História Bruxinha travessa - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Bruxa, Diversos, Drama, Ficção, Imaginação, Mundo Magico, Vampiro
Visualizações 17
Palavras 476
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Excursão da Luka


Hello mundo aqui quem fala é a bruxinha mais estúpida de todas! Sou a Luka como todos já sabem e hoje minha sala vai para uma excursão. 

Acordei cedinho arrumei minhas coisas e quando minha mãe acordou eu já estava pronta. Ela me deu umas frutinhas pra eu levar (ela as vezes me dá umas frutinhas enfeitiçadas pra parecer que eu tenho magia de levitação, minha mãe é o máximo). Eu estava com um vestido preto com meia calça toda desfiada (aqui sempre esteve na moda essas coisas macabras), meus cabelos com duas tranças e estava com uma bota preta super estilosa. A make minha mãe sempre faz pra mim, mas hoje eu mesma fiz e foi basicamente sombra preta e batom preto contrastando com uma pele branca (eu tenho uma cor normal, mas uso base mais clara pra parecer uma vampira [carinha triste]). Eu me sentia uma verdadeira bruxa/vampira, mas enfim. 

Fomos pra escola entrei no ônibus, os meninos me olhavam babando (não sei se admiravam minha beleza ou minha feiura). Sentei do lado de Thai e PARTIU EXCURSÃO!

Chegando lá era um lugar grande com árvores, rio e mosquitos, era perto de uma vila mas a intensão era dormir em barracas em meio à natureza. Eu ia dormir com Thai e Mila. Montamos a barraca enquanto Mila ficava no celular tentando achar rede wifi. Depois que já estava pronto ela fingiu que desistiu e entrou primeiro que a gente (carinha de indignação). 

Ficamos aquele dia só andando atoa e observando a natureza. Mas cá entre nós eu odiei aquele lugar, as árvores eram grandes e cheias de folhas, a água era muito cristalina e a grama era muito verde, vocês meros mortais devem estar achando estranho minha indignação, mas por aqui o padrão é árvores secas e plantas macabras, nada de bonitinho por aqui é normal, essas florestas assim nos assustam. Aqui esse tipo de planta viva e saudável é sinal de que poucos monstros fortes moram por aqui. 

De noite ficamos em volta da fogueira contando histórias de terror, mas é dificil alguém daqui ter medo disso, contamos porque gostamos mesmo. Ai contaram sobre a lenda de uma raça rara de monstros que são gatos pretos, eles são meio que amaldiçoados, à noite eles roubam vitalidade das pessoas e assim aumentam sua força, ele suga poderes de qualquer tipo de monstro, muitos deles vão para o mundo humano sugar a vida deles, pois os humanos os concedem mais poder do que os monstros, só que os monstros concedem magia e outros poderes específicos. Eu me assustei ao ouvir isso, pois minha mãe já reclamou de um gato preto na janela dela, com certeza é um desses e com certeza foi lá porque meus pais são poderosos. Eu não podia avisá-los antes de chegar em casa, tomara que até lá não aconteça nada com eles. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...