História BTS (Taehyung ) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Visualizações 13
Palavras 715
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Violência

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem pelos erros de português no capítulo anterior.

Capítulo 2 - Um encontro inesperado


Nos episódios anteriores...

Garota:EI AQUELE NÃO  É  O KIM TAEHYUNG?!?!?!

Do nada surgiriam varias meninas (do além) gritando e correndo desesperadamente em nossa direção .

Taehyung:Merda me acharam.

O tal de Tae segura minha a mão  e corre me puxando junto,  até chegarmos em um beco ele me coloca contra ele e com a mão direita ele tampa minha boca e com o braço esquerdo sobre os meus. Tento me soltar mas ele era mais forte que eu.
Ele aproxima o rosto perto da minha orelha e sussurra.

Taehyung:Fique quieta , elas podem nos ouvir.

Logo depois que ele sussurra isso, as garotas passam correndo por nós, elas nem perceberam que agente estava aqui, que troxas 😂.
Mas logo eu percebo que o Tae ainda estava me segurando.

S/N:Huuumg.

Taehyun:Ah, me desculpe *tiro a mão da boca dela*
 
S/N: Se tá loco???!!!

Taehyun:*coloca a mão na minha boca  de novo*Não grita elas podem escutar e voltar.

Balanço a cabeça positivamente, ele tira a mão da minha boca  (de novo) mais continua me segurando.

S/N:Com lisensa senhor/Tae/desconhecido mais poderia fazer a gentileza de me soltar.

Ele coloca sua cabeça entre meu ombro e meu pescoço.

Tae: Não...quero dizer, só se você prometer não  correr nem gritar.

S/N: Prometo.

O Tae me solta e eu não penso duas vezes e começo a correr loucamente para longe dele mais antes de mim conseguir sair daquele beco ele me abraçou por trás, eu tentei me soltar mais ele era mais forte que eu...

S/N: *falo em Portugues * seu filho da [email protected], disgraçad0 do caralh0 me solta [email protected]

Tae: O que você tava falando?

S/N: Não é da sua conta...ai *ele me apertá mais* - Tenho que encontrar um jeito de  fugir dele-


Piso no pé  dele com toda a minha força, com a dor ele me solta e eu consigui fugir.

Tae: Espera!!

Depois de muito correr consigo chegar em casa.

Joyse: PÔ POR QUE DEMOROU TANTO E CADÊ A DROGA DO PÃO!!!!!!!!!

S/N: CALMA!!!Eu vou te explicar tudo- começo a explicar tudo o que aconteceu quando fui comprar pão.

 Joyce: O loco e você não pegou o Whatsapp dele?!

S/N: Ah é que eu não pensei nisso eu tava mais preocupada em TENTAR FIGIR DELE!

Joyce: Tá tá tá agora cala a boca e vai dormir amanhã  temos que acordar cedo para ir na faculdade!

No dia seguinte....

Joyce: S/N SE VOCÊ  NÃO SE ARRUMAR LOGO EU VOU SEM VOCÊ!!!!

S/N: ESPERA!EU JÁ TO INDO .

Joyce: Ah cansei tchau *vou embora*

S/N: Não espera*tropeço e caiu da escada* merda.

Saio correndo pra fora do prédio mas Joyce não estava mais lá

S/N: Joyce sua vaca você me paga *começo a correr tentando alcançar  a Joyce*

Eu chego na faculdade e vejo Joyce entrar. 

S/N:- Localizei a piranha nesse imenso mar-

Mal entro na faculdade é uma multidão de pessoas começam a andar pra lá e pra cá, ME LEVANDO .

S/N:- SANTA INÊS BRASIL QUE MULTIDÃO  É  ESSA TÂ TENDO SHOW DA ANITA???

Derrepente alguém segura a minha mão e me puxa para longe da multidão, levanto a cabeça e olhei para o rosto da pessoa era um homem de óculos e moletom  (aberto) eu pensei que era o tal de Tae que me "segurou" ontem, mas não era ele.

S/N: Por que você me ajudou?

???: Você parecia estar com problemas, e resolvi te dar uma mãozinha .

S/N: Nesse caso...obrigada.

???: Denada, ate mais princesa.

S/N:-"Até mais princesa" ....é nesse momento que eu sinto falta dos homens brasileiros, a é  eu tenho que achar aquela piranha da Joyce!!😠-

Eu começo a caça  a piranha quero dizer...a caça á Joyce, depois de muito tempo eu a acho.

Joyce: Até quem fim !!!!

S/N: Sua vacá por que não me esperou?!

Joyce: Porque você demora muito.

S/N: Tá tá tá agora vamos logo pra nossa aula.

Joyce: Palestra isson é uma faculdade não uma escola.

S/N: Foda-Se você vai obrigada e fica dentro dentro de uma sala querendo morre da na mesma merda!!

Joyce: Calma 😨😱

Depois de uma longa "discordância" nós fomos para a nossa aula longa,intediante e chata .Depois de um longo tempo de tortura nos finalmente fomos dispensadas para o horário do almoço

S/N: FILMENTE A TORTURA ACABOU *falando em português *

                    CONTINUA....  


Notas Finais


Obrigada.
É eu tenho certela que vai ter erros de português, então me desculpe.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...