História Brother or Daddy?. Imagine - Hot- Jeon Jungkook - Capítulo 24


Escrita por:

Postado
Categorias 4Minute, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, CL (Chaelin Lee), EXID, EXO, Got7, IU, K.A.R.D, Red Velvet, TWICE
Personagens B.M, Baekhyun, BamBam, Chaeyoung, Chanyeol, Chen, D.O, Dahyun, Hani, Hyerin, Hyun A, Irene, J.Seph, Jackson, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jihyo, Jinyoung, Jisoo, Jiwoo, Joy, Jung Hoseok (J-Hope), Jungyeon, Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), LE, Lee Chaelin "CL", Lee Ji-eun "IU", Lisa, Lu Han, Mark, Min Yoongi (Suga), Mina, Momo, Nayeon, Park Jimin (Jimin), Rosé, Sana, Sehun, Seulgi, Somin, Suho, Tzuyu, Wendy, Xiumin, Yeri, Youngjae, Yugyeom
Tags Bangtan, Brother, Fight, Hot, Imagine, Jungkook, Love, School
Visualizações 669
Palavras 1.071
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores da minha vida, eu quero agradecer pelos comentários do capítulo anterior, pois eu simplesmente estava em choque, pois a perda foi totalmente inesperada.

Eu ainda estou mal é claro... Mas, estou deitada lendo umas fics, e tentando me distrair, pois o dia inteiro fiquei sozinha no quarto,mas, eu amo escrever, e me senti no dever de recompensa-los pelos comentários lindos que me fizeram ficar muito melhor.

Ele era especial pra mim, muito, é difícil conter a dor, difícil aceitar que ele se foi, que as mensagens que trocávamos, acabaram, que nossas loucuras, passaram-se para lembranças que jamais vou esquecer, lágrimas que ele conteu, sorrisos que arrancou quando eu pensava que tudo havia acabado... Ele era como um irmão pra mim.

Quero dizer que mesmo não respondendo a todos os comentários anteriores, eu li a todos, e agradeço a cada um, pois, por incrível que pareça, eu me fortifiquei com cada mensagem, e assim, consegui ter disposição para continuar minha rotina, eu mal me concentro nas aulas, mas, desde já, tenho pensado em tudo o que me disseram, e tenho tido força, então, não tem como agradecer com meras palavras.

Sei que nem todos vão ler isso, mas eu me sinto honrada de ter seguidores como vocês ao meu lado.. Vocês são os melhores. Amo vocês xuxus.. Obrigada por tudo!! ❤️❤️❤️

Capítulo 24 - No tears.


Fanfic / Fanfiction Brother or Daddy?. Imagine - Hot- Jeon Jungkook - Capítulo 24 - No tears.

AUTORA P.O.V

Jeon, sem ao menos reagir a nada, pega sei celular, e liga novamente para S/n, na intenção de obter respostas sobre seu atual submisso.

Ligação~On~

S/n? É você? Onde vocês estão?

Jeon Jungkook.. Essa voz que tanto me excita. - Uma voz feminina já conhecida pelo maior, é ouvida, e Jeon se escora na mesa, tentando suportar o ódio que sentia.

Lalisa... Você? Aonde está Minha mulher, aonde está minha filha?

Calminha Jeonzinho, elas estão a salvo, por enquanto. - Uma risada cruel é exibida dos lábios de Lalisa Manoban.

Me diga agora sua vadia! Ou terá sérios problemas.

Você quer ouvir a voz da sua puta, quer Jeon?

Não ouse compará-la com você, isso é ridículo, me diga logo ocorra, onde vocês estão?

Venha para a floresta ao lado leste de Seoul. Chegue em até 60 minutos, ou ela morre.

Ligação~off~


°

°

°

Jeon avisa aos meninos do Bangtan Boys sobre o paradeiro de sua noiva, e filha, causando pânico aos meninos, e a seus pais, que logo souberam do seguinte. 

60 minutos, a vidas de S/n e de sua filha dependia desses 60 minutos, combinaram que Jeon e os meninos iriam atrás das duas, e os pais iriam chamar a polícia, Lisa e sua gangue deviam ser presas.

O coração de Jeon palpitava cada vez mais forte a cada minuto que se aproximava do lugar marcado. 

S/n tinha muitas amigas na faculdade, mas parece que ele não soube as escolher com cautela.

Jin- Hey Jungkook... Fique calmo, sua mulher vai ficar bem, nós vamos conseguir. - Seokjin diz encostando sua destra sobre o ombro largo do mais novo.

Jk-Obrigada Jin Hyung. - Suspira o menor, nervoso com tudo aquilo.

O enorme carro para em frente à uma casa afastada de quaisquer civilização, aquela região é extensa, porém vazia, um "Breu" como já dizia minha mãe. 

Era frio,e sem nenhuma alma viva, Jeon começou a tremer como uma criança que quer colo. 

Do lado de dentro, S/n e Sook se encontravam amarradas uma contra a outra em uma cadeira, com as mãos, pernas, e vendadas. 

-Filha... Nós vamos ficar bem, papai vai vir atrás da gente. Fique calma por favor. - S/n fala após o homem alto sair da sala. 

Sook- Omma... Eu estou com medo. - A pequenina sangrava devido aos cortes em seu rostinho. 

O homem que as pegou, tinha sua idade em privado, não revelou seu verdadeiro nome.. Por qual motivo? Será desconhecido até que se prove o contrário. 

Xxx- Olha só.. Meu monamu veio. - Lalisa se aproxima de Jeon, que havia parado ao ver a silhueta da loira em sua frente. 

Com os olhos presos aos da VAGABUNDA. Jeon sorri irônico e se segura para não avançar na garota a sua frente. 

Taehyung- Jeon.. Fique calmo. 

Taehyung coloca seu braço ao redor do ombro do loiro. (JUNGKOOK LOIRO E MEUS OVÁRIOS EXPLODINDO, SOCORRO... ×_×)acalmando-o. 

Enquanto isso... 

-Sook... Não... Por favor, Mark, seu problema é comigo. Não.. Não faça isso com ela, ela é apenas uma criança, faça o que quiser comigo. - Mark Tuan, imediatamente solta a pequena, e se aproxima da mais velha ainda presa, olhando-a maliciosamente, como se, o estupro a anos atrás, não passasse de um mero sonho, S/n começou a lembrar de cada toque bruto, das dores que sentiu, de exatamente tudo, com apenas um olhar de Mark para ela. 

Mk- Olha só... Se essa representante dos Jeon está mais atrevida?! Quer me desafiar querida?! 

Sook- SOLTE MINHA OMMA. - A pequena grita afastada dos dois, e naquele momento, S/n só soube chorar, ao ver um tapa ser desferido no pequeno rosto da menor, por aquele homem, se é que é possível chamá-lo assim. 

-MARK... PARE COM ISSO, ELA NÃO TE CONHECE, MINHA FILHA É UMA CRIANÇA, COMO PODE? - Lágrimas evidentes em seu rosto delicado, S/n nunca imaginou que algo assim seria possível de acontecer. 

Xx- Mark... Já chega, deixe-a ir, pare com isso. - Lalisa abre a porta imediatamente, nessa hora.. Mark se levanta e vai de frente com a loira. 

Mk- O que acha que está fazendo? Nosso plano com Seulgi andou bem até agora.. Não estrague, ou sabe das consequências.

Ls- Eu e Seulgi cansamos... IU desistiu, e, você não tem direito de usar as mulheres como forma de brinquedo, como um mero corpo carnal, e sim, deve achar alguém que possa amar, e alguém que além de te dar prazer, possa te completar, te fazer sentir bem, te fazer sentir como se nada mais importasse... Então, acabe logo com isso. - Lalisa intimida o maior, que se rende, e solta a S/n, que corre até sua filha, abraçando a menor, chorando emocionada com tal ato. 

Mk- S/n... Eu vou deixá-la em paz... Ao lado de... Ao lado de seu namorado. 

-Assim espero. - A mais velha vai até Lalisa, que estava com os olhos marejados. - Obrigada Lisa.. Espero que encontre seu amor. 

Ls- Vá em paz... Os meninos estão lá fora a sua espera. 

S/n e Sook saem com as mãos dadas, e logo rapidamente encontram a saída daquele lugar horrível. 

A morena vê um carro enorme, e a silhueta de seu noivo a frente do mesmo, coçando os cabelos de sua nuca, ele estava... Sozinho? Estranho o fato de que ela se referiu aos "meninos", e não só a Jeon. 

Mas nada importou, as duas correram em direção ao maior, que ao ver as duas, se agacha de braços abertos, logo sendo preenchido pelo abraço coletivo da filha e noiva. 

Jk- Meus amores... Fiquei com tanto medo de perdê-las. - O loiro acaricia o cabelo da filha, enquanto ainda abraça as duas. 

-Meu amor.. - Após separarem o abraço, S/n sela os lábios aos de Jeon rapidamente, fazendo Sook olha-los com "nojo". 

Sook- Papai... Vamos para casa.


[...]


××××××××



×××××××



××××××



×××××




××××



×××



××



×

O casal e a filha chegam em casa, a pequena logo toma seu banho com auxílio da mãe, e depois, adormece em seu quarto. 

A mais velha desce em direção a sala principal da casa de Jeon, que estava sem ninguém além deles, não se sabe ao certo porque Lisa agiu daquele jeito? Ou porque os meninos saíram rapidamente de lá, e os pais de S/n? Respostas que algum dia, seriam exclarecias. (Conforme a Fic for rolando, essas respostas vão se esclarecer, vocês vão entender, prometo>.<.)

S/n onn


Jk- Eu quase morri de medo de perder vocês duas. - Meu noivo vem até mim, e abraça minha cintura calmamente, eu ainda estava pálida, não tinha noção ainda, aquilo foi um trauma, e não seria tão fácil superar. 





Notas Finais


Oi amores.. Perdão pelo Ep curto, mas eu, não estou tão criativa assim, mas prometo trazer capítulos maiores, novamente obrigado, e rumo aos 300 favoritos.. Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...