História BTS - As 7 Peças de Um Quebra-Cabeça - (VKook, Sope, NamJin) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Aventura, Bangtanboys, Bts, Colegial, Comedia, Drama, Hoseok, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Romance, Sope, Suga, Taehyung, Taekook, Universo Alternativo, Vkook, Yaoi
Visualizações 261
Palavras 2.257
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heyoo~ Estou de volta! E desculpem pela demora pelo capítulo, o colégio tem me matado esses últimos dias.

Capítulo 5 - Reconciliação - Cap 5


Fanfic / Fanfiction BTS - As 7 Peças de Um Quebra-Cabeça - (VKook, Sope, NamJin) - Capítulo 5 - Reconciliação - Cap 5

~Namjoon~

Já estava de noite, o céu tinha se fechado novamente naquele lugar, mas não havia sinais de que iria chover. O vento apenas passava bruscamente entre os galhos das árvores, fazendo elas balançarem, enquanto as folhas no chão adentravam a floresta ainda mais.

Já fazia meia hora que estávamos no meio daquele vale enorme e escuro, comecei a desistir, pois não encontrávamos nenhuma pista do Yoongi.

Voltamos para o chalé, tristes e preocupados, esperando que os meninos voltassem com notícias boas sobre o Yoongi, e se possível, com ele junto. Parei na porta, prestes a abri-la quando ouvi as risadas do Jimin e do Yoongi, juntas.

Entrei rapidamente e os olhei, os 3 estavam conversando, enquanto o nosso Maknae Jungkook estava na cozinha.

Quando abri minha boca para perguntar o que havia acontecido, Jin entrou em minha frente e os interrogou.

~Jin~

-Aonde vocês estavam?! Principalmente você Yoongi! Pode se explicar?

~Jimin~

-Está tudo bem Jin-Hyung, o Yoongi...

Fui interrompido.

~Yoongi~

-Tudo bem Jiminnie, eu cuido disso.

Me levantei calmamente e comecei a contar o que havia acontecido. Todos ficaram surpresos quando disse que quase levei um tiro, e que Jungkook tinha impedido isso de acontecer.

-Sinto muito por ter fugido...

-Eu não queria criar mais discórdias no grupo de vocês.

~Hoseok~

-Nosso grupo Yoongi.

~Namjoon~

-Hoseok tem razão, você faz parte da família.

-Podemos não nos dar muito bem uns com os outros por agora, mas eu tenho certeza que em breve seremos inseparáveis.

~Jin~

-Certamente.

Coloquei minha mão no ombro do Namjoon.

-Estamos juntos nessa.

~Namjoon~

Dei um sorriso.

-E não podemos esquecer de agradecer ao Kookie, certo Jungkook-ah?

~Jungkook~

Eu estava ali parado, apenas observando eles conversarem quando ouvi meu nome.

-Huh? Ah.

-Que isso, não precisa...

~Jimin~

-Claro que precisa, vem cá meu Maknae.

Disse fazendo voz de bebê.

~Yoongi~

-Ual...isso foi horrível.

~Jimin~

Dei uma risada e o empurrei.

-Para.

~Yoongi~

Dei um sorriso de leve e voltei a me sentar no sofá.

~Jungkook~

-Uh...pode terminar de contar o que aconteceu mais detalhadamente para eles Yoongi, eu vou subir e trocar de roupa.

-Toda essa jornada atrás de você me deixou exausto.

Eu tentei ao máximo criar uma boa desculpa para poder sair dali, eu já não aguentava mais ficar com a mão em meu braço, escondendo aquele machucado. Não poderia simplesmente contar a eles que eu havia levado um tiro no braço, tudo estava finalmente começando a dar certo entre eles, e eu não queria arrumar mais problemas e deixá-los preocupados.

~Jin~

-Ta bem Kookie, vai se arrumar. Mas desça de pressa, a gente quer conversar.

~Jungkook~

-Pode deixar. 

Dei um leve sorriso e subi rapidamente as escadas em direção ao meu quarto.

~Taehyung~

Desde que cheguei eu não consegui desviar os meus olhos do Jungkook, ele estava muito estranho e calado, sei que ele é tímido, mas ele não é assim.

Observei ele subir as escadas e entrar no nosso quarto. De repente comecei a ficar triste novamente, eu tinha esquecido que havíamos brigado hoje mais cedo, o que me deixou mais preocupado ainda com ele. O que eu poderia fazer? Quem começou essa briga sem motivos foi eu, e tudo isso por causa de ciúmes.

Eu não consigo ficar longe dele, ele é meu melhor amigo e o único em que eu mais confio, eu não posso simplesmente subir lá e dar um "Oi" como se nada tivesse acontecido. Porém a culpa é minha, então eu preciso pedir desculpas e ver o que está acontecendo com ele.

-Eu já volto...

Me levantei e fui em direção a escada, até que ouvi o Jimin me chamar.

~Jimin~

-Taehyung.

~Taehyung~

-Hmn?...

Olhei para trás.

~Jimin~

-Por favor, resolvam as coisas entre vocês.

~Taehyung~

Fiquei em silêncio por alguns segundos. Eu não esperava ouvir isso do Jimin, por que ele se importaria com a minha amizade com o Jungkook? Seja lá qual for o motivo, ouvir aquilo dele me deixou feliz, porém eu não disse nada, apenas dei um sorriso e subi as escadas.

~Jungkook~

Era insuportável, como uma simples ferida pode arder tanto? Eu já não estava aguentando mais procurar uma faixa dentro daquelas gavetas. Eu revirei o quarto por completo, até mesmo a minha mala, e finalmente, depois de tantas falhas à procura de uma, eu encontrei a bendita faixa.

Tirei minha blusa e a coloquei na boca para não fazer nenhum barulho enquanto lavava meu machucado na pia do banheiro. Estava prestes a chorar, mas não era de dor, era de tristeza ao ver minha blusa branca preferida manchada de sangue.

Retirei ela da minha boca e me sentei na cama, pronto para enfaixar meu braço, quando ouvi a porta se abrir.

~Taehyung~

-Você...

Eu não conseguia acreditar no que estava vendo.

-Eu sabia!

Entrei e fechei a porta.

-Sabia que tinha levado um tiro!

~Jungkook~

Eu não quis dizer nada, apenas dei um suspiro e voltei a fazer o que estava fazendo.

~Taehyung~

-Por que não me disse nada?...

~Jungkook~

-...

-"Porque isso é problema meu, não seu" foi você mesmo quem disse isso.

-Então não precisa se preocupar...

Me levantei e peguei outra blusa que estava na minha mala, e a coloquei.

~Taehyung~

-Jungkookie...

~Jungkook~

-Já pode parar de me chamar assim Taehyung.

-Vou aproveitar que não quer mais me ver na sua frente, e pedir o Yoongi para eu poder ir dormir com ele.

-Aí você fica com o quarto só p'ra você.

Eu estava prestes a sair do quarto quando senti a mão dele me puxar de volta.

~Taehyung~

-Espera!

~Jungkook~

-...

~Taehyung~

-Não vai, por favor...

-Você é tudo que eu tenho Jungkook. Eu não devia ter te tratado daquela maneira.

Disse de cabeça baixa, tentando esconder as lágrimas que saíam dos meus olhos olhando para o chão.

~Jungkook~

-...Por que fez aquilo Tae?...

-Você tem noção de como me machucou ouvir aquilo vindo de você?

~Taehyung~

-Eu sei, me perdoa por favor.

-Fiz aquilo porque eu senti ciúmes quando você e o Jimin começaram a brincar, sei que isso é estúpido da minha parte, mas é a verdade.

-Eu sempre fui assim, você só está vendo isso agora porque eu nunca tive amigos de verdade, até conhecer você.

-Eu não quero te perder, eu--

Quando estava prestes a terminar minha frase, eu senti seus braços envolta de mim, me dando um abraço.

~Jungkook~

-Por que você é assim?...

Vê-lo daquele jeito só me deixou pior, a culpa era dele mas o que eu estava fazendo? Ele estava muito mais pior que eu.

-Eu também não quero perder você Tae...

Coloquei minha mão em sua cabeça e comecei a acariciá-la.

~Taehyung~

Deitei minha cabeça em seu ombro e fechei meus olhos.

-Me desculpa...

~Jungkook~

-Shh...

-Não precisa se desculpar.

~Taehyung~

-Claro que precisa, eu não quero que você mude de quarto por causa disso.

~Jungkook~

-Eu não vou mudar de quarto, se eu deixar vc sozinho sabe lá o que você pode fazer.

Dei uma risadinha.

~Taehyung~

Eu o olhei nos olhos, porém ele não havia me soltado, suas mãos ainda estavam na minha cintura. Estávamos com o rosto bem perto um do outro, eu não havia percebido isso ainda, eu estava agindo normalmente até que senti sua respiração em minha boca.

-Jungkook-ah...

~Jungkook~

-Hmn?...

~Taehyung~

Eu quis alertar a ele sobre o que estava acontecendo ali, mas a minha outra metade já estava tipo "Beija, beija, beija logo caramba, porra, vai pra cima, come logo esse biscoito caralho, tu vai ficar só olhando? Olha aquela boca Taehyung, gruda logo a sua naquilo!".

Mas eu não pudia, não sabia como ele iria reagir, não queria perder a nossa amizade de novo.

~Jungkook~

Então eu apenas o soltei, com muito arrependimento de não tê-lo beijado quando tive a chance.

~Taehyung~

Não seria estranho se ele tivesse pensado na mesma coisa que eu? Bem, foi o que pareceu p'ra mim, pois ele me soltou bem na hora que eu ia falar para nos afastarmos.

-...Então...eu ainda posso te chamar de Kookie?

~Jungkook~

-É claro que pode Tae...

Dei um sorriso.

~Taehyung~

Eu fiz o mesmo.

~Jimin~

Só pudia estar de brincadeira, eu fiquei horas ali do lado de fora do quarto apenas observando p'ra nada ter acontecido?! Eu esperava pelo menos um selinho, sei lá.

-Fala sério...

~Namjoon~

-Certo?

Eu subi junto com o Jimin para ouvir a conversa dos dois, foi lindo como tudo acabou bem, mas sem nenhum beijinho? Cara, eu fiquei triste.

-Vem, vamos descer tampinha.

~Jimin~

-Ata! Eu que não vou descer sem ao menos ter escutado um barulho de beijo lá dentro Namjoon-Hyung.

~Namjoon~

-Então não vai descer?...

~Jimin~

-Não...

~Namjoon~

-Certo. 

Eu o peguei e comecei a descer as escadas.

~Jimin~

-NAH! NAAAAHH! NÃO!

-ABORTAR MISSÃO!

~Taehyung~

-O que foi isso?

~Jungkook~

-Pareceu o Jimin-Hyung...

~Taehyung~

-Ual..

Dei uma risada.

~Jungkook~

Eu ri junto com ele.

~Taehyung~

-Hmn...Você conseguiu cuidar do seu ferimento?

~Jungkook~

-Sim, não foi nada demais...amanhã já deve começar a cicatrizar.

-Por favor não conta pros Hyungs...

~Taehyung~

-Eu não vou contar, mas também não vou deixar você sozinho nessa...

~Jungkook~

-Tae..

~Taehyung~

-Shh!

-Só me fala se precisar de alguma coisa...

~Jungkook~

-Tá bem...

Dei um sorriso.

~Taehyung~

-Ótimo...

-Eu vou tomar um banho, depois você vai.

~Jungkook~

-Ok...

Eu me deitei na cama e espreguicei.

-Me chama quando terminar...

~Taehyung~

Eu fiquei sem palavras, por mim eu ficaria parado ali a noite inteira, observando ele espreguiçar mais 50 vezes. Quem tem um corpo assim?

Eu viajei tanto olhando pra ele que até tropecei quando fui entrar no banheiro.

-Tô bem!

Gritei e fechei a porta.

~Jungkook~

Dei uma risadinha e fechei meus olhos, enquanto esperava ele terminar de banhar.

Tudo tinha voltado ao normal, as risadas lá embaixo, e o silêncio aqui em cima. A noite chegou mais rápido, pois o céu havia se fechado hoje mais cedo outra vez. Todos foram banhar para dormir mais cedo, porque amanhã iríamos fazer a trilha na floresta para a pesquisa do nosso trabalho, isso se a chuva não nos atrapalhasse.

Sem perceber eu havia caído no sono, só fui acordar com o barulho do trovão lá fora, e com as cutucadas do Taehyung na minha cintura.

~Taehyung~

-Jungkook-ah...

-Jungkookie..

-Acorda e vai banhar...

-......

-Jeongguk-ah...

~Jungkook~

-Eu tô acordado.

~Taehyung~

-Então abre o olho.

~Jungkook~

-Hmn...depois eu banho...

Virei meu rosto para o outro lado e continuei dormindo.

~Taehyung~

-Ah tá, vai sonhando se você acha que vai dormir sujo assim comigo.

~Jungkook~

-Eu tô tentando.

~Taehyung~

-O quê?....

~Jungkook~

-Sonhar...

~Taehyung~

-...

-Vai logo Jeon Jungkook!

Eu peguei um travesseiro e o bati na bunda dele.

~Jungkook~

-Não..

~Taehyung~

-Eu quero dormir logo...amanhã temos a trilha, lembra?

~Jungkook~

-Hmn...que bom pra trilha...

~Taehyung~

-Eu vou contar até 10...

-1...

-2...

-3...

-4...

~Jungkook~

-Você está em cima de mim, como quer que eu saia?...

~Taehyung~

-Que desculpa horrível Jungkook-ah...

~Jungkook~

-Aish..

Eu me levantei um pouco e o deitei, invertendo nossas posições.

~Taehyung~

-Ohhhh "Jeon" Cena.

Comecei a rir.

~Jungkook~

Eu não aguentei segurar minha risada, e comecei a rir junto com ele.

-Bobinho..

~Taehyung~

Dei um sorriso.

-Vai logo...não consigo dormir sem você.

~Jungkook~

-Tá...

Me levantei e fui em direção ao banheiro.

~Taehyung~

Eu estava totalmente apaixonado, e guardar esse segredo dele estava começando a ficar impossível. Eu estava mandando indiretas pra ele sem perceber, precisava tomar mais cuidado com o que eu dizia.

Eu respirei fundo e olhei para a porta do banheiro, o que me fez lembrar de algo imediatamente.

-Jungkook-ah!

~Jungkook~

-Oi?

~Taehyung~

-Eu esqueci minha mala aí dentro, pode colocar ela pra fora pra mim?

~Jungkook~

-Qual? Essa que eu acabei de molhar?...

~Taehyung~

-Tu---

-Você não molhou minha mala da Gucci não Jungkook.

-Você NÃO fez isso.

~Jungkook~

Comecei a rir e coloquei a mala dele p'ra fora do banheiro.

-Tô brincando.

Fechei a porta novamente.

~Taehyung~

-Que susto seu...

-Aish...

Apenas fechei meus olhos e dei um sorriso.

~Yoongi~

Horas se passaram, e eu ainda não tinha conseguido pregar os olhos, eu estava morto de fome, mas todos estavam dormindo. Eu não queria fazer barulho, mas precisava de comida.

Eu saí do meu quarto e desci as escadas em silêncio, a casa estava escura e silenciosa, era apenas eu e meu celular naquele lugar assustador.

Fui até a cozinha e abri a geladeira, quando ouvi um barulho perto do balcão.

Mano, aí eu só vi escuro.

Não passava nem agulha no meu cuzinho. Eu liguei a lanterna do celular e iluminei em direção ao barulho, estava com medo de que fosse aqueles garotos do bar, mas quando eu descobri quem era, fiquei em silêncio.

~Hoseok~

Eu parei de comer e olhei p'ra ele.

-Oh, olá!

~Yoongi~

-...

~Hoseok~

-...

-Yoongi?

~Yoongi~

-Corre...

~Hoseok~

-Corre?---

Me levantei rapidamente e subi as escadas correndo com o meu prato em mãos.

~Yoongi~

-Humph..

Dei um sorriso e abri a geladeira novamente.

Eu achei que fosse um monstro, mas era só o nosso Solzinho Hoseok. O que me deixou feliz e aliviado.

Arrumei algo para comer e subi as escadas em direção ao meu quarto.

~Taehyung~

Por incrível que pareça, eu havia conseguido cochilar um pouco, talvez isso tenha acontecido por causa de hoje mais cedo, eu nunca tinha abraçado o Jungkook daquele jeito, aquilo me acalmou bastante.

Eu estava dormindo aliviado, até que eu senti o colchão se afundar ao meu lado. Eu abri meus olhos lentamente e lá estava ele, deitado ali, olhando p'ra mim.

~Jungkook~

-...Te acordei?

Disse em voz baixa.

~Taehyung~

-Hmn...

Concordei balançando a cabeça.

~Jungkook~

-Desculpa...

~Taehyung~

-Tudo bem, era um sono leve...

~Jungkook~

-Pelo menos você conseguiu dormir...

~Taehyung~

-É...mas eu durmo melhor com você...

~Jungkook~

-...Sei.

Dei um sorriso e o puxei p'ra perto de mim.

~Taehyung~

Eu o abracei e fechei meus olhos.

~Jungkook~

Eu fiz o mesmo e dei um beijo em sua testa.

-Boa noite Tae...

~Taehyung~

Meu coração começou a bater mais rápido que o normal, ele tinha acabado de me dar um beijo na testa? Eu não estava acreditando no que estava acontecendo, eu simplismente não conseguia parar de sorrir.

-Boa noite Kookie...

A noite passou bem rápido e logo amanheceu, eu consegui dormir tranquilamente e acordei tão feliz e talvez, até um pouco cedo demais.

Eu olhei no relógio e ainda eram 6:45, mas não importava, porque eu iria fazer o café da manhã hoje. Eu não sou muito bom em cozinhar mas fazer um pão não deve ser tão difícil.

Me levantei devagar para não acordar meu precioso Biscoitinho que estava dormindo igual a um bebê, e saí do quarto.

Eu achei que eu era o único que tinha acordado aquela hora, mas pelo visto não, eu ouvi um barulho de água caindo no banheiro e abri a porta. Era o Jimin, que começou a gritar ao me ver.

~Jimin~

-AHHH! 

~Taehyung~

-Sobrou--- para de gritar, sou eu.

-Sobrou um pouco daquela torta que o Jin-Hyung fez ontem?

~Jimin~

-Taehyung você não sabe bater?! Eu to pelado!

~Taehyung~

-E daí? Eu também tenho o que você tem entre as pernas parça...

~Jimin~

-....

~Taehyung~

-...

-...

-Só que o seu é um pouco pequeno.

~Jimin~

-FILHO DA PU-- 

Eu peguei o shampoo e arremessei bem na cabeça dele.

~Taehyung~

-AHH ERA BRINCADEIRA!

Eu me agachei antes do shampoo passar por cima da minha cabeça.

-...

-Mas toda brincadeira tem um pouquinho de verdade.

~Jimin~

-SAI DAQUI.

~Taehyung~

-Ta ta...

Eu fechei a porta e desci as escadas enquanto dava gargalhadas.

Estava prestes a entrar na cozinha quando ouvi a campainha tocar. Fui imediatamente ver o que era, e quando abri a porta, o sorriso que estava em meu rosto desapareceu.

~Polícia~

-Bom dia, posso te fazer umas perguntas?










Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...