História BTS - As 7 Peças de Um Quebra-Cabeça - (VKook, Sope, NamJin) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Aventura, Bangtanboys, Bts, Colegial, Comedia, Drama, Hoseok, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Romance, Sope, Suga, Taehyung, Taekook, Universo Alternativo, Vkook, Yaoi
Visualizações 122
Palavras 2.191
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey~ De acordo com a nossa pequena votação do capítulo passado quem ganhou foi YOONSEOK então aqui está algumas interações a mais desse maravilhoso casal nesse capítulo. Boa leitura~

Capítulo 8 - De volta ao passado - Cap 8


Fanfic / Fanfiction BTS - As 7 Peças de Um Quebra-Cabeça - (VKook, Sope, NamJin) - Capítulo 8 - De volta ao passado - Cap 8

~Hoseok~

-Ótimo, aonde ele foi parar?...

-Achei que estávamos juntos nessa, porém eu estava errado. Pelo visto ele ainda só pensa em si mesmo.

Eu ainda estava lá, parado perto da porta do chalé, olhando p'ra folha de papel falando comigo mesmo. Até que de repente eu sinto algo frio e macio tocar a minha mão, o que me fez arrepiar e olhar para o lado rapidamente.

~Yoongi~

-Hoseok.

Eu segurei em sua mão para chamar sua atenção.

~Hoseok~

-Yoongi, você me assustou!

~Yoongi~

-Ora me desculpe mas o que você ainda faz parado aqui? Temos um trabalho para fazer.

~Hoseok~

-Como assim, "temos um trabalho para fazer" eu estava procurando você! Aonde tinha ido?

~Yoongi~

-Procurar um bom lugar para estudar as plantas.

~Hoseok~

-Oh...e você encontrou?

~Yoongi~

-Sim, e eu não precisei adentrar muito o vale para encontrar um lugar bom, o vale todo é muito bonito e há vários locais para pesquisar.

~Hoseok~

Dei um sorriso.

-Viu só? Talvez andar um pouco não seja tão ruim afinal das contas...

~Yoongi~

Eu fiquei observando aquele ser reluzente dar um sorriso encantador, que fez eu me perder totalmente em meus pensamentos. O que tinha acabado de acontecer comigo ali? Seja lá o que for, eu tinha gostado.

-Hmmn...talvez você esteja certo.

-Vamos, eu ouvi uns gritos de algum animal descendo aquela trilha e--

Fui interrompido.

~Hoseok~

-Perae o quê? Que animal?

Disse já quase entrando em pânico.

~Yoongi~

-É, eu desci a trilha um pouco e ouvi um animal, parecia um filhotinho chorando...quer ir ver?

~Hoseok~

-Ah! Certo...

Dei uma risada nervosa.

-Então foi o barulho de um filhotinho...

~Yoongi~

-Pode ser de um animal adulto, eu não sei. 

-Seja lá o que for, vamos estamos perdendo tempo.

Eu soltei sua mão e comecei a andar ao seu lado assim que entramos no vale. A caminhada estava bastante tranquila, os pássaros passavam no céu fazendo barulho, porém era impossível de vê-los, já que as árvores altas do vale cobriam o céu totalmente.

~Hoseok~

-Essa região é um pouco escura né?...

Disse tentando iniciar alguma conversa entre a gente, pois estava um silêncio absurdo.

~Yoongi~

-Pior que sim...

~Hoseok~

-Ehh...

-Yoongi...

~Yoongi~

-Sim?

~Hoseok~

-Sei que começamos com o pé esquerdo nos primeiros dias de aula, todos nós. E eu fico bastante feliz ao ver que os meninos estão se dando bem...

-E eu queria me dar bem com você também, já nos damos bem, mas...não o suficiente, entende?

~Yoongi~

Eu fiquei em silêncio observando ele se enrolar nas próprias palavras, foi bastante fofo da parte dele dar uma iniciativa na conversa, eu também precisava fazer alguma coisa para aumentar a intimidade entre nós dois, mas precisava ser discreto para não estragar a minha imagem de "Fodão" do grupo.

-Entendo, e você tem razão.

-Seria legal se fôssemos amigos mais próximos.

~Hoseok~

De repente eu comecei a suar frio, eu tinha ficado nervoso e provavelmente as minhas bochechas já estavam vermelhas aquela hora.

-Ah, hahah...certamente.

~Yoongi~

Dei um sorriso.

-Posso te perguntar uma coisa?

~Hoseok~

-Oh, claro... O quê é?

~Yoongi~

-Você já namorou alguém?

~Hoseok~

-....

Minhas palavras sumiram da minha boca por um instante. Isso sempre acontece, eu costumo ficar desconfortável quando falam de amor perto de mim, talvez isso seja porque minha ex namorada me largou por outro cara.

~Yoongi~

Eu percebi que ele estava desconfortável e disse rapidamente.

-Não precisa responder, só se quiser.

~Hoseok~

-Não, tudo bem.

Dei um leve sorriso.

-Eu não gosto muito de falar do meu passado, mas já que estamos tentando ser amigos próximos eu não quero esconder nada de você.

~Yoongi~

Eu sorri junto com ele.

-Certo, sinta-se à vontade para desabafar.

~Hoseok~

-Tudo bem...

Respirei fundo.

-Eu estava no ensino médio quando uma garota se confessou p'ra mim, eu não tinha como recusar, sempre gostei dela também.

-Ela era uma líder de torcida, assim como a Kate.

~Yoongi~

-Puts...

~Hoseok~

-Né?

-Bem, mas essa garota era diferente das outras, pelo menos foi o que eu pensei. Nosso namoro durou 3 meses, e no dia que iria completar o terceiro mês, eu a vi me traindo, beijando um cara qualquer no portão da escola.

~Yoongi~

-Que vagabunda...sem recentimentos.

~Hoseok~

-Tá de boa, eu já nem ligo mais...

~Yoongi~

-Hmn...olha Hobi...

Eu olhei para frente enquanto falava com ele.

-Você não precisa ficar triste por causa disso, essas coisas acontecem, e podem até doer no início, mas depois, tudo termina bem.

-Me surpreende ao ver você sempre sorrindo mesmo com esse fardo nas costas. E isso me deixa feliz, de alguma forma.

~Hoseok~

-...

Eu não conseguia acreditar no que eu tinha acabado de ouvir, como aquelas palavras tão bonitas saíram de uma pessoa que eu achava que era fria e sem coração?

~Yoongi~

-Só quero que saiba que você eu vou fazer de tudo para te ver feliz, tá bom?

~Hoseok~

Um sorriso encantador surgiu em meu rosto.

-Obrigado Yoongi...

~Yoongi~

Eu fiquei paralisado de tanta vergonha, meu rosto provavelmente já estava vermelho, e como eu sou meio pálido, era bem fácil de notar que eu estava com as bochechas avermelhadas. Então virei meu rosto para o lado, tentando escondê-las, quando de repente eu vejo um pequeno animal encima de uma árvore, gritando por ajuda.

-Hoseok, olha aquilo.

Eu o cutuquei e apontei para o lugar p'ra onde eu estava olhando.

~Hoseok~

-O quê é aquilo?

~Yoongi~

-É de tamanho médio e...preto...

~Hoseok~

-Era aquilo que você ouviu gritar?

~Yoongi~

-Acho que sim...

Eu olhei para os lados, procurando algo para ajudar o bichinho a descer.

~Hoseok~

-Você vai mesmo lá?

~Yoongi~

-Mas é claro que sim, ele parece desesperado.

Eu peguei um galho de árvore que estava no chão e me levantei, foi quando eu avistei um urso enorme indo em direção a árvore em que estava o filhote. Fiquei espantado com o tamanho da criatura e puxei o Hoseok para trás de uma árvore.

~Hoseok~

Levei um susto, pois ele havia me pegado de surpresa.

-Qual o seu problema---

Ele tampou minha boca com a sua mão.

~Yoongi~

-Shh...

-Se ele nos ouvir, já era...

~Hoseok~

Como eu estava impossibilitado de dizer uma palavra, apenas o encarei com um olhar curioso.

~Yoongi~

-Aquilo que vimos na árvore era um filhote de urso, e a mãe dele já está lá...precisamos sair daqui.

~Hoseok~

Retirei a mão dele da minha boca e disse em voz baixa.

-Um urso?!

~Yoongi~

-Shhh...não precisa se preocupar, vamos ficar bem. Basta ficarmos calados e esperar eles irem embora.

~Hoseok~

Eu me agachei e tentei recompôr meu fôlego, eu estava assustado. Talvez isso seja uma coisa boba, mas eu não consigo evitar, sempre fui assim. Uma pessoa que tem medo de tudo.

~Yoongi~

-Você está bem?

Me agachei em sua frente e olhei em seus olhos.

~Hoseok~

-Sim...não precisa se preocupar.

~Yoongi~

Dei um sorriso.

-Ora ora...não precisa ter medo. Eu estou aqui com você.

Eu arrumei seu cabelo que estava um pouco bagunçado por causa do vento, e me sentei no chão.

~Hoseok~

Permaneci em silêncio, observando ele se sentar na minha frente.

-Obrigado...

~Yoongi~

-Por nada, Hobi.

~Taehyung~

Árvores, gramas um pouco altas, rochas e cavernas enormes, era isso que nos cercava naquele momento. Já estávamos andando à meia hora, e para nossa sorte, tudo estava indo bem até agora.

Eu estava andando atrás, anotando tudo que eu via, enquanto o Jungkook ia na frente, subindo nas árvores para ter uma visão melhor de onde estávamos indo.

-Uaal...olha o tamanho dessa minhoca...

~Jungkook~

Estava sentado em um galho quando olhei para baixo e avistei o Taehyung, abismado com a tal minhoca.

-Isso é uma cobra-cega Tae.

~Taehyung~

-......

-E ela tem veneno?

~Jungkook~

-Não, ela só morde, eu acho...

Pulei para o chão.

~Taehyung~

-Uhh, vou anotar ela na nossa lista, mesmo que não precise...eu achei ela bonitinha.

~Jungkook~

-Tá bem.

Dei uma risada.

~Taehyung~

-Conseguiu ver para onde estamos indo?

~Jungkook~

-Infelizmente não, eu não consegui nem avistar o chalé...

~Taehyung~

-...Estamos perdidos?

~Jungkook~

-Eu temo que sim...

Olhei envolta.

~Taehyung~

-Radical...

Dei uma risada.

~Jungkook~

Eu fiz o mesmo e olhei para ele.

-Estamos perdidos e você ri?

~Taehyung~

-É rir pra não chorar Jungkookie...

~Jungkook~

-É uma boa desculpa...

-Vem, vamos continuar...

Começamos a andar enquanto o Tae olhava em seu celular, procurando um sinal para ligar para o Namjoon-Hyung, pois ele saberia o que fazer. Porém não obtivemos sucesso nenhum, estava começando a parecer que aquele vale sugava toda a energia para si. Eu sei, talvez seja só coisa da minha cabeça, mas era sinistro.

~Taehyung~

-Que droga...

~Jungkook~

-Que foi?

~Taehyung~

-Não quer dar sinal.

Coloquei o celular em meu bolso e parei de andar.

~Jungkook~

-Relaxa, eu tenho certeza que vamos encontrá-los em breve.

~Taehyung~

-Eu espero.

Suspirei fundo e olhei para frente, e para a minha surpresa, havia uma estátua enorme bem na nossa frente.

-O quê é isso?...

~Jungkook~

-Uol...

Me aproximei para olhar mais de perto.

~Taehyung~

-Jungkook-ah cuidado, não vai entrando em lugares assim...

Disse enquanto o seguia.

~Jungkook~

-Parece um templo, ou...uma estação qualquer.

Aquela estrutura parecia um túnel, ela levava para um campo aberto do outro lado, e bem mais à frente, havia uma pequena cidade abandonada, com vários balões "japoneses" que ficavam espindurados nos postes de luz.

~Taehyung~

Nós dois estávamos prestes a chegar no final do túnel, quando ouvimos um barulho vindo lá do vale, mais precisamente perto da estátua que vimos antes de entrar.

-O que foi isso?...

~Jungkook~

-Eu não sei...

~Taehyung~

-Vamos voltar? Isso já está começando a me assustar.

~Jungkook~

-Ah mas por quê? Tae olha aquele lugar.

~Taehyung~

-Jungkook esse lugar não vai sair daqui, podemos voltar amanhã quando terminamos a pesquisa, aí voltamos e exploramos mais.

~Jungkook~

-Ta...

-Já entendi...

Disse pegando em sua mão e saindo dali.

-Mas tem que me prometer que vai voltar aqui comigo amanhã.

~Taehyung~

Dei um sorriso ao ver nossas mãos se encontrando novamente, era uma sensação muito boa, que eu adorava sentir.

-Eu prometo.

Disse minhas últimas palavras antes de deixarmos o túnel, e assim que saímos, ouvimos o barulho novamente. Parecia umas risadinhas e umas leves pisadas no chão, que iam se aproximando até onde estávamos, o que me deixava só mais arrupiado.

Eu apertei a mão do Jungkook levemente, o que fez ele olhar para mim.

~Jungkook~

-Tá tudo bem...

Quando terminei minha frase, senti algo dar de cara com a minha perna, o que me fez olhar para trás rapidamente.

Eu e o Taehyung ficamos surpresos ao ver o que era. Era apenas uma garotinha que estava correndo e se divertindo por ali.

~Taehyung~

-Aww...você está bem "pequetuxa"?...

Soltei a mão do Jungkook por um segundo e a ajudei a levantar.

~Garotinha~

Eu segurei em sua mão e me levantei, sem dizer uma palavra.

~Taehyung~

-Não precisa ter medo, somos apenas jovens que se perderam na floresta...

~Garotinha~

-Vocês...se perderam também?

~Jungkook~

-Você está perdida mocinha?

Me agachei na sua frente e dei um sorriso.

~Garotinha~

-Sim...

~Taehyung~

-Não chama ela assim, o que é você, um pedófilo?

~Jungkook~

-Ah mil desculpas, senhor Kim "sei de tudo sobre crianças" Taehyung.

-O que você sugere?

Me levantei e cruzei meus braços enquanto olhava para ele.

~Taehyung~

-"Fofa"...

~Jungkook~

-Isso é dez vezes pior! Você não pode chegar em uma criancinha que você não conhece e simplesmente chamá-la de "fofa".

-Vai assustá-la.

~Taehyung~

-Mas é o que ela é! Fofa! Ela não vai fugir de mim se eu estiver dizendo a verdade.

~Garotinha~

A discussão daqueles dois estranhos me fez dar uma leve risada. Que fez eles olharem para mim logo em seguida.

-Vocês são engraçados...

~Taehyung~

Meu coração derreteu, ela era tão linda e indefesa, tinha os cabelos curtos, pretos e lisos, e sua pele era branca como a neve.

Eu já estava virando fã dela, o que eu pudia fazer? Eu amo crianças, são minha única fraqueza. Isso até o Jungkook entrar na minha vida, então agora eu tenho duas fraquezas.

-Qual o seu nome fofinha?

~Garotinha~

-Arina...

-E o seu é Taehyung certo?

~Taehyung~

-Sim, como sabe?

~Jungkook~

-Ela me ouviu falar.

~Taehyung~

-Ah é...

-Onde estão seus pais Arina?

~Arina~

-Eles estão viajando, eu moro com a minha avó, não muito longe daqui.

Disse dando um sorriso.

~Taehyung~

-Aww...ela mora com a vovó Jungkookie...

-Eu preciso respirar.

Respirei fundo e tentei me recompor.

-É muita fofura, eu quero pra mim.

-Jungkook, pega pra mim.

~Jungkook~

-Vai sonhando, é ela nos seus braços e eu na cadeia se eu fizer isso.

~Taehyung~

-Chato...

~Jungkook~

Dei um sorriso.

-O que estava fazendo aqui sozinha nesse vale Arina?...

~Arina~

-Eu sempre venho aqui sozinha todas as tardes ver os animais e brincar na cachoeira, mas hoje eu me perdi e não consegui achar o caminho de casa.

-Aí eu encontrei essa estrutura que a vovó sempre vem rezar...ela sempre me trouxe aqui, então eu lembrei que ficava perto da nossa casa, mas eu não sei em qual direção ir agora.

~Taehyung~

-Hmn...

-Você veio andando no sol até aqui?

~Arina~

-O vale não deixa os raios do sol entrarem muito, mas eu me lembro de o sol ter atravessado as folhas das árvores hoje mais cedo.

~Taehyung~

-E ele aqueceu seu rosto ou suas costas?...

~Arina~

-Minhas costas!

~Taehyung~

-Certo, então devemos ir pro leste.

~Arina~

-Okay! 

Dei um sorriso e fui dando pulinhos na frente, na direção que ele tinha me falado, enquanto os dois me seguiam logo atrás.

~Jungkook~

-Como sabe pra onde temos que ir?...

Disse andando ao seu lado.

~Taehyung~

-Desde pequeno eu sempre morei no campo com a minha avó, e como lá não tinha muita civilização, ela me ensinou a voltar p'ra casa usando o sol.

~Jungkook~

-Ual...sua avó fazia parte de uma tribo indígena?

~Taehyung~

Dei uma risada e o empurrei para o lado.

~Jungkook~

Eu ri junto com ele e voltamos a seguir nossa trilha normalmente atrás da Arina, não sabíamos como voltar para casa, então seguí-la era o melhor a se fazer. Provavelmente quando chegarmos lá, o sinal no celular do Taehyung vai funcionar, e finalmente vamos poder ligar para o Namjoon-Hyung.

~Taehyung~

Estava tudo indo perfeitamente bem, quanto mais andávamos, mais íamos conhecendo a Arina melhor. Ela era uma garotinha simpática e otimista com um grande senso de humor, igual ao Jin-Hyung, só que diferente dele, as piadas dela eram boas.

-Já consegue se lembrar do caminho de volta p'ra casa Ari?

~Arina~

-Mais ou menos, acho que se andarmos mais, vou acabar lembrando.

~Taehyung~

-Certo.

Quando terminei minha frase, o silêncio do vale foi tomado por um grito ensurdecedor vindo da mata.

Nós três paramos e olhamos um para o outro, assustados.

~Arina~

-O que foi isso?

Disse me escondendo atrás da perna do Jungkook.

~Jungkook~

-Pareceu o Hobi-Hyung.

Coloquei minha mão em sua cabeça para tentar acalmá-la.

~Taehyung~

-Sério? Pareceu mais um cavalo.

~Jungkook~

-Eu concordo, mas se for o Hoseok, ele pode estar em perigo.

~Taehyung~

-O que vamos fazer?

~Jungkook~

-...Ver o que está acontecendo.

~Taehyung~

-Mas e a Arina?

~Jungkook~

-Eu cuido disso.

Eu a peguei e a coloquei nas costas.

-Tudo bem pra você "pequetuxa"?

~Arina~

-Cavalinho!

~Jungkook~

Dei um sorriso e peguei na mão do Taehyung.

-Vamos.

Ele concordou balançando a cabeça e nós dois saímos correndo em direção a mata.
















Notas Finais


Obrigada por ler. ^^/

Próximo capítulo sairá amanhã à noite ❀◕ ‿ ◕❀


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...