História Broken - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Stray Kids
Personagens Bang Chan, Han Ji-sung, Hwang Hyun-jin, Kim Seung-min, Kim Woo-jin, Lee Felix, Lee Min-ho, Seo Chang-bin, Yang Jeong-in
Tags Angst, Stray Kids
Visualizações 9
Palavras 308
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Slash

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Eu me habituei ao silêncio da noite estrelada de Seul. A cidade brilhava com toda a vida que ela carregava, cada rua tinha uma história e havia mais um milhão de sentimentos e amores. Em algum lugar das ruas dessa enorme cidade, você está vivendo um amor no qual eu não faço parte.

É engraçado de certa forma.

Nos amávamos à algumas esquinas, vivendo um sentimento confuso e intenso demais para dois jovens loucos como nós. Em meio a sorrisos e brigas destrutivas demais, entre lençóis e distâncias jamais inquebráveis, nós nos amamos.

Amamos tanto que nos quebramos.

Eu quebrei de uma forma que nunca terá conserto. Você quebrou por minha causa de uma forma que nunca ninguém irá aceitar. Mas ele aceitou e agora você tem alguém para te ajudar a colar os cacos.

E eu queria não sentir meu peito queimar toda vez que lhes vejo juntos, queria não sentir tanta dor e chorar toda noite na sacada do meu apartamento pequeno que nos enlaçamos uma vez. Eu acendia um cigarro, para me relaxar e ignorar que aquilo me mataria um dia - mesmo que eu já quisesse morrer a muito tempo - e chorava, olhando as inúmeras luzes da cidade de Seul carregada de tantos amores e que um dia, um desses amores era você e eu.

Eu sinto inveja de te ver seguindo em frente e raiva, muita raiva.

Porque eu estou quebrado e com minhas mãos cortadas por cada caco que me esforcei a juntar, sozinho.

Talvez sempre soubéssemos que acabariamos assim. Machucados, quebrados, dilacerados por um amor destrutivo que nós causamos. Sempre fomos destinados ao fim.

E mesmo doendo, gritando pra alguém me ajudar a levantar dessa caida enorme que fomos, eu lhe quero comigo.

Mas você está vivendo outro amor com alguém que nunca irá te quebrar.

E eu continuo sozinho.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...