História Brinquedinho precioso (VKOOK) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Tags Abuso, Bts, Coelhinho, Drogas, Got7, Leitinho, Lgbt, Nudez, Sexo, Toodynho, TRANSA, Violencia, Yaoi
Visualizações 48
Palavras 841
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nasci pra vencer, não ferra
É difícil manter minha alma na terra
Hoje vou me perder, me encontrar
Botar pra fuder, vvz não erra🌃🎶🎶...sigo invicto



QUE O KOOK ABENÇOE A LEITURA DE VOCÊS COM MUITOS TODDYNHOS 🖒❤

Capítulo 4 - Bambam?


Fanfic / Fanfiction Brinquedinho precioso (VKOOK) - Capítulo 4 - Bambam?

**JUNGKOOK***

Fechei os olhos com medo de quem poderia ser.

Não  queria olhar mas aquilo estava me matando então  eu olhei para trás. -Um garoto de cabelo azul com olhar perdido me olhava.

-O-Oi m-me desculpe  por te tocar. -Disse ele com sorriso  doce.

-Er...tudo bem. -Falei meio com vergonha. 

-Me chamo Kunpimook Bhuwakul! -Disse ele estendendo a mão  para mim.

-O-oi Kunpimo.... - Falei não  conseguindo  pronunciar o nome.

-Me chame de Batman (PQP CORRETOR DO DEMÔNIO, É  BAMBAM ,DESCULPEM  BOLINHOS  SORRY SORRY)  é  melhor.  -Falou ele rindo.

Ri também. 

-Você  é de outra  cidade? -Perguntei 

-S-Sim  eu vim de Seul e estou meio perdido tentando encontrar  a casa que aluguei. -Falou ele com as bagagens na mão. 

-E-Eu posso te ajudar se quiser! -Respondi o ajudando  com as malas. -Deixe-me te ajudar.

-O-obrigado. -Falou ele fazendo  uma reverência.

-De nada. Que número  seria a casa? -Perguntei.

-1556.

-É  perto da minha. - Disse eu sorrindo.

Esse garoto...Deve ser engraçado.

-Acho que deve ser está. - Falei o olhando. 

-E é, obrigada pela ajuda. - Falou ele pegando as chaves.

Ficamos  parados se balançando. 

-Você é  sozinho? Perguntei.

-Sim ,eu vim em busca de uma vida  melhor para meus pais.

-Entendo. -Falei não  pensando em minhas palavras.

- Você  também  mora com seus sozinho? Pergunteu  ele.

Mudei de assunto  rapidamente

-Quer jantar em minha casa hoje? -Puta que pariu  por que eu disse isso?Nem fazer miojo eu sei ,Jungkook cê só  se mete em perrengue.

-Será  uma boa idéia?Nem nos  conhecemos direito. -Falou ele corando  um pouco.

-Podemos nos conhecer. -Falei erguendo o olhar.

*TAEHYUNG*

Eu estava no mercado e vi Jungkook por lá  ,o provoquei para comprar bebidas alcoólicas  só  que ele saiu de lá  só  com toddynhos e ainda por cima correndo. 

Peguei o carro e acelerei o freio, parei perto de sua casa me escondendo  atrás  de uma árvore. 

Presenciei  uma cena não  muito divertida:Jungkook com um vadio de cabelos azuis. -Quem esse desgraçado  pensa que  é  para ficar de papo com meu Kook? -Eu preciso falar com ele. -Disse eu com raiva ,muita raiva.

Jungkook é  meu e ele não pode sair com..Arghhh odeio só  de pensar..

Eu só  queria poder o tocar ,mostrar  a ele que eu posso ser seu dono para sempre.

Isso não fica assim...

******BAMBAM*******

-Espera!Que falta de educação  a minha! -Falei esquecendo  de o perguntavam coisa. -Qual seu nome?

Ele abriu um sorriso doce.

-Me chamo Jeon Jungkook mas só  me chame  de Kook. 

-Kook?Gostei.  -Disse eu abrindo um sorriso engraçado  a ele.

Nós  dois rimos. 

Me despedi dele ,eu precisava  arrumar as coisas e me aprontar   para ir jantar a sua casa ,mas ele disse para eu não  me preocupar  que ele viria me buscar.. O conheci hoje mas parece que o conheço  a tanto tempo.

Ele parece ser alguém especial. 

**YOUNGJAE**

Pela mor dos toddyn de Jungkook!JACKSONN nosso vôo  vai atrasar desse jeito! -Falei bravo.

Jackson estava parado no meio do aeroporto arrumando a bagagem.

-JACKSON! Gritei  o empurrando.

-YOUNGJAE EU JÁ  VOU VIADO. -Falou ele fazendo escândalo.

-Caralho como eu posso  ter um amigo enrolado assim Deus?Como? -Juntei minhas mãos  e olhei para o céu...Para o teto quer dizer.

-Além  de enrolado é  escandaloso. - Falei me sentando no banco.

Me sentei no banco e fiquei  esperando igual um tonto.

Depois de 1 ano*

-Pronto  Podemos ir YoungJae!

-YoungJae?

Ouvi ele gritando e me  dando vários  socos.

-Aigo Caralho isso dói seu VIADO. - Falei Fazendo massagem em meu braço. 

-Você  tava dormindo! 

-Droga por tua culpa peguei no sono Jackson Wang. -Puxei seu braço  com força  o levando para embarcamos.

*JUNGKOOK*

Eu cheguei  na porta todo feliz ,me lembrando de Bambam ,ele era tão  sorridente ....

Fui procurar a chave quando senti uma sombra atrás  de mim.

Merda de novo não. 

-Olhe para mim. -Disse a voz conhecida.

Olhei ,era Taehyung. -Vai te toma no cu ,Pensei.

-Taehyung o que faz aqui? 

-Parece que você  não  gosta da minha presença.

-Você  veio me beijando  do nada porra!E me fala por que eu não  gosto  de sua presença? 

-D-desculpe  ,comprei  isso se você  quiser.  -Ele Disse me entregando uma caixinha enfeitada com um lacinho  perfeito.

-O que é  isso? 

-Abra e verá. -Falou ele sorrindo 

Abri e havia várias  bolachinhas  amanteigadas  e recheadinhas pareciam gostosas.

-P-por quê me deu isso?

-Estou arrependido  pelo que fiz sei que foi errado ,mas eu precisava ,eu só  queria alguém.. -Falou ele abaixando a cabeça.

Caralho senti pena dele. -T-Tae?V-você  quer  passar a tarde aqui? - Perguntei.

Essa foi com certeza foi uma das perguntas mais idiotas que eu já  fiz.

-Você  não  se incomoda? 

-Não. -Falei abrindo um sorriso  bem forçado.   

Porra  é  claro que eu tava incomodado.

Nos sentamos. -Você  não  trabalha?  -Falei o olhando.

-Sim ,mas hoje resolvi ter folga.

-Trabalha no quê?  

-Você  não  precisa saber. 

Merda que cara chato.

Liguei  a TV.

Começamos  a assistir  a um documentário.

Estava frio muito frio  eu estava  tremendo  pelo décima  vez hoje. E eu estava  com moletom.

**TAEHYUNG**

Jungkook Estava tremendo ,então  estava na hora de fazer minha imagem de boa pessoa. -Me aproximei dele e o abracei sem ele pedir.

O abracei me sentindo  um pouco diferente ,nunca senti isso que estranho, Pensei.

-Está  quentinho?  -Falei o abraçando  mais forte.

-S-S-Sim. -Disse ele gaguejando  parecia nervoso  mas ele estava gostando.

Taehyung aguenta firme até  ele pegar  confiança em você  vai Taehyung você  é  mais forte que seus desejos..Huh.










Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...