História Bruxinha travessa - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Bruxa, Diversos, Drama, Ficção, Imaginação, Mundo Magico, Vampiro
Visualizações 5
Palavras 390
Terminada Sim
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 17 - PODERES cade vocês?


Oi gente aqui é a Luka e hoje eu tó um pouco triste. Por que? Simplesmente porque me sinto um peixe fora d'água. Eu sou aquele tipo de monstro que poucas pessoas ouvem falar e quando veem um sentem aversão. Me lembro de quando um amigo de infância descobriu os poderes dele, tinhamos uns 5 anos e a mãe dele estava meio que desesperada porque ele ainda não tinha manifestado nada até os 5 anos e comprou uma poção caríssima pra ele, no outro dia ele começou a voar cuspir fogo e todo mundo ficou feliz. Agora eu penso no meu caso... Alguem ficou feliz, alguem se surpreendeu? Não. Tsuy até ficou bravo comigo. Meus pais não demonstraram nenhum sentimento.

Sou um péssimo tipo de monstro. EU NEM SEI QUAIS SÃO MEUS PODERES NEM COMO USAR PORQUE NUNCA USEI. É sério, preciso de um psicólogo. Estou enlouquecendo.

Deixando esse papo deprê de lado na escola hoje foi aula de educação física e a professora  fazia todos seguirem um percurso e nele os obstáculos eram feitos exatamente para que os alunos usassem seus poderes pra passar (Obs. É proibido usar os poderes na escola exceto na quadra, lá essa regra não se aplica). 

Por sorte o primeiro obstáculo era saltar e o único poder que eu sabia que poderia usar era meu super salto. Tsuy foi primeiro e saltou lindamente, Thai saltou como uma bela dama e depois foi minha vez eu tentei repetir aquele super salto mas caí no chão em cima do meu braço quebrado, ainda bem que ele estava com gesso o problema é que eu poderia ter acabado de quebrar o resto do corpo. Resumindo: não sei mais como repetir meu super salto (carinha triste)

Pra não ficar cansativo contar pra vocês como foi, o resumo é: em todas as provas eu me dei mal, porque não sei como usar nenhum dos poderes que disseram que eu tenho, nem o que eu sabia que tinha. Eu acabei me machucando e cheguei em casa como se tivesse descido rolando da montanha mais alta do mundo. SOU UM DESASTRE AMBULANTE. Eu que dei conselhos pra uma colega sobre os poderes não sei usar os meus. Cheguei a conclusão de que só saber que tem poderes não te faz usá-los quando quiser.

Só não sei o que fazer pra isso. (Espera, talvez eu saiba...)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...