1. Spirit Fanfics >
  2. Breathe - Jikook >
  3. Jimin

História Breathe - Jikook - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Jimin


Jimin 


Nove anos depois



Hoshi me levou a minha pizzaria favorita para o meu aniversário de dezesseis anos. Eu estava tão animado. Nós estávamos namorando há quatro meses e ele era tão doce, só me beijava e nunca tentava ir além. Era tão bom. Ele disse que me amava. Como eu era inocente.


Enquanto esperávamos nossa pizza, desculpei-me e fui ao banheiro. Eu estava em pé na pia quando um menino bonito com o cabelo loiro entrou, o reconheci da escola. Acho que ele estava no 3º ano como Hoshi.


Sorri quando ele se aproximou de mim, mas ele me deu um sorriso triste em troca.


— Park Jimin, certo?


— Sim, mas sinto muito, eu te conheço, mas não posso me lembrar seu nome.


— Tudo bem, eu realmente não esperava que você soubesse quem sou Jimin. Meu nome é Yuta Nakamoto.


Ah, tinha ouvido falar desse menino. Byun disse que era fácil e que todo cara com um pênis ativo, já tinha o fodido.


— Jimin, eu realmente gosto de você. Eu gosto de como é doce e amável com todos. Eu gostaria de ser mais como você.


O QUE? De onde diabos é que isso veio? 


— Hum, obrigado Yuta é muito gentil de sua parte dizer isso.


— Jimin, vou direto ao assunto aqui. Você sabe onde Hoshi foi ontem à noite? Eu só pergunto porque eu acho que merece a verdade.


Eu balancei minha cabeça. Tinha um mau pressentimento sobre onde isso iria dar.


As palavras de minha mãe vieram na minha cabeça.


Você nunca será amado por alguém...


— Sim, ele estava em um grupo de estudos na casa do Ten na noite passada.


Yuta parecia triste. Seus olhos se encheram de lágrimas e ele desviou o olhar de mim.


— Não, ele não estava Jimin.


— Como você sabe disso?


Ele abaixou a cabeça e eu pude ver as lágrimas caindo de seus olhos. Oh santo inferno.


— Eu sei, porque ele estava me fodendo no banco de trás de seu carro na noite passada.


Eu só fiquei lá.... Atordoado. Eu não podia acreditar. Não, isso não estava acontecendo comigo. Eu pensei que ele era diferente!


Oh meu Deus...... Senti como se estivesse ficando doente.


— Por que você está me dizendo isso?


— Eu não queria, mas realmente gosto de você e você é tão inocente e aquele filho da puta não merece tê-lo em seus braços como um troféu, enquanto ele vai, peles suas costas, foder com todos.


— Lamento Jimin. Eu não queria magoar você. Espero que possa me perdoar algum dia.


Balancei a cabeça para clarear meus pensamentos. Olhei-o direto nos olhos e eu pude ver a vergonha e desgraça dele.


— Obrigado Yuta por me dizer, eu realmente agradeço isso.


Eu tentei ficar composto antes de me virar e sair do banheiro. Enquanto caminhava de volta até a mesa onde estava Hoshi. Ele teve a coragem de sorrir e piscar para mim. E deve ter visto Yuta sair do banheiro atrás de mim, porque seu rosto se desmanchou por um segundo.


Eu andei até ele e dei o meu melhor sorriso.


— Ei Jimin, tem algo... hum... errado?


— Não..... só percebi algo, Hoshi.


Ele olhou em volta, como se estivesse à procura de Yuta, ou talvez ele estivesse procurando uma saída.


— Ahhh, o que é que Jimin?


Abaixei-me e peguei um pedaço de pizza. Dei uma mordida e depois olhei para sua camisa branca e sorri.


— Percebi que você não é nada mais que um bastardo de merda! — Eu joguei a pizza em seu peito e, em seguida, peguei sua cerveja e despejei sobre sua cabeça.


Enquanto eu andava para longe de Hoshi, fiz uma nota mental para ver Chanyeol, chutar sua bunda.


Eu nunca iria a um encontro novamente!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...