1. Spirit Fanfics >
  2. Broom Racers >
  3. Ness Broom Raceway parte 1

História Broom Racers - Capítulo 56


Escrita por:


Notas do Autor


aviso de smut (cenas de sexo) nesse capítulo

Capítulo 56 - Ness Broom Raceway parte 1


11 de Setembro de 2015, O dia de treino livre e qualificação começa, as meninas que correm no BBRT foram liberadas das aulas no dia e foram viajar para Inverness, Escócia, uma cidade que fica na região das Highlands, a beira do lendário Lago Ness, Keiko, Constanze, Amanda, Emma, Diana e Akko iriam ter que se hospedar em um hotel, já que iriam ficar para a corrida que vai acontecer no dia seguinte, a hospedagem era gratuita e foi paga por toda a associação do BBRT para todas as corredoras, administradoras, mecânicas e outras que trabalham no BBRT, era bem perto da Ness Broom Raceway, após se hospedarem, Diana e Akko se deitam na cama juntas e olham para o teto.

- Quem diria que estaríamos tão longe...

Diz Diana.

- Eu sempre sonhei com esse dia, a Ness Broom Raceway é uma das minhas pistas favoritas, lembro que jogava muito ela no Witches Prix 4, como eu amava aquelas horas jogando...

Diz Akko soltando uma respirada aliviada.

- Eu também amo WP4, é o meu jogo favorito de MahouStation 2, a Ness Broom Raceway era a minha terceira pista favorita, só perdia pra Salem GP e para a Nordschileife, não sei como foram colocar uma pista que só carros competem em um jogo de corrida, na vida real seria mortal.

Diz Diana em um tom alegre.

- Hey Diana, o que acha de a gente jogar depois que voltarmos da corrida?

Diz Akko.

- Claro! Eu adoraria, eu já aproveito e te conto um segredinho que descobri desse jogo, dava para recomeçar os eventos e ganhar os prêmios tudo de novo...

Diz Diana antes que Akko a interrompa.

- E fazer a corrida no GP de Capri, varias vezes para ganhar a Zaibatsu HSC Rally Raid broom que valia 250 mil creditos, sim eu sei desse truque Diana, também usava bastante para conseguir as 4 vassouras do World Broom Endurance Tournament.

Diz Akko.

- Pensei que era a única que sabia desse truque, mas você ainda não me deixou completar, eu usava uma tática mais avançada. Sabe a HSP 190 DBM que era usada na ultima licença? Então, eu conseguia ela na Schwarzwad league B e usava no campeonato do Deutsche Besen Meisterschaft, por mais que a vassoura fosse mais lenta que as outras eu ganhava e o premio era logo a HSP CKK WBET proto, ela valia 743 mil creditos mais os mais de 150 mil creditos que eu ganhava por participar do campeonato, assim eu nunca ficava com pouco dinheiro.

Diz Diana.

- Whoa! Eu me lembro desse evento, eu usei a mesma HSP 190 e era engraçado como ela era a mais lenta e mesmo assim eu ganhava, nunca pensei nessa tática, só juntava varias Zaibatsu HSC e sempre ficava com pouco dinheiro, porque eu juntava varias só para depois vender quando chegasse o dia.

Diz Akko.

- Viu só? Aprendeu uma coisa nova hoje.

Diz Diana ficando em cima de Akko e colocando o dedo sobre o nariz de Akko.

- Eu te amo tanto Diana...

Diz Akko beijando Akko.

- Eu também te amo minha japonesa dos olhos de rubi, essa vai ser uma corrida que a maior rival não vai ser nossas oponentes, mas sim a pista, mas não pense que vou deixar fácil para que ganhe mais pontos de mim nesse campeonato, mesmo que tenha ganhado duas vezes seguidas, essa é uma pista que eu sei cada ponto de frenagem e a velocidade certinha de cada curva.

Diz Diana com o dedo no peito de Akko.

- Então vamos fazer assim, se eu conseguir a pole position hoje, você vai ter que me surpreender com alguma surpresinha quente, porque eu estou com fome de repolho hoje.

Diz Akko mordendo os lábios.

- E eu também estou com fome de uma japonesinha fofa, se eu conseguir a pole position, você que vai ter que me surpreender.

Diz Diana passando a língua pelos lábios.

- A gente nunca fez isso de transar depois da qualificação.

Diz Akko mexendo nos cachos de Diana.

- Claro Akko, era tudo no mesmo dia e agora separaram em dois dias diferentes, e até achei meio estranho no começo, mas estou preferindo assim, as pistas que vão vir são as oficiais do WBRC, a quantidade de voltas é até a mesma, então eu entendo porque fazem essa de separar em dois dias, as mecânicas precisam deixar as vassouras prontas.

Diz Diana.

- Eu acho bem melhor assim e... Hey Diana o que acha de uma rapidinha até nos chamarem?

Diz Akko mexendo no cabelo e mordendo os lábios.

Quando as duas começam a se beijar, é ouvida uma chamada para que as corredoras compareçam a pista, então as duas se encaram, trocam de roupa e vão juntas até a Ness Broom Raceway, era uma pista bem comprida com uma extensão de 34,65km sendo a maior do BBRT e uma das maiores pistas de corridas de vassouras, até 1923 era palco do GP da escócia do WBRC até ser trocado pela Highlands Raceway que era muito mais segura, o que não deixou de fora de participar do BBRT, uma coisa que chama atenção é sua sessão de altíssima velocidade com curvas de alta velocidade que eram feitas nos primeiros setores, até chegar aos últimos que abaixavam muito a velocidade, a mesma pista é palco das 24 horas de Ness, um dos eventos mais importantes no mundo das corridas de vassouras a qual é uma corrida mais antiga ainda que a criação do WBRC, tendo a origem desde 1542, Laura McLaren foi uma das grandes campeãs do WBRC que conseguiram o feito de ganhar esse desafio de correr por 24 horas em uma pista perigosa e de altíssima velocidade, a corrida geralmente é realizada nos meses de junho e julho, sendo necessário apenas coragem e uma vassoura comum, sendo o recorde da pista de Laura McLaren em 1997 com uma volta de 3:13:761, com uma velocidade média de 645 km/h, um pouco mais rápido que a recordista anterior que era Sarah Campbell Cavendish com 3:20:009 com uma velocidade média de 639 km/h em 1655, por mais que as vassouras do BBRT sejam rápidas, elas não conseguem chegar perto da velocidade de uma bruxa muito poderosa com uma vassoura comum.

Os treinos livres começam e é uma sessão de uma hora e meia, diferente das outras corridas que a sessão de treino livre durava apenas meia hora, Akko foi a primeira a sai para dar uma volta e logo quando a Kagari sai da pista se depara com a enorme reta de mais de 8km, 2km mais comprida que a antiga reta de Mulsanne em Le Mans com apenas algumas curvas leves que são feitas acelerando, a velocidade alcançada atinge o limite das vassouras de corrida que é de 700 km/h na parte mais rápida da reta, conhecida como Forest straight por passar por uma floresta nos arredores do lago Ness.

- (Eu nunca fui tão rápido assim em uma vassoura! E como essa reta é relaxante... E perigosa também, as arvores estão do meu lado, se a vassoura escapa aqui, eu estou acabada, não é a toa que essa pista parou de fazer parte do WBRC)

Akko chega ao final da reta e lembra-se de freiar onde a velocidade reduz bastante, depois de uma reta curta, ela chega a Loch Ness straight, outra reta comprida com cerca de 4km de comprimento, e  passa pela sessão conhecida por Loch Ness Esses, uma sessão de curvas em S de velocidade média, após isso tem uma sessão que passa entre e por cima do Lago Ness, até chegar a largada onde fica o Castelo de Inverness, após mais 2 voltas Akko conseguiu o melhor tempo com 3:58:991 com uma velocidade média de 524 km/h, então a Kagari chega nos boxes para que a vassoura ser reabastecida, já que cada volta consumia muito combustível da vassoura.

- Amanda você vai curtir essa pista, a velocidade na Forest Straight é algo que você vai ficar impressionada e é relaxante, segurar aquela velocidade por quase 1 minuto, e as arvores parecem um borrão.

Diz Akko animada.

- Você está animada demais para apenas uma pista.

Diz Amanda.

- Você já jogou Witches Prix 4?

Diz Akko.

- Nunca joguei, sempre achei sem graça jogo de corrida que tenta simular.

Diz Amanda.

- Hum, então você nunca vai entender o sentimento de correr aqui.

Diz Akko inflando as bochechas.

- Vamos Amanda! Sua vez.

Diz Croix.

- Vamos ver se essa pista é tudo isso.

Diz Amanda subindo na vassoura.

Enquanto Amanda começava a dar as voltas no treino livre, a vassoura de Akko ficava reabastecida e a Kagari começa a ir para mais uma segunda rodada, enquanto Diana terminava a sua primeira rodada de treino livre com um tempo de 4:00:001, enquanto Amanda chega das suas voltas de treino e ficou arrepiada e pulando de alegria com a intensidade da pista, não demora muito e logo chega Akko nos boxes, ainda mantendo um tempo próximo o da primeira rodada.

- Você tinha razão Akko, essa pista é insana! A velocidade... Parecia até que eu iria morrer, agora eu estou com vontade de correr muito mais nela.

Diz Amanda.

- Você poderia tentar correr nas 24 horas de Ness, um dia no futuro.

Diz Akko.

- Tem uma corrida de 24 horas nisso? Como que alguém aguenta ficar 24 horas em cima de uma vassoura?

Diz Amanda.

- A mãe da Diana aguentou e até ganhou de 1995 até 1997.

Diz Akko.

A sessão de treino livre acaba com um piscar de olhos, as quatro corredoras, estavam muito concentradas e amaram correr naquela pista, a sessão de qualificação começa, é apenas uma hora para tirar o melhor tempo, as meninas da equipe Luna Nova, já saem dos boxes com tudo para ter a pole provisória, enquanto as meninas da equipe Leaf esperam um pouco, ao passar pela linha de chegada, Akko pega a pole provisória com 3:58:112, enquanto Amanda fica com o segundo lugar com 3:59:653, até que Megan Jordan da equipe Bekkerts passa a O’Neill com um tempo de 3:58:988, não demora muito e logo as meninas da equipe Leaf saem dos boxes, Diana faz um tempo de 3:58:004 pegando a pole provisória e Emma faz um tempo de 3:58:500 ficando em terceiro lugar.

A disputa pela pole position fica entre Diana, Emma e Akko, constantemente abaixando o tempo da outra por frações de segundos, com o recorde de maior velocidade máxima atingida por Emma Bianchi com 704 km/h na Forest Straight, até que se chegam os últimos 10 minutos da qualificação e as equipes começam a configurar as vassouras para qualificação.

- Então Akko, não ligue se Diana pegar a pole position, apenas concentre se em pegar o melhor tempo possível e na pista, só estão sobrando 10 minutos, sendo que cada volta leva quase 4 minutos para completar, faça a primeira volta mais lentamente e a segunda faça com tudo, se der sorte pode conseguir uma terceira volta.

Diz Croix.

- Certo!

Diz Akko subindo na vassoura.

Akko sai dos boxes com tudo e Amanda ouve as mesmas recomendações de Croix, e logo sai dos boxes 30 segundos depois, as meninas da equipe Leaf saem um pouco em seguida, Diana sai por volta de 9:00 e Emma na marca de 8:30, enquanto Megan Jorgan sai na marca de 8:45, é só uma questão de tempo até uma das cinco pegar a pole provisória, as vassouras estavam muito mais rápidas que antes, Akko é a primeira a passar pela Forest straight e atinge 707 km/h, mas logo é ultrapassada por Megan Jordan que manteve o recorde de maior velocidade na sessão de qualificação com 709 km/h.

Estava na marca dos 5:00 e Akko foi a primeira a cruzar para fazer a volta de qualificação, a Kagari não tem receio e decide ir com tudo naquela volta, sua concentração era algo impressionante, estava em um ponto onde não ouvia nada e os movimentos fluíam naturamente, ao cruzar pela Forest straight ela não vai mais rápido que na volta anterior, mas pelos Loch Ness Esses é onde Akko mostra que estava ganhando tempo, terminando a volta com um tempo de 3:56:344, a mesma desacelera e entra pelo acesso dos boxes que tem antes da Forest Straight, já que a pista era muito comprida, a mesma entra nos boxes e se senta em uma poltrona assistindo as voltas de Emma, Amanda, Diana e Megan.

- (Vamos ver quem vai me passar agora, foi uma volta perfeita, mal espero pela recompensa que Diana vai me dar de presente).

Enquanto olhava para a tela, Amanda foi a primeira a passar com 3:58:102, ficando com a terceira posição, a O’Neill assim como Akko decide entrar nos boxes, logo em seguida Diana é a próxima a passar pela linha com 3:57:876, mantendo a segunda posição, mas a Cavendish não estava indo com tudo e decide fazer a volta de qualificação na ultima, enquanto Megan e Emma, ambas passam Amanda O’Neill na qualificação e voltam para os boxes.

- Droga! Elas sempre me passam, o que elas tem que eu não tenho?

Diz Amanda frustrada.

- Você fez uma boa corrida hoje Amanda, elas só estão muito mais concentradas e devem ter configurado a vassoura melhor que a gente.

Diz Akko.

- Nossas mecânicas que não configuraram direito pelo...

Diz Amanda até que Akko a interrompa.

- Amanda! Não é responsabilidade das mecânicas se você não entende nada de configurar uma vassoura para certo tipo de corrida.

Diz Akko enquanto Keiko e Constanze encaravam Amanda com raiva.

Akko volta a se concentrar assistindo a volta de Diana, a Cavendish vai um pouco rápida no primeiro setor, tendo um tempo melhor que Akko, saindo dali com 1 segundo de vantagem, o que deixou Akko bem apreensiva, até que Diana chega aos Loch Ness Esses onde a Cavendish perde um pouco de tempo, mas ainda próxima de Akko, até que a vassoura da Cavendish dá uma pequena derrapada na curva do castelo de Inverness o que custou frações de segundos preciosas deixando a Cavendish com um tempo de 3:56:771, Akko respirou aliviada e começou a saltar de felicidade.

- Eu consegui! Eu estou na pole position! Eu estou cada vez mais perto de ser campeã!

Diz Akko pulando de alegria.

- Whoa Akko, é só uma vantagem de largar na frente.

Diz Amanda.

Como Diana foi a ultima a passar pela linha de chegada, a sessão de qualificação acabou ali mesmo, sendo o grid de largada em sequencia Akko/Diana/Emma/Megan/Amanda, as meninas chegam ao hotel e se deparam com Hannah e as meninas de Luna Nova por lá.

- Hannah? O que veio fazer aqui amor?

Diz Amanda confusa.

- Não é obvio? Vim aqui para assistir a corrida da minha amada e decidi chamar as meninas também.

Diz Hannah abraçando Amanda.

- Ganha esse campeonato da sua namorada engomadinha.

Diz Sucy.

- Sucy!

Diz Akko inflando as bochechas.

- Vamos meu amor, eu tenho que te levar para ser recompensada ainda heh.

Diz Diana mordendo os lábios e pegando Akko no colo.

- Amor, eu fico sem graça com todo mundo me olhando sendo carregada assim.

Diz Akko corada.

- Awww, que fofas.

Dizem Lotte e Barbara.

Diana leva Akko para o quarto delas, enquanto as meninas estavam conversando entre si, até Jasminka veio a Inverness torcer por Emma, após a brasileira ter feito a poção que a curou do monstro, as duas se aproximaram bastante, ao chegarem no quarto a Cavendish deitou Akko no colchão de mola que fez a Kagari quicar um pouco.

- E então amor, o que você tem para me agradar hoje?

Diz Akko com um sorriso pervertido.

- Estava pensando em apenas ir da boa e velha forma.

Diz Diana se despindo.

- Eu gostei da sua ideia Diana, mas quero ver esse seu corpinho se despindo sensualmente para mim.

Diz Akko mordendo os lábios.

- Ah, mas isso eu já estou fazendo.

Diz Diana após tirar totalmente o seu traje de corrida.

- Então hoje você está de lingerie preta? Ficou sensual amor.

Diz Akko.

- Hoje eu não estou mais.

Diz Diana tirando lentamente sua lingerie.

 - A mesma Diana gata de sempre, mas você ainda está vestida.

Diz Akko mordendo os lábios.

- Tem razão, ainda estou de luvas.

Diz Diana tirando a luva da mão esquerda lentamente e segurando com a boca enquanto pisca para Akko que não estava resistindo e começa a se despir.

- Você é tão linda meu amor, agora está na hora de ver quem vai ganhar essa corrida.

Diz Akko tirando seu traje de corrida com um pouco de dificuldade.

- Quer uma ajudinha?

Diz Diana se sentando ao lado de Akko que infla as bochechas concordando.

Diana começa a ajudar Akko a tirar seu traje de corrida enquanto morde o pescoço da Kagari e vai descendo pela clavícula, tirando lentamente o traje de corrida de Akko enquanto começa a dedilhar a Kagari com o dedo que estava sem as luvas.

- Já quer o prato principal seu repolho pervertido?

Diz Akko gemendo.

- Melhor tirar toda a embalagem antes de comer o meu produto.

Sussurra Diana no ouvido de Akko.

Diana ajuda Akko a ficar totalmente despida e as duas jogam o resto das roupas no quarto enquanto começam a se beijar, Diana ainda estava com sua luva na mão direita e Akko também estava com a luva na mesma mão.

- Eu tive uma ideia aqui, uma corrida entre nós duas quem for a primeira a soltar o liquido perde, não vale morder, apenas usar a mão esquerda para estimular a outra e a mão com a luva pode ser usada para dar tapinhas na bunda da outra ou passar pelo corpo.

Diz Akko.

- Credo Akko, essas luvas estão suadas.

Diz Diana tirando a luva.

- Mas é uma boa ideia ainda?

Diz Akko.

- Boa ideia vai ser você perdendo como sempre.

Diz Diana enfiando o dedo na vagina de Akko.

- Hmmmm, Diana... Eu te amo...

Diz Akko gemendo.

Diana e Akko ficam masturbando uma a outra com os corpos colados, enquanto se beijavam, estava ficando bastante intenso, quando estavam parando de se beijar, as duas estavam gemendo, a Cavendish como sempre começava a ronronar quando ficava mais intenso, até que Akko mesmo resistindo foi a primeira a soltar o suco vaginal, mas não demora muito e Diana também solta, as duas se encaram e se beijam mais um pouco, limpam a bagunça, mas não tinha terminado, ainda tinha mais uma rodada só que seria uma tesoura, a qual a Cavendish estava com vem mais disposição, após um dia inteiro se amando as duas se deitam e decidem assistir um pouco de televisão juntas.

See you, pole position witches...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...