História Brothers (Yaoi) - Capítulo 98


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Brothers, Gay, Gêmeos, Lemon, Lgbt, Yaoi
Visualizações 30
Palavras 541
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 98 - Capítulo 98


 Hoje é véspera de meu aniversário e de Yama, acordei e cedo, então sai para dar uma volta na praça que haviam construído recentemente perto de casa, demorei um pouco para voltar, já que Yama sempre demorava acordar, fui até a padaria e comprei alguns pães Franceses e pães doces. Quando cheguei em casa Yama estava na varanda com uma cueca de dormir do Batman, uma aventura verde água e luvas Amarelo-florecente, limpava o chão e as janelas.

 

 - Onde estava? - Perguntou me encarando emburrado. 


 - Esta estressado? - Yama não limpa a casa, esse é o meu serviço, no entanto, quando ele fica nervoso ele se ocupa conta qualquer coisa, isso inclui limpar toda a casa, lavar todas as vasilhas, até as que estão limpas, limpar os móveis e arrumar o guarda roupa. 


 - Como você me sai assim cedo, e nem deixa um bilhete ou manda uma mensagem me avisando onde foi?? 


 - Achei que me mandaria alguma caso precisa-se de algo. 


 - Céus... - O maior franziu as sobrancelhas olhando para mim. 


 - Eu trouxe pão, seu idiota. - Levantei a sacola. 


 - Ao menos isso, não é mesmo?! 


 - Não gosto da ideia de outras pessoas verem você dessa forma, por que não usa um calção, ao menos?? 


 - Eu lá tive tenpo de pensar nisso? Vamos. Entre. - Seu rosto corou, e ele parecia constrangido. 


 Subi os dois degrais que levavam até a varanda e segurei em seu braço, puxando seu corpo para mais perto do meu. 


 - Você fica adoravelmente sensual dessa forma, esta tentando me seduzir? - Sorrio encarando-o nos olhos. 


 - N-Nao sei do que esta falando. - Yama diz desviando o olhar. - Estava cedo, então não pensei que alguém poderia estar por aqui... 


 - Yama, nossos vizinhos são idosos, na maioria, eles acordam cedo, sabia? Seu corpo é bonito, -desço a mão até a bunda do gêmeo, que era algo de se orgulhar em seu corpo. - Não quero nenhuma velha apaixonada pelo seu corpo. 


 - Qual o seu problema?? 


 - Olha só onii-chan. - Uma garotinha e seu irmão passavam ali na frente, ele aparentava possuir uns dez anos, e a garotinha uns três, eles pararam e ficaram nos encarando até Yama se revoltar e encara-los de forma agressiva. Os garotinhos correram no instante. 


 - Vamos entrar. - Disse o gêmeo com seu rosto mais vermelho que o nariz de um palhaço. 


 - Sabe... - Indaguei fechando a porta. - Quero tranzar com você amanhã. 


 - D- do-do-d do que êta falan-do se-s-seu bastardo?! ?? Seu rosto quicou ainda mais e ele me encarou assustado. 


 - É meu segundo presente, ué. O primeiro são as fitas e o segundo é a tranza, tudo bem para você? 


 - Esta muito exigente. Você falando essas coisas é constrangedor. 


 - Agora percebeu como era dizer isso as garotas?! - Retruquei. 


- Elas gostavam que eu falava assim. - Fiz sinal de negação. - Elas gostavam de tranzar com você, não ligavam para como você dizia. 


 - Hm... O que você... Vai me dar de presente? - Ele fez biquinho. 


 - Já te disse, não disse? É segredo. 


 - Isso é injusto! - Ele resmungou. 


 - Mas eu quero te dar uma surpresa... 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...