História Brothers (Yaoi) - Capítulo 100


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Brothers, Gay, Gêmeos, Lemon, Lgbt, Yaoi
Visualizações 41
Palavras 600
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 100 - Capítulo 100


 - E entao, o que vai fazer com essa caneta? 


 - Vou desenhar em você. - Disse tirando a tampa da caneta. 


 - Não, não vai não. - Ele negou totalmente. 


 - Se quiser pode me riscar também. - Implorei. 


 - Certo, certo, vamos logo! E não faça nada bizarro. Você não sabe desenhar. 


 - Isso é maldade... Mas é realmente verdade. - Confirmei. 


 Fui até ela e comecei a traçar corações e estrelinhas em suas bochechas e em sua testa, escrevi algumas palavras e coisas do tipo " Ukezao da porra, maravilindo, comestível, propriedade Makoto S. Linda" e coisas do tipo. 


 - Isso larica ridículo. - Ele chorou um pouco. 


 - Me passa o celular. - Ele me entregou o eletrônico, abri na câmera e levantei um pouco o braço. 


 - Nãaao! - O gêmeo escondeu o rosto com os braços. 


 - Não o caramba. - Tirei os braços dele da frente abri a caneta novamente e desenhei um fucinho de gato. 


 - Você é mal, nii-chan. - Ele faz bico. 


 - Vamos tirar essa foto, se não não vou tranzar contigo essa noite. 


 - Êhhh, que maldade. Tá, tudo bem, vamos tirar essa foto. 


 Abri novamente a câmera e levantei para nós, ele faz sinal de paz com a mão e olhou com cara de dó para a câmera, enquanto eu sorri mostrando os dentes. 


 - Não gostei. - Resmunguei. 


 - Sabia que não iria gostar. Você nunca se contenta com a primeira! 


 - Vem cá! - Puxei Yama para meu colo e passei meus braços por sua barriga e encostei minha boca em sua bochecha e despejei um beijo ali. 


 - Êhhh, para! - Seu rosto estava um pouco vermelho e ele estava sério fiz colegas nele fazendo abrir um lindo sorriso, mas também se remexeu um pouco, o que deu uma foto legal. Ele começou a querer rir alto e passei a mão em sua boca e aproximei o celular para outra foto, o que deu um resultado legal. Parei de fazer cócegas e mostrei a foto para ele. 


 - Não gostei - Ele retrucou. - Parece que estamos tranzando. 


 - Não da nada. - Mandei para meu celular, quando a internet fosse ligada eu baixaria. 


 Deu o intervalo e fomos até a sala, encaramos feio a professora quamdo passamos por ela e pegamos dinheiro para a cantina. 


▪▪▪


 Estava em casa, em meu quarto enquanto Yama tomava seu banho, eu havia saído do banho recentemente então usava uma box azul e uma camisa longa de Re: Zero, estava deitado na cama acabado do dia chato que tive. 


 - Yama! - Gritei bem alto. Ouvi ele responder de dentro do banheiro. - Faça meu dia melhor, por favor! - Gritei novamente. 


 Deu alguns minutos e Yama apareceu no quarto com o rosto avermelhado.


 - Isso é ridículo. - Ele retrucou. 


 - Você... Fez isso? - Me sentei na cama e encarei Yama que estava enrolado em um lençol salmão. 


- Você mandou! - Ele disse em alto tom. Ouvi a campainha tocando e me levantei da cama. 


 - Espere aqui, deve ser o seu presente! - Sorri e fui até a porta, abri sorridente e era o entregador de Pizza. 


 - Encomenda para Yama Suzuki. É você? 


 - Sou sim. - Menti decepcionado. Na hora meu celular vibrou com uma mensagem que dizia "por causa do trânsito entregarei amanhã", fui para o quarto com um olhar de desprezo. - Você pediu pizza é? Estou decepcionado, seu presente só chega amanhã. 


 - Eu pedi a pizza sim, não achei que iria chegar tão rápido assim. 


 - Ah... 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...