História Brotherly Love? (Imagine incesto Xiumin EXO ) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Personagens Originais, Xiumin
Tags EXO Xiumin Incesto
Visualizações 125
Palavras 987
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi anjos! Como dito aqui estou!!!

Não irei enrolar... Obrigado por tudo !

Espero que gostem e boa leitura! S2

Capítulo 3 - Ciúmes?


Fanfic / Fanfiction Brotherly Love? (Imagine incesto Xiumin EXO ) - Capítulo 3 - Ciúmes?


Capítulo dois: Ciúmes?

 

-S/N On-


S/N: O-o que? Isso é brincadeira BaekHyun ?!- falei desentendida.


B: Estou falando a verdade! Nunca mentiria sobre um assunto desses com você!- falou um pouco alterado.- Poxa, achei que teria outra reação...


S/N: D-Desculpa... eu nunca imaginei isso.- falei de cabeça baixa.- É que...


B: Tudo bem.- me interrompeu.- Se não sente o mesmo tudo bem.- olhou para frente, suspirando.


S/N: Calma... Baek, eu tenho que te contar isso faz tempo. Acho que agora é o momento certo...- coloquei minha destra sobre a mão alheia.- Desde que você chegou na escola, todas as garotas eram fanáticas pelo " Deus grego", como te chamavam.- sorri sozinha, sentindo sua mão apertar a minha levemente.- Nunca tive coragem de admitir que eu tinha uma quedinha por você, Baek.


B: Tinha?- me encarou.


S/N: Na verdade, tenho.- suspirei.- Achei que fosse passageiro, mas não.


B: Então quer dizer que eu tenho chances com você?- sorriu com os olhos brilhando.


S/N: Sim...- corei sorrindo.


Seu lindo rosto angelical começou a se aproximar do meu, fechei meus olhos esperando o contato que desejei por anos. Seus lábios tocaram os meus em um selar adocicado, o mais velho pediu passagem com a sua língua macia e eu a cedi. Minhas mãos tocaram seus fios negros assim se entrelaçando com estes, senti minha bochecha ser tocada afundando mais nosso ósculo.


Separamos com uma tosse um pouco forçada digamos. Ofegantes viramos nossos rostos para a pessoa que atrapalhou o Nosso momento, se tratava do meu irmãozinho.


X: S/N. Vamos para casa agora!- falou um tanto estúpido. 


O que deu nele agora?


S/N: Mas...


B: S/A... pode ir, nos falamos depois!- sorriu beijando minha bochecha.- Eu te amo...- sussurrou em meu ouvido, me causando um arrepio intenso.


S/N: Eu também.- Sussurrei de volta recebendo um sorriso lindo do garoto.- Até mais Baek!


***


X: Não quero você perto daquele garoto outra vez!- falou autoritário adentrando comigo na sala.


S/N: O que tem de mais? Min-Seok! Você não manda em mim!- falei alterada sem ligar se meus pais estariam ouvindo.- Chega, quando vocês vão entender que eu cresci ? Não sou mais um bebê!- praticamente gritei.


Senti minha bochecha arder. Ele me bateu, o olhei com lágrimas no olhar nunca o vi assim.


X: D-Desculpa... Eu não queria!- passou a mão em suas madeixas.- Me perdoe...


S/N: Por que?- sussurrei virando meu rosto.


Subi as pressas as escadas, tranquei a porta ao entrar em meu quarto. Deitei na cama enfiando minha cara no travesseiro, deixando que as lágrimas escorressem de vez.


-S/N Off-


-Xiumin On-


S/P: Que confusão foi essa filho?- perguntou adentrando o cômodo junto a omma logo atrás, com uma feição de preocupação.


X: Appa, a S/N estava se agarrando com aquele amigo dela dentro da sorveteria!


S/M: Meu filho, sua irmã já sabe o que tem que fazer. É a idade dela, não se preocupe BaekHyun é um garoto confiável!- sorriu alisando meu cabelo carinhosamente.


X: Eu tenho medo que ela se machuque omma...


S/P: Se isso acontecer, iremos ajudá-la filhão!- tocou meu ombro.- Agora mudando de assunto, eu e sua mãe iremos sair hoje de noite! 


S/M: Queremos que assuma as responsabilidades.


X: Primeiramente para onde vão e quando irão voltar?


S/P: Iremos jantar na casa dos Lee's. Voltaremos umas onze da noite!


X: Espero que se divirtam... E pode deixar que eu cuido de tudo!



-Três horas depois-


Nossos pais já saíram a mais ou menos uma hora, S/N não saiu do quarto depois que ficou só nós em casa. Subi e bati na porta clara de seu quarto ouvindo um "entre" meio embargado da garota.


X: S/A...- entrei no quarto da mais nova, me surpreendendo com seus olhos inchados e vermelhos.- Hey, não chore!- a abracei.


S/N: Ninguém percebe que eu mudei... nem você!- me abraçou apertado.- Mas eu vou provar que cresci!


X: Você cresceu muito S/N, porém eu tenho medo de perder minha irmãzinha...


S/N: Eu vou estar sempre contigo não importa o que acontecer!- sorriu me confortando.


X: Desculpa por mais cedo... acho que passei dos limites.


S/N: Tudo bem, mas por favor que isso não se repita!


X: Não irá mais acontecer, prometo maninha!- sorrimos um para o outro.- Eu vou sair com alguns amigos para um bar aqui perto, quer ir junto?


S/N: Posso?!- me encarou manhosa.


X: Pode sim, eu estarei junto!


S/N: O.K. então eu vou!


-Xiumin Off-


-S/N On-


Tomei um banho bem rápido por estar um pouco atrasada, coloquei uma roupa comportada ( roupa da capa ) e fiz uma maquiagem básica em tons pastéis, fiz um coque mal feito porém elegante.


Desci após passar um doce perfume encontrando meu irmão mais velho com uma camiseta branca, um calça escura jeans rasgada e um tênis da adidas branco.


X: Está linda!


S/N: Agradecida...- sorri.- Você bonito também oppa!


X: Obrigada! Vamos?


S/N: Vamos sim, só vou pegar meu celular!


Após trancarmos a porta, entramos na BMW X6 preta do Xiumin seguindo para o bar.


Quando chegamos cumprimentamos os meninos e pedimos uma bebida. Meu irmão optou por uma vodka enquanto eu peguei um suco de morango com leite. A conversa rolou naturalmente, depois de uma hora pedi licença e fui ao banheiro retocar meu batom.


Não demoramos muito, em cerca de mais trinta minutos decidimos ir embora. Xiumin passou dos limites e acabou ficando bêbado.


S/N: Xiumin, vá tomar um banho!- falei fechando a porta da frente depois de entrar no cômodo.


X: Hey S/A! Eu já falei que você é uma gata?


Nunca vi meu irmão nesse estado, acho que ele passou realmente dos limites! 


S/N: Xiumin!


Com uma certa agilidade o mais velho me prensou na parede, aproximando nossos rostos.


X: Eu te amo...


Sem reação eu fiquei. Sua boca encostou na minha rapidamente começando um ósculo com gosto de álcool, que por algum motivo desconhecido por mim, eu retribui.

 



Isso é errado e hilário! 
 


Notas Finais


Me perdoem os erros e se ficou pequeno amores! Fiz um pouco na pressa... Para não deixar vocês sem capítulo!

Muitos beijos e até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...