1. Spirit Fanfics >
  2. Brolly e Chichi - Por Ela... >
  3. Flor em cápsula

História Brolly e Chichi - Por Ela... - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpa o cap mal feito, esses dias ando pra baixo e em uma situação meio complicada, perdão

Capítulo 5 - Flor em cápsula


Eu sei que você está em algum lugar aí fora

Em algum lugar distante

Eu quero você de volta

Te quero de volta

Meus vizinhos pensam que sou louco

Mas eles não entendem

Você é tudo o que eu tenho

Você é Tudo

A noite quando as estrelas eluminam meu quarto

E eu me sinto sozinho

Conversando com a lua

Tentado chegar até você

Na esperança de que você esteja do outro lado

Também conversando com a lua


A mão suava frio até perceber aonde o tocava, estava quase o beijando, por um tris aquilo não virou outra coisa, mas vejam só… O nome do amado de Chichi, saiu pela boca da mesma, a causando um frio extenso, o que fez? Como iria se explicar, Brolly sentia certa pontada de ciúmes ao ver Kakarotto se aproximar tanto de sua querida mulher, nos últimos dias isso era constante, deixando o mesmo com receios 

— B-Brolly? - Chichi se aproximou da nave que abria a porta mostrando seu tripulante, estava de braços cruzados 

— Chichi? - Uma voz fina a chamou condizente, da fumaça que subiu ao pouso da nave, foi pouco a pouco revelado um corpo bem moldado e cabelos azuis, tossiu três vezes afastando com a mão a fumaça de seu rosto — Nunca vou me acostumar com isso - Disse pulando um degrau e tocando nos campos verdes de Paozu

— Eu já tô indo nessa Chichi - O homem que vestia laranja disse saindo do local com seu teletransporte

— Eu vi - Disse a azulada fechando os olhos em deboche

— O-oque? - Nervosa a morena bradou

— Chichi, aonde pensa que está com a cabeça? Você ia mesmo beijar Goku? O que aquele homem fez de mal pra você não tem perdão

— B-beijar? Quem aqui falou isso?

— Deu pra ver na janela da nave enquanto vocês não percebiam minha presença

— Aí Bulma, não aconteceu nada, eu só me distrair, só isso, não seria capaz de fazer isso, ainda mais com o Brolly, ele não merece isso

— Ah Chichi, eu vejo o quanto ele gosta de você, espero que não faça nem uma besteira

— Deixe de bobagem - Adentrou a pequena casa de Paozu



Quebra de tempo…


No Espaço



— Isso será perfeito! Por favor, pense no caso!

— Olha aqui Freeza, por mais que tenhamos uma parceria de mercadorias, eu não vou ceder o planeta sem nome para uma parte da sua tripulação, o planeta nem é grande, e cada dia que passa recebemos mais pessoas que precisam de ajuda, eu não vou fazer isso, acho que a nossa conversa acabou por aqui!

— Pensa que está falando com quem, usando tanta insolência assim? Eu já te ajudei, achei que retribuiria o favor

— Eu agradeço! Agradeço mesmo pela ajuda, mas logo nem o meu povo poderá mas estar ali

— Ok, tudo bem, até - A ligação foi desligada, Brolly odiava viagens longas, ainda mas porque nunca fazia nada, o espaço não tinha uma paisagem tão interessante assim, e faltava mais uma hora e ele chegaria até seu destino, estava ansioso, estava com saudades, uma semana tardará a passar, isso tudo já estava o matando, seus pensamentos forem decorridos para um susto, ao perceber a ligação de Cheelai

— O que foi? - Perguntou curioso para o holograma da mulher em sua frente

— Nadinha, só queria saber como você está, estou morrendo de saudades! - Disse animada

— Saudades? Hm, você nunca diz isso - Indagou coçando a cabeça - É só isso?

— “Só isso”? Está diminuindo meus sentimentos? - Requereu brava

— C-Calma ai, não foi isso que eu quis dizer, hehe… eu só acho estranho 

— Hm… Como está indo a viagem? - Mudou de assunto antes que um diálogo ríspido os levassem desligar 

— Como todas as outras, um saco! Só quero chegar em casa, estou morrendo de saudades da Chi

— Sério? - Perguntou sem emoção, fingindo se importa com a moça citada, para falar a verdade, estava bem entediada com o assunto dela

— Sim, ela ama flores, sabia? Olha o que eu vou levar a ela! - Mostrou a flor exótica que estava em uma cápsula com uma parte a amostra, em uma temperatura muito quente dentro da cápsula

— É linda! - Os olhos da grisalha brilharam, realmente, era linda, Brolly não sabia, mas aquela era uma flor que Cheelai também cobiçava receber, encontrar ela era uma missão difícil, como aquele sayajin era durão, quase nada o abalava — Brolly, ela é realmente linda, eu amei! - Falou encantada com olhos grandes e brilhantes

— Você acha que a Chi vai gostar? - Perguntou preocupado

— Quem? Chi? Ata… sei lá, talvez

— Talvez? Você não achou ela bonita?

— Ah Brolly, eu não sei os gostos da quela mulher - Falou em um tom, que não deixou Brolly muito contente

— Se não quer dar sua opinião, tudo bem, só não fale nesse tom dela

— Ahh, tá bom, tá bom, tá bom… Esqueça esse assunto - Disse lançando um olhar impossibilitado para o moreno — Faz tanto tempo que não saímos juntos para curtir, como amigos né! Poderíamos fazer isso mais vezes, como antes!

— Sair? Não sei, acho que Chichi não gostaria muito

— Mas somos só amigos! Qual o problema? 

— Vou pensar então… Vou encerrar a transmissão, estou chegando na terra, tchau! 

— Brolly! Espera! - Pediu irritada 

A ligação logo caiu, a nave estava indo em direção ao solo, cada segundo mais, o redor da nave era coberto pelo calor, depois de um tempo, o pouso foi feito um pouco longe da casa da montanha Paozu

Desceu da nave com uma bolsa e a cápsula, estava tão feliz, finalmente


Na pequena casa da montanha


— E então! O que acha?

— Passar um dia com você e Goten? Ah Goku, para quê? Você pode ir com a Caulifla, não vejo problema

— Mas é muito diferente com você Chi, Goten vai gosta tento, vamos! Como amigos!

— Eu sei que é como amigos! Mas, é estranho… não acho que Brolly vai gostar disso! Esqueça essa história, Goten já está familiarizado com Brolly, e gosta muito dele! - Falou a morena dando um sorriso

— Ah por favor, eu nunca pedi nada assim, vamos Chi!

— Aff, tá bom Goku, só porque você está enchendo o saco com esse assunto a meia hora

— Eba! - Falou sorrindo vitorioso — Você não sabe o quanto me deixa feliz! - Pegou a morena pela cintura, e rodando a mesma pela cozinha, a abraçou tentando chegar o mais perto possível de seus lábios 

— Me solte Goku - Sorriu, e ao perceber a aproximação do moreno, ela o afastou o máximo, mas ele a segurava com força — Vamos Goku! Pare com isso, para! 

— Chichi! Amor! - Falou a voz grossa adentrando a casa - Mas, que porra é essa!

— Brolly eu posso explicar, me solte - Falou saindo dos braços de Goku que saiu de seu transe, a morena olhou para o guerreiro que saia da casa um pouco descontrolado — Brolly! 

— K-KAKAROTTO! - Na forma de Ozaru sem transformação de macaco, o mais velho pegou Goku pelo pescoço o sufocando 

— B-Brolly! Calma - Falou sem ar

— Eu vou te matar!

— Pare, por favor! - Antes que o moreno tentasse matar Goku, seu braço direito avançou sem coordenação para cima de Chichi, a arremessando longe, percebendo o que fez, o maior saiu da transformação e correu até ela

— Chi! - Correu até ela que estava atordoada

— Au! - Viu o moreno cair em cima de seu colo meio chateado 

— Me desculpa, eu me descontrolei sem querer, perdão!

— Brolly, eu nunca faria isso com você, Goku me pegou e eu tentei sair, não aconteceu nada além disso! 

O moreno olhou torto para o citado, e pegou a pequena no colo a levando para casa

— Que idiota! - Falou Goku tocando no próprio pescoço e sendo deixado de lado pelo casal


A noite…


— Você ta melhor?

— Sim! - Falou cabisbaixa

— Me perdoe! Olhe - Falou mostrando a ela a flor que retirou da cápsula transitando calor pela morena

— Obrigada Brolly! - Falou sem dar muita atenção para ele

Ele a beijou pelo pescoço, mas foi interrompido, pela voz dela

— Amanhã. Boa noite - ela se virou para o outro lado da cama

Ele sabia que nada faria ela mudar conceito, então deixou o assunto pela manhã mesmo, por mas que tenha errado e sem querer, não conseguia tirar aquela cena da cabeça, tudo o que tinha era ódio, ódio por Goku, e um ciúme muito grande, mas tentou ignorar, a noite parecia que não teria um ótimo percurso, se virou de um lado para o outro e nada, parecia ser uma noite difícil, com tanto a mulher que dormia do seu lado, ela estava dormindo com uma cara de raiva, era até engraçado, mas por outro lado ele sabia que uma conversa muito difícil seria tomada pela manhã, então caiu em sono, pelo menos estava tentando


Eu ouvi dizer que você está estabilizado

Que você encontrou um garoto e está casado agora

Eu ouvi dizer que os seus sonhos se realizaram

Acho que ele lhe deu coisas que eu não dei

Velho amigo, por que você está tão tímido?

Não é do seu feitio se refrear ou se esconder da luz

Eu odeio aparecer do nada sem ser convidado

Mas eu não consegui ficar longe, não consegui evitar

Eu esperava que você visse o meu rosto e se lembrasse que pra mim não acabou

Deixe pra lá, eu vou encontrar um cara como você

Eu não desejo nada além do melhor, para vocês dois

Não me esqueça, eu imploro

Eu lembro que você disse:

“As vezes o amor dura, mas as vezes ele machuca”



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...