1. Spirit Fanfics >
  2. Brutasha: Por um Amor Verdadeiro! >
  3. Vinte e um

História Brutasha: Por um Amor Verdadeiro! - Capítulo 21


Escrita por:


Capítulo 21 - Vinte e um


Fanfic / Fanfiction Brutasha: Por um Amor Verdadeiro! - Capítulo 21 - Vinte e um

Tony estava atônito, Hope se aproximou e segurou a filha, Natasha e Bruce ainda mantinham seus filhos atrás deles em posição de proteção, Thor estava com a mandíbula cerrada ao lado de Carol Darvers e  Laura segurava o braço do marido que olhou Natasha e a mesma retribuiu, todos os cinco se olhavam procurando respostas.

- Não vão me saudar?- Steve questionou sorrindo sarcástico,a tanto tempo eles não o viam e do nada ele estava frente à frente deles.

- O que faz aqui Rogers ?- Tony questionou ficando quase colado ao loiro que o olhou com raiva, o capitão América, famoso herói, estava ali com seus princípios de sempre.

- Vim à trabalho, Tony!- Steve replicou baixo, não queria deixar a áurea naquele salão pesado e não queria expor nada para as demais pessoas que os olhavam desconfiadas, Tony assentiu e olhou para seus companheiros. Os cinco vingadores principais o seguiram. Antes de sair, Natasha olhou para seus filhos rindo.

- Não deixe a festa acabar!- Tony cochichou para Pepper Pots que assentiu sobre os olhares pesados e mortais de Hope.

Tony conduziu os vingadores para a sala de reuniões tão conhecida por todos os presentes, cada um tomou seu lugar, Natasha na direita e de frente para Clint, Thor ao lado de Clint e de frente para Bruce, Tony sentou na cabeceira, lugar que um dia pertenceu ao líder que dantes foi Steve.

- Fala, Rogers- Tony olhou para ele com despreezo, não podia crer que ele tinha a audácia de estar mais uma vez ali.

- Vou direto ao assunto- Steve permaneceu de pé- Vim em nome do governo dos Estados Unidos, pois apartir da proxima quinta será posto em prática a lei 19.49.7292.

- Governo? Está com eles agora? - perguntou rindo amargo.

- Se voltou contra sua amada pátria Steve?- Bruce debochou, ele sempre suportou o capitão, mas o que ele havia feito anos atrás teria sido a gota d'água.

- Que lei seria essa?- Natasha questionou ao loiro que um dia foi sei amigo de batalhas, estava com seu tom habitual de Viuva negra.

- Bem, vocês sabem qual é essa lei, só não sabem pelo número- Steve se curvou na mesa- Estou errado Tony?

- Seje claro,mortal!- Thor levantou exaltado- Não venha com ameaças sem cabimento, diga o que quer.

- Quando vocês assinaram o tratado, assim como os outros vingadores também assinaram um termo de confidencialidade e de subjugação!- Steve explicou olhando seus antigos parceiros de equipe.

- Tony quebrou este tratado de sokovia à Anos!- Clint disse sem paciência para jogos, sabia que Steve estava ali para dificultar a vida de todos. Era um jogo de gato e rato e seu motivo era claro: A expulsão dele da equipe.

- Tem certeza?- O loiro mais uma vez sorriu- Escutem , Eu vim para ajudar, oferecer uma saída.

- Tony?- Natasha o chamou, não podia acreditar que o termo de subjugação ainda existia.


*****


A equipe voltou para a a festa tentando absolver tudo o que havia sido dito a momentos atrás, Natasha se juntou aos filhos e Bruce mesmo desconfortável o fez também. 

- Chegou a hora do bolo!- Gritou pepper animada, puxou sem cerimônia Tony que foi rindo, o que não agradou nada Hope.

Tony pegou duas taças de vinho e tomou uma de uma vez, a outra ele levantou em direção aos amigos, todos fizeram o mesmo, Tony sabia que mais uma vez algo ameaçava a pacata decisão dos vingadores de se isolaram do mundo

- Queridos amigos, Família e Presentes!- ele começou olhando a todos - Hoje temos motivos de sobre para comemorarmos, Minha recuperação, a recuperação de Natasha, nossa Vitória sobre Thanos, nossa Vitória por ter Megan novamente. E além disso, hoje fazem vinte anos que eu e meus amigos e equipe de heróis e seres humanos maravilhoso e únicos nos juntamos para comemor nossa Vitória sobre Loki- Ele olhou para Thor- sem ofensas, loira.

" Naquela noite eu os convenci a comer Shwarman pela primeira vez, por tanto aquele seria a data que seria lembrada para sempre como nossa primeira batalha, nossa primeira união, nosso encontro e nosso marco. Deixamos nosso legado ao mundo e hoje informamos que deixamos a equipe vingadores em boas mãos, como Wanda, Visão, Carol, Scott Lang, Hope Van Dyne, Wilson, T'challa e Petter. Obrigado a todos esses anos."- Tony levantou a taça e todos o limitaram brindando ao fim de uma jornada e  o início de um legado.

- Não posso acreditar que não poderia mais chamar você Lata velha!- Todos ouviram a voz grossa e imperial de Nick Fury.

- Fury?- Natasha e Clint não podiam acreditar, ele estava mesmo ali? Depois de toda aquela loucura com a S.H.I.L.D.E.

- Em carne e osso, não perderia isso por nada- Ele respondeu e recebeu uma carranca de Tony.

- Mas quem é que está distribuindo meus convites sem permissão ?


****


Assim que Natasha chegou ao quarto ela retirou sua roupa, e trocando de roupa deitou sobre a enorme cama de seda, fitou o teto e se perguntou o que faria naquele momento, o tratado estava de volta, ameaçava a sua vida e de seus filhos, de sua família. Ela não queria ceder as pressões do governo e muito menos da ouvidos a Steve.

- Acha que o governo fará isso?- Bruce questionou entrando no quarto de Mansinho.

- Sinceramente, eu espero tudo do governo, o próprio Ross te caçou por anos- Natasha sentou na cama mexendo nos cabelos exasperada- com tudo isso apenas penso em nossos filhos e nos novos vingadores, como eles poderiam se caçados? Somos heróis.

- Entendo como se sente, eu mesmo entro nesta lista de procurandos- Bruce sentou ao lado dela e segurou a mão delicada de Natasha apertando.- Vai ficar tudo bem, amanhã na reunião iremos decidir isso.

- Não!- Natasha exclamou vendo Bruce já levantar e se caminhar para a saida- Dormi aqui hoje! Me sentirei mais segura.

Bruce sorriu cansado, então sorrindo ele deu a volta na enorme cama que um dia foi palco de tantas noites de amor e deitou com a ruiva em seus braços, segura de que nada à faria mal, e ela estava certa se dependesse de Bruce. 

- Não me deixe.


****


Tony continuava Sentado na sala de reuniões, mesmo depois que toda a festa acabou ele continuava olhando o vazio daquela sala, continuava pensando em alternativas para tomar caso fosse preciso, desde que ele quebrou o contrato  anos atrás, o homem de ferro escondia o termo de subjugação, ele o fez durante todos aqueles anos e tentou resolver, mas com a troca de diretores da S.H.I.L.D.E dificultou tudo e ainda teve Thanos novamente que atrapalhou seus planos.

- Você não dormiu!- Hope interrompeu os pensamentos dele colocando um copo de café expresso na frente dele.

- E  nem posso!- Ele respondeu agradecendo mentalmente o café em seus organismo- Obrigado.

- Não há de que!- Hope sentou à frente dele e segurou sua mão- Tony sei que durante anos você tentou quebrar este termo, entenda que não é sua culpa.

 - eu sei que nao, mas pensar que tudo pode parar, que nossos amigos e familiares podem ser presos por uma idiotice que fiz à Anos me mágoa, me deixa impotente sem nenhuma saida- Tony chorou, virou o rosto e quando hope ficou de pé próximo à ele, Tony a abraçou pela cintura escondendo o rosto no corpo da heroína.

- Não fique assim, sei que você vai resolver isso, você é o Homem de ferro- Hope massageava os cabelos pretos sobre os dedos, precisava fazê-lo acreditar.

- Só quero dar um mundo melhor para nossos filhos e sobrinhos, somente isso!- Tony disse mais calmo ainda agarrado à ela.

- sei que vai conseguir, aliás, preciso contar algo!- Hope fez ele à olhar nos olhos- Vamos ter um bebê. 


Notas Finais


Durma com essa❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...