História "Brothers" - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Harém Inverso, Irmãos
Visualizações 23
Palavras 2.139
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Drabble, Esporte, Famí­lia, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Óia eu aqui de novo, depois de seis dias, hahaha. A vergonha a gente não tem!

Desculpem a demora ó. O capítulo tá curto, mas de coração. Espero que gostem e boa leitura!

(◍•ᴗ•◍)❤

Capítulo 23 - Má notícia e sacanagem!


Espera...se eu escolher verdade ele vai me obrigar a dizer quando eu menstruei. E se eu disse desafio, ele vai me DESAFIAR. E como tudo leva a uma só coisa, pedir desafio é o melhor. Porque eu posso continuar ainda com minhas quatro chances de verdade. Hehehe.

Espera...não tem sentido perguntar isso já que ele estava lá quando eu menstruei pela primeira vez. Esse assunto é desagradável...

- Desafio. - digo firme. 

Olhos pros outros e eles também estão prestando atenção. Isso vai ser vergonhoso...

- Te desafio a nos dizer como foi a sua primeira menstruação. - ele sorri maliciosamente de novo e eu quase tenho um treco. 

- NÃO ERA ISSO QUE EU ESPERAVA! - grito frustrada. 

- Ele te pegou dessa vez amiga... - Kaylane diz entre os risos e eu faço biquinho.

- Ok, ok...foi quando eu tinha 12 anos. Eu dormia no mesmo quarto que os três - aponto pra Ryan, Louis e David. - eu dormia na cama beliche e ficava na parte de cima. Ryan quem ficava em baixo. Lembro que eu acordei e vi meu pijama, pernas e lençol todo vermelho de sangue. Eu não sabia o que era então eu desesperei. Comecei a pular e a chamar alguém só que no desespero, eu quebrei a cama e caí em cima do Ryan. Acabei sujando ele de sangue e depois levei uma baita bronca por não saber "coisas de moçinhas". - após terminar de contar, eu já tô rindo.

- Hahaha, não acredito! - Daniel soltava entre os risos. 

- Espera aí, eu lembrei disso agora! - Louis começou a rir. - O Ryan ficou todo bravinho e queria te bater, mas só piorou pra ele. - ele lembrou e todos rimos mais.

- É verdade. A Suzan até esqueceu do sangue e começou a tentar socar ele, sujando ele mais porque tava em cima dele. - David lembrou e todos rimos de Ryan.

- Peraí que isso aí é mentira! - ele protesta meio envergonhado. - Eu não tentei bater nela, eu tentava tirar ela de cima de mim porque tava me sujando. - ele protesta.

- Ah... então você tem nojo de mulheres menstruadas?! - provoca Lucas.

- Não é isso, eu... - Ryan tenta se defender mas nós rimos dele e ele nota que estávamos brincando.

Nós rimos mais um pouco e zoamos o Ryan, mas aí então eu peguei a garrafa e girei. Parou em...

- Kaylane... verdade ou desafio? - pergunto pra minha amiga maliciosamente.

- É...hm... - ela parece pensativa. - verdade. - diz.

- Fraquinha... - resmunga Daniel e eu dou um tapa no ombro dele.

- Espera aí...acho que a gente já conversou de tudo e eu não sei o que perguntar. - digo derrotada. Eu e Kaylane já conversamos de tanta coisa que eu não faço a menor ideia do que perguntar á ela.

- Pergunta...sei la, algo íntimo. - David da a ideia e eu penso. 

- JÁ SEI! - exclamo animada. - Se fosse dormir com algum desses patetas, qual seria? - aponto pros rapazes.

Ela faz um sinal apontando pra eles e faz uma cara pensativa. 

- Nenhum. - hm?! 

- QUÊ?! Como assim? - pergunto designada.

- Nenhum deles, não fazem o meu tipo. - ela afirma. Olho pros rapazes e eles parecem magoados, então eu começo a rir.

- Amiga, você é muito idiota. Olha eles...tenho que admitir que são muito lindos e você decide que não dormiria com nenhum?! Me poupe! - digo e só então percebo a merda que eu falei. 

- Você...acha a gente "lindos"? - perguntam juntos e eu coro. Olho pra Kaylane e ela da de ombros dizendo tipo "problema seu".

- Então, eu meio que... - paro. - Eita, tenho que mijar! - saio dali correndo.

- Sua mentirosa, e é fazer xixi! - gritam.

Eu não quero ir ao banheiro, só queria sair daquela situação...

{Autora= os outros na sala}

- Suzan é um caso perdido... - comenta Lucas colocando a mão na testa.

- Deixa ela. Ela foi criada no meio de homens e agora continua... é óbvio que vai pegar manias. - comenta Kaylane.

- Nós não falamos assim! - questiona Daniel.

Kaylane então olha pros outros três. 

- Mas eles sim. - aponta pra eles.

- Não é culpa nossa Suzanzinha ter sido a única garota no orfanato. - David comenta. 

- Verdade, verdade. - Louis concorda.

- Vocês são idiotas? - pergunta Ryan. - Ela só fala assim quando tá nervosa... - resmunga e os outros se calam.

- AFF... - bufam.

O celular de Kaylane então toca e ela atende:

- Mamãe? Ah, sim eu tô. Mas...hoje? Tudo bem. Você e o papai vem? Ok, vou avisar. Até. - ela desliga o celular e burfa. Em seguida olha pros outros. - Vou ter que ir embora hoje, meus pais irão viajar amanhã e eu vou ficar com minha irmã. 

- Entendo, que ruim. - comenta David.

- Pois é. Vou esperar a Suzan sair do banheiro pra dizer á ela. 

{Suzan}

Entrei no banheiro e me sentei no vaso pra controlar minha respiração. Nem sequer tranquei a porta. Eu realmente fiquei nervosa ali naquela situação...

Aproveito que estou sentada e decido fazer xixi (que vergonha!).

Após acabar, vou até a pia, lavo as mãos e jogo água no rosto. Sinto-me meio tonta, talvez seja só o momento. 

O banheiro tá quente ou é impressão minha? Tá tão calor... olhei pra mim no espelho, estou suando. Minha boca tá seca...por que eu tô vendo tudo virar?

***

- Suzan tá demorando muito, já se passaram 10 minutos. - Daniel comenta. - Acho melhor alguém ir lá. 

- EU VOU! - Louis e David dizem todos animados se levantando, mas Lucas e Ryan os seguram pela camisa e os sentam no chão.

- Acho melhor Kaylane ir. Você poderia? - Lucas pergunta á ela.

- Sim, afinal preciso falar com ela. - dito isso, Kaylane vai em direção ao banheiro.

- Amiga...? - ela chama, mas não ouve Suzan. - Suzan, você tá aí? - chama mais uma vez, mas não se houve nada.

Kaylane então apressa o passo e vai até a porta, mas quando a empurra, parece que alguém está segurando.

- Suzan, abri isso aí! - tenta, mas não dá.

Tenta de novo e único empurrão a porta se abre. Kaylane dá de cara com Suzan deitada no chão... desmaiada.

- Pessoal, vêm cá! - Kaylane chama os rapazes e eles logo vão. 

- Que merda aconteceu?! - Daniel pergunta preocupado vendo Suzan caída.

- Cheguei e ela tava desmaiada, me ajudem aqui. - ela pede e Lucas põe Suzan no ombro, levando-a pro quarto dela.

- A gente precisa levar ela pra um médico. - Louis diz preocupado.

- Não precisa. - Kaylane responde.

- Ela não tá bem, precisa sim. - teima David.

- Eu sei que ela não tá bem, é que minha mãe vêm me buscar hoje e ela é médica. Posso pedir pra ela ver o que Suzan tem. - explica e todos entendem. Ficam sentados esperando a mãe de Kaylane chegar.

***

Depois de uns minutos, Vera finalmente chega e começa a examinar a loira. Fica analisando o rosto, a pele e tudo da garota, então de repente, bufa.

- A senhora descobriu o que ela tem? - Ryan, que estava calado, pergunta. 

- Sim...e não é tãããão grave assim. - enfatiza o "tão".

- Como??? - ele indaga. 

- Acho melhor conversamos na sala, seria melhor deixarmos Suzan descansar. - ela diz carinhosamente e todos a seguem pra sala. 

{Suzan}

- Aiai, minha cabeça. - passo a mão na cabeça. Abro os olhos lentamente e vejo que estou na minha cama. - HM?! - solto confusa, levantando de uma vez. 

Eu tava no banheiro, como vim parar aqui? E cadê os outros? 

Com essas dúvidas, eu me levanto e vou devagar até o corredor. Chegando lá, ouço uma voz familiar...Vera? Ah sim, a mãe de Kaylane. Mas por que ela está aqui?

Vou caminhando até a sala, mas paro ao ouvir a conversa deles.

- Tudo bem, mas o que Suzan tem?! - David diz estressado.

- Pelos lábios secos, pele pálida, suor em excesso e desmaio, suponho que ela tenha anemia. - eu tenho... anemia?

- Menos mau... - resmunga Daniel. 

- Não. - Lucas diz. - Não tem nada de menos mau. Eu li que quando a pessoa desmaia, é que a anemia tá forte, tão forte que o corpo não tá aguentando... - ele explica e eu vejo os outros estarem chocados com o que ele disse.

- Mas ela se alimenta tão bem, por quê?! - Kaylane pergunta preocupada.

- Merda... aquela idiota. - Louis fecha os punhos e olha pra David, que está com uma expressão triste. 

- Como assim? - Daniel pergunta á ele, que não consegue falar. Então Ryan explica. 

- Quando a gente estava no orfanato, todos recebiam a mesma comida, só nós com mais de 13 anos comíamos mais por causa da fase de crescimento. - é...lá vem ele.

- E...? - Lucas faz com que ele continue á falar.

- Os menores ficavam dizendo ter fome e Suzan sempre, sempre dava a comida pra eles. Como ela sofreu naquele incêndio, houve algumas consequências pro seu corpo, e por isso ela tinha que comer algumas coisas diferenciadas. - Ryan se lembra de tudo. - Mas ela achava aquilo ruim, uma tortura. Só que aos olhos das crianças, era legal comer algo diferente. Então ela...ela sempre dava a sua comida com ferro e nutrientes suficientes pra ela, às crianças. - ele diz tudo com um pesar.

- E o que ela comia? - dessa vez quem pergunta é Vera.

- A comida delas, só que não eram o suficiente pra repôr o ferro que os alimentos dela tinham. Ela nunca se importou consigo mesma, aquela idiota... - eu me sinto mal...todos parecem tristes.

Mas é uma simples doença...tá, nem tão simples. Li que anemia pode causar leucemia e a pessoa pode morrer. Mas eu não vou morrer...eles estão preocupados atoa. 

- Entendo. - Vera suspira. - Vou dizer tudo ao Sebastian.

- NÃO! - Louis, Ryan, Lucas e Daniel dizem ao mesmo tempo. 

- Mas ele precisa saber, a filha dele está doente. - Vera teima.

- Ela vai se curar, nós vamos entupí-la de comida! - Louis diz orgulhoso e eu seguro o riso.

- Isso, nós vamos fazê-la comer todo o necessário. - dessa vem quem diz é Daniel.

Lucas e Ryan balança a cabeça vendo os dois idiotas. Kaylane, a mãe e David trocam olhares. 

- Ok...mas se quando eu voltar a examiná-la e ela estiver do mesmo jeito, vou contar ao pai de vocês. - droga!

- Tudo bem. - dizem decididos. - A gente fará de tudo por ela. - uou...

***

Depois daquilo, Kaylane e a mãe foram embora. Ficaram apenas os rapazes e eu. Eu decidi pregar uma peça neles.

Vim correndo pro quarto e deitei na cama. Só vou esperar eles chegarem e vou prender a respiração e fingir que não estou respirando, hehe. Mas antes de deitar, coloquei uma câmera gravando, vou querer ver suas reações.

{Os rapazes}

- Vamos lá ver como Suzan está. - Lucas vai andando junto aos outros até o quarto da loira. 

- Aposto que ela deve estar Fraquinha, coitada. - afirma Daniel.

- Pois é... - os outros concordam.

Enquanto isso, Suzan os ouviu e se preparou. Respirou fundo e prendeu a respiração assim que eles abriram a porta. 

- Vamos lá. - eles se aproximam da cama e notam que a garota não... está respirando!

- Ela não tá respirando?! - Louis grita preocupado.

- Não... - sussurra Ryan, em choque.

- E agora??? - David põe a mão na cabeça.

- Ela morreu. - dizem desesperados.

Quando todos estavam em silêncio, uma risada sapeca toma conta do quarto. Se assustam e olham pra cama, vendo a loira gargalhar.

- Eu não creio que ficaram tão abalados assim! - ela gargalhava. 

Os cinco estavam complemente sem palavras, ela é idiota? Mas...como ela tá tão bem? 

- Eu nem fiquei preocupado, ja sabia. - Ryan diz tentando manter o orgulho.

- Ah é? - Suzan pega seu celular ao lado da cama. - Isso diz o contrário. - mostra o vídeo de suas reações. 

- Suzan... - ele começa bem devagar e a garota já sabe o que vai acontecer. - eu vou te matar! - tenta pegar a loira, que sai correndo pela casa com o celular na mão, fugindo do irmão puto da vida.

Os outros quatro não sabiam se ficavam preocupados por ela, surpresos, alegres ou com raiva pelas atitudes inusitadas de Suzan. 



Notas Finais


Espero que tenham gostado, hehehe. Desculpem qualquer erro, não revisei antes de postar.

Obrigada e até o próximo!

♥╣[-_-]╠♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...