História Broken Butterfly - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Gore, Romance
Visualizações 5
Palavras 774
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 10 - Resquício de esperança parte 2


Fanfic / Fanfiction Broken Butterfly - Capítulo 10 - Resquício de esperança parte 2

Lúcia acorda desesperada e se encontra dentro de uma cápsula de contensão usando uma máscara de oxigênio 

Ela logo tira a máscara e tenta abrir a cápsula sem muito sucesso 

Ela revira o olhar pela cápsula na procura de algo e a cápsula se abre alguns segundos depois revelando um corredor frio e cheio de cabos grossos e com grades no solo 

Lúcia engole em seco e saí de dentro da cápsula devagar logo que pisa no lado de fora ela sente um frio correr pelo seu corpo todo ficando totalmente arrepiada 

Ela então começa a andar pelo corredor avistando várias outras cápsulas vazias e abertas 

Lúcia - oq aconteceu aqui? Onde é que  eu estou? 

Ela segue até encontrar uma porta que estava entre-aberta e passa pela mesma olhando para o lado de fora se encontrando em um tipo laboratório de laboratório totalmente branco e desértico 

Lúcia logo começa a vasculhar o local até sentir a sensação de estar sendo obsrvada e começar a olhar para os lados de vez em quando se sentindo meio mal e sono vigia 

Alguns minutos se passam e ela estava explorando o local até que finalmente encontra uma saída 

Era uma porta dupla com espelhos, ela olha para os espelhos e percebe que está vestindo um curto vestido branco e que ela estava parecendo ter mais ou menos dezessete anos, ela não presta muita atenção e logo abre a porta e saí

O sol cega seus olhos por alguns segundos até sua visão se ajustar a luz, ela rapidamente começa a tentar se localizar mesmo que não faça ideia de onde está 

Ela começa a andar até encontrar uma moça usando um uniforme escolar japonês de uma coloração escura, logo se aproximando da mesma ela fala algo para chamar a atenção da mesma 

Lúcia - ei, quem é você?

A garota se levanta e se vira olhando para Lúcia revelando que era Júlia  mas mais velha que antes

Júlia - Lúcia...não me reconheceu?

Lúcia - Julia? O-oque aconteceu? Onde nós estamos?

Júlia - Lúcia calma, nós não estamos sob perigo, estamos em um acampamento, o papai nos...te explicará melhor, venha comigo

Júlia estende a mão para Lúcia e Lúcia a segura, assim as duas seguem andando até uma escalação onde alguns jovens estavam, Lúcia reconhecia todos, eram todos crianças que estavam com ela 

Donatelo adentra a sala como um general, com as mãos juntas atrás do corpo e o queixo erguido 

Donatelo - crianças, eu sei que estão assustadas, outras não, algumas estão confusas, e outras também não, mas todas estão aqui por um único motivo, este motivo ainda não será revelado, porém prometo-lhes dizer quando a hora chegar, enquanto estav inconscientes vários experimentos especiais foram feitos em vocês, cada um desenvolveu habilidades diferentes, suas numerações podem ter sido alteradas, poucos de vocês ficaram com a mesma numeração de antes Pois agora serão numerados pela utilidade e capacidade de suas habilidades, vocês passaram um ano inteiro desacordados, acho que tudo já foi explicado então apenas uma ultima coisa...sejam bem vindas crianças

Todas as crianças são excortadas até seus quartos, todas em quartos separados apenas para uma pessoa cada 

no amanhecer do outro dia Lúcia é acordada por tiros de fuzil, ela se levanta rapidamente e se veste mais rápido ainda saidno de seu quarto assutada, logo percebe que era apenas para acordar as pessoas, era um homem com uma roupa de contenção parecida com a da S.W.A.T. 

Logo Lúcia começa seu dia com o café da manhã, e segue até a noite onde pode falar com Júlia 

Lúcia - Júlia...nós temos mesmo que ficar aqui?

Júlia - você está pensando em que Lúcia? Ele fez tudo por nós, nos salvou de varias coisas e tirou-nos de vários problemas...nós devemos nossa vida a ele. independente de o que ele pedir

Lúcia se espanta um pouco e parando de falar

Júlia entra em seu quarto 

Júlia - boa noite Lúcia 

A porta se fecha na frente de Júlia deixando Lúcia para fora 

Lúcia então entra em seu quarto e arruma sua mochila e sai para fora de seu quarto 

Então a verdadeira Lúcia termina de contar sua história 

Lúcia - e...eu não consigo lembrar o que acontece depois...mas...eu devo ter fugido e te encontrado 

Érick - parece que...vocês eram bem amigas não? 

Lúcia - err...sim...eu ach-

Sua frase é interrompida por uma batida na porta 

Érick se levanta e anda até a porta olhando no olho mágico, ele não avista nada e abre aporta, vendo apenas um pacote endereçado para Lúcia 

Érick - é pra você 

Lúcia - posso ver?

Érick entrega o pacote para Lúcia e a mesma lê o recado 

Lúcia - livre-se disso por favor

💐 End chapter 10🦋


Notas Finais


Não sei se alguém vai ler isso, mas se ler, não vou mais postar um capítulo por dia, vou colocar um capítulo a cada dois dias e não vou conseguir postar nos dias que estão muito frios, mimjas mãos ficam frias demais e eu não consigo mexer nem sentir meus dedos direitos então é muito difícil de escrever quando isso acontece, sinto muito, mas ainda continuarei postando quando puder
obrigado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...