História Brincando com o amor - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Christian Beadles, Justin Bieber, Lucy Hale, Ryan Butler
Personagens Justin Bieber, Lucy Hale
Tags Justin Bieber, Romance
Visualizações 337
Palavras 1.066
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom gente, gostaria de começar pedindo desculpas, porque postei um ep fora de ordem e acabou embolando tudo aqui. Eu apaguei e vou repostar as corretas. Quando acontecer se ver que tem algo estranho ou a mesma coisa, me falem. Obrigada a quem me falou que tinha dois ep iguais e acabei vendo que tinha um que era pra ser postado depois. Desculpa mesmo

Capítulo 25 - Nunca andou em uma?


 

 

                Após aceitar o convite a Justin a primeira coisa que Jazzy fez foi ligar para sua casa, ela precisará a avisar seus pais; fora sua mãe quem atendeu, Jazzy calmamente explicou sua mãe que o time da escola havia vencido o jogo e Justin havia lhe convidado para a comemoração, não havia como negar pelo tom de voz de Blanca ela estará feliz com a noticia, não com o resultado do jogo isto não lhe importará, mas sim com Jazzy esta se enturmando, obviamente ela deixou que Jazzy fosse porem lhe pediu que não chegasse tarde em casa o que Jazzy de pronto prometeu, depois disto ela desligou o celular e eles começaram a caminhar em direção ao estacionamento da escola, o colégio já estará vazio, todos haviam ido embora, ou melhor, ido comemorar!

 

                Assim que chegaram no estacionamento Justin parou em frente sua moto e Jazzy piscou duas vezes, ela estará um tanto assustada o que fez Justin rir da carinha amedrontada da moça.

 

 

 

– Nunca andou em uma? – perguntou ele pegando seu capacete e a entregando.

 

– Não. – a voz dela saiu quase em um sussurro enquanto segurava o capacete.

 

– Fique tranquila, lhe deixarei inteira em casa. – Jazzy deu um leve sorriso. Justin subiu na moto e a ligou, manobrou e a mirou nos olhos.

 

– Vamos? – Jazzy estará com muito medo, nunca havia andado naquilo e jamais havia cogitado a ideia de que um dia pudesse andar, porem aqueles olhos... Aqueles olhos lhe davam coragem para enfrentar todos os seus medos, então ela assentiu e meio desajeitada subiu na moto.

 

 

 

                Justin não pode deixar de achar graça da forma desajeitada a qual ela subiu na moto, porem como era a primeira vez a qual ela subia em uma ela tinha seu desconto, Justin esperou parado com a moto ela por o capacete e nem precisou pedir para que ela se segurasse nele pois ela mesmo o fez. Com leveza ela tocou a cintura dele e foi deslizando suas pequenas mãos para frente colando seu pequeno corpo ao dele, ele podia ate mesmo sentir o coração acelerado dela em suas costas, porem sua maior concentração estará nas pequenas mãos que apertava seu casaco na parte do abdome de forma tão doce, tão delicada, tão diferente de qualquer outra, seria ela? Seria o toque dela diferente? Ou seria... Não, não poderia ser ele que estará diferente, Justin sempre fora e sempre será o mesmo.

 

                Ele deu partida porem não correu, foi em baixa velocidade até o local, não queria assusta-la mais do que ela parecerá estar. Demorou cerca de 20 minutos para Justin estacionar sua moto enfrente ao bar-restaurante onde estará sendo a comemoração. Jazmyn desceu da moto da mesma força desajeitada a qual havia subido e retirou o capacete enquanto ele descia da moto. Em frente ao bar-restaurante, algumas pessoas os observará incrédulos, entre estas pessoas estará Blair. Tudo bem que Justin havia a defendido de Blair, mas dai sair com ela já era algo por demais assustador.

 

                Jazzy encarou o local que pela vidraça dará para notar que estará bem cheio, e depois mirou a porta onde havia um grupo de pessoas que lhe miravam com incredulidade, logo um incomodo lhe tomou conta, ela começará a se arrepender de ter aceitado ir para ali, porem isto não passou despercebido para Justin que de pronto notou o semblante dela.

 

 

 

– Não precisa se preocupar, ninguém lhe incomodará. – disse ele se aproximando mais dela. Ela então lhe mirou nos olhos, ele por sua vez estendeu sua mão para ela, ela então mirou a mão dele e sem duvidar segurou na mão dele causando ainda mais espanto a quem observava-os.

 

 

 

                De mãos dadas caminharam em direção a entrada do estabelecimento e ao adentrar o local o que há incomodará a Jazzy triplico, pois foi só adentrarem para a maioria dos olhares serem atraídos a eles, os olhores eram um misto de incredulidade, com surpresa e com algo que nem mesmo Jazzy conseguirá definir, talvez ela estivesse ocupada demais com toda a sua vergonha, suas bochechas estará completamente avermelhada. Sem nenhum constrangimento Justin continuou a andar pelo local de mãos dadas a ela, aproximando-se de uma mesa onde estará, Hanna, Chris, Emily, Ryan.

 

 

 

– Demorei? – perguntou Justin assim que chegaram em frente a mesa que a proposito todos tinham o olhar surpreso de vê-los juntos.

 

– Não. – respondeu Hanna, sendo a única capaz de pronunciar algo ali. O que deixará Jazzy ainda mais constrangida.

 

– Gente está é minha amiga, Jazzy, vocês já a conhecem de vista, ela é da nossa sala.

 

– Claro! – disse Emily sorrindo. – Perdoe nossas caras de abestados é que não esperávamos vê-los juntos aqui, mas sente Jazmyn. 

 

– Obrigado. – respondeu Jazzy timidamente enquanto Justin a ajudará se acomodar na cadeira e se sentará ao lado.

 

– Bryan estava te procurando para uma partida d–, Sabe Jazmyn o Justin é muito bom no bilhar.. o Brayan cismou que vai ganhar do Justin, aguardamos ansiosos este dia.e bilhar. – disse Chris para Justin .

 

– Ele esta afim de perder realmente?! – foi mais uma afirmação do que uma pergunta de Justin enquanto ele ria.

 

– Disse isto a ele. – disse Hanna rindo. – contou Hanna enquanto bebia um gole de sua bebida. Jazmyn estará tão envergonhada que apenas sorriu. Droga, novamente isto, ela precisará falar, mas não conseguia.

 

– Vou buscar algo para beber, você quer? – perguntou Justin a Jazzy que negou de pronto. – Nem um suco? Eu pego um suco de Abacaxi o que acha?

 

– Pode ser. – ela sorriu e ele retribuiu o sorriso.

 

– Vou com você, minha bebida já esta acabando, aproveito pego para as meninas, vamos lá Ryan ? – falou Cris. Ryan assentiu e os três se levantaram da mesa e saíram andando.

 

– Eles pensam que nos engana, com certeza foram fofocar! – Hanna revirou os olhos. – depois nós mulheres que somos fofoqueiras. – Jazzy acabou por rir do comentário de Hanna.

 

– Mas e então Jazmyn... Nos diga alguma coisa, você esta tão calada, ou melhor você é tão calada! – disse Emily .

 

– O que quer saber? – perguntou Jazmyn timidamente.

 

– Primeiro se Justin esta aprendendo alguma coisa com essas aulas particulares? Não que você não seja uma boa professora, porem Justin é um péssimo aluno. – tagarelou Hanna, fazendo Jazzy rir.

 

– Ele esta aprendendo sim. – respondeu Jazmyn.

 

– Se esta fazendo ele aprender, você precisa nos dar essa aula também! – disse Maite de forma divertida.

 

– Vocês são legais. – Jazzy falou totalmente surpresa, não era bem assim que as imaginará.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...