereci algumas cerveja e maconha ela aceitou!!

Transamos e dormimos juntos, ela era como as outras que eu já dormi, nada podia me assolar naquele momento..., Me sentia sozinho e como uma depressão enorme, pra mim minha vida não fazia mais sentido, eu devia ter sido morto pelo Tuco quando fosse a hora!!

eram exatamente as 7:00 da manhã, tavo dormindo enrolado no cobertor junto com aquela garota, até que acordo com a porta batendo da frente muito forte e ouso vários passos sobre a escada, eu olho imediatamente pra porta, e um agente especial da DEA abre a porta com um chute!!

Agente da DEA: paradooo aí, divisão anti drogaaaas!!!

Ele entra com uma arma apontada pra nois dois e mais 6 agentes entram no quarto com suas carabinas modificadas apontada, e me levanto e a garota começa a gritar desesperada me agarrando e eu..., Com as mãos pra cima..., Sabia que tinha acontecido alguma coisa e eu não tava acreditando no que tava acontecendo naquele momento!!!

Eles me pegam e me algemam e me levam pra fora do quarto, na minha sala vejo o agente shrader e o seu parceiro sim..., O mesmo que me encurralou naquele dia e o mesmo que tava na casa do Tuco no meio do deserto!!

Hank: pinkman..., Falei que na próxima vez que passaria por aquela porta não teria a mesma sorte?? Hahahahah!!

Jesse: droga!!

Hank: levem ele agora!!!

os agentes me levaram pra fora da casa!!

---( sede da DEA, ala de detenção )---


Tavo horas numa sala de interrogatório batendo as mãos sobre a mesa, tava um tédio total e muita enxaqueca, até que vejo a porta abrir e o agente shrader vem até mim e bate aos mãos sobre as minhas para que eu parasse!!

Jesse: o que eu fiz dessa vez??

ele se afasta e puxa uma cadeira e senta enquanto o parceiro dele observa a gente!!

Hank: Jesse Bruce pinkman..., Posso fazer uma pergunta??

Jesse: o que foi dessa vez??

Hank: no local aonde residia Tuco Salamanca seu carro estava lá estacionando, o mesmo modelo, lowrrider vermelho, aro cromado, suspensão hidráulica, o que fazia ali me explica??

Jesse: eu não tava lá, e também vocês não possuem provas minha naquela residencia, eu tavo na minha casa!!

Hank: tem razão pinkman..., Não temos provas suas, mais..., podemos trazer uma pessoa que possa confirmar isso..., Pode trazer!!

A porta de abre e aparece um agente empurrando um velho calvo, na cadeira de rodas, sim o mesmo tio do Tuco desabilitado, o ruim que aquele velho louco sabia que eu estava lá junto com o senhor white e sabia de toda a merda que eu tinha falado com o Walter naquela sala, meu sangue gelou na hora!!

Hank: você velho..., Deve ser o tio do Tuco se estou enganado??

Hector: ding!!

Agente 1: shrader, um toque é sim e nenhum é nao!!

Hank: entendi!!

Hank: então..., Vamos começar..., Tá vendo aquele rapaz ali, branquelo, magrelo e viciado..., Então..., ele estava em sua residência ontem a tarde??

Hector:...!!

Hank: olha bem pra aquele pedaço de merda ali sentado..., Ela tava na sua residência??

Jesse: cara, olha pra esse velho, ela tá desabilitado, ele sabe nem em que planeta tá!!!

Hank: então..., Senhor..., Estamos em Marte??

Hector: ...!!

Hank: ou..., Vênus??

Hector: ...!!

Hank: estamos na terra??

Hector: *ding*!!

Hank: me responde mas uma vez..., Aquele rapaz estava em sua residência omtem a tarde??

Hector: ...!!

Em seguida o velho se ergue da cadeira e faz força, do nada solta um peido e em seguida um cheiro muito forte de merda!!

Jesse: aí cacete!!

Stiven Gomez: Hank, acho que isso é um não!!

Hank: droga...!!

Depois de meia hora, eu saí da porta principal da sede, eles me liberaram por falta de provas hahaha, aquele velho tinha cagado o chão todo daquela sala aonde eu tava que merda hahahahah!!

eu ando pelo a rua da sede no centro a fim de pegar um ônibus, aqueles babacas apreenderam meu carro, paro num poste, e pego um cigarro e acendo com o meu esqueiro!!

Fico olhando os carros passarem, até que acabo o meu cigarro e apago a guimba, e paro pra respirar ar puro e fico olhando pra cima, até que em seguida meu telefone começa a tocar, pego e atendo!!

Jesse: alô??

Edmund: olá Jesse pinkman??

Jesse: quem é??

Edmund: eu sou Edmund crawl, sou um fiscal imobiliário da prefeitura, vim avisá-lo sobre uma audiência aonde terá que comparece-lo amanhã!!

Jesse: audiência???

Edmund: o senhor está sendo processado por atividade clandestina, deixei o endereço por SMS!!

Jesse: quem abriu o processo??

Edmund: Joseph pinkman e Pietra pinkman!!

eu simplesmente nao acreditei no que tava ouvindo, meus pais me processando???, Tavo ferrado, o que eu queria mesmo e se jogar na frente do carro e acabar logo com  isso, sair daquilo, mas..., Como homem tive que enfrentar a situação mesmo que me custasse caro!!!

---( audiência, dia seguinte )---


Tavo sentado numa mesa junto com um fiscal ao meu lado, sinceramente não tinha dinheiro para um advogado, eu mesmo iria fazer minha defesa, mas né..., Sabia que tava fodido, provavelmente iriam me prender ou tomar a minha casa!!

Tavo com as minhas mãos sobre a cabeça e pedido por um milagre pra sair dessa, mas infelizmente..., Me ferrei como sempre né??

Depois de algumas horas a porta da audiência se abre e minha mãe e o meu pai entram e sentam!!

Edmund: então..., Vamos começar..., Jesse Bruce pinkman, processo reaberto por Vivian pinkman e Joseph pinkman..., Então cadê a sua defesa??

Jesse: eu mesmo serei a minha defesa!!

Edmund: ahhh..., Okay, atividade clandestina residencial possibilidade de prisão de 20 a 30 anos sem possibilidade de condicional podem começar!!

Vivian: Jesse olha pra mim, eu não fiz isso pra te prejudicar!!

Jesse: não tá parecendo né??

Vivian: me escuta, eu prestei queixa contra você por que estou farta de você sempre se meter em confusão toda a vez e por o nome de sua família a isso, nos amamos e queremos o seu bem, por isso que quero que seja homem e enfrente a situação!!

Jesse: ...!!

Joseph: Filho..., Eu como o seu pai, queria dizer que..., Já passei por tanta coisa na minha vida mas tem uma coisa..., Eu fui homem e bati de frente, fizemos isso não pra te ver mal, queremos que você mude e volta a ser o meu melhor amigo, meu filho..., mas parece que você quer continuar sendo a mesma coisa..., Então por favor..., Faça isso por nois e pelo seu irmão que te adora tanto..., eu te amo meu filho...!!

Jesse: eu queria mudar, mãe e pai..., Mas acho que isso, me botar na cadeia não vai ajudar muito!!

Vivian: eu entrei na sua casa e vi no seu porão, o tal do laboratório..., eu juro que quando vi..., Achei que não há nenhuma esperança pra você!!

Edmund: então..., Produção ilegal de drogas sintéticas é crime contra a constituição federal do novo México!!

Joseph: nois queremos fazer um acordo com a promotoria, sem ordem de prisão, temos o dinheiro suficiente para pagar indenização ao estado!!

Edmund: desculpa o interromper, senhor pinkman, se quiser se retirar tem total liberdade!!

Jesse: vou nessa!!

Eu me levantei da cadeira e fui até a porta e abrir e em seguida fechei!!

Edmund: voltando ao assunto, que tipo de acordo??

Joseph: nossos advogados entraram com um acordo na promotoria, que a casa voltaria a nossa posse até que a gente conseguisse revende-la e os bens do meu filho seriam penhorados e descartando qualquer possibilidade de voz de prisão ao nosso filho!!

Edmund: ótimo..., Audiência encerrada!!

( Continua )



Notas Finais


Espero que tenham gostado 😀🤙🏼🙃


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...