História Broken promises - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Dorama, Drama, Ecchi, Harem, Imagine, Imagine Bts, Josei, Namjoon, Romance, Taehyung, Yoongi
Visualizações 11
Palavras 870
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, LGBT, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Spoilers, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Yes, I know.


P.O.V S/n

  

 Eu deveria ter me esforçado mais, eu deveria ter dito algo mais, porém, nem conseguia entrar naquele quarto de hospital. Eu estava em choque com tudo o que havia acontecido... Quem me acompanhava naquele momento de tristeza era o meu único e melhor amigo, o senhor Picles que era o meu pug de estimação, saímos de casa às pressas para o hospital assim que recebemos a notícia: meus pais haviam sofrido um grave acidente num vôo de avião.

 

Uma semana atrás... 

31/03/2016

 

   Olá querido diário, hoje é dia trinta e um do mês de março, eu tento escrever regularmente mas nem sempre consigo, enfim, me desculpe por isso. Bom, deixe eu te contar como foi o meu aniversário de treze anos, no mínimo foi incrível é claro! Fomos à praia, comi de montão e no final recebi roupas novas. Foi o melhor dia da minha vida, não me admira que foi num outono, justamente a minha época preferida do ano. Ah sim, eu estou escrevendo isso com muitos dias de atraso, uff~, mas enfim, eu precisava falar isso com alguém, escute:

 

—Filha minha querida, venha cá— Chamou-me minha mãe, toda carinhosa e serena. Estendeu a mão para mim e eu fui em sua direção, da cozinha para  o seu colo; a mais velha tricotava algo muito colorido. Assim que eu sentei a mesma parou de fazer seus artifícios e os largou na cômoda, pegou o copo de água que havia em minha mão e me deu um beijo na testa. Depois de molhar a garganta tomando aquela água super gelada, ela olha para mim com voz calma e me diz: — Seu pai e eu iremos viajar a negócios, iremos para outro país minha querida, e não poderemos te levar, espero que entenda isso. Afinal já é bem grandinha, não é mesmo? E para que não fique sozinha chamei a sua tia e seu primo para ficar com você. Quero saber se está tudo bem se irmos.

[]

   Aquela voz era tão calma, tão protetora, tão... materna! Eu adorava quando a minha mãe falava, aquela era uma habilidade apenas dela e de mais ninguém. Bom, é óbvio que não pude fazer birra, ela tinha razão, já sou bem grande para saber que trabalho é coisa séria. Por isso apenas afirmei que ficaria bem, e que esperaria eles o tempo que fosse. Afinal, eu iria brincar com o meu primo, realmente, ele era muito legal e faz tempo que não nos víamos...

 

   30/03/2016

 

—Fique bem meu anjo— Minha mãe me apertou num abraço, agachada na minha frente, eu era um pouco pequena demais para a minha idade. Mas isso não era um obstáculo para receber beijos e abraços dos meus pais. E então ela levantou, majestosa e toda arrumada, e meu pai estava ao seu lado com duas malas, parecendo um mendigo, como minha mãe sempre dizia —.

 

   —É isso aí gatinha, a gente se vê depois— Meu pai pisca para mim, e eu respondo com um sorriso, eu adorava quando ele falava assim comigo. Ele do lado da minha mãe ficava um pouco confuso até, já que era asiático e parecia dez anos mais novo que ela. Mas eu não me importava, eles eram um casalzão —.

 

    —S/n! ♪ — Cantarola minha tia lá da cozinha, o cheiro de torta de frango já pairava no ar —Vem comer minha flor!

 

   06/04/2016

 

    Estava frente à frente com eles, meus olhos eram rasos de lágrimas, eu peguei em suas mãos que eram mornas agora, os sinais vitais já não se ouvia mais daqueles monitores. Eu fechei os meu olhos lentamente, e caí em pranto no chão daquele quarto tão sem vida. As folhas das árvores caíam de pouco em pouco lá fora, e nem por isso fiz questão de bater minha cabeça contra a parede, eu esperaria eles voltarem, levantarem daquelas macas, e juntos, daremos mais uma vez um caloroso abraço de verão.

 

Sim, eu sei. Isso nunca mais vai acontecer... Nunca mais.

 

2024

 

     Eu abri os meus olhos de repente, tudo estava escuro, eu estava tão suada, eu comecei a olhar para o lados desesperadamente, onde estariam meus pais agora? Eu posso vê-los hoje? Por favor, eu estou tão sozinha e...

 

    —Ei...— Sinto braços virem por trás de mim e cercarem a minha cintura. Automaticamente tomei um susto e olhei para trás. Me espantei ao ver o rosto do meu pai —.

 

   —P-pai?

 

  —S/n— Ele segura em meus ombros. Eu estava tão feliz, finalmente poderia tocar seu rosto novamente, eu sabia que tantos anos de espera valeriam a pe-... —Por favor! Olhe para, sou eu. Yoongi!

 

   —Yoon... gi?— A imagem desfocada do meu pai agora havia se tornado em meu melhor amigo. E então, frustrada abaixei minhas mãos que iriam de encontro ao rosto dele, na esperança de ser meu pai —E-Então era tudo mentira??!

 

    Eu olhei para baixo e vi o colchão, suspenso pelas madeiras da cama. Meus braços começaram a tremer e sem ao menos perceber, lágrimas quentes começaram a cair dos meus olhos. Eu soluçava, gritava e me esperniava nos braços do Yoongi, que tentava me acalmar a todo instante, e com um tempo após tanto choro eu adormeci de exaustão.

 

   Sim, eu sei. Mas isso dói muito...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...