História Breaking Rules - Capítulo 69


Escrita por:

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Shawn Mendes
Visualizações 84
Palavras 1.404
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Festa, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 69 - Pain


Fanfic / Fanfiction Breaking Rules - Capítulo 69 - Pain

AGATHA ON

Ryan e eu acordamo-nos às 11:30, um com mais preguiça que o outro. haha

                                             ~''~

Shawn: Bom dia, namorada! :)

Eu: Bom dia! :) Quer parar de me chamar de "namorada"? haha Isso é tão... ~ ele me interrompe ~

Shawn: Meloso? Eu sei, só que ainda não caiu a ficha de que você realmente aceitou namorar comigo. Mal posso esperar para sairmos pelos corredores de mãos dadas.

Eu: Não podemos fazer isso!

Shawn: Por quê? :(

Eu: Porque se Edwiges souber que estamos namorando, ela nos separará, pois somos a única exceção de garoto e garota dividindo o mesmo quarto, e relacionamento entre colegas de quarto são totalmente proibidos. :/

Shawn: Então teremos que esconder-nos?

Eu: Infelizmente sim, por enquanto. :(

Shawn: Dormir longe de você seria uma tortura. :( Posso pelo menos contar ao Nash?

Eu: Claro, pois também contarei ao Thony e ao Zayn. :) ~ ele sorri ~

 

SHAWN ON

Meu celular toca, era uma mensagem do Nash que dizia: "Venha até o meu quarto, preciso lhe contar algumas coisas importantes." ~ Agatha visualiza comigo ~

                                                     ~''~

Shawn: Posso ir?

Eu: Pode! Será que ele está bem?

Shawn: Também quero saber. :/ ~ respondo preocupado ~

Eu: Então vá de uma vez, e seja o amigo maravilhoso que sempre foi. :)

Shawn: Certo, mas voltarei para buscá-la para irmos almoçar. u_u ~ saio ~

SHAWN ON

Bato na porta e Nash atende.

                   ~''~

Shawn: Oi, o que aconteceu?

Nash: Entre e sente-se! ~ ele obedece ~

Shawn: Você está sério demais, não estou gostando disso.

Nash: Eu fiz uma coisa na noite da festa, e... ~ ele me interrompe ~

Shawn: Ah não cara, o que você aprontou? ~ pergunto preocupado ~

Nash: Sempre quisemos descobrir tudo sobre a Agatha, certo?

Shawn: Aonde você quer chegar? Estou ficando nervoso!

Nash: Peço que controle-se, pois sei que vai querer me matar assim que souber o que eu fiz, porém quero que saiba que fiz para ajudá-lo! Durante a festa, percebi que Agatha não estava usando a chave do diário pendurada no pescoço, então aproveitei a chance para lhe pedir a chave do quarto de vocês, então entrei lá e li o diário dela.

Shawn: QUE MERDA NASH, EU SABIA QUE NÃO DEVIA TER LHE DADO A CHAVE DO QUARTO, VOCÊ DISSE QUE EU PODIA CONFIAR EM VOCÊ! ~ digo indignado ~

Nash: Hey, relaxe, guardei tudo exatamente no lugar onde estava, tanto que ela nem sequer percebeu, além do mais, li apenas as primeiras páginas.

Shawn: NÃO INTERESSA PORRA, VOCÊ NUNCA DEVIA TER FEITO ISSO, MUITO MENOS AGORA! :(

Nash: O que quer dizer com "muito menos agora"?

Shawn: NÓS ESTAMOS NAMORANDO!

Nash: O QUÊ?

Shawn: Sim, ela finalmente decidiu dar-me uma chance, e disse que também está apaixonada por mim, inclusive morreu de ciúmes ao me ver com a Brianna, mas você conseguiu ferrar com tudo! :(

Nash: MAIS UM PLANO QUE FUNCIONOU PERFEITAMENTE PARA MINHA LISTA DE SUCESSOS! u_u ~ digo gabando-me ~

Shawn: Você não está entendendo a gravidade da situação? ¬¬'

Nash: Não, pois você ficará de boca fechada!

Shawn: Você sabe que eu não consigo manter mentiras por muito tempo!

Nash: Ah não? Então já contou pra ela quem você realmente é?

Shawn: Ainda não, porém contarei no momento certo!

Nash: E quando é o momento certo? No final do semestre? haha

Shawn: Quer parar de palhaçada? Contarei quando estiver seguro sobre isso, e sobre nosso relacionamento.

Nash: Se você não está seguro quanto ao relacionamento, porque está em um relacionamento?

Shawn: Não vou discutir com você, que se faz de idiota ao fingir não entender o que quero dizer! ¬¬'

Nash: Vamos ao que interessa...

Shawn: Eu não quero saber!

Nash: Como assim?

Shawn: Não quero me envolver!

Nash: Mas você precisa, e sinto que lhe devo isso após ter vacilado ao julgá-la, dizendo à você milhões de vezes que ela era problemática e que você deveria desistir.

Shawn: Tudo bem... você tem 10 minutos para convencer-me a não quebrar seu pescoço.

Nash: Quanta agressividade Mendes! haha Ok, vamos começar pela parte mais fácil... Lembra de quando Nancy disse que Agatha saia pela tarde para "pegar encomendas com um traficante?" Ela conta sobre isso no diário, e aquele senhor de 30 anos, chamado Harrison, não é um traficante, mas sim um morador de rua, no qual ela ajuda com dinheiro e comida quando pode. ~ Shawn enche os olhos d'água, sorrindo feito bobo ~

Shawn: Sempre soube que por trás daquela postura de durona rebelde existia uma garota com um coração de ouro. :')

Nash: Sim, Nancy nem se deu o trabalho de aproximar-se para tentar compreender o que realmente estava acontecendo, e ao ver um senhor humilde, vestindo roupas provavelmente não em tão bom estado, não hesitou em tirar conclusões precipitadas. :/

Shawn: Porque é muito mais fácil criar boatos para aumentar o ibope e assim prejudicar uma pessoa... só não entendo o motivo pelo qual Agatha aguenta tudo isso quieta ao invés de expor a verdade, pela qual ela deveria orgulhar-se. :(

Nash: Pois é! :( Agora vem a parte mais dolorosa... é sobre a história da tesourada no professor brasileiro de sua antiga faculdade, onde a história que o povo conta diz que ela fez isso porque ficou com nota baixa na disciplina e ele recusou a negociação. Sim, ela realmente tentou uma negociação que foi recusada, porém não tratou-se de nenhuma injustiça, ela foi até a sala dele perguntar se havia uma forma dela recuperar sua nota que foi 5,8 através de um trabalho extra ou uma prova substitutiva já que a média era 6, ou seja, ela havia reprovado por 0,2, então o professor chamado Carlos disse que não seria possível recuperar dessa maneira, mas que ele poderia aumentar sua nota consideravelmente se ela... ~ ele me interrompe ~

Shawn: Por favor, não diga-me que é o que eu estou pensando! :( ~ digo desesperado ~

Nash: Ele disse que aumentaria sua nota para 8, se ela aceitasse transar com ele.

Shawn: EU NÃO ACREDITO! ~ digo super irritado ~

Nash: Obviamente ela não aceitou, porém estava na sala dele no horário de saída, às 22:30. Os dois estavam à sós, então ele à empurrou contra sua mesa, deitando-a e tentando abaixar sua calça na tentativa de aproveitar-se dela, deixando-a com hematomas nas coxas. Quando ele abriu seu zíper, ficando por cima dela, felizmente ela conseguiu puxar a tesoura que ela carregava no bolso lateral de sua mochila e cravar no peito dele, empurrando-o e conseguindo escapar. No momento em que ela fugiu, ele prontamente chamou o um dos guardas da universidade, pedindo para que ele acionasse a polícia, pois havia sido agredido por uma aluna, ambos foram para o tribunal no dia seguinte, onde ele alegou ser inocente.

Shawn: INOCENTE? E QUANTO AOS HEMATOMAS NO CORPO DELA QUE PROVAVAM EXATAMENTE O CONTRÁRIO?

Nash: Ele disse que realmente à apertou, porém em legítima defesa.

Shawn: E OS PAIS DELA? ONDE ESTAVAM NESSE MOMENTO?

Nash: Também estavam no tribunal, porém acreditaram na versão do professor, já que segundo eles Agatha sofria de ansiedade, costumando ficar desesperada e extremamente nervosa quando tirava notas ruins, e essa havia sido a primeira vez em que ela havia reprovado em uma disciplina em toda sua vida. No final das contas, o professor ganhou a causa, e os pais da Agatha tiveram que pagar uma multa consideravelmente alta, o que os deixou frustrados, obrigando-a a mudar de curso, universidade e país.

Shawn: IMPOSSÍVEL ACREDITAR QUE ELES PERMANECERAM AO LADO DE UM DESCONHECIDO, AO INVÉS DE DEFENDEREM A FILHA COM UNHAS E DENTES! :'( ~ começo a chorar ~ E SE ALGO PIOR TIVESSE ACONTECIDO? E SE ELE TIVESSE A ESTUPRADO? :'(

Nash: O importante é que ela está bem agora, ela está aqui conosco, e tem você para amá-la. ~ abraço-o enquanto ele chorava desesperadamente ~

Shawn: SERÁ MESMO QUE ELA ESTÁ BEM NASH? AGORA ENTENDO COMPLETAMENTE O MOTIVO DELA TER MEDO DE CONFIAR NAS PESSOAS E SE DECEPCIONAR CADA VEZ MAIS. OS PAIS SÃO O PORTO SEGURO DOS FILHOS, MAS ELES À TRAÍRAM, VIRARAM AS COSTAS PARA ELA, IGNORANDO-NA E MANDANDO-NA EMBORA NO MOMENTO EM QUE ELA MAIS PRECISOU DE APOIO! :'( ELA PASSOU POR TUDO ISSO SOZINHA, SOFREU CALADA E MESMO ASSIM CONSEGUE SER GENEROSA COM O PRÓXIMO! :'( AQUELE VAGABUNDO MERECIA ESTAR NA CADEIA! ~ digo irritado, chorando ainda mais ~



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...