História Bts- Staff? Staff! - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Hoseok, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Taehyung, Yoongi
Visualizações 38
Palavras 1.033
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ecchi, Fantasia, Ficção, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


- Minha primeira fic
- desculpem qualquer erro
- se tiverem alguma sugestão nao exitem de falar
-o +18 é pelo yaoi e NÃO VAI TER HENTAI
- Obrigado por estar aqui
<3

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Bts- Staff? Staff! - Capítulo 1 - Capítulo 1

Oii, meu nome é (s/n) e tenho 22 anos, sou coreana mas fui criada no Brasil, onde moro atualmente, porem, recebi recentemente uma proposta de emprego muito boa lá na coreia. simplesmente fui chamada para ser staff PARTICULAR do bts. Como isso foi possível? Ninguém sabe, é um verdadeiro mistério... Talvez meu site? Ou as minhas redes sociais? Meu currículo que eu mandei pra meio mundo? não faço ideia. Só sei que as aulas de coreano e de inglês que minha mãe me forçou a fazer, valeram a pena.

 s/n-(S/N): Mãe, eu já falei que vou ficar bem.... é serio, prometo te ligar todos os dias e sempre que puder fazer chamada de vídeo com a senhora.... ok dona (S/M), vou me alimentar corretamente... claro que não vou te esquecer, a senhora é minha mãe.... também te amo.... tchau._ Nesse exato momento eu estava dando a noticia para minha mãe, ela não ficou muito segura disso, mas concordou, já que é um modo de subir na vida.

Acabo de arrumar minhas malas e minhas caixas com coisas importantes dentro, como retratos, posters, livros, discos, álbuns e outras coisinhas. Pretendo vender todos os móveis da casa, já que o apartamento que eu recebi da BigHit já tem tudo que um ser humano precisa para sobreviver.
 

     Pelo oque vi na internet, o espaço não é tão grande, já que é apenas para acomodar uma pessoa, porém parece ser bem aconchegante, um quarto com uma janela com uma ótima vista, uma sala até que espaçosa, sendo dividida com a cozinha apenas por um balcão, os moveis como geladeira, fogão, cama, guarda-roupa e tals, já vem junto, o que sinceramente já é um alívio.

Vejo que ainda falta duas horas certinho para o meu voo sair, já que não moro tão perto do aeroporto, pretendo sair daqui faltando uma hora, para dar tempo de chegar, preparar tudo e ir ao encontro da tão maravicherry Coreia. Vou para o banheiro e tomo um banho não tão demorado, coloco a roupa que já tinha deixado preparado (roupa nas notas finais (1)), como um misto quente com um toddynho e peço um taxi, vendi meu carro a pouco tempo, aquela lata velha só dava problema, mas saudades do jubileio, foram muitas ruas esburacadas juntos. Chego no aeroporto em 35 minutos e vou direto fazer o check-in, despachar minhas coisas e tals.

Ultima chamada para o voo 271, em direção a Coreia

Chegou a hora,  adeus São Paulo, se vou sentir saudades? obviamente não, só da minha mãe. Vocês devem estar se perguntando do meu pai, bem, de acordo com a senhora minha mãe, ele foi um idiota que não me assumiu, e sumiu do mapa quando minha falecida avó foi atrás dele. Bom, entro no avião e me desloco para o acento indicado, do lado de uma senhora de idade, que já estava dormindo quando eu cheguei... PERAI, será que ela ta viva? GZUS tomara que esteja, não quero ser cumplice de uma morte.

???- roooooonc_ a senhora ronca me tirando dos meus pensamentos e eu dou um suspiro de alivio.

Sento no meu acento, e rezo por GD que tudo de certo já que talvez eu tenha um pouquinho de medo de altura. Para não pensar mais nisso, coloco na minha playlist de tudo quanto é musica existente nesse planeta e fecho meus olhos, tentando me distrair.

Se passou praticamente 24 horas, mas como amo dormir, foi o que praticamente fiz na viagem inteira. 

Saio do avião e vou desesperada atrás de alguma coisa comestível que seja relativamente gostosa, por que ninguém merece aquela comida de avião, fico com nojo só de pensar. Chego em uma cafeteria e peço um chocolate quente, uma coxinha e um pão de queijo, o qual esta com uma cara divinamente divina, só de me imaginar comendo ele já fico babando. e aquele chocolate quente então? MARAVILHOSOOO. Eu sinceramente não curto café, eu acho amargo mesmo colocando um quilo de açúcar, minha mãe fala que eu sou muito fresca por não gostar, ela é simplesmente viciada, toma umas 4 xicaras de café POR DIA.

Pago minhas contas e vou embora,  vocês devem estar se perguntando '' óh, querida (s/n), onde vai morar?'', ou não estão perguntando nada? não sei... Mas então, eu vou morar NO ANDAR DE BAIXO do APARTAMENTO do BTS, o motivo? Pelo o que eu entendi, sou uma staff geral, terei que acorda-los, fazer o almoço deles, já que o Jin é o único que sabe cozinhar, acompanha-los em absolutamente tudo, como eventos, sessões de fotos e tals, estipular horários e etc. Para ficar mais fácil pra mim, a empresa me colocou perto deles.

Chego no apartamento e vejo que já esta escurecendo lá fora, o apartamento é bem bonito e aconchegante, já tem vários moveis e até algumas decorações. 

Como dormi boa parte da viagem, começo a arrumar minhas coisas, coloco os quadros na parede, vasos em cantinhos, roupas no guarda-roupa e bugigangas em um armário no quarto, também conecto o meu computador e chamo minha mãe por Skype;

chamada on:

s/n- Oii mãe, tudo joia? to com saudades - falo sorrindo, e ela ri

s/m- não faz nem 2 dias que você esta ai, se aquieta-ela ri mais- eu to bem, e você, chegou bem? comeu? ta bem agasalhada?

s/n- to bem também, a viagem foi boa e cheguei inteira, comi no aeroporto mesmo, não estou com fome mais, e aqui não esta frio como ai no Brasil. Eu só liguei pra senhora pra matar a saudade e falar que esta tudo bem, porem estou bem cansada já que, desde que cheguei fiquei arrumando tudo, amanha tenho que ir as compras já que não tem nada aqui e casa.

s/m- é bom você se alimentar e se agasalhar direito em dona? vá descansar, deve ter sido cansativo toda essa mudança, amanha me ligue para me falar como esta ok? te amo filha.

s/n- vou mesmo mãe, pode deixar que eu ligo sim, também te amo, até amanha

chamada off.

Tomo um banho rápido e vou dormir. Amanhã ainda não trabalho, só depois de amanha, então vou aproveitar para abastecer tudo aqui em casa.

Como será que vai ser amanhã??

 

 

 

 


Notas Finais


gostaram?

continuo?

roupa-- www.eslamoda.com/13-looks-de-aeropuerto-que-te-haran-ver-mega-chic
(escolha qual você mais gostar)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...