História Brigas Atoas à Ciúmes Hiatus - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Briga, Ciumes, Imagine, Jikook, Kookmin, Taehyung
Visualizações 24
Palavras 873
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Eu perdoo vocês


Eu perdoo você

 

Jimin: Mas hein?? – Questionou comendo sua rosquinha

Tae: Eh, eu não sinto nada por ele e terminei. – Repetiu bebendo seu suco

Jimin: Vocês transaram? – Perguntou fazendo Tae se assustar e derramar um pouco do suco

Tae: N-não, você disse que não podia então obedeci mas ele estava insistindo mas eu disse que sou novo demais e ainda tem aquilo...

Jimin: O que meu bem?

Tae: Eu to com medo de que meus relacionamentos fiquem como o seu e o do pai. – Disse

Jimin: Não vai ficar se você cuidar do seu amor e se dedicar a ele. – Falou segurando a mão do seu filho. – E não haja como seu pai sendo infiel.

Tae: Entendi Omma. – Sorriu feliz pelo conselho. – E você? Como está? Você era tao irritado por causa do papai e ficava louco

Jimin: Eu sei... Filho, me perdoa? Por ter te batido quando você queria morar com seu pai. Por ter te privado por anos da companhia dele?

Tae: Claro que perdoo, eu entendo que você não queria me perder já que deu tão duro pra me criar. – Disse emocionado

Os dois levantaram dos aposentos da cafeteria e se abraçaram com Jimin dando um beijo na testa de seu filho.

- Eu te amo

- Te amo Tae.

Jimin e Taehyung passaram a tarde juntos aproveitando o momento de parentes que se amam.

 

- Mas Tae, como é morar com seu pai? Como está por la?

- Horrivel, Eu acho que S/n e o papai brigaram, faz uma semana que ele não olha e nem fala com ela. O clima está horrível, por isso que eu saia pra casa do Yoongi por um tempo.

- Nossa, falando nele, como ele está? Depois do termino?

- Não sei, vou ver ele amanha na escola.

- hm.

 

______________ Jeon Jungkook on _____________

 

NÃO, NÃO, NÃAAAO, O QUE EU FIZ?

Gritei chorando no quarto

Eu arruinei minha vida.

Eu traí o amor da minha vida, o troquei por uma mulher que não queria nada além de dinheiro.

E ela me traiu e o trouxa aqui “diz” ter perdoado ela.

Sinceramente, eu estraguei tudo, tudo mesmo E ainda conseguir piorar o que já estava pior o destratando chamando de fácil.

O Jimin era tão perfeito pra mim, a prova disso é o nosso filho, a prova do nosso amor.

Chorei horrores no meu quarto, eu só queria voltar no tempo e nunca ter saído de casa. Nunca ter discutido com ele.

Só agora percebo a merda que eu fiz.

Eu preciso ter ele de novo.

__________ Off______________

 

 

JungKook molhou abundantemente seu travesseiro com suas lagrimas de arrependimento.

Não parava de pensar em como era bom o tempo que Jimin era seu marido, nos seus beijos, seu carinho e suas noites de amor.

Ele necessitava de Jimin na sua vida.

Sem aguentar, pegou seu telefone, discou o numero do seu ex e ligou.

1º Chamada

 ...

Não atendida.

 

2º Chamada

. . .

- Oi? Alo? – Era a doce voz de Jimin

- Oi-oi Jimin...é tão bom ouvir sua voz

- JUNGKOOK?? OQUE TU FAZ LIGANDO PRA MIM? JÁ NÃO BASTA TER ME CHAMADO DE PUTA, SEU VAGABUNDO.

- D-desculpe meu amor

- Oque? Ta de brincadeira com minha cara? estou rindo a beça.

- Jimin...Me perdoa, por tudo, por ter te largado, eu percebi agora que eu amo tanto você.

- Não minta pra mim Jungkook, se realmente fosse verdade você falaria isso na minha cara. Você é so um idiota

 

Chamada encerrada

 

Após o termino da ligação Jungkook pôs – se a chorar mais e mais.

 

- Pai? Posso entrar?

Ao ouvir seu filho bater na porta Jungkook tratou de se ajeitar e secar suas lagrimas.

- Entre.

- Pai??!! Você está bem? Seus olhos estão vermelhos e inchados. – Disse se aproximando e sentando – se ao lado seu pai.

Jungkook nada respondeu, só deitou sua cabeça no colo do seu filho voltando a chorar.

- Eu me arrependo tanto, eu quero tanto o Jimin. – Disse soluçando horrores

Taehyung ao ouvir essas palavras sorriu e se encheu de felicidades, finalmente teria sua família unida novamente e veria seus papais se pijama novamente na mesma casa.

- Já falou com ele?

- Sim, ele me deu um fora e desligou.

- Bem feito.

- que?

- Pai, não vai ser tão fácil conquistar ele, você o traiu, o deixou e ainda o destratou. Não vai ser nada nada nada fácil ter de volta. Mas mesmo assim, tente mostrar que está seriamente arrependido e que suas intenções são boas dessa vez. – Disse sorrindo

Jungkook levantou – se e olhou bem para seu filho.

- Quando ficou tão maduro assim? – Perguntou

- Quando você saiu de casa. – Ao ouvir essas palavras Jungkook sentiu seu coração doer.

- Me desculpe Tae, por ter te deixado, por te largar, me perdoa por todos os meus vacilos? – Disse com lagrimas nos olhos.

- Claro que perdoo, só não vacila de novo comigo e procure o perdão do Jimin. – Sorriu

Jungkook se sentiu melhor sabendo que foi perdoado por seu pequeno.

A partir de agora, Jungkook tem um novo objetivo de vida.

 

 

Ter Jimin para si.

Conseguir? Será que consegue?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

- NÃO NÃO, YOONGI, ACORDA, POR FAVOR. – Assustou – se vendo o branquelo sangrando

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...