1. Spirit Fanfics >
  2. Brothers;; (Hashimada - Tobizu) >
  3. 4 - Cap;;

História Brothers;; (Hashimada - Tobizu) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


VOLTEI 😎😎😎😎😎👍 HAHAHAHAH

Desculpem a demora ;u; lemon na certa! 😈👍

Kkkk boa leitura!!! 🌚🍷💖

Capítulo 4 - 4 - Cap;;


Fanfic / Fanfiction Brothers;; (Hashimada - Tobizu) - Capítulo 4 - 4 - Cap;;

Hashirama on ཻུ۪۪

Acabo de acordar, olho no relógio da cômoda ao lado da minha cama e vejo que são exatamente 11:21 da manhã, então eu resolvo levantar escovar meus dentes, lavar o rosto e logo vou para a sala, o útil do meu irmão (sqn), tava assistindo desenho comendo salgadinho CEDO, ele parece que gosta que eu brigue com ele, mas hoje eu vou deixar ele em paz, né! Vou só ignora.

Tobirama: Bom dia irmão bundão! - diz ele.

Hashirama: Bom dia não tá né, com sua cara ridícula, só dia mesmo! - digo.

Tobirama: kkkkk minha cara é linda, ridícula seria se fosse igual a sua! - diz ele e eu pulo em cima dele brincando de lutinha, mas por mais que eu tentasse ele é mais forte que eu, enfim eu sou boiolinha kkkk, ele me deu uma chave de braços.

Hashirama: TÁ PAREI, tá doendo seu bosta!!! Soltaaaa! - grito.

Tobirama: Fala então: Meu irmão é lindo e eu sou ridículo.- diz ele apertando meu braço.

Hashirama: Meu irmão é lindo e eu sou ridículo!!!! - digo rápido e ele me solta rindo.

Tobirama: Fracote! - diz ele e eu vou até a cozinha pistola, pego uma frigideira e venho de mansinho por trás dele.

Hashirama: Pimba! - digo dando uma frigideirada na cabeça dele.

Tobirama: Aiii seu desgrama, isso doeu!! - diz ele passando a mão na cabeça aonde o acertei.

Hashirama: KKKKKKKKKKKKKKKKKKK QUEM É FRACO AGORA? KKKKKKKKKKK - digo morrendo de rir, pois ele fez uma cara de dor muito engraçada.

Tobirama: Você não sabe brincar kkkkk, idiota! - diz ele rindo também.

Hashirama: kkkkk sou, ah! acabei de lembrar que tenho que ir ao mercado comprar umas coisas! Vem comigo? - pergunto.

Tobirama: Vou né! Só ficar aqui dentro é um saco! - diz ele.

Hashirama: Então vai logo! - digo indo me arrumar para ir ao mercado e ele faz o mesmo.

°No Mercado°

Hashirama: Você acha que eu levo pão de forma ou que eu compre de sal na padaria? - pergunto pro Tobirama mas ele não responde quando eu olho para ele, ele estava encarando uma criança.

Tobirama: Tá olhando o que pivete? - diz ele fazendo cara feia para criança que saí correndo com medo.

Hashirama: Qual seu problema? É só uma criança, você já foi uma criança, muito chata ainda. - digo e ele revira os olhos.

Tobirama: Mas esse pivete tá me encarando. - diz ele.

Hashirama: Você vai ser um péssimo pai...- digo.

Tobirama: Tô nem aí...- diz ele como se ele não tivesse nem aí mesmo, mais eu sei que ele ficou magoado, eu me viro e fico refletindo no que eu falei e não é algo legal a se falar...

Hashirama: Tobi eu n- paro de falar quando vejo ele dando um abraço na criança e eu tenho certeza que ele foi pedir desculpa. - IZZI QUE BONITINHO VOCÊ! - digo e a criança saí andando e ele levanta.

Tobirama: Você não viu nada.- diz ele e eu o abraço.

Hashirama: Aiii que orgulho do meu irmãozinho!!! - digo dando beijos na bochecha dele.

Tobirama: Saí a gente tá em público!! - diz ele me empurrando, e eu rio.

Compramos o que tivéssemos que comprar e fomos para casa, como eu estou querendo curtir meu final de semana livre, pedi ao Tobirama para fazer o almoço, até que ele cozinha bem! A gente almoçou e eu fui dormir kkkkkkk sim eu fui dormir, tava morrendo de sono depois de um 'rango' bom daqueles!

Quando acordo já era umas 17:30 da tarde, então já que não tinha nada para fazer fui organizar a casa, pois tava uma bagunça, e eu particularmente não gosto de bagunça. Diferente do meu irmão que deixa roupas misturadas com salgadinho e sei lá mais o que, tudo jogado no chão do quarto dele! E eu que tenho que limpar tudo. Então eu organizei a casa e obriguei ele a lavar o banheiro e limpar o quarto dele, custou mas ele foi.

Tudo finalizado, finalmente era exatamente 20:46 da noite e eu fui lá né, assitir pelo menos um episódio da minha série favorita, porque eu também posso né... curti um pouco que nem adolescente, né? Mesmo que eu já esteja beirando uns kkkk vai até que eu sou novo... Tenho 25 😎😎, então tá 'belezinha'. Quando fui ver ... PIMBA 21:22, daí eu já tava atrasado pro encontro, fui correndo tomar banho tomei meu banho e quando saí do banheiro correndo acabei escorregando, pois eu tenho costume de tomar banho descalço! Daí eu levei um tombo e cai de bunda no chão.

Tobirama: QUE BARULHO FOI ESSE? - grita ele da sala.

Hashirama: Aah? Ah! não foi nada não, só a toalha que caiu...- minto me levantando rapidamente.

Tobirama: MAS PELO BARULHO FOI ALGO MAIS PESADO! - diz ele.

Hashirama: É que eu tava dentro dela :') - digo e ele começa a rir.

Tobirama: NÃO ACREDITO QUE EU PERDI ISSO! - diz ele ainda rindo.

Entro no meu quarto com mais cuidado agora KKK, abro o guarda roupa, porra nenhuma me agrada, eu sou assim meu guarda roupa tem um monte de roupa mas nada tá bom kkk, pego uma calça jeans clara com um rasgo em cada joelho, uma camiseta branca simples, e meu all star branco, eu iria passar uma prancha né no meu 'mArAviLhOsO' cabelo, mas tava muito em cima da hora, então só vesti a roupa fiz um coque bonitinho no cabelo, e logo ouvi alguém bater na porta, taco um monte de perfume, pego meu celular e saio correndo para ir abrir a porta, mas o Tobirama já havia abrido, o Madara encara Tobirama que o mesmo o encara de volta.

Tobirama: Casa errada emo! - diz ele fechando a porta na cara do Madara, eu dou um pulo do corredor indo para porta, que chego em menos de 1 segundo.

Hashirama: Oiee, desculpa ele tem problemas. - digo sorrindo.

Madara: Oie, sem problemas kkk - diz simples.

Tobirama: Você vai sair com esse emo aí? ele não é nosso vizinho? - pergunta.

Hashirama: O nome dele é Madara! - digo e Madara estende a mão para comprimenta-lo.

Tobirama: Prazer Kléber! - diz ele comprimentando Madara.

Hashirama: Mentira!! O nome dele é Tobirama, meu irmão mais novo! - digo dando um tapa na cabeça do meu irmão.

Madara: kkk não são nada parecidos! - diz ele.

Tobirama: Ainda bem! Imagina se eu fosse parecido com essa coisa. - diz ele rindo.

Hashirama: Vamos Madara? - digo ignorando o Tobirama.

Madara: Ok, foi um prazer! - diz ele pro Tobirama.

Tobirama: Igualmente! Ah! e vê se elogia o cheiro dele kkkk pois ele tacou o frasco inteiro de perfume só para ficar cheiroso para você! - diz ele rindo e eu me seguro para não matar ele.

Madara: Nossa, que honra! - diz ele rindo também.

Hashirama: Hihihi...- rio para não agredir os dois. - É melhor você dormi de olhos abertos hoje a noite! - digo baixinho para o Tobirama logo fechando a porta.

Madara: Vamos? - pergunta ele e eu aceno com a cabeça - Tá cheiroso hein 😎 - brinca.

Hashirama: Idiota!! - digo dando um tapa fraco nele e ele ri, logo entramos em seu luxuoso carro.

Madara on ཻུ۪۪

Eu estava sem idéia alguma de onde levá-lo quando o convidei para sair, pois eu achei que ele realmente não estava interessado em sair comigo, planejei levá-lo a um lugar especial, só espero que ele goste! No caminho conversamos sobre algumas coisas, ele fala bastante! E é bem engraçado. Não queria ir ao cinema porque é um lugar aonde ABSOLUTAMENTE TODO MUNDO VAI, e então pensei que na próxima eu o levaria ao cinema.

Subconsciente Pessimista: Se tiver a próxima né 😎

Subconsciente Tarado: Cala a boca 👺 quem tá falando com você?

Subconsciente Pessimista: E quem tá falando com você maluco?👺👺

Subconsciente Tarado: Pelamor de Deus tira esse cara chato! Não dá para conviver com ele na sua cabeça não.👺👺

Subconsciente Pessimista: Os incomodads que se mudem👺 ridículo, macumbeiro kkkkkkk

Subconsciente Tarado: Qual o seu problema kkkkkkkj?

Subconsciente Pessimista: Fala com minha mão 😎

Subconsciente Tarado: Morre menino oxe👺👺

Subconsciente Pessimista: Blá Blá Blá Blá

Subconsciente Tarado: Chega sua voz é irritante 👺

Subconsciente Pessimista: Blá Blá Blá Blá Blá

Subconsciente Tarado: Aaaaah cala bocaaaaa👺👺

Hashirama: Madara? - me chama, logo me afastando das minhas paranóias.

Madara: Oiê? - respondo.

Hashirama: Pode me dizer agora aonde está me lavando? - me pergunta.

Madara: É surpresa 👺 quando chegarmos você vai descobrir! - digo e ele cruza os braços.

Hashirama: Nossa como você é um arrombado! - diz ele.

Madara: kkkk meu Deus, que boca suja é essa menino? - pergunto.

Hashirama: Você que é ridículo, e não quer me contar as coisas!👺 - diz ele ainda de braços cruzados.

Madara: Por que eu sou ridículo?👺 - pergunto.

Hashirama: Sonso, eu acabei de te explicar o porque!!! Mds, na minha vida só tem sonso!👺- diz ele.

Madara: Sua sinceramente me machuca mas ok.- digo.

Hashirama:... Não.... !!- diz ele surpreso.

Madara: O que foi? - pergunta.

Hashirama: kkkkk meu irmão que fala isso!! Caramba, você falou igualzinho a ele...- diz ele ainda surpreso.

Madara: Ata... Achei que era algo mais importante.- brinco.

Hashirama: Escroto!! - diz ele me dando um tapa um tanto quanto forte.

Madara: É brincadeira kkkkj - digo e ele ri.

Enfim, estacionei o carro e um gramado bem grande, e logo a frente tinha uma trilha, porém tinha muito mato e as árvores eram bem grandes que de fato não dava para ver aonde a trilha nos levava, porém eu sei aonde vai dar, mas quero ver a reação dele quando chegarmos no lugar. Ele desce do carro e olha para a trilha.

Hashirama: Aí meu Deus, me diz que você não me trouxe aqui para me matar, olha o tanto de mato! Tá maluco? se uma aranha me picar... Eu MORRO. - diz ele e eu reviro os olhos.

Madara: Só me segue gata! - digo, sim eu falei 'gata' propositalmente, logo rio.

Hashirama: ...????? Idiota 👺- diz ele e eu entro na trilha e ele me segue.

Madara: Gosta da natureza? - pergunto para cortar o silêncio.

Hashirama: Gosto! Principalmente dos bichinhos, porém gosto de velos só pela TV mesmo! Lá no meu sofá com meu café espresso italiano, porque se eu ver um urso aqui agora, eu jogo você para ele comer e eu fujo... - diz ele.

Madara: Nossa como você é mal...- digo fingindo uma cara triste.

Hashirama: Sou 😎, se acha mesmo que eu iria deixar o urso me comer? - diz ele convencido.

Madara: E se eu fosse o urso? - pergunto.

Hashirama: Aí eu iria botar até uma placa escrito "me come". - diz ele.

Madara: QUE? - digo.

Hashirama: OI? - diz ele.

Madara: kkkkkkkkkkkkk ???? - rio.

Hashirama: Pera... Eu falei errado kkkkkkkj, eu iria fugir! - diz ele tentando disfarçar.

Continuamos rindo por alguns segundos, e logo chegamos. Ao finalizar a trilha podemos ver uma praia maravilhosa, aonde o mar refletia a lua e eu amo a praia, AMO, quando chegamos ele olhou para mim e disse:

Hashirama: A gente andou aquilo tudo para chegar na praia?!! Tem várias praia lá perto de casa... Meu deus eu tô impressionado! 👺- diz ele.

Madara: Essa não é uma simples praia!! - digo indignado.

Hashirama: Ata, então eu entro no mar e saio rico?! Me diz que eu faço isso agora. - diz ele.

Madara: Você só reclamaaa! - digo e cruzo os braços.

Hashirama:... Aiii me desculpa, está bem, não vou mais reclamar de nada, okay? - diz ele me dando um abraço de lado.

Madara: Ok!! - digo retribuindo o abraço. - Sério... Você tá cheiroso! - digo rindo e ele me da um tapa fraco no braço.

Hashirama: Para de ficar flertando comigo 👺👺👺- diz ele e eu rio.

Madara: Mas eu só elogiei seu perfume! - digo.

Hashirama: Isso é flertar! - diz ele.

Madara: ué kkkkkk - rio e logo nos separamos, ele me encara.

Hashirama: Hmm...- diz ele e logo se senta na areia e eu o encaro. - Vai sentar comigo ou vai ficar me encarando? - pergunta e eu sorrio logo me sentando.

Madara: ... - fico em silêncio olhando o mar.

Hashirama: Eai? Me conta um pouco sobre você! - diz ele cortando o silêncio.

Madara: Ah, não tenho muito a di- ele me interrompe.

Hashirama: Só fala sobre você! 👺- diz ele e eu rio.

Madara: Okay kkkkkkkkk. Bem, eu vou começar p- me interrompe de novo.

Hashirama: Mas se vai contar do começo? Aah que preguiça! - diz ele.

Madara: Você quer saber sobre mim sim ou não?👺- pergunto.

Hashirama: Tá, quero! Agora vou calar a boca. - diz ele.

Madara: Continuando 👺, eu sempre fui de muitas amizades na escola, sempre tive muitos amigos! Me sentia muito feliz com a vida de que levava. Mas não era o suficiente, não para o meu pai, dizia ele que queria o meu melhor, que eu poderia chegar no topo e que meus amigos só atrapalhavam, ele fez eu pisar nos meus melhores amigos para conquistar um sonho que nem era meu, era o que ele queria para mim... Queria que eu fosse empresário, como ele. Não era isso que eu queria, porém o fiz para agradá-lo, no final eu me formei na profissão, e com a morte do meu pai me tornei o dono da famosa empresa dele. Enfim, não foi por acaso eu aparecer na sua empresa e querer fazer negócios, eu já havia te conhecido! Na faculdade que fiz eu vi você e eu achei você muito atraente, e quando vi você sorrind- sou interrompido.

Hashirama: Atraente? Kkkk eu ficava que nem louco, correndo para lá e para cá todo perdido... Poxa, você poderia ter falado comigo! - diz ele.

Madara: Sei lá, você tava lá com seus amigos e eu não tinha tempo...- digo.

Hashirama: Nossa que insulto, como assim não tinha tempo 👺??? - diz ele me empurrando e logo caio deitado na areia.

Madara: kkkkk não foi isso que eu quis dizer!! - digo.

Hashirama: Ah, desculpa acho que vou embora para você não perde seu tempo 👺👍- diz ele e eu sorrio.

Madara: Paro👺 - digo e ele sorri.

Pelo jeito ele levou na brincadeira, ufa! Conversamos um pouco sobre bastante coisas do dia a dia, coisas que gostávamos de comer, músicas e etc. Foi legal passar um tempo com ele, menos quando ele jogou areia na minha boca, não me pergunte como isso aconteceu kkkkj, só aconteceu. Já estava bem tarde então eu sugeri levá-lo para casa, ele concordou voltamos pela mesma trilha até chegarmos aí carro.

Madara: Antes da gente voltar queria te pedir desculpas, por te trazer em uma simples praia, poderia ter te levado em um lug- sou interrompido.

Hashirama: O que?! Eu adorei vir aqui, esse lugar além de lindo, é bem calmo... Eu que peço desculpas por ter reclamado sem analisar, eu tenho que me desligar um pouco das coisas da cidade, enfim... Eu amei! - diz ele e eu sorrio.

"Involuntariamente" me aproximo dele ficando bem próximo, tão próximo que consigo sentir sua respiração, logo ele cruza seus braços em volta do meu pescoço, após ele fazer isso não pensei duas vezes em beijá-lo, só apenas o fiz e ele retribuiu, um beijo calmo, logo nos separamos pela falta de ar. Ele me olha e eu o encaro e ele sorri.

Hashirama: Você gosta de me encarar...- diz ele um pouco corado.

Madara: Tem certeza de que quer ir para sua casa agora? - digo naquela intenção e pelo jeito ele entendeu.

Hashirama: Tenho não! Kkkj que tal a gente ir para sua? - diz ele sorrindo e eu sorrio também!

Estava bastante empolgado! Já imaginam o porque. Entramos no carro que fomos para o meu apartamento, estaciono logo ele desce e me encara.

Hashirama: Ué?! Sua casa não é do lado da minha? - me pergunta confuso.

Madara: Eu tenho várias casas...- digo fechando a porta do carro e indo em direção ao elevador.

Hashirama: Ah...- diz ele me seguindo, e logo adentramos o elevador.

Hashirama on ཻུ۪۪

Ao adentrarmos o elevador, não havia ninguém, apenas nós dois, e até imagino o porque... Já é de madrugada... obviamente! pego meu celular no bolso da minha calça para ver a hora, quando de repente o Madara me beija, de começo me surpreendi mas logo retribui, um beijo um tanto quanto rápido quando a porta do elevador se abre e logo nos separamos. Ele apenas sorri e vai andando tranquilamente pelo corredor e eu vou andando ao lado dele. Ele retira do seu bolso um tipo de cartão e logo passa na porta do seu apartamento abrindo a mesma.

Quando adentro o (pelo visto) enorme apartamento, assim que entrava já 'dando de cara' com uma enorme sala e ao lado uma cozinha America em mármore preto, chic! E logo posso avistar uma porta que certamente deve ser o quarto. A luz da lua estava a iluminar a sala, pois as luzes estavam apagadas, ah! E também uma parede deste apertamento era toda de vidro, podendo ver o fluxo de carros na cidade! Tá bom para vocês amadas?😎 Me sinto rica! -qq

Sinto ele se aproximar por trás mim, logo sinto a respiração dele na minha nuca e me arrepio todo e sorrio, pois também senti cócegas, ele então me abraça por trás e da alguns beijinhos no meu pescoço e leves mordidinhas, logo sinto sua mão acariciar meu abdômen já por dentro da minha camiseta e subir ela até meus mamilos, sinto ele aperta-los de leve e logo sinto algumas fisgadas no meu membro, sim eu estava ficando excitado só pelo toque dele, pois fazia um tempinho que não sentia essa sensação. Me viro de frente para ele iniciando um beijo que o mesmo retribui, automaticamente cruzo meus braços em volta do pescoço dele.

E ele segura na minha cintura e me puxa 'grudando' ambos corpos, sinto seu membro  pressionar contra o meu, solto um gemidinho e ele sorri malicioso entre o beijo. Pulo em seu colo, com cada perna em um lado do seu corpo e ele me segura pelas minhas coxas, o beijo foi interrompido pela maldita falta de ar. Continuando... Kkkj, me carregando em seu colo ele foi andando em direção ao outro cômodo que seria o quarto, ao adentrarmos ele me põe de pé no chão e eu o encaro, porque eu imagina que ele iria me deitar na cama né, mas okay. 

Ele então andou em direção a cama e se sentou na ponta da mesma, retirou sua camiseta mostrando seu corpo que é bem cuidado, provavelmente faz academia, jogou-a no chão do quarto, logo apontou seu dedo indicador para mim e me chamou para me aproximar e eu o fiz, estava de frente para ele.

Madara: Senta no meu colo, baby? - diz ele abrindo suas pernas, eu apenas assenti e me sentei entre suas pernas, de costas para ele.

Pude sentir sua respiração no meu pescoço e logo me arrepiei todo! Ele então com sua mão direita desabotoou o botão da minha calça e logo desceu o zíper, estava um pouco nervoso e eu comecei a tremer, porque isso estava me ofegando, o tesão estava presente! principalmente quando puder sentir o pênis dele ficar ereto entre minha bunda, mesmo por cima do tecido.

Ele colocou sua mão por dentro da minha box retirando meu membro para fora, ele então inicia uma masturbação lenta e prazerosa, mordo meus lábios e rebolo no colo do mesmo que deixa beijos e mordidas no meu pescoço. Estava quase gozando ali, eu ainda nem me diverti kkj, então me levantei o interrompendo. E ele me encara tipo: o desgraça???

Então empurro o mesmo que caí deitado na cama, eu mesmo retiro minha calça juntamente com a minha box, e camiseta, subo na cama e me sento em cima do membro dele que já fazia um volume em sua calça. Me inclinei e o beijei, um beijo mais necessitado e rápido, ele então morde meu lábio inferior e eu sorrio malicioso.

Desço os beijos pelo pescoço dele, peitoral, barriga e abdômen, quando chegou um pouco abaixo de seu abdômen dou uma mordida e ele sorri, com uma cara 'empolgada', então eu desabotoou sua calça e abro o zíper, logo retirando a calça com ajuda do mesmo. Vejo que sua box estava molhada, com pré gozo então eu sorrio malicioso e dou beijinhos no pênis dele por cima da sua box.

Puxo sua box para baixo e seu pênis salta para fora, me impressiono com o tamanho, é muito grande! Enfim, eu o masturbo em uma velocidade não tão rápido e nem muito devagar, logo sou interrompido por ele pegando seu pênis e passando o mesmo pelos meus lábios.

Madara: chupe-o, baby...- diz ele

Hashirama: Okay...- digo e abro minha boca, e ele se senta e coloca seu pênis em dentro da minha boca.

Chupo ele um pouco rápido, de vez em quando retirando da minha boca e o masturbando, ele gemia de prazer e eu estava adorando, então lambi a cabeça do pênis dele que estava molhada com pré gozo, sem aviso nenhum ele meteu na minha boca segurando minha cabeça, e foi metendo, quase me engasguei, mas que estava bom estava, ele estava fodendo a minha boca, literalmente.

Chegando ao limite ele gozou na minha boca, eu engoli todo seu líquido que um pouco escorreu pela minha boca, ele deu umas batidinha no meu rosto com seu pênis e e eu sorri malicioso, estava adorando essa 'brincadeira'!

Ele então me beija, mas lentamente e de uma forma mais proveitosa, me deita na cama de bruços e abre minhas pernas. "Agora Fudeo!" Ele então beija minha nuca e desce os beijos pelas minhas costas eu posso sentir seu pênis roçar na minha bunda, me deixando mais excitado ainda. Ele já gozou e ainda assim ainda está ereto, meu deus! Ele então desfere um tapa na minha bunda com um tanto de força e eu gemo manhoso.

Madara: Como você é um completo pervertido, com essa cara de santinho... Eu gosto disso. - diz ele abrindo a minha bunda, eu sinto sua respiração na minha entrada, meu deus ele vai fazer isso mesmo?????

Ele então chupa minha entrada, sim, um beijo grego, me chupava com vontade e eu não pude conter, meus gemidos estavam altos, agarrava os lençóis e os mordia de tesão, ele as vezes simulava estocadas com sua língua me descontrolando por completo.

Ele me penetrou dois dedos de uma só vez, no começo me incomodou mas logo veio o prazer, ele colocou três dedos em uma velocidade rápida, eu rebolava para que ele fosse mais fundo, ele então retirou os dedos e eu gemi em reprovação.

Madara: Calma, vou dar a você algo bem mais gostoso. - diz ele se posicionando entre minhas pernas.

Ele então esfrega seu pênis entre minha entrada de uma forma totalmente obscena, logo me penetrando devagar, quando estava por completo em dentro de mim sinto ele atingir minha próstata.

Hashirama: A-aah...- gemo, e mesmo de costas para ele sei que ele está sorrindo malicioso.

Madara: Hmm, parece que eu achei seu ponto G, baby. - diz ele retirando seu membro e sem aviso nenhum me penetra com força. - Vou meter. - diz ele começando a fazer movimentos de vai e vem um pouco rápidos.

Já estava metendo com força, eu gemia implorando por mais, ele me vira de frente para ele e leva uma de minhas pernas a altura de seu ombro, e mete com força, inicia uma masturbação em mim enquanto me estocava, não aguentando mais tanto prazer eu gozo sujando meu abdômen e as mão dele, ele sorri e chupa seus dedos que estavam molhados de sêmen.

Madara: Tem gosto de puta kkkkkkkk - brinca ele.

Hashirama: !???????? kkkkkkkkkk qual é o seu problema????? Puta é você - rio e ele se inclina e me beija.

Ele me vira de lado e deita atrás de mim, pegando uma perna minha e a levantando para cima, me penetrou novamente com força, metendo mais fundo 'esmagando' minha próstata, eu então levo minha mão até a cintura dele o puxando em direção ao meu corpo o fazendo meter mais fundo.

Chegamos ao limite (novamente) ele se desfaz em dentro de mim, e eu me desfaço no lençol, caçandos nós deitamos de barriga para cima recuperando o ar.

E é agora o momento que eu paro para refletir o modo que agi está noite, " Mais fundo,  com força" lembro do que falei, meu Deus eu não tenho aonde enfiar minha cara, eu sou totalmente diferente quando estou excitado.

Madara: Por que você tá fazendo essa cara? Kkkkkkk - me pergunta.

Hashirama: Ah? Ah! Não eu... Tô com fome - eu realmente estava com fome.

Madara: Okay então, você pode ir tomar banho enquanto eu preparo algo pra comer - diz ele.

Hashirama: E você lá sabe cozinhar? - brinco.

Madara: Vai tomar banho desgraça - diz ele vestindo sua box e saindo do quarto. 

'Tinua...'



Notas Finais


Okei, tá uma bost* 😔

Aí gente que ódio!!👺👺👺 Eu tinha escrevido a história daí eu dormi, quando eu acordei e fui continuar a segunda parte, A HISTÓRIA TINHA APAGADO DO COMEÇO AO FIM 👺👺👺👺👺 ÓDIO SPIRIT!!!

Enfim, kkkk ainda bem que eu me lembrava mas ou menos doq havia escrito e conseguir escrever de novo!

Porém, demorei a postar pq tava com muita preguiça de escrever, mas agr vai de boar🤠🤠💖

Espero que tenham gostado, beijus💖💖🤠


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...