História Brothers (Yaoi) - Capítulo 99


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Brothers, Gay, Gêmeos, Lemon, Lgbt, Yaoi
Visualizações 34
Palavras 628
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 99 - Capítulo 99


 Segunda feira, 12 de fevereiro de 2018; nosso aniversário. 


 - Bom dia... - Acordo e me deparo com uma bandeja em cima de minha mesa de canto, e Yama ao lado dela, usando sua cueca de dormir do Batman, estampando em seu rosto um lindo sorriso. - Dormiu bem? 


 - Y-Yama... - Meu rosto queimou um pouco. - Isso é para mim? - Ele assentiu. 


 - São pra você, acho que hoje eu vou... - Ele sobe em meu colo e coloca um dedo em meu labio inferior. - gozar para você. 


 - Hein? - Meu rosto queimou até a alma, o que estava acontecendo com Yama para dizer algo assim? - Mas só se você dizer aquela frase... 


 - Eu direi. - Ele disse sorrindo, - Agora vamos tomar o café, pois temos aula. 


 Tomamos nosso café e fomos para a escola, a primeira e segunda aula seriam de álgebra, ótimo, odeio álgebra, a professora é tão lerda e burra, que da raiva, coloquei o livro em frente ao meu rosto e abaixei o rosto em meio aos meus braços, e descansei os olhos até a terceira aula, quando acordei, a professora da aula de português estava em meu lado, ela era uma mulher não tão nova, de feições horríveis e seios gigantes, era irritante e chata: 


 - Acordou, Sr. Suzuki?! - Ela perguntou quase gritando em meu ouvido. 


 - Me deixe dormir, peituda. - Virei o rosto pra o lado e fechei novamente os olhos. Eu não xinguei ela e nem nada, então achei que estava tudo bem, no entanto, ouvi um silêncio total, e senti um frio na barriga, levantei o rosto e quando olhei para seu rosto, ela estava vermelha e então fiquei um pouco preocupado. 


 - S-Saia da sala! Suma da minha frente! - Ela se virou de costas e voltou para sua cadeira. 


 Levantei da minha cadeira, coloquei as mãos no bolso da calça e sai. Quando estava do lado de fora ouvi novamente a voz da mesma. 


 - Onde vai, Yama Suzuki? 


 - Minha luz saiu. - Ouvi a voz de Yama, ela estava próxima a porta. Um breve silêncio prevaleceu a sala. 


 - Ah? - A professora parecia confusa. 


 - Eu não vou estudar no escuro. - Ele disse após abrir a porta, fiquei encarando ele com sarcasmo. 


 - Mas que porra foi essa? - Segurei o riso. 


 - Shhh... -Ele colocou o dedo em frente a boca fazendo que era para fazer silêncio. - Luzes não falam. 


 - Hein? Yama, era para você ter ficado na sala e pegado os conteúdos. 


 - Não me importo com o conteúdo. Olha. - Ele pegou o celular do bolso e ligou na câmera frontal e mostrou para mim. Pude ver meu rosto todo riscado, alguns dos desenhos eram "pintos" ou palavras escrotas. 


 - Mas que porra! Não pode nem dormir mais no dia do aniversário, por que você não tem? 


 - Não dormi. - Ele riu fraco. - Eu não gostei da ideia, mas eles insistiram de mais. 


 - Faz sentido. - Fui até a porta da sala e abri, entrei na sala chamando a atenção de toda a turma, inclusive da profesora que parou de passar a lousa e me encarou, fui até minha mesa e peguei em minha bolsinha uma caneta pincel preta. - O que foi? Podem continuar sua aula. - Disse me retirando da sala. 


 - Você é louco. - Yama sorriu. 


 - Vamos para o pátio. - Peguei em sua mão e puxei-o até o pátio que estava vazio, nos escondemos em um lugar isolado que normalmente não vai ninguém. - Ninguém vai vir aqui, então após o intervalo vamos para a sala. 


 - O que foi fazer lá? - Yama me perguntou falando em baixo som. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...