História Bruxinha travessa - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Bruxa, Diversos, Drama, Ficção, Imaginação, Mundo Magico, Vampiro
Visualizações 9
Palavras 331
Terminada Sim
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - Suspeito


Na manhã seguinte eu acordei com dor de cabeça, mas parece que Tsuy e Thai dormiram bem, já Mila deve ter dormido pior do que eu. Ela reclamou de ouvir miados a noite inteira e não ter conseguido dormir. Eu acho essa história muito suspeita, um gato no meio da floresta o que ele estaria fazendo lá? Eu sempre acho que é mentira, deve ser porque durmo demais e nunca vejo nada. Infelizmente. Ela disse que perseguiu o gato e depois matou ele. MANO, ELA MATOU UM GATO QUE APARECEU DO NADA SÓ PORQUE ELE ESTAVA MIANDO E NÃO DEIXAVA ELA DORMIR!!! Bom, eu não me admiro, por aqui matam por muito menos, mas um gato? Tadinho do gato.

Depois de ouvirmos sobre lendas da caverna e de pessoas amaldiçoadas, que comem cérebros, que invadem casas, que assustam todo mundo eu imagino onde isso aconteceu. Imagine: você tá lá de boas, vem um cara com uma cara deformada e corre atrás de você daí tu olha pra cara dele e pensa: "que otário, sei assustar melhor que ele" ele vai tentar te matar e você simplesmente sai andando como se nada tivesse acontecido e o ignora porque você é um monstro mesmo. Mas caso seja você um humano com certeza iria correr e se desesperar se tem amor à vida. Eu mesma, sem ser nem um nem outro iria apenas chamar meu pai, ele sempre me ouve mesmo se estiver longe dele, ele cuidaria disso rapidinho (carinha feliz). 

Voltamos para o local de acampamento por outra rota, rodeamos pelo rio e claro que Thai iria se exibir pulando na água e fazendo acrobacias, eu ficava só olhando e imaginando o que aconteceria se eu caísse ali (morte instantânea), Tsuy estava um pouco pensativo, ele não tinha falado comigo desde cedo eu fiquei um pouco curiosa. Perguntei a ele se está tudo bem, ele disse que estava mesmo sabendo que eu não iria acreditar. Deve ser algo pessoal, não gosto de incomodar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...