História Brincando com a realidade - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Androide Nº 16, Androide Nº 17, Androide Nº 18, Babidi, Bardock, Bills, Botamo, Bra, Brolly, Bulma, Campari, Caulifla, Cell, Champa, Chaos, Chichi, Cooler, Dabura, Dai Kaiohshin, Daishinkan, Dende, Enma Daioh, Fasha (Seripa), Freeza, Frost, General Tao Pai Pai, Gine, Gohan, Goku, Goku Black, Goten, Gowasu, Grande Patriarca (Saichourou), Grandpa Gohan, Helles, Hit, Iwan, Kaiohshin, Kakaroto, Kale, Kami-sama, Kuririn, Kusu, Liqueur, Lunch, Magetta, Majin Boo, Marcarita, Marron, Mestre Kame, Mestre Karin, Mestre Mutaito, Mestre Tsuru (Tsurusennin), Minotia, Miss Piiza, Mojito, Monaca, Moori, Moscow, Mr. Satan, Nappa, Oob (Uub), Pan, Panbukin, Personagens Originais, Piccolo, Porunga, Pual, Quitela, Raditz, Rei Cold, Rei Vegeta, Rumoosh, Senhor Kaioh (Kaioh do Norte), Shenlong, Sidra, Spopovich, Sr. Kaioh, Sr. Popo, Tapion, Tarble, Tenshinhan, Tights Brief, Toma, Trunks, Turles, Vados, Vegeta, Vermoud, Videl, Whis, Yajirobi, Yamcha, Yamu, Zamasu, Zen'Oh
Tags Aventura, Dragon Ball, Ficção Cientifica, Luta, Romance
Visualizações 3
Palavras 2.685
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Ficção Científica, Harem, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shounen, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu demorei mas continuo a mesma coisa, a vida é foda. Eu queria explicar que eu estou usando uma tecnica de escrita que aprendi lendo as historias do thejoker, acho que escreve assim, mesmo usando algo dele meu estilo continua o mesmo, eu tenho ainda meu jeitinho de escrever apenas adicionei um tecnica visual, e se eu vou fazer isso melhor eu dar credito ao cara.

Capítulo 9 - Se soltando


Fanfic / Fanfiction Brincando com a realidade - Capítulo 9 - Se soltando

Um pouco antes do final do capítulo anterior.

 

-Hm, *bocejo, Bom dia Bulma *smack. Dan dando um selinho na bochecha de Bulma.

 

-Zzzzz. Bulma.

 

-Que fofa, ela ainda ta dormindo, ela fica tão linda assim. Bom, já que é assim melhor arrumar o quarto. Dan pensando

 

-Bom dia campeão, conseguiu o que queria ontem? Elder.

 

-Digamos que a noite foi perfeita, mas pode me passar minha roupa e se virar? Dan.

 

-Já tá aí na cama. Eu fiz cappuccino, vai querer? Elder bebericando numa caneca.

 

-Claro, tô exausto. Dan.

 

-Eu já arrumei o quarto, te encontro lá embaixo. Elder.

 

Dan se vestiu e desceu as escadas e encontrou Elder na cozinha tomando cappuccino.

 

-Como vai cara? Dan.

 

-Hoje o dia vai ser longo, prepare o café e vamos. Elder.

 

-Você ta bem? Dan.

 

-To, é que eu vi coisas horríveis. Elder.

 

-Desculpa. Dan branco.

 

-Não foi isso, é que eu vi que possivelmente você possivelmente terá problemas serios. Elder.

 

-O que quer dizer? Dan.

 

-Eu só quero dizer que acho que possivelmente teremos problemas na viagem. Elder.

 

-Como assim? Dan confuso.

 

-Algumas mudanças muito complexas podem ocorrer, e vamos ter que resolver, porque o mundo não pode explodir por nossa causa. Elder.

 

-Hehe, nós mudamos a realidade, temos que aceitar as consequências. Dan sorrindo.

 

-Eu só queria te preparar mentalmente para você não acabar enlouquecendo. Elder.

 

-Eu tenho você e vontade, é tudo que preciso. Dan.

 

-E pelo que parece sorte também. Elder apontando para uma calcinha no chão.

 

-Que? Acho que é da Bulma. Dan indo até a calcinha.

 

-Hmm, não, não é da Bulma, então deve ser… A Mai esteve aqui? Dan surpreso.

 

-Ela não levou as esferas, mas se divertiu bastante pelo que parece. Elder.

 

-Bom, eu não sei o que fazer então vou só guardar ela. Dan ponda a calcinha em sua trouxinha.

 

-Okay, agora prepara o café, porque eu estou faminto. Elder.

 

-Eu cozinho pra você agora? Dan.

 

-To com preguiça. Elder.

 

-Tá, mas corta essa de fazer manha. Dan.

 

-Hehe. Elder rindo.

 

De volta ao momento atual.

 

-Então Bulma, onde está a próxima esfera? Dan.

 

-Ela está muito próxima, basta percorrermos mais alguns quilômetros. Bulma.

 

-que bom, penúltima esfera lá vamos nós. Dan.

 

…longe dali…

 

Eles estão indo para a montanha de fogo, bom, assim o rei cutelo vai matá-los e eu não terei problemas, mesmo que o garoto saia vivo vai estar cansado demais, um golpe furtivo e ele morre. Yamcha.

 

-Vamos atrás deles Yamcha. Pual.

 

Eles continuaram a seguir o trailer em uma moto com sidecar.

 

...palácio do imperador pilaf…(imagem nas notas)

 

-Não acredito que vocês não pegaram a droga da esfera! Pilaf furioso.

 

-Sentimos muito grande imperador pilaf, mas aquele garoto era forte demais para conseguirmos derrotá-lo. Shu fazendo reverência com a cabeça no chão.

 

-E ele me pôs pra correr quando eu tentei roubar a esfera depois. Mai nervosa também fazendo reverência.

 

-Certo, bom, levem bastante equipamento e tentem matá-lo na montanha de fogo, e matem o rei cutelo também. Pilaff.

 

-Sim senhor. Mai e Shu.

 

Eles saíram da sala.

 

De volta a minh… Digo a história principal, nossos jovens acabaram de chegar na montanha de fogo.

 

-Nossa, bem que você disse que tudo estaria pegando fogo. Dan olhando para o topo da montanha.(imagem)

 

-É, e também tenha muito cuidado com o rei cutelo, ele não gosta de invasores. Bulma.

 

-certo, Bulma pode ir na frente? Dan.

 

-Você é meu segurança, você deveria me proteger, não diga que ficou com medo. Bulma

 

-É que, eu gosto de ver a sua bunda balançando nessa roupa. Dan.

 

-Grrr, anda logo seu safado. Bulma.

 

-Eu só fui sincero. Dan.

 

Dan saiu andando com as mãos na nuca e Bulma ficou logo atrás, com medo de um ataque surpresa, porém enquanto andava Dan via uma sombra estranha seguindo-os.

 

-Nossa não tem nada por aqui, Bulma, onde o radar está mostrando a esfera? Dan.

 

-era pra ser por algum lunar nessas ruínas mas eu não tenho mais certeza, acho que ela foi movida. Bulma.

 

Nesse momento uma lâmina giratória veio em direção a cabeça de Dan mas, ele desviou por pouco.

 

-Quem fez isso? Dan.

 

-Eu, e o que vocês querem aqui, vieram roubar essa tal esfera do dragão? ???

 

Diante deles estava parada uma garota quase do tamanho de Dan, a garota vestia um sutiã azul com detalhes brancos e um capacete rosa com detalhes também brancos.(imagem)

 

-Olha eu te perdoo, mas por que fez isso? Mas, mudando de assunto, pode dar uma viradinha? Dan.

 

-Como pode pensar em algo assim nesse momento? Bulma furiosa.

 

-Eu quase morri, me deixa pelo menos fazer piada pra relaxar. Dan.

 

-Calados os dois. Garota.

 

-Eu sou a princesa Chi chi, e vocês estão invadindo as terras do meu pai. Chi chi.

 

-Elder. Dan pensando.

 

-Que? Elder.

 

-Já reparou que tanto Goku quanto Vegeta se casaram com princesas? Dan.

 

-Cacete, o que deu em você hoje? Elder.

 

-O autor saiu da depressão. Dan.

 

-EU NÃO TENHO DEPRESSÃO. Peacemask com raiva.

 

-Você merece isso, você atrasou essa fic em… Sei lá, nem você sabe o tempo. Dan.

 

-... Peacemask.

 

Peacemask saiu do nada, assim como chegou.

 

Retomando onde paramos, Chi chi estava encarando os dois jovens, ela tinha muitas suspeitas quanto aos dois, Dan então foi andando até ela e isso fez ela ficar em pose de luta, mais alguns passos depois, Dan ficou cara a cara com ela e estendeu sua mão para um cumprimento.

 

-Oi eu sou Son Dan, pode me chamar de Dan. (Não preciso dizer quem falou isso né? Peacemask)

 

Chichi olhou muito confusa para a cara do garoto, mesmo confusa e desconfiada ela ficou mais calma ao ver o sorriso calmo, sincero *sussurra (e adorável) do garoto, ela o cumprimentou e falou mais tranquilamente.

 

-O que querem? Nós já estamos com problemas não nos causem mais. Chichi.

 

-Apenas queremos a esfera do dragão, se precisar nós resolvemos o problema de vocês. Dan.

 

-E o que seriam essas esferas do dragão? Chichi.

 

-Esferas laranjas com estrelas, elas são mais ou menos assim. Dan tirando uma esfera da sacola.

 

-Oh, meu pai tem uma dessas, vocês realmente nos ajudariam por isso? Chichi.

 

-Claro, sem problema. Dan sorrindo.

 

Chichi então puxou o garoto pelo braço em direção a onde o pai dela devia estar.

 

-Ei, não me deixem. Bulma seguindo eles.

 

Rapidamente eles chegaram ao local onde um grande homem vestindo um capacete dourado com chifres e uma armadura azul.

 

-Minha filha, quem seriam esses? Rei cutelo.

 

-Ola, eu sou Son Dan, e essa é a minha amiga Bulma. Dan apalpando a bunda de Bulma discretamente.

 

-Oi. Rei cutelo.

 

-Que cara mais grosso. Dan pensando.

 

-Bom, nós viemos atrás da esfera do dragão do senhor, nem que para isso tenhamos que ajudar o senhor. Dan.

 

-Então, Nós queremos apagar a montanha senão todo meu tesouro irá ser destruído. Rei cutelo.

 

-Tá, mas, como eu vou fazer isso? Dan.

 

-Eu preciso de qualquer coisa que possa ter, você não tem idéia alguma? Rei cutelo.

 

-Vou tentar dar uma olhada, nuvem voadora. Dan.

 

Nesse momento a nuvem voadora chegou e deixou o rei cutelo muito surpreso.

 

-Aaaaaaah, essa é a nuvem voadora do mestre kame? Rei Cutelo impressionado.

 

-Sim, ele me deu por eu salvar a tartaruga dele. Dan.

 

-JÁ SEI, você e Chichi vão buscar a Banshu sen com o mestre Kame, e com ela vamos criar um vento forte o bastante para apagar o fogo. Rei cutelo.

 

-... Todos.

 

-Claro, eu pego ela lá sem problema, mas porque a Chichi tem que ir comigo? Dan.

 

-Ela sabe o caminho de volta assim você não se perde. Rei cutelo.

 

-Ata. Dan.

 

Dan e Chichi se afastaram e Dan começou a ensinar a garota a como voar na nuvem.

 

-Basta manter os pensamentos puros e ter um coração limpo, daí você controla ela com o pensamento, mas tem que ser muito objetivo. Dan.

 

A garota subiu na nuvem e moveu ela sem problemas.

 

-Ótimo, hora de ir para a kame house, bom eu não sei muito bem onde fica então pode demorar muito. Dan.

 

-Então como vamos achar ele? Chichi.

 

-Acho que vai levar no mínimo 5 horas mas, ok. Dan.

 

-Cinco horas com um idiota como você!? Que coisa horrível. Chichi.

 

-Mimadinha idiota. Dan pensando.

 

Eles partiram em direção à costa, assim Dan poderia procurar pela praia onde ele deixou a tartaruga e assim procurar pela região, A viagem estava demorando um pouco então eles decidiram conversar um pouco.

 

-... Errr, então, Quantos anos você tem? Dan.

 

-Eu tenho 15, e você? Chichi.

 

-Vou fazer 16 mês que vem. Dan.

 

-Oh, interessante mas, por que você tem esse rabo? Chichi apontando para o rabo de macaco de Dan.

 

-Não sei, nasci assim. Dan.

 

-Mas e você? Que roupa é essa que você tá usando? Dan.

 

-É minha armadura de batalha, eu uso para me proteger. Chichi.

 

Dan se virou e olhou a garota de cima a baixo, (Puxa, ela é bem thick, a bunda dela com certeza é maior que a da Bulma, tomara que eu possa ver bem de perto. Dan pensando) no momento que ela percebeu que Dan estava observando-a ela corou e apertou seus peitos ao corpo cruzando os braços.

 

-Para de olhar pervertido! Chichi corada e irritada.

 

-Eu não sou pervertido, se eu fosse eu não estaria na nuvem. Dan.

 

-Não mintam para mim, você estava olhando para meu corpo, me despindo com os olhos. Chichi corando ainda mais.

 

Dan pensava em mais e mais em como essa garota era estranha e exagerada, e eu ainda não entendi como ele ainda está na nuvem, (Eu também não, a questão é que ela é muito maluca. Dan pensando).

 

-Bom, eu vou dizer isso em três partes. Dan com o indicador levantado.

 

-primeiro, você viu aquela garota comigo? Eu meio que já estou com ela, E não acho que você seja tão bonita. Segundo, eu estou muito ocupado pra arranjar uma namorada distante (mesmo com a Reina me esperando na vila dela), e terceiro, você nem faz meu tipo. Dan.

 

-Eu sabia que você era pervertido, fez até sua namorada usar aquela roupa. Chichi.

 

-Hum… Eu e ela meio que não oficializamos nada, e aquela roupa é a única coisa que sobrou pra ela vestir, e aquela roupa estava junto no nosso trailer. Dan.

 

-Sei, seu tipo de homem só pensa em… Em… Chichi completamente corada.

 

Nesse momento a garota caiu da nuvem (Pensamentos puros? Sei. Dan pensando) ela gritou com muito medo de morrer, mas rapidamente Dan Foi até ela e pegou Chichi no ar, e seguiu carregando-a nos braços.

 

-Eu sou mesmo o pervertido? Dan com um sorriso irônico.

 

-Eu não sou pervertida. Chichi corada e se debatendo nos braços de Dan.

 

-Hehe, não precisa se conter, sabe você seria muito menos chata se você se soltasse mais. Dan sorridente.

 

-Eu não sou chata! Chichi com o rosto inflado.

 

-Fala sério, você é rígida, mandona, reclamona e seria. Dan.

 

-Uma princesa tem que ser prendada e impor respeito para homens como você não tentem nada com ela. Chichi cruzando os braços e virando o rosto.

 

-Um “homem como eu” está te segurando agora, e como não devo tentar nada, quer que eu te solte? Dan com um sorriso maldoso.

 

-Você não teria essa audácia. Chichi.

 

-Hehe. Dan sorrindo ironicamente.

 

(Vou mostrar a ela como se solta, ou traumatizá-la. Dan pensando), Dan fez a nuvem subir em alta velocidade quase em linha reta, quanto mais ele subia mais Chichi ficava nervosa, quando ficou bem alto Dan se levantou na nuvem e disse.

 

-Vamos nos divertir querida Chichizinha. Dan sorrindo maldosamente.

 

-O que você vai fazer? Chichi morrendo de medo.

 

-Estou apenas me soltando. Dan maliciosamente.

 

Ele caiu de costas e soltou a princesa no ar e ambos estavam caindo em direção ao mar, eles estavam tão alto que ainda nem tinham atravessado as nuvens.

 

-VOCÊ VAI NOS MATAR SEU LOUCO!!! Chichi berrando.

 

-Haha, eu amo isso, apenas aproveita e seja feliz. Dan sorrindo.

 

(Só queria deixar claro que eu sei que eles não poderiam estar falando caindo dessa altura, se você se importar com isso, não se importe, como eu. Peacemask)

 

-Lá vem as nuvens, se estiver com sede abre a boca. Dan com a boca aberta. 

 

Eles ficaram um pouco molhados ao atravessarem a nuvem mas se secaram com o vento, Chichi chorava de medo e quando Dan percebeu foi para cima dela e abraçou-a.

 

-Calma, calma, nada de ruim vai acontecer apenas se divirta um pouco mais. Dan enxugando as lágrimas de Chichi.

 

-*Snif, *snif, Por que eu deveria confiar em você? Chichi com uma cara chorosa e fofa.

 

-Porque eu vou morrer junto? Dan irônico.

 

-Você é louco. Chichi menos chorosa.

 

-Ser louco é mais divertido. Dan sorrindo.

 

Dan se segurou trás de Chichi que ficou relutante achando que ele tentaria algo, mas no fim ele acabou conseguindo e ele estava segurando ela pela cintura enquanto caíam, sentir o toque delicado e firme do jovem em sua cintura em uma situação dessas fez ela ficar ainda mais arrepiada. E eu nem sabia que isso era possível.

 

-Relaxa e sente a brisa, solte seu corpo, solte você mesma. Dan falando ao ouvido dela e começando a agarrá la pela barriga. 

 

Nesse momento a princesa abriu os braços e as pernas, ela já estava começando a ficar um pouco calma.

 

-Isso se diverte, não tenha medo de se divertir. Dan soltando Chichi.

 

-Hihi, isso não è tão ruim quanto eu pensei. Chichi esboçando um pequeno sorriso.

 

Dan então percebeu que eles já estavam quase numa altura perigosa, então ele chamou a nuvem voadora e sentou nela enquanto ela descia em círculos, ele voou até Chichi e agarrou ela no ar, eles continuaram girando até chegar perto do mar, e voaram arrastando perto do mar.

 

-Hehe, isso foi muito legal. Dan.

 

-Obrigada, hihi, eu me diverti muito. Chichi sorrindo

 

-Você está se divertindo muito. Dan.

 

Eles viram uma grande onda distante, nesse momento Dan acelerou para pegar o tubo da onda.

 

-Uau, que bonito, isso é incrível. Chichi surpresa.

 

-Eu amo esses momentos. Dan sorrindo.

 

A garota estendeu a mão e tocou nas ondas, os dois estavam muito felizes aproveitando esse momento mágico, foi mesmo muito lindo.

 

-Chichi, vamos voar. Dan.

 

O sayajin pegou a garota em suas costas e deu um salto com ki, quando ela deu por si os dois estavam voando dentro do tubo, era uma sensação feliz animada e muito especial, digo por experiência própria.

 

-Você sempre faz isso? Você é incrível. Chichi feliz e animada.

 

-Hehehehe, basta pensar em como se divertir e fazer, e lá vem a melhor parte. Dan sorrindo.

 

Os dois finalmente haviam se conectado todos os problemas e diferenças apagados nem que seja só por um momento, quando eles começaram a perder velocidade a nuvem voadora levou Chichi  para fora e deixou Dan dentro do tubo, enquanto Chichi voava sob a onda que se dicipava Dan era levado por ela.

 

-Dan? Chichi confusa.

 

A garota estava procurando pelo sayajin, que se encontrava largado na beira da praia, quando Chichi o viu ela correu rapidamente até ele.

 

-Você está bem? Chichi balançando o corpo de Dan.

 

-Eu estou ótimo. Dan sorrindo.

 

Dan abriu os olhos e viu a garota em pé ao lado dele olhando um pouco preocupada e confusa, (imagem), Dan se levantou e olhou ao redor, percebendo que estava na praia onde ele e Bulma encontraram mestre Kame.

 

-Olha só, chegamos onde eu queria. Dan olhando ao redor.

 

-Aqui é a casa do mestre kame? Chichi confusa.

 

-*pensando(sorte que ela é bonita, e talvez forte), não aqui é onde eu encontrei ele pela primeira vez, e com isso eu vou poder finalmente achar a casa dele. Dan.

 

-Que bom, vamos logo. Chichi.

 

-Nahh, agora não, vamos aproveitar esse lugar um pouco, ele me trás boas memórias. Dan com um olhar nostálgico.

 

-Hm… Tá, eu quero me divertir com você. Chichi.

 

-Vamos lá então, depois nós vamos atrás do mestre Kame. Dan.

 

Eles vão continuar indo atrás do mestre Kame após alguns momentos na praia, como será que tudo vai continuar?


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...