1. Spirit Fanfics >
  2. BTS historias com todos os integrantes. (18. HOT ) >
  3. RM (Namjoon)- Súcubo.

História BTS historias com todos os integrantes. (18. HOT ) - Capítulo 1


Escrita por: ARMY_BTS_BFF

Notas do Autor


Oi gente!!! Tudju bãum c vcs? Essa é a minha primeira fanfic. Me desculpem se tiver erros. Amo vcs!!! Boa leitura!
P.S: SEMPRE LEIAM AS NOTAS DO AUTOR E AS NOTAS FINAIS!!! ELAS SÃO MUITO IMPORTANTES!!!
P.P.S: NÃO COPIEM!!! PLÁGIO É CRIME!!!

Capítulo 1 - RM (Namjoon)- Súcubo.


Fanfic / Fanfiction BTS historias com todos os integrantes. (18. HOT ) - Capítulo 1 - RM (Namjoon)- Súcubo.

S/N= ON

Ontem foi meu aniversário de 18 anos. Mas que dia especial! Hoje eu li minha primeira fanfic. BTS o grupo de garotos mais sexys, mais gatos, mais gostosos. Kim Namjoon, o líder másculo do grupo. As covinhas dele são tão fofas!!! A fanfic, era tão hot, que eu fiquei molhadinha só de ler. Kkk. Na fanfic falava sobre os súcubos (Notas finais.). Depois disso eu desejei virar um súcubo para poder fazer sexo com ele... Mas eu sei que isso era impossível...

Um dia eu estava dormindo, sonhando coisas sexuais com RM, até que senti uma brisa gelada atravessar meu corpo, me fazendo ter arrepios. Quando abri os olhos para pegar um cobertor, vi um círculo brilhante estranho no chão, com um monte de desenhos e símbolos estranhos desenhados. Do nada começou a sair um monte de fumaça do círculo deixando tudo embaçado, e me fazendo tossir, eu não conseguia ver um palmo a minha frente! Quando a neblina baixou eu vi a figura de um homem alto, e um pouco feio. Ele tinha chifres, e asas, o que o fazia ainda mais amedrontador.

Xxx: Olá S/N!- Disse ele com uma voz grave e macia, estranhamente envolvente e amedrontadora.- Um de meus servos me disse que você gostaria de virar um súcubo, certo?

S/N: Quem é você, como você sabe disso?! É uma pegadinha né? Só pode ser! Não acredito! Eu confiei o meu maior segredo para as minhas melhores amigas, eu confiei nelas, e elas armam essa pegadinha para cima de mim?!

Xxx: Calma, não fique histérica, eu estou aqui para te ajudar com esse desejo, eu posso te transformar em um súcubo, somente com o estalar de meus dedos. Ah, me desculpe, eu ainda não me apresentei, meu nome é Lúcifer, ou mais comumente chamado pelos humanos, Diabo.

S/N: Por que você está aqui?! - Você diz com um tom de medo, você está tremendo de pavor desde que ele disse que era o Diabo.

DI:- Estala os dedos.-

Imediatamente depois do Diabo estalar os dedos, eu sinto alguma coisa sair da minha cabeça, e alguma coisa saindo das minhas costas, mas logo a dor acabou. Eu acendo a luz do abajur e vou até o espelho do meu quarto para ver se ele não fez uma transformação monstruosa em mim. Quando cheguei em frente do espelho vi pequenos chifres no topo da minha cabeça, e pequenas asas nas costas (Notas finais). Estou com uma lingerie vermelha com detalhes em preto e meia preta com suspensório (Notas finais). E percebi uma leve aumentada em meu seios, e na minha bunda

S/N: Eu adorei a lingerie, mas eu continuo a mesma pessoa, só tenho uns chifres mínimos e umas asinhas minúsculas.

DI: Não reclame de boca cheia, se não vou tirar seus poderes. E você não será mais um súcubo.

S/N: Não! Por favor, não retire meus poderes, eu quero muito eles e não quero os perder quase que imediatamente.

DI: Boa menina, então qual é a sua vítima em mente?

S/N= OFF

RM= ON

Depois de um dia cheio, o que eu mais queria era me despir e me jogar numa banheira quentinha. Ter que ficar 10 horas ou mais ensaiando, era uma coisa muito difícil para mim, mesmo quando eu só canto rap, cantar o dia inteiro cansa muito as suas cordas vocais, então o mais recomendado é tomar alguma coisa como um leite quentinho para relaxar. 

 

Depois do banho merecido e um leite quente, sento na cama e ligo a T.V pra ver se tem alguma coisa legal passando. Tudo tão chato... Acabo pegando em um sono leve rapidamente. Do nada eu ouço o som de alguma coisa cortando o ar. Me levanto assustado, mas depois quando vejo que não é nada volto a dormir, mas só que dessa vez um sono profundo...

SONHO= ON

��~Eu estava em uma igreja abandonada, um lugar sinistro, um arrepio tomou conta de mim, do nada vejo um vulto passar rapidamente entre as grandes e grossas colunas de pedra, quando me acostumo com a pouca claridade do local me dou conta de que as colunas de pedras são em formato de pênis. Arrepiante. Nas paredes, quadros e pinturas antigos, mostrando seres que pareciam anjos do inferno, seres femininos e masculinos, com asas, chifres e caudas, medonhos, as mulheres pareciam que se prostituiam para os homens humanos, já os seres masculinos fodiam as mulheres humanas. Fiquei olhando para uma pintura de anjo, que me encarava e parecia que me dizia com os olhos: "Se aproxime Namjoon, se aproxime, você não quer um pouco de sexo?". Assim fiz, fiquei a somente alguns centímetros da pintura, uma forma de uma mulher muito linda saiu de dentro da pintura, lógico que fiquei assustado, né, nunca tinha visto uma pessoa sair de dentro de um quadro. Ela disse: " Namjoon, acorde, a sua anjinha está te esperando!"��

SONHO= OFF.

Acordei suando de medo, fui trocar de roupa pois a minha estava encharcada. Abri o armário, enquanto eu estava sem camisa, senti alguma coisa arranhar minhas costas com um risinho maldoso, me virei assustado e não vi nada, fiquei em alerta máximo, meu quarto estava escuro, e eu estava em uma faixa de risco entre o abajur e o armário, aquela coisa que estava na minha casa poderia me pegar no meio do percurso. Então senti uma mão gelada pegar em meu ombro, e uma voz macia e feminina sussurrou no meu ouvido:

Xxx: Olá Namjoon, lembra de mim?

Quando percebi era a mesma voz no meu sonho.

RM: O-O que você quer?

Xxx: Eu só quero você para mim.

RM: Como assim?

Ela não respondeu, simplesmente ouvi o som de seus saltos se afastarem e a luz do quarto se ascendeu. Quando me acostumei com a claridade vi uma garota linda, seios e bunda grandes, lábios atraentes, uma lingerie que valorizava suas curvas, ela tinha dois chifrinhos fofos, duas asinhas pequenas e fofas, um rabinho de diabo que estava em pé, os saltos altos dela a deixavam ainda mais sexy. Ela era uma mistura de assustadora, fofa e sexy.

RM: O que é você?

Xxx: Sou um súcubo, Docinho.

RM: Súcubos são afilhados do Diabo, eles fazem sexo com suas presas a partir dos sonhos ou da realidade e sugam sua energia vital.

Xxx: Onde leu isso, Docinho?

RM: Na internet.

Xxx: A internet mente.- Disse ela se aproximando de mim, andando de uma forma que me deixava duro.- Nós somos anjos que Deus criou, nós fazemos sexo com as pessoas para enviar um pouco da energia divina para os humanos.

RM: Você não me engana, eu sei muito bem o que você quer.

Xxx: O que eu quero? Me diga Sr. Sabe Tudo.

RM: Você quer a minha energia vital.

Xxx: Você está começando a me irritar humano, antes eu só queria fazer sexo com você mesmo, mas agora as minhas intenções são outras.- Seus olhos ficaram um vermelho vivo, ela estalou os dedos, eu meu corpo foi involuntáriamente pra a cama, cordas mágicas me prenderam na cama, me deixando imobilizado. A diabinha foi até a cama e sentou sobre meus quadris, rebolando lentamente.- Sinto que já houve algum efeito. Nossa, acho que meu novo amiguinho está gostando da massagem.

NAMJOOM= OFF

S/N= ON

Meu Deus! Como era bom assustar um humano! A cara de assustado que o Nam faz quando me viu. Foi um sacrifício conter a minha risada. Mas tudo seria compensado com o que eu faria com ele. Primeiro imobilizei ele na cama. Depois rebolei no pau dele, o deixando durão. Fui subido meus olhos até sua boca, mas que boca linda, que desejo de beijá-la. Assim fiz, selei nossos lábios em um beijo quente e molhado, quando pedi para que ele liberasse sua língua, ele não hesitou em abrir caminho, nossas língua travaram uma batalha por espaço em nossas bocas. As cordas mágicas se aforouxaram um pouco. As cordas funcionam assim. Quanto mais a vítima se entregar, as cordas vão se afrouxando cada vez mais, somente quando a vítima se entrega por completo está livre.

Encerramos o beijo por falta de ar. Fui deixando selares e chupões por seu pescoço, fui descendo de seu pescoço para deu abdômen bem definido, até chegar a barra de sua calça cinza. Fui descendo a calça devagar, revelando a sua box preta. O que eu mais queria era abaixar aquela cueca e dar o melhor boquete que ele já recebeu em toda a vida. Desci a box e me deparei com um membro gigante e grosso. Coloquei a cebecinha rosada em minha boca e comecei a chupar que nem um pirulito bem docinho, senti o pré-gozo em minha boca. Aquilo tudo era tão bom! Finalmente, eu desci com o pênis dele até chegar quase na base. Me engasguei um pouco, mas nada que me fizesse tirar aquela delícia de minha boca. Quando olhei para cima percebi que ele estava gemendo de prazer e vi que as cordas estavam quase se soltando. Senti que as veias de seu membro estavam engrossando, ele logo iria gozar. Dei uma última chupada pegando todo o seu membro, quase me engasguei, mas aí senti um jato quente em minha boca, quente e o gosto era indescritível de bom. Quando ele gozou as cordas finalmente se desprenderam de seu corpo. Ele finalmente se entregou completamente a mim e ao prazer de fazer sexo com uma súcubo. Ele estava com um olhar que eu não conhecia, era uma mistura tão grande de sentimentos, excitação, desejo, amor, etc. Ele agarrou minha cintura com força e me deu um beijo desesperado, como se fosse o último de sua vida. Quando nos separemos ele tirou meu sutiã e pegou em meus seios. Ele abocanhou o direito com tanta vontade, ia lambendo meu biquinho já rígido enquanto massageava o outro com vontade. Eu soltava pequenos gemidos de prazer (mas nada exagerado. Kkk), então me deixou em baixo dele. Ele tirou a minha calcinha e a jogou em algum canto do quarto. Ele lambeu minha bucetinha com tanta vontade, que estremeci de prazer. Ele foi dando estocadas rápidas com a língua, me fazendo revirar os olhos. Depois penetrou dois dedos em mim, me arrancando um gemido manhoso. Tudo pelo que eu estava passando era novidade para mim. No começo eu estava toda confiante, mas depois comecei a ficar com vergonha, pois aquela era a minha primeira vez com alguém, e eu não sabia se iria doer ou não.

Eu estava chegando ao meu limite, estava quase gozando, quando ele parou de repente. Fiquei confusa. Por que ele tinha parado justo na melhor hora? RM foi até a cômoda e de lá tirou uma camisinha da gaveta de roupas íntimas. Me arrepiei toda. Ele colocou a camisinha e veio até mim calmamente. Ele me penetrou com tanta brutalidade, que não contive como evitar um grito de satisfação.

RM: Cuidado bb. Os outros tb estão aq e podem te ouvir.

Somente concordei com a cabeça. Então ele começou lentamente. Aquilo era tão bom. Fechei os olhos e mordi os lábios para descontar minha satisfação. O êxtase tomava conta de mim, era tão bom, na minha cabeça eu estava fazenda a dancinha do Snoopy. Kkk. Depois ele começou a ir mais rápido com estocadas rápidas e fundas. Eu estava chegando no meu auge, e ele tb. Algumas estocadas depois senti meu líquido escorrer pela minha coxa e ele tb parou de me penetrar. Ele estava toso suado assim como eu. Senti uma onda me invadir e me deixar mais "viva". Ele foi até o banheiro e logo depois voltou. Eu já estava colocando minhas "roupas" quando ele saiu do banheiro.

RM: Já vai?

S/N: Sim, por que?

RM: Pensei que teria um 2° round.

S/N: Na próxima vez vou fazer melhor.

RM: Mas hj vc foi perfeita.

S/N: Obg. Mas não se preocupe Nam. Eu vou voltar.

RM: Promete?

S/N: Sim. - Se dirige até a janela. - Agora vc quer ver uma coisa legal?

RM: Quero.

S/N: Então vem cá. - Vc se sobe no parapeito da janela e despenca. Ele se debruça na janela. Quando estou quase batendo no chão, minhas asas se abrem e subo chegando até a janela de Namjoon. - Tchau meu pequeno humano, terá uma próxima vez, não se preocupe. - Mando um beijo para ele e saio voando até o Brasil.

Chegando lá deito na minha cama e vejo Lúcifer sentado na mesma.

DI: Gostou?

S/N: Amei.

Ele sorri e desaparece. Logo adormeço, pois passar a noite em claro é dureza. Kk.

S/N: OFF.

RM: ON.

MDS!!! AQUELA FOI LITERALMENTE A MELHOR FODA DA MIMNHA VIDA!!! No começo eu fiquei super assustado de um ser sobrenatural estar na minha casa, mas dps, mds, como ela era gostosa! Foi tão bom fuder aquela bucetinha gulosa. GOSTOSA DO CARALHO. Ainda não sei o nome dela, mas vou descobrir.

DOIS MESES DEPOIS.

Dois meses se passaram desde o ocorrido, ela já foi mais 5 vezes lá. Toda vez me sinto mais cansado, mas nada que alguns dias de folga não resolvam. Estudei bastante sobre os súcubos. Elas são criaturas fascinantes.

Descobri um novo hobby. Arquitetura. Eu acho tão legal. Inventar designs novos, interiores do jeito que vc quiser! Entrei em uma faculdade em Seoul de arquitetura e outras coisas como decoração de interiores. Fascinante.

RM: OFF.

S/N: ON.

Um dia eu tava lá de boas no meu quarto esperando o email de uma faculdade em Seoul. Tinha me matriculado lá para ficar mais perto do RM (lógico), e para estudar o que sempre tive paixão. Decoração de interiores. Finalmente meu celular vibrou e apareceu: " 축하합니다! 서울 건축 학부 인테리어 데코레이션 과정에 입학하셨습니다. 미래에 오신 것을 환영합니다! 이제 올바른 교사, 올바른 기숙사 파트너 등과 연결될 수 있도록 양식을 작성하십시오." Eu não entendi porra nenhuma do que estava escrito lá, então eu coloquei no Google tradutor e foi isso que apareceu: " Parabéns! Você foi admitido(a) na Faculdade de Seul de Arquitetura, no curso de Decoração de Interiores. Bem vindo(a) ao seu futuro! Agora preencha uma ficha para podermos colocar você com os professores certos, parceiros de dormitório certos, etc." Depois de ter preenchido o formulário respondi a eles dizendo: " Olá, eu só gostaria de dizer que como eu sou estrangeira vou ter a visita diária de um professor de Coreano. Então era só para avisar mesmo para o porteiro do prédio deixar ele entrar."

Dois dias depois me veio a resposta: "Claro! É só você nos mandar o nome de seu professor que deixaremos ele entrar! Agora referente ao seu professor e seus colegas de quarto, já os escolhemos. Professor: Gyeong-hui. Colegas de quarto: Park Jin-young, Yeri e Namjoon." Quando eu vi o nome NAMJOON eu pensei " MDS!!! O QUE QUE EU FAÇO!!!???" Eu tava desesperada, mas ao mesmo tempo feliz por ele ser meu colega de quarto.

Um turbilhão de coisas passava pela minha cabeça: "Será que devo dizer para ele meu nome? Dizem que isso enfraquece o ser diabólico. Acho que devo falar com meu pai." Desenhei no chão um círculo do mágico que invoca o Diabo.

S/N: Olá pai.

DI: Oi meu amor.

S/N: Então, lembra da minha 1ª vítima? O RM?

DI: Sim.

S/N: Então, ele vai ser meu parceiro de dormitório na faculdade, e eu não tenho escapatória! Ele vai saber que sou eu somente olhando pra minha cara, e de qualquer forma ele vai saber o meu nome, o que vai fazer com que me enfraqueça. Mas agora pensando comigo, eu vou deixar que ele saiba o meu nome, porque eu amo ele, e não me importo que eu fique mais fraca, eu só quero continuar com ele. Muito obrigada pai! Te amo. Tchau.

DI: Então tá, né, a escolha é sua. Tchau.

DUAS SEMANAS DEPOIS.

Hj é o grande dia em que eu vou para Seoul. Uma cidade muito linda, muito diversa e com muito TOPOKKI!!!

Chegando no aeroporto, comi um pão de queijo grande, e um chocolate quente, enquanto esperava meu voo ser liberado. Quando ele foi liberado foi tudo de boas. Um voo normal; somente com algumas turbulências, mas nada de mais. Mais sem contar as 23h que eu tive que aturar lá dentro...

Chegando no aeroporto, quase beijei o chão de tanta saudade de andar. Fiquei mal acostumada, por ficar 23h sentada e deitada comendo. Me sentia um obesa fazendo só isso. Kk. Bom, mas quando cheguei ao meu apartamento, ele não era muito grande, mas era muito confortável para acomodar 4 pessoas, sendo elas 2 meninas e 2 meninos. Eu não fui a 1ª a chegar, o RM já estava lá.

RM: O-Oi...

S/N: Oi...

RM: Você é mesmo quem eu estou pensando que é?

S/N: Sim, sou eu Nam... Eu sou sua súcubo. Meu nome é (Seu nome e seu sobrenome). E eu sou uma humana que foi transformada em súcubo.

RM: Isso foi contra sua vontade?

S/N: Não. Eu pedi para isso acontecer, mas eu consegui com que ele esquecesse que precisava negociar minha alma. Kk.

RM: Que bom. Eu senti sua falta S/N.

S/N: Eu tb senti sua falta, docinho.

RM: Para! Quando vc me chama assim, eu fico com o coração derretido!...

S/N: Meu ursinho de pelúcia! Meu bombom! Meu docinho de coco! Meu mel! Meu floquinho! Meu Koya! Eu te amo Namzinho!

RM: Minha Barbie, Princesa, Bebê, Pandinha, Flor, Gatinha, Docinho, Lindinha, Pipoquinha. Eu te amo S/Nzinha.

Xxx: Sério, isso meloso d+ pro meu gosto. E ó que eu sou muito melosa. Em falar nisso, meu nome é Yeri. O Jin-young já deve tá chegando.

S/N: Oi Yeri! Eu sou a S/N e esse é o meu namorado Namjoon.

RM: Olá!

YR: Oi.

JY: Eae cambada tô na área!!! Cheguei chegando!!! Oi, eu sou o Jin-young.

S/N, RM, YR: Oi!

Depois desse susto imenso que Jin-young nos deu, a arrumadeira do prédio apareceu e nos entregou nossos uniformes e as roupas de cama. Saimos para comer TOPOKKI, visitar a cidade, e nos conhecermos melhor. De noite quando todos estavam dormindo, fui até o banheiro e desenhei um circulo mágico para invocar o Diabo.

DI: Olá querida, o que deseja?

S/N: Eu quero que retire meus poderes.

DI: Como disse?

S/N: Eu quero viver como uma pessoa normal, eu quero viver a vida sem a angústia de ser um ser diabólico, de viver sem a maldição de ser uma cerva do Diabo.

DI: Já que é o que deseja... Mas se você quiser seus poderes de volta, eu não irei os devolver. Está ciente disso?

S/N: Sim.

DI: Ok. Honderaku setkraul trunmi sakitanu brumbraul.

Eu senti toda a minha força ser sugada de mim, não resisti e desmaiei. Acordei no dia seguinte com uma dor de cabeça horrível. Eu estava na minha cama, com Namjoon do meu lado dormindo. Quando ele percebeu que eu acordei, ele fez uma cara de preocupado.

RM: S/N! Que bom que vc acordou, eu te achei ontem desmaiada no banheiro, o que aconteceu? Você está bem?

S/N: Calma meu amor, eu tô bem.

RM: Então pq vc tava desmaida no banheiro?

S/N: Pedi para ele retirar meus poderes.

RM: Por que?

S/N: Eu percebi que eu não quero viver com uma maldição, então retirei meus poderes, aí eu fiquei muito fraca e acabei desmaiando.

RM: Que bom que está tudo bem.

S/N: Sim. E agora, toda vez que fizermos sexo, você não vai sentir mais cansaço, e sim excitação.

RM: Eu te amo minha pandinha.

S/N: Eu te amo meu monstrinho.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...